Aula - "Vias de Acesso à Cavidade Abdominal: laparotomia e videolaparoscopia".

27,027 views

Published on

Aos alunos da Disciplina de Técnica Operatória da Faculdade de Medicina da UFMG.

0 Comments
13 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
27,027
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
14
Actions
Shares
0
Downloads
490
Comments
0
Likes
13
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aula - "Vias de Acesso à Cavidade Abdominal: laparotomia e videolaparoscopia".

  1. 1. Vias de Acesso:Vias de Acesso: laparotomialaparotomia videolaparoscopiavideolaparoscopia Prof. Clécio Piçarro Departamento de Cirurgia Faculldade de Medicicina da UFMG facebook.com/cleciop Slideshare.net/ClecioPicarr o
  2. 2. Introdução • Conhecimento da anatomia funcional • Processo de cicatrização • Estado nutricional • Presença de outras co-morbidades • Uso de técnica adequada  redução das complicações pós-operatórias
  3. 3. Introdução • 1988: avanço tecnológico • Videolaparosopia • Alguns procedimentos
  4. 4. Anatomia da Parede Abdominal
  5. 5. Anatomia da Parede Abdominal
  6. 6. Anatomia da Parede Abdominal
  7. 7. Anatomia da Parede Abdominal
  8. 8. Indicações • Acesso a órgãos intra-abdominais • Drenagem de coleções líquidas • Método diagnóstico • Laparotomia • videolaparoscopia
  9. 9. Classificação das Laparotomias Direção Longitudinais Transversais Oblíquas
  10. 10. Laparotomia Longitudinal • Medianas • Paramedianas Incisão de extensão variável que passa pela linha alba ou paralela à ela. TIPOS
  11. 11. Classificação das Laparotomias Cicatriz Umbilical Supra-umbilical Infra-umbilical
  12. 12. Laparotomia longitudinal Mediana • Supra-umbilical • Infra-umbilical • Xifo-púbica • Médio-umbilical
  13. 13. Laparotomia longitudinal - técnica - Incisão da pele e tela subcutânea e abertura da linha alba e do peritônio; - Secção dos tecidos localizados na linha mediana do abdome; - Sutura em plano único; Mediana
  14. 14. Laparotomia longitudinal - técnica Paramediana - Transretal - Pararretal medial lateral - Sutura em dois planos.
  15. 15. Laparotomia longitudinal - indicações • Mediana: - rápida execução - acesso mais utilizado
  16. 16. Laparotomia longitudinal - vantagens • Podem ser ampliadas • Não necessitam secção muscular • Acesso a qualquer estrutura da cavidade • Adequadas para exploração • Exigem pouca hemostasia
  17. 17. Laparotomia longitudinal - desvantagens • Lesão nervosa da parede abdominal (nas incisões paramedianas) • Maior incidência de eventração, principalmente na região infra-umbilical, nas incisões medianas
  18. 18. Laparotomia transversal - conceito • São incisões perpendiculares ao plano sagital • Podem localizar-se acima ou abaixo da cicatriz umbilical.
  19. 19. Laparotomia oblíqua
  20. 20. Laparotomia transversal - vantagens • Amplo acesso à cavidade abdominal • Possibilidade de várias incisões • Muito utilizada em crianças • Cirurgias: adrenal, pâncreas, fígado, tumores renais
  21. 21. Laparotomia transversal - técnica • Incisão arqueada, na pele e aponeurose, porém apenas se divulsiona a musculatura. • Cesarianas, cirurgias ginecológicas e urológicas Incisão de Pfannenstiel
  22. 22. Laparotomia transversal - técnica Incisão de Elliot-Babcock (apendicectomia) • Incisão na fossa ilíaca direita, iniciando-se na borda lateral do músculo reto e terminado a 2 cm da espinha ilíaca ântero-superior. • Abertura dos músculos oblíquo externo,oblíquo interno e transverso, por divulsão e, se necessário, secção parcial. • Abertura do peritônio.
  23. 23. Laparotomia transversal - desvantagens • Exigem hemostasia minuciosa, porque seccionam músculo, vasos e nervos • Transtornos motores e sensitivos na parede abdominal (lesão nervosa)
  24. 24. Laparotomias - complicações • Hematomas • Seromas • Infecção de parede • Hérnia incisional • Aderências
  25. 25. Deiscência da pele
  26. 26. Hérnia Incisional
  27. 27. Hérnia Incisional
  28. 28. Evisceração
  29. 29. Evisceração
  30. 30. Aspectos importantes • O compromisso do cirurgião é com o doente, não com a via de acesso • A escolha da via depende da proposição cirúrgica • Importância do rápido acesso à cavidade abdominal • Amplitude de movimentos por parte do cirurgião • Reconstituição perfeita da parede sob o aspecto anatômico, funcional e estético • Não se deve dar maior importância à via de acesso que à própriaNão se deve dar maior importância à via de acesso que à própria cirurgia em sicirurgia em si
  31. 31. Bases técnicas da cirurgia laparoscópica
  32. 32. Introdução • Laparoscopia • Exame da cavidade abdominal por meio de um aparelho chamado laparoscópio (constituído por um sistema de lentes) • História: - Kelling (1901) - Jacobeus (1910) - Semm (1983): apendicectomia - Mouret (1987): colecistectomia
  33. 33. Introdução • Anestesia geral (monitorização dos parâmetros ventilatórios e hemodinâmicos); • Alterações provocadas pelo pneumoperitônio: - aumento da pressão intra-abdominal - elevação das cúpulas diafragmáticas - diminuição do retorno venoso - redução do débito cardíaco - aumento do CO2  CAPNOGRAFIA
  34. 34. Equipamentos e Instrumentos
  35. 35. Equipamentos e Instrumentos
  36. 36. Equipamentos e Instrumentos
  37. 37. Cirurgia Laparoscópica Técnica
  38. 38. Cirurgia Laparoscópica - vantagens • Menor trauma operatório • Menos dor pós-operatória • Deambulação e alimentação mais precoces • Menos complicações pulmonares, tromboembólicas e da ferida operatória • Melhor resultado estético • Redução do tempo de internação, custos hospitalares • Retorno as atividades mais rápido
  39. 39. Cirurgia Laparoscópica - complicações • Lesões de grandes vasos sanguíneos • Lesões viscerais • Enfisema subcutâneo, pneumotórax e pneumomediastino • Arritmias cardíacas (17%) • Embolias gasosas • Dor no ombro (30%)
  40. 40. Videocirurgia
  41. 41. Introdução Laparon = flanco + tome = secção  “secção no flanco”  Celiotomia (secção da parede abdominal em qualquer região anatômica) Laparotomia = Celiotomia

×