• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Osteoporose
 

Osteoporose

on

  • 12,684 views

 

Statistics

Views

Total Views
12,684
Views on SlideShare
12,644
Embed Views
40

Actions

Likes
13
Downloads
0
Comments
2

5 Embeds 40

http://www.slideshare.net 33
http://collsortopediaespecializada.webnode.com.br 3
http://www.collsortopedia.com.br 2
http://webcache.googleusercontent.com 1
http://www.google.com.br 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

12 of 2 previous next

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Osteoporose Osteoporose Presentation Transcript

    • OSTEOPOROSE
      Orientador:Dr.Carlos Andrade
      Residente :Dr.Daniel Pereira R1
      Ortopedia e Traumatologia
      2010
    • Introdução
      A Osteoporose é um distúrbio osteometabólico caracterizado
      pela diminuição da densidade mineral óssea
      (DMO), com deterioração da microarquitetura óssea,
      levando a um aumento da fragilidade esquelética e do
      risco de fraturas.
      A osteoporose caracteriza-se
      como a perda de massa
      óssea de 2,5 desvios-
      padrão abaixo da
      densidade óssea
      considerada média normal,
      para uma determinada
      população saudável (OMS).
    • Conceitos importantes
      Massa Óssea ou Conteúdo Mineral Ósseo
      A quantidade total de mineral (gramas), de um
      segmento ósseo ou de todo o esqueleto.
      Densidade Mineral Óssea (DMO)
      Quociente entre a massa óssea e a área projetada da estrutura ou segmento ósseo (g/cm²).
      • Osteoporose secundária
      – hipercortisolismo (endógeno ou exógeno);
      – hiperparatireoidismo primário ou secundário;
      – hipertireoidismo;
      – acromegalia;
      – neoplasias do sistema hematopoético;
      – cirrose biliar primária;
      – doenças inflamatórias intestinais;
      – doença celíaca;
      – pós-gastrectomia;
      – homocistinúria;
      – hemocromatose;
      – doenças reumáticas inflamatórias.
      • Osteoporose primária
      • Tipo I
      • Tipo II
    • Epidemiologia
      Sexo
      Raça
      Idade
      Localização das fraturas
    • Fatores de risco
      Maiores
      - Sexo feminino- Fratura prévia- Raça asiática ou caucásica- Idade maior que 65 anos em ambos os sexos- História materna de fratura ou osteoporose- Menopausa precoce (antes dos 40 anos)- Tratamento crônico com corticóide e anticonvulsivante
      • Menores
      • - Doença reumática, especialmente a artrite reumatóide.- Climatério/menopausa- Hipertireoidismo ou hormônio tireoideano em excesso- Tabagismo- Alcoolismo- Sedentarismo- Imobilização prolongada (pessoa acamada ou em cadeira de rodas)- Dieta pobre em cálcio- Baixo Peso (Índice de Massa Corpórea menor que 19)
    • Teoria Hormonal Pós menopausa
      Deficiência de Estrógenos
      Reabsorção de osso com liberação
      cálcio e fósforo
      Decréscimo de Hormônio da Paratireóide
      Decréscimo de 1-hidroxilação do calcidiol
      Decréscimo do calcitriol
      decréscimo da absorção de cálcio
    • Diagnóstico
      História clínica
      Exame físico
      Avaliação laboratorial
      Quadro radiográfico
      • RX
      • Ultrassonometria óssea
      • Densitometria óssea (padrão-ouro)
    • Índice de Singh
    • Quadros Radiológicos
    • Indicações de densitometria
      Mulheres com deficiência de estrogênio e fatores de risco
      Tratamento prolongado com glicocorticóides
      Anormalidades da coluna vertebral
      Hiperparatireoidismo primário
      Controle terapêutico da osteoporose
    • Interpretação clínica
      Valores absolutos
      T-score
      – até -1,0 DP -> normal
      – de -1,1 a -2,5 DP -> osteopenia
      – abaixo de -2,5 DP -> osteoporose
      – abaixo de -2,5 DP na presença de fratura -> osteoporose
      estabelecida
      Z-score
    • Prevenção
      Nutrição adequada
      Atividade física
      Ingestão de cálcio e vitamina D
      Mulheres : Manter concentração de estrógenos
      Prevenção de quedas
      Exposição solar
    • Tratamento farmacológico
      • Agentes anti-reabsorção óssea:
      • Estrógenos, calcitonina e bifosfonados
      • Agentes estimuladores da formação óssea:
      • Fluoreto de sódio e PTH
      • Raloxifeno (SERM)
    • Fratura recente
      Sim
      Não
      Suspeita de osteoporose fatores de risco presentes
      Fratura vertebral do quadril ,do punho ou outras fraturas
      Diagnóstico diferencial medir DMO
    • DMO
      TTO: Alendronato ou TRH
      ABAIXO DE -2,5 DP
      Prevenção : TRH
      ENTRE -1 E -2,5 DP
      Eliminar fatores de risco
      Ingerir cálcio e vit D
      ACIMA DE -1 DP
    • FIM