CETAOnews
                                           E
                                               Editorial
          ...
O
    Orientação Profissional
    O Dentista e sua equipe                                                   escolhida em di...
C
    Como Fazer
    Manutenção de restaurações cerâmicas
    Ronaldo Hirata, oswaldo Scopin de andrade, Sidney Kina




 ...
C
    Cursos
                                            PERIODONTIA - com ênfase em                                 Seleç...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Cetao news 04

1,114 views
985 views

Published on

O Centro de Estudos Treinamento e Aperfeiçoamento em Odontologia, CETAO, é uma Instituição de Ensino Superior, reconhecida pelo Ministério da Educação, que promove cursos de extensão e especialização em Odontologia. Fundada há 11 anos, está presente em 07 países, ministrando cursos para dentistas no Brasil e no exterior, onde destacam-se os cursos de aperfeiçoamento profissional ministrados em Portugal.Fundado com o propósito de tornar-se a melhor referência profissional para o cirurgião-dentista, o CETAO busca atender e ultrapassar as expectativas de seu corpo discente, empregando sempre as melhores técnicas e práticas odontológicas e empresariais. Com sede na cidade de São Paulo, dispõe de infra-estrutura completa para oferecer aos seus alunos um ambiente agradável e apropriado para o processo ensino-aprendizagem.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,114
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
7
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Cetao news 04

  1. 1. CETAOnews E Editorial Visitas ilustres protesista Henry Salama que junto com o or- todontista Maurice Salama e Ronald Goldstein formam o Atlanta Team. os professores vieram Alênio Calil Mathias para uma visita de reconhecimento e ficaram empolgados com o que viram. acompanhados dos representantes do Cetao USa, Lívio Yoshi- o Cetao está aumentando a galeria de profes- naga e Marcelo Montenegro, confirmaram um sores renomados do seu Staff. em maio último, curso prático de implantes em setembro para recebemos a visita de dois ilustres professores um grupo seleto de profissionais nas depen- americanos, o periodontista David Garber e o dências do Cetao. É mais uma conquista e um reconhecimento por todo o trabalho que vem sendo feito, tornando o Cetao uma escola de vanguarda e destaque nacional e internacional, atraindo profissionais do mais alto gabarito. em maio, também oficializamos o CETAO Interna- tional Inc., uma empresa internacional pionei- ra nesta área de pós-graduação e que irá gerir todos os interesses da instituição brasileira no Junho - Ano 1 - Número 4 exterior, ampliando ainda mais nossa área de atuação em saúde. esperamos com estas ações disseminar este mo- delo de ensino, baseado no tratamento multidis- ciplinar, que vem apresentando resultados muito Da esquerda para a direita, Marcelo Montenegro, David Garber, Livio Yoshinaga, Henry Salama, André Vilela, Alênio Calil Mathias positivos. N Novidades II Encontro Multidisciplinar CETAO/INPES Ação Saúde Bucal Já estamos preparando a comemoração do Dia do Dentista, 25 de outubro. Não perca o II en- Projeto Mutirão dos Pobres contro Multidisciplinar Cetao/INPeS, em São o INPeS atra- Paulo. teremos a participação de vários expoen- vés do DaS tes da odontologia brasileira. Contaremos ainda (Departamen- com a participação de vários parceiros, entre to de ações eles a DeNtSPLY e oral-B. No primeiro encontro, Sociais) em tivemos a presença de mais de 100 participan- conjunto com Expediente tes, este ano estamos esperando mais. Não per- o Curso téc- ca, anote em sua agenda! nico de tHD Boletim Informativo do Cetao do Cetao realizaram pela segunda vez o aten- dimento a crianças carentes do projeto Mutirão Diretor: alênio Calil Mathias Redatora e Jornalista Novo Espaço no CETAO: Auditório Oral-B dos Pobres. No dia 31 de maio, as professoras Ângela Ma- Responsável: ria aly Cecílio e Yara Yassuda, coordenadoras do Rosa Maria artusi Dando continuidade à parceria de sucesso que temos com a empresa oral-B, o Cetao Curso técnico em Higiene Dental do Cetao, es- Mtb 21.459 rosa.artusi@terra.com.br inaugura no mês de julho mais um auditório, tiveram presentes no Jardim Fontalis, onde fun- com capacidade para 48 alunos. o auditório ciona o Projeto Mutirão dos Pobres e, juntamen- Colaboradora: oral-B é um projeto moderno, com equipa- te com as alunas do respectivo curso, prestaram Marinês Muniz mentos de última geração e infra-estrutura orientação e atendimento às crianças carentes Periodicidade: trimestral para proporcionar conforto aos nossos alu- atendidas pelo projeto. Pudemos também contar Tiragem: 2.000 exemplares nos. Gostaríamos de agradecer à oral-B por com a participação da oral-B, através da doação Circulação: Interna mais esta conquista. de escovas e fios dentais, que foram distribuídos para as crianças durante a ação Saúde Bucal. Comunique-se conosco: Tel.: (11) 5051-2370 cetao@cetao.com.br
  2. 2. O Orientação Profissional O Dentista e sua equipe escolhida em diversas habilidades, do atendimento telefônico aos mais modernos conceitos de biossegurança em cursos de aperfeiçoamento e, num segundo momento, sendo vontade de ambos, encaminhá-la para um curso técnico de aCD ou tHD Fabio Nauff (técnica em higiene dentária). a aCD pode auxiliar o cirurgião-dentista não apenas no aten- tão importante quanto o aperfeiçoamento profissional do dimento do paciente e na organização do consultório, mas cirurgião-dentista é o investimento que ele realiza em sua também na administração e no marketing, desde que aprenda própria equipe. Mesmo que pequena e muitas vezes formada as ferramentas necessárias. apenas por uma auxiliar, uma equipe treinada e capacitada a presença de uma tHD no consultório facilita muito o atendi- oferece ao profissional de qualquer especialidade a oportuni- mento de pacientes em uma escala maior, pois esta é capaci- dade de elevar o nível de sua atuação profissional, tanto quan- tada para realizar alguns procedimentos odontológicos, como titativamente quanto em qualidade. uma profilaxia simples, orientação de higiene ou a remoção de É muito comum o dentista recém-formado, que inicia a ativi- um arco ortodôntico, o que acelera muito a rotina da clínica e dade profissional em seu consultório particular, investir o má- deixa o cirurgião-dentista menos sobrecarregado. ximo possível em infra-estrutura, equipamentos e divulgação o investimento na equipe odontológica é um passo decisivo e não se preocupar com a escolha de uma secretária ou aCD para o sucesso profissional e com retorno garantido a médio e (auxiliar de consultório dentário) capacitada para odontologia, longo prazos. Garantia de tratamentos bem realizados, orga- levando em conta apenas a indicação ou a habilidade em tra- tar o público, entre outros aspectos gerais. nizados e pacientes satisfeitos. Mesmo que, num momento inicial, não seja possível a contra- M tação de uma aCD formada, é possível treinar a funcionária Fabio Nauff é Diretor Clínico do CETAO Mercado de Trabalho Vantagem competitiva com aplicação da RBV Fernando Schiavetto Nos dois últimos artigos, procuramos levar ao profissional da da criação de valor para o cliente, medido pelo impacto sobre área de odontologia uma visão do posicionamento e do RBV a sua cadeia. e este valor somente é criado quando ele percebe (Resource-Based View), em que a associação das duas teorias que também obteve vantagem, reduzindo seu custo. visa alcançar a vantagem competitiva. Pois bem, a partir dos Saber tratar o tempo de seu cliente, reduzindo suas idas ao recursos desenvolvidos, o profissional se posiciona no mercado consultório, é um exemplo, pois ele perceberá e fatalmente o e com isso ele passa a “merecer”, na maioria dos casos, um recompensará pagando um preço-prêmio maior, trazendo assim preço-prêmio maior, que se traduz na remuneração de uma uma vantagem competitiva em relação ao seu concorrente. soma superior que o cliente esteja disposto a pagar pelo pro- outra forma de se diferenciar aplicando o RBV é desenvol- cedimento. vendo um sistema de atendimento voltado ao cliente, com Mas como conseguir isso? É o que tenho procurado respon- uma equipe formada com colaboradores comprometidos com der e levar aos consultórios em nossos cursos do Cetao e nas o atendimento, de forma cortês, com extrema eficácia e efi- consultorias que tenho praticado. No entanto, se você pensou ciência, este sim um recurso de difícil imitação, pois assim em uma grande reforma na recepção e na aquisição de uma como o profissional, sua equipe é única e se o cliente se sentir tV de última geração, desculpe-me, mas você errou. o máximo único, você entrou em sua cadeia de valores, conquistou não que irá conseguir é aumentar consideravelmente seus custos somente a vantagem competitiva sustentável, como também de estrutura e ainda correr o risco de seu cliente perceber a seu respeito e admiração. mudança de forma negativa. Para se conseguir conquistar a Nos próximos artigos, exploraremos melhor as várias formas vantagem competitiva o profissional terá que conhecer o perfil da conquista da vantagem competitiva sustentável. do seu cliente ou clientela, identificar quais são os valores que de fato são considerados importantes, que realmente façam a Nota Importante - a Megaas está oferecendo um desconto diferença, que ele além de optar pelos seus serviços indique-os especial nos seus serviços de assessoria administrativa e es- a amigos e familiares. tratégica a alunos e ex-alunos do Cetao. Consulte-nos: (11) Desta forma, o desafio é entender a cadeia de valores do seu 5565-2970 ou megaas@megaas.com.br cliente, pois a origem da diferenciação e a conquista do preço- prêmio de uma clínica para outra está na forma como sua Fernando Schiavetto é Consultor Empresarial – Megaas Assessoria cadeia de valores está relacionada à de seus clientes, e isto se Empresarial Ltda (Especializada em Odontologia), Professor do dá em função de como seu “produto” é usado ou visto na ati- CETAO e da Universidade Uninove nas áreas de contabilidade e vidade do cliente, sendo, portanto, esta diferenciação derivada administração. ELIMIX DENTAL Com. Prods. Odontologicos Ltda - ME A Elimix Dental possui uma ampla linha de ELIMIX DENTAL Com. Prods. Odontologicos Ltda - ME A Elimix Dental possui uma ampla linha de produtos odontológicos da mais alta qualidade. produtos odontológicos da mais alta qualidade. Para sua comodidade temos um show room no CETAO. Para sua comodidade temos um show room no CETAO. Venha nos visitar. Venha nos visitar. tel:5055-1984/9293-5621 email:elimix_dental@hotmail.com tel:5055-1984/9293-5621 email:elimix_dental@hotmail.com av. Indianópolis, 153 moema - cep 04063-000 São Paulo-SP - Brasil av. Indianópolis, 153 moema - cep 04063-000 São Paulo-SP - Brasil
  3. 3. C Como Fazer Manutenção de restaurações cerâmicas Ronaldo Hirata, oswaldo Scopin de andrade, Sidney Kina Fig. 1 - Acompanhamento de dois anos de Fig. 2 - Escovas com cerdas modificadas Fig. 3 - Posicionamento correto subgengi- laminados cerâmicos realizados nos den- para controle das áreas com sobrecontor- val do Essential floss (Oral B) tes anteriores (TPD. Murilo Calgaro) no (Ortho P35/Oral B) a longevidade de restaurações cerâmicas está direta- higiene poderá também mente relacionada aos cuidados do profissional nos ocasionar processos infla- procedimentos de manutenção, tanto quanto aos do matórios marginais em te- paciente em relação à mesma. Uma orientação pós fi- cido gengival. nalização das peças protéticas deve ser feita ao pacien- Um uso correto e diversifi- te para auxiliar na preservação do caso clínico. cado da gama de possibili- Restaurações adesivas sofrem influência direta em rela- dades existentes para o pa- ção ao acúmulo de placa bacteriana, que pode ocasio- ciente deve ser utilizado no nar hidrólise acelerada da interface adesiva contribuin- controle clínico das restau- do para o fracasso da resistência de união ao dente. Se rações adesivas cerâmicas, em próteses convencionais a presença de placa con- favorecendo a longevidade tribuía para uma menor longevidade das restaurações, das mesmas, assim como a Fig. 4 - Uso de kit iterdental (Oral B) em no caso das realizadas com uso de adesivos dentinários manutenção da saúde dos próteses sob implante realizadas nos dentes esta influência acaba sendo potencializada. tecidos moles em contato 24 e 25 (TPD. Jose Carlos Romanini). Im- Laminados cerâmicos são bastante utilizados para mo- com estas restaurações. plantes realizados com sistema Straumann. dificações estéticas de forma e posição, ocasionando mudanças em perfil de emergência e sobre contorno em algumas situações, efeito natural dado à necessidade Os autores são professores do Curso de Especialização em Dentística do de correção de posicionamento dental. Uma incorreta CETAO. P Pesquisa Mini-implantes: um auxílio ao tratamento ortodôntico Rafael Golghetto Domingos a busca por alternativas de tratamento traz avanços clínicos facilmente através de movimento anti-horário sob anestesia em diversas áreas da odontologia, sendo um destes avanços o local. em função da sua espessura e forma, a sua retenção ao uso de mini-implantes durante o tratamento ortodôntico. São osso não é muito forte. parafusos de titânio de dimensões reduzidas, responsáveis por o INPeS/Cetao tem uma linha de pesquisa clínica envolvendo o auxiliar o tratamento ortodôntico em um dos seus conceitos uso de mini-implantes, sendo estudada a sua melhor época de básicos: a ancoragem. estes dispositivos permitem movimen- ativação. Às terças-feiras, a partir das 18h00, sob a coordenação tações dentárias que não seriam possíveis sem o seu auxílio dos Drs. alexandre Wuo, Silvia tsukumo e Rafael Golghetto, há o e reduzem a duração do tratamento, além de torná-lo mais atendimento clínico de pacientes com indicação de uso de mini- previsível e seguro. implantes durante o tratamento. os interessados devem marcar a cirurgia deve ser planejada com o auxílo de radiografias pe- consulta com carta de encaminhamento, radiografia periapical da riapicais e modelo de estudo, a fim de que não sejam atingidas área em questão e modelo de estudo com a região assinalada. estruturas importantes, tais como raízes dentárias, seio maxi- lar e canal mandibular. a sua instalação é feita através de uma pequena perfuração da mucosa oral e cortical óssea e nele são Rafael Golghetto Domingos é aluno do Curso de Especialização presos os acessórios utilizados na mecânica ortodôntica. de Ortodontia do CETAO e membro do Departamento de Pesquisas após o término do tratamento, o mini-implante é removido Integradas (Deep In)
  4. 4. C Cursos PERIODONTIA - com ênfase em Seleção: 02 de Julho / 08 às 14h00 Implantodontia análise de currículo. Coordenador: Prof. Dr. Luiz Alves de Lima entrevista. Prof. associado de Periodontia da FoUSP Inicio: 06 de agosto / 08 às 8h30 Mestre, Doutor e livre-docente pela FoUSP Periodicidade: Semanal – 4as feiras (manhã/tarde/noite) Fellow do International team for implantology (ItI) Cursos de Aperfeiçoamento Especializações – 2º semestre de 2008 education Delegate do ItI Brazil Section Inscrições abertas para diversos cursos nas áreas de: or- Equipe: Prof. Ivan Pasin todontia; ortopedia Funcional; Prótese Dentária; oclusão; Prof. Ricardo Sekiguchi Dentística e estética; Implante; Cirurgia oral; endodontia; Profª. Valéria Gondin Periodontia; terapêutica; Radiologia; atm e Dor orofacial; adm. do Consultório; Planejamento e Marketing para Den- Periodicidade: Mensal - 4ª , 5ª , 6ª e sábado tistas; Homeopatia; Biossegurança; Pacientes especiais; La- Seleção: agosto de 2008 ser; Fotografia; Secretárias e aCD’s Início: Setembro de 2008 ENDODONTIA Veja o conteúdo detalhado de cada Coordenador: Prof. Dr. Giulio Gavini e Equipe curso no www.cetao.com.br Professor titular da Disciplina de endodontia da FoUSP Professor dos Cursos de Pós-Graduação em nível de espe- cialização Mestrado e Doutorado da FoUSP CURSO INTERNACIONAL Exame: 19 de agosto 2008 às 19h00 COMO AVALIAR E TRATAR PACIENTES COM Início: 09 de Setembro 2008 DEFORMIDADES DA FACE Periodicidade: 3as feiras das 13h00 às 22h00 (tratamento ortodôntico-cirúrgico) ORTOPEDIA FUNCIONAL DOS MAXILARES Prof. Dr. António Matos da Fonseca Coordenadora: Profª. Adriana Andrade Marchi e Equipe especialista em Cirurgia Maxilofacial. Hospital de S. Mestranda em ortodontia e odontopediatria – UNIP José. Lisboa. Diretor da Clínica da Face. Lisboa especialista em ortodontia pela SPo Fellow of the european Board of Maxillofacial Surgery especialista em ortopedia Funcional pela aCDC Pós-Graduada em oclusão Funcional e ortodontia (Roth- Data: 30 de outubro a 01 de Novembro Williams Foundation, Califórnia – USa ). 5ª, 6ª e sábado Horário: 8h30 às 18h30 Inicio do Curso: agosto de 2008 Valor: 03 parcelas de R$ 400,00 Periodicidade: Semanal – 4ª feira (tarde / noite) Programa (Teórico): ODONTOPEDIATRIA trat. ortodôntico X trat. ortodôntico-cirúrgico: Limites Coordenador: Profª Drª Sandra Kalil Bussadori e Equipe do trat. ortodôntico / Discrepâncias basais / Princípios especialista em odontopediatria de preparação ortodôntica dos casos cirúrgicos / Exa- Mestre em Materiais Dentários me Clínico: exame facial / Referências: verticais, trans- Doutora em odontopediatria versais e sagitais / Integração na análise Cefalométrica do perfil / Imagiologia e modelos / Cefalometria para Periodicidade: Semanal - 5as feiras das 8h30 às17h00 Cirurgia: análise Cefalométrica integrada do perfil / Seleção: agosto de 2008 Cefalometria frontal / Cirurgia ortognática e alterações Inicio do curso: agosto de 2008 cutâneas associadas / Cirurgia mandibular / Cirurgia maxilar / Cirurgia do mento / Cirurgias complementares: PRÓTESE DENTÁRIA Coordenadora: Profª. Drª. Dalva Cruz Laganá e Equipe técnicas / Limitações / Riscos / Complicações / Previ- Profª. titular de Prótese Removível da FoUSP. são ortodôntica pré-cirúrgica para cirurgia monomaxi- lar e Bimaxilar: mandibular: avanço – recuo / maxilar: Data de inscrição: até Junho 2008, enviar currículo resu- avanço – recuo / impactação – abaixamento / tipping mido. / combinadas. Informações e Inscrições: tel (11) 5051-2370 www.cetao.com.br e-mail: cetao@cetao.com.br instituto de pesquisa em saúde instituto de pesquisa em saúde

×