Inovação Centrada no Usuario no CESAR
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
1,688
On Slideshare
1,679
From Embeds
9
Number of Embeds
4

Actions

Shares
Downloads
43
Comments
0
Likes
4

Embeds 9

http://www.edmodo.com 4
http://us-w1.rockmelt.com 3
http://a0.twimg.com 1
https://twitter.com 1

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Ago/2012
  • 2. “[...] Inovar é correr riscos, é desafiar eabraçar o desconhecido, ainda que deforma imperfeita.Um imperfeito que a gente podetransformar em perfeito."Mensagem de final de ano do C.E.S.A.R
  • 3. negóciosGe.N.TePara nós a inovaçãosó é possível com oenvolvimento depelo menos trêsaspectos...gentetecnologia
  • 4. EQUIPETRANSDISCIPLINAREmpreendedoresAntropólogosEngenheiros de TestesPesquisadoresPsicólogosDesignersIlustradoresAdministradoresJornalistasEletrônicosEngenheirosSoftwareEngenheiros deProfissionais de MarketingEngenheirosde UsabilidadePlásticosArtistasAdministradores deSistemasGestores deProjetosEngenheirosMecânicosEngenheiros QuímicosEngenheiros de ComunicaçõesBacharéis emCiênciasMilitaresEngenheirosCartográficos
  • 5. Design Centrado naExperiência do Usuário
  • 6. Desde 2003 o CESAR vemtrabalhando com design denovos produtos baseadosna experiência do usuário.as pessoassão?O valor daspessoas?as pessoasvivem?experiências quemelhorem a vidadas pessoas.
  • 7. Quem somos?
  • 8. O quefazemos? DesirableCredibleFindableUsefulValorAccessibleUsableValuableUtilidade + Intuição =
  • 9. Como fazemos?
  • 10. entenderum contextocriarsoluçõesprototiparconceitosvalidar
  • 11. INOVAÇÃO CENTRADA NO USUÁRIOP.I.CProcesso deInovação CESAREstudos ePesquisas IdeaçãoAvaliação Prototipação1 234
  • 12. Identificam-se usuários, necessidades,hábitos, desejos e contextos de usode um produto ou serviço.TécnicasEtnografiaPesquisa contextualEntrevista em profundidadeAnálise da tarefa1
  • 13. SlideCom as informações da pesquisa decampo, geram-se soluções para osproblemas e oportunidadesencontrados na pesquisa.TécnicasPersonasBrainstormPlacestorm2
  • 14. Por meio de protótipos de baixafidelidade, busca-se aprimorar assoluções minimizando-se os riscos.TécnicasProtótipos em papelProtótipos em Flash3
  • 15. Através de testes com usuários emlaboratório e em campo busca-sevalidar as melhores soluções.TécnicasTestes de usabilidadeAvaliação HeurísticaFocus Groups4
  • 16. P.I.CO PIC pode ser adotado em projetos queenvolvam temas totalmente distintos; E comorçamentos, cronograma e equipes igualmentediversos.
  • 17. Ou com menos fases, deacordo com asnecessidades do projeto eas demandas do cliente.Por não ser rígido nas partes queo compõem, pode ser adotadocom igual êxito em seu formatocompleto de 4 fases;P.I.C
  • 18. O CESAR possui dois laboratórios deusabilidade equipados com infraestrutura desalas de observação dispostas paramonitorar salas de teste e grupos focais,através de vidros espelhados e monitoraçãodigital com a captura de áudio e vídeo.Estes laboratórios estão dispostosestrategicamente pelo país nas regiõesNordeste e Sul/Sudeste, para que asequipes de usabilidade do CESAR estejamainda mais próximas dos usuários a seremestudados.
  • 19. Alternativas Custo paraMudançaRequisitos Codificação ImplementaçãoQuanto mais tardioo erro, mais caro!
  • 20. Aumento daProdutividadeRedução deCustosAumento dasVendasInvestir em inovação centradano usuário contribui para:Retorno doInvestimento
  • 21. Cases
  • 22. A partir da metodologia PIC (Processo de Inovação doCESAR), foi feito o redesign da interface de um softwarepara PDVs da Bematech. A nova interface foidesenvolvida a partir de estudos e entrevistas in locoenvolvendo usuários finais do sistema. Por fim,protótipos de baixa fidelidade foram utilizados emtestes de usabilidade no laboratório do CESAR a fim degarantir a qualidade do produto. Como produto final,foi entregue ao cliente a interface gráfica do usuário emJava Swing para posterior implementação pelaBematech.Case: Redesign de Interface para Software de PDVPERFIS TÉCNICOSUX Researcher; UX Designer; Engenheiro de Softwareespecialista em Java Swing.ÁREAS DE CONHECIMENTOInovação Centrada no Usuário, Usabilidade, Prototipação,Java Swing.
  • 23. Case: Menu para TV DigitalFoi realizado um estudo etnográfico em 5 cidadesbrasileiras com o objetivo de construir um menu denavegação intuitivo para a população brasileira.CONHECIMENTOS TÉCNICOSEtnografia, ideação, testes de usabilidade, prototipação.
  • 24. CONHECIMENTOS TÉCNICOSPor meio do Processo de Inovação CESAR - PIC, foramrealizadas uma série de mudanças na interface de umequipamento de Raio-X portátil.Tais mudanças levaram a uma simplificação da interfacedo aparelho aumentando o volume de vendas e afacilidade de manuseio pelos usuários.Pesquisa de campo; técnicas de brainstorm; definições dosrequisitos para prototipação; prototipação simples; testes devalidação; software de controle para sistemas críticos;programação para micro controlador; projeto de filtrosespecíficos; sistemas tolerantes a falhas.Case: Redesign de Equipamento de Raio-X Portátil
  • 25. Case: Dispositivo Embarcado para Frota de TáxiEstudo e design de um protótipo funcional de umdispositivo móvel de para corridas de táxi baseado nalocalização do taxista e do cliente. Também foidesenvolvido uma versão para celular.Esta solução, chamada TAXIMOV, hoje é utilizada portaxistas em São Paulo e regiões próximas.CONHECIMENTOS TÉCNICOSEtnografia rápida, Ideação, Prototipação de hardware esoftware, Sistemas embarcados
  • 26. CONHECIMENTOS TÉCNICOSRealização de uma consultoria de UX paraidentificação de tendências em tecnologia e segurançaem ATM’s.O resultado final deste projeto foi o desenvolvimentode um protótipo e uma proposta de um novo conceitode design e posicionamento de componentes externosde ATMs.Pesquisa de campo; Técnicas de ideação; Definições derequisitos para prototipação; Prototipação simples;Sistemas Embarcados.Case: Re-design de ATMsPesquisadores em campoobservando o uso de ATM’s porclientes.
  • 27. Case: Workshop de Concepção de Produtos InovadoresRealização de um workshop de 3 dias no qual foramrepassadas para o cliente, diversas técnicas e métodosque são utilizados nos processos de concepção deartefatos inovadores pelo próprio CESAR, em seusprojetos, utilizando a metodologia centrada no usuárioPIC (Processo de Inovação Cesar.
  • 28. Criação deWireframesO objetivo deste projeto era redesenhar a interface de doissoftwares de gestão de acesso do cliente para oferecer umamelhor usabilidade a seus usuários.O CESAR a partir de estudos de campo com usuários dossistemas, desenvolveu wireframes, que, depois de testados,tornaram-se a interface gráfica padrão de identidade visual daempresa, para só então serem desenvolvidas em HTML. Estastelas tinham limitações de configuração impostas pelo cliente,necessitando funcionar em browsers antigos. Mesmo assim,toda a interface foi desenvolvida com alto padrão de qualidade ecompatível com diferentes versões de navegadores.Ao final do projeto foi realizado um treinamento para quefuturas mudanças ou adaptações nos sistemas pudessem serconduzidas pelo próprio cliente, sem a necessidade deintervenção do CESAR.Case: Estudo de Usabilidade e Redesign de Interface de SoftwarePERFIS TÉCNICOSEngenheiros de Software, Designers de UX, DesignersGráficos e Engenheiros de Teste.ÁREAS DE CONHECIMENTOHTML, Java Script, CSS, Testes de campo de usabilidade eprototipação de baixa e média fidelidade.Estudo deCampoTestesInterfaceGráficaHTML12345
  • 29. realizados por ano(em média);etnográfica gravadas;gerados ao ano (emmédia);90liberados para os clientespor ano (em média).de testes de usabilidade(NE e SU/SE);
  • 30. Contato de Negócios http://www.cesar.org.br negocios@cesar.org.br (81) 3425-4700