Your SlideShare is downloading. ×
0
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Quarto Módulo - 6ª aula - Glandula pineal

2,249

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
2,249
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
115
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. MEDIUNIDADE Algumas considerações:
  • 2. <ul><li>A mediunidade é um canal entre nós e a dimensão espiritual. </li></ul><ul><li>Ela pode ser de luz ou de sombras... </li></ul>
  • 3. <ul><li>A mediunidade é uma faculdade da percepção sensorial. Como qualquer faculdade deste tipo, para ser exercida, necessita de um órgão que capte e o outro que interprete... </li></ul><ul><li>É inerente ao homem, sendo derivada de uma predisposição orgânica da glândula pineal (epífise). </li></ul><ul><li>Há mais de dois mil anos, a glândula pineal, ou epífise, é tida como a sede da alma. </li></ul>
  • 4. <ul><li>Conhecido como &quot;terceiro olho&quot; na tradição hinduísta está ligado à capacidade intuitiva e à percepção &quot;, leva ao autoconhecimento. </li></ul><ul><li>Mediante essa constatação passa-se a algumas considerações sobre a Glândula Pineal ou Epífise . </li></ul>
  • 5. Glândula Pineal ou Epífise.
  • 6. <ul><li>SISTEMA GLANDULAR : é o conjunto de glândulas que compõem o corpo. Glândulas são órgãos ou conjuntos de células que produzem e secretam substâncias que regulam as funções do organismo. </li></ul><ul><li>Podem ser: Exócrinas e Endócrinas . </li></ul><ul><li>Glândulas Exócrinas : lançam a secreção no interior de algum órgão: salivares, gástricas, intestinais, lacrimais, mamárias. </li></ul><ul><li>Glândulas Endócrinas : lançam a secreção diretamente na circulação sanguínea. Produzem os hormônios </li></ul>
  • 7. PRINCIPAIS GLÂNDULAS ENDÓCRINAS hipófise ou pituitária controla as outras glândulas, o crescimento e inúmeras funções pineal ou epífise funções não esclarecidas pela medicina (há vários estudos e hipóteses) timo Idem tireóide atinge o metabolismo celular de todos os tecidos do organismo (exceto cérebro, testículos, pulmões e retina) paratireóide regula o cálcio do sangue supra-renais compostas de MEDULA (secreta a adrenalina, que eleva a pressão sanguínea, acelera a produção de glicose pelo fígado etc.) e CÓRTEX (hormônios que afetam característica pâncreas produz suco pancreático e insulina (passa diretamente ao sangue e controla o nível de açúcar) gônadas ovários e testículos
  • 8.  
  • 9. <ul><li>Definição : </li></ul><ul><li>Também denominada Glândula Pineal ou Corpo Pineal, está situada na região denominada Epitálamo e tem a forma de uma pinha. </li></ul><ul><li>Há mais de dois mil anos, a epífise, é tida como a sede da alma. </li></ul><ul><li>Para os praticantes do ioga, a pineal é o ajna chakra, ou o &quot;terceiro olho&quot;, que leva ao autoconhecimento. </li></ul><ul><li>Segundo a medicina terrestre, circunscrevem-se suas atribuições ao controle sexual no período infantil, até que as rodas da experiência sexual possam desligar com regularidade, pelos caminhos da vida humana. </li></ul>
  • 10. <ul><li>Depois, decresce em força, relaxa-se, quase desaparece, para que as glândulas genitais sucedam-na no campo de energia. </li></ul><ul><li>Segundo Jorge Andréa, médico psiquiatra, expositor e escritor espírita, que há muitos anos tem se dedicado aos estudos da mediunidade e das obsessões, afirma-nos em Nos Alicerces do Inconsciente: </li></ul><ul><li>&quot; A tríade por excelência, da mais alta expressão no mecanismo mediúnico,seria representada: </li></ul><ul><li> a) pela glândula pineal; </li></ul><ul><li> b) pelos centros de energia vital ou chacras; </li></ul><ul><li> c) pelo sistema neuro-vegetativo </li></ul>
  • 11. ESQUEMA DA UTILIZAÇÃO DO CORPO FÍSICO PELO <ul><li>1 . Os impulsos nervosos (eletromagnéticos) chegam, através dos nervos, ao córtex cerebral, sendo aí registrados.   </li></ul>
  • 12. <ul><li>2. Do córtex os impulsos vão ao tálamo, que funciona como uma chave de ligação entre o córtex e a substância branca. </li></ul><ul><li>3. No tálamo, que é comandado diretamente pelo Espírito, faz o julgamento das necessidades psíquicas da conscientização desses impulsos ou não. </li></ul><ul><li>4. Estando o tálamo com a chave ligada ao córtex, todas as sensações passam à substância branca e, portanto, são conscientemente percebidas </li></ul>
  • 13. <ul><li>5. O tálamo, por ordem do Espírito, pode desligar a chave do córtex. Os impulsos continuam chegando normalmente ao córtex, mas não passam para a substância branca. Por isso o perispírito não toma conhecimento dos impulsos. </li></ul><ul><li>6. As mensagens do Espírito (encarnado ou desencarnado) chegam ao cérebro por intermédio da glândula pineal (ou epífise), e vão do corpo físico ao Espírito, conforme o processo acima, pela mesma via. </li></ul>
  • 14.  
  • 15. <ul><li>Na mediunidade, ao ligar-se, o espírito comunicante pode querer ocultar do médium o que se passa: </li></ul><ul><li>- desliga a chave do tálamo, e dá-se a mediunidade inconsciente, pois a comunicação passa diretamente pelo córtex para os nervos, exteriorizando-se em palavras faladas (psicofonia) ou escritas (psicografia). </li></ul><ul><li>No entanto, uma disposição orgânica do médium pode causar essa mediunidade independente da vontade do Espírito Comunicante. </li></ul>
  • 16. <ul><li>O médium que vigia a própria vida, disciplina as emoções, cultiva as virtudes cristãs e oferece ao Senhor, multiplicados, os talentos que por empréstimo lhe foram confiados, estará, no silêncio de suas dores e de seus sacrifícios, preparando o seu caminho de elevação para o Céu. Estará, sem dúvida, exercendo a mediunidade com Jesus. </li></ul>
  • 17. Bibliografia <ul><li>Xavier, Francisco Cândido. Missionário da Luz. Pelo Espírito André Luiz, Cap. I e II). </li></ul><ul><li>Revista Espiritismo e Ciência - Número 3 - Páginas 22-27 </li></ul><ul><li>Estudando a mediunidade de Martins Peralva, cap. 1, pág. 16 (24.ª edição, Rio de Janeiro: FEB, 2004). </li></ul><ul><li>Testos e figuras da internet. </li></ul>

×