Medição de esforço - Como combrar meus freelas
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share

Medição de esforço - Como combrar meus freelas

  • 633 views
Uploaded on

Como combrar meus freelas - Palestra apresentada na Faculdade Infórium sobre como cobrar pelo seu trabalho

Como combrar meus freelas - Palestra apresentada na Faculdade Infórium sobre como cobrar pelo seu trabalho

More in: Technology
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
633
On Slideshare
633
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
6
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Community Medição de Esforço C F@CharlesFortes
  • 2. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas A medição de esforço para se realizar uma tarefa é uma das grandes dificuldades na vida de um profissional na área de TI Quanto vai demorar? Quando vai ficar pronto? Quanto vai custar? @CharlesFortes
  • 3. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas Para abordar este tópico vamos analisar uma das grandes realidades de quase todo profissional de TI Quanto cobrar pelos meus freelas? @CharlesFortes
  • 4. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas @CharlesFortes
  • 5. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas Segundo a Wikipédia: Freelancer é o termo inglês para denominar o profissional autônomo, que se autoemprega em diferentes empresas ou, ainda, guia seus trabalhos por projetos, captando e atendendo seus clientes de forma independente. É uma tendência muito em voga no mercado de jornalismo, design, propaganda, Web, tecnologia da informação, música e muitos outros. @CharlesFortes
  • 6. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas Segundo ainda a Wikipédia: A palavra freela é muito utilizada no Brasil para designar aqueles profissionais que trabalham de forma independente @CharlesFortes
  • 7. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas Seja para cobrar pelos seus freelas ou para fazer uma análise de mudanças/projetos para sua empresa, você tem que saber como calcular o esforço necessário para realizar a tarefa e saber equacionar quanto vale seu trabalho Afinal todos querem no final das contas ter LUCRO e não prejuízo @CharlesFortes
  • 8. Medição de EsforçoComo cobrar meus FreelasCobrar por projeto ou cobrar por hora? X @CharlesFortes
  • 9. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas Depende do projeto Se o domínio de problema é muito bem conhecido, o escopo muito bem delimitado e não irá alterar (HÁ #EuRi), você pode cobrar por projeto Para todo o resto existe MASTERCARD cobre por hora! @CharlesFortes
  • 10. Medição de Esforço Como cobrar meus FreelasMudar isso Mudar Aquilo Fazer Alterar Trocar Bláblábláblá Mudar isso Mudar Aquilo FazerAlterar Trocar Bláblábláblá Mudar Formatar um computador isso Mudar Aquilo Fazer Alterar TrocarBláblábláblá Mudar isso Mudar Aquilo Fazer Alterar Trocar Instalar uma nova do SQLServer em um servidor novoBláblábláblá Mudar isso Mudar Aquilo Fazer Alterar TrocarBláblábláblá da empresa noisso Mudar Aquilo Fazer Mudar o logo Mudar siteAlterar Trocar Bláblábláblá Mudar isso Mudar Mudar mensagem BlábláblábláTrocarAquilo Fazera Alterar que aparece quando se clica em salvarMudar isso Mudar Aquilo Fazer @CharlesFortes
  • 11. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas O maior problema de se cobrar por projeto, é que o usuário na grande maioria das vezes faz alterações no escopo, ele sempre pede algo a mais do que havia sido combinado. O não é necessariamente uma coisa ruim, pois as mudanças que o cliente pede servem para deixá-lo mais satisfeito com seu produto ou seu serviço (princípio que sustenta metodologias ágeis) @CharlesFortes
  • 12. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas Devido a isto, a maioria das empresas e profissionais de TI adotam a forma de cobrança por hora. @CharlesFortes
  • 13. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas Escopo @CharlesFortes
  • 14. Medição de EsforçoComo cobrar meus FreelasPara decidir como começar é necessário ter o escopo do que tem que ser feito. Simplificando muito, o escopo é uma lista de coisas que o cliente precisa. A lista do que ele quer deve ser deixada do ladinho e deve ser atendida se não conflitar com interesses primários, como custo e resolução do problema @CharlesFortes
  • 15. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas Seu cliente quer que seus serviços sejam: 1. Barato Prazo 2. Pra ontem 40 3. Melhor coisa do mundo 10 50 Qualidade Custo Por isto, deve ser claro para ele desde o começo que a quantidade de itens a ser atendido influi diretamente no valor, e que por isto deve-se priorizar que o que realmente é vital ao negócio @CharlesFortes
  • 16. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas Nesta hora a vantagem em se cobrar por hora, é que após dimensionar cada tarefa, o cliente pode como num self-service, montar o prato dele conforme ele queira. Além disto, toda vez que ele lembrar de algo, no meio do projeto, e mudar tudo basta lembrá-los de que aquilo não estava no escopo do projeto e basta adicionar isto às horas do projeto (valor) e ao prozo de entrega. @CharlesFortes
  • 17. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas Mensurando o esforço @CharlesFortes
  • 18. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas Tendo em mãos o que deve ser feito (o escopo), a primeira coisa que temos de fazer e determinar o esforço necessário para se realizar a tarefa. @CharlesFortes
  • 19. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas Para isto, é necessário se conhecer a tarefa e conhecer a si mesmo. Quanto maior o grau de conhecimento sobre a tarefa e sobre quanto tempo você costuma demorar para fazê-la maior a chance de você acertar o esforço necessário @CharlesFortes
  • 20. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas Se você vai cobrar para formatar um computador você sabe que em um computador com as configurações X demora 30min para instalar o Windows Se você vai modificar seu software para que ele agora exporte os contatos em um formato novo você vai gastar 20h Isto porque você já fez isto antes e tem experiência nisto @CharlesFortes
  • 21. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas Quando não se tem a experiência sobre o domínio, deve-se penetrá-lo até que atinjamos uma camada onde tenhamos conhecimento Se não sabe sobre conciliação bancária, você sabe que vai ter de estudar para aprender. Você sabe quanto tempo você demora pra criar a tabela para armazenar os dados, o tempo que se gasta para criar uma classe que lê o arquivo, ou na pior das hipóteses, quanto tempo se gasta para fazer um FOR ou um IF @CharlesFortes
  • 22. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas Quanto mais próximo do nível de domínio você estiver, menos tempo você gastará para fazer uma análise de esforço com menor chance de erro @CharlesFortes
  • 23. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas Analisar o esforço medindo a quantidade de IF’s, For, While, Funções recursivas, etc., etc., etc... e o tempo que se demora para criar cada um deles, pode lhe dar uma precisão maior sobre quanto vai custar o software. Mas se chegar a este nível de detalhamento o esforço é muito grande, você teria praticamente que fazer o software só para saber quanto ele vai custar. @CharlesFortes
  • 24. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas Rapidinha sobre pontos de função, pontos de objetos e outros @CharlesFortes
  • 25. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas Se você nunca formatou um computador antes, pelo menos consulte quem já fez isto antes. Sempre leve em consideração tudo o que deve ser feito para se concluir a tarefa, e se não tiver experiência em determinado item, recorra a quem tem @CharlesFortes
  • 26. Medição de EsforçoComo cobrar meus FreelasPara se formatar uma máquina, leve em consideração o tempo • Que a máquina leva para cada boot que ela faz • Para instalar o Windows • O tempo para se baixar os drivers na conexão disponível • Tempo para se configurar os itens do windows • Tempo para instalar os programas padrões como Office • Tempo explicando para o cliente uma série de coisas que ele vai perguntar @CharlesFortes
  • 27. Medição de EsforçoComo cobrar meus FreelasPara software leve em consideração • Análise • Estudo • Planejamento • Documentação • Desenvolvimento • Homologação • Correções • Deploy @CharlesFortes
  • 28. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas - Analise e estudo : 16h - Documentação de Modelagem : 4h - Validação Documento de Modelagem : 2h - Testes de Unidade : 4h - Codificação : 16h - Testes Funcionais : 16h -------------------------------------- - Publicação para Homologação e Produção : 1h - Homologação : 10h - Testes de Publicação : 1h -------------------------------------- - Total : 70h @CharlesFortes
  • 29. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas E sempre adicione os itens imprevistos e que tem boa chance de acontecer, como por exemplo uma segunda formatação, um problema para achar a versão correta do driver, uma internet lenta ou um erro de entendimento nos requisitos que te leve a ter de reconstruir toda uma classe @CharlesFortes
  • 30. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas Claro que não vamos e nem há como prever tudo que pode acontecer. Apenas lembre-se de deixar um tempo sobrando para imprevistos. E se um imprevisto tem a grande chance de acontecer, aja antecipadamente (ex.: se o cliente tem internet da OI, leve um modem 3G pra baixar os drivers) @CharlesFortes
  • 31. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas É uma prática muito comum reservar 20% a mais do tempo para imprevistos, e em 90% das vezes estes 20% são usados, em 7% ele foi pouco (precisava de uns 30%) e em 3% das vezes ele fica como lucro (e olhe lá) @CharlesFortes
  • 32. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas Calculando minha hora @CharlesFortes
  • 33. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas Custo base: Não ficar no prejuízo • Deslocamento • Alimentação • Mão de obra • Analise • Testes • Desenvolvimento • Documentação • Etc... Etc.. @CharlesFortes
  • 34. Medição de EsforçoComo cobrar meus FreelasExemplo:• Pegar 2 ônibus ou gasolina até o local => R$ 8,00• Almoçar/Lanchar => R$ 12,00• Custos com material de escritório (Imprimir, Internet, computador, etc) => R$ 5,00• O valor médio da hora para esta atividade: R$ 10,00Valor da hora = R$ 35,00/horaPara um projeto de 100 horas = 100h x R$ 35,00/h = R$ 3500,00 + impostos (~13%) = R$3.955,00 @CharlesFortes
  • 35. Medição de EsforçoComo cobrar meus FreelasCalculando o valor da hora então: 1) Calcula seu custo base no cenário médio 2) Adicione os impostos da nota 3) Adicione um percentual de margem de lucro que gostaria de ter (ex.: 30%) 4) Multiplique pelo nº de horas que irá gastar @CharlesFortes
  • 36. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas Algumas dicas @CharlesFortes
  • 37. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas Tenha um valor mínimo (ex.: nada que você me pedir custará menos de 50,00 reais) Valorize seu trabalho (não existe isto de só um programinha bobo, sem nada demais) @CharlesFortes
  • 38. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas Quanto maior o desconto maior a dor de cabeça Não cobre barato demais, ao fazer isto você está diminuindo seu trabalho e prostitui o mercado. Seu trabalho vale tanto quanto o de qualquer um Se você oferece um bom diferencial, não tenha medo de cobrar por isto (de quem for utilizar-se dele) @CharlesFortes
  • 39. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas Calcule sempre horas inteiras (facilita o cálculo e deixa boas margens)Não seja inflexível, negocie seu preço final, mas lembre-se de não dar descontos que fiqueabaixo do seu custo base @CharlesFortes
  • 40. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas Não cobre pela cara do cliente, atenda o seu joaquim da padaria igualmente ao diretor de marketing da coca-cola, os dois terão necessidades diferentes, e isto já fará a diferença no valor por si só. @CharlesFortes
  • 41. Medição de EsforçoComo cobrar meus Freelas @CharlesFortes br.linkedin.com/in/charlesfortes facebook.com/charles.fortes pangeanet.org/profile/charlesfortes