Your SlideShare is downloading. ×
ESCOLA SECUNDÁRIA DE JAIME MONIZDisciplina: Biologia e Geologia – 11º ano                      Ano letivo: 2012/2013Unidad...
1 – Por que razão, estes investigadores marcaram radioactivamente as proteínas e o DNAdos vírus?2 – Como explica que novos...
PROPOSTA DE SOLUÇÕES1 – Por que razão, estes investigadores marcaram radioactivamente as proteínas e o DNA dosvírus?Ao mar...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Experiências de hershey e chase

3,506

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
3,506
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
48
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Experiências de hershey e chase"

  1. 1. ESCOLA SECUNDÁRIA DE JAIME MONIZDisciplina: Biologia e Geologia – 11º ano Ano letivo: 2012/2013Unidade 5: Crescimento e renovação celularNome do aluno:_____________________________________ nº:___ Turma: ___ Data: __/__/__ FICHA DE TRABALHO EXPERIÊNCIAS DE HERSHEY E CHASE Em 1953, Alfred Hershey e Martha Chase utilizaram vírus que infetam as bactérias,por isso chamados bacteriófagos, que contribuíram para confirmar definitivamente que amolécula de DNA é o suporte físico da informação genética e não as proteínas. Antes de iniciarem as sua experiências, estes investigadores consideraram que: os vírus não penetram nas células (a cápsula fica no exterior); as proteínas da cápsula do vírus não tem fósforo (P), mas apresenta enxofre (S); o DNA apresenta na sua constituição fósforo (P), mas não enxofre(S). Isolaram, então, dois lotes de bacteriófagos, que marcaram radioactivamente. Numdos lotes, marcaram só o enxofre das proteínas (35S) e no outro somente o fósforo doDNA (32P). Note-se que uma vez no interior da bactéria, o DNA do vírus multiplica-se e, poroutro lado, a bactéria passa a produzir proteínas virais, que vão constituir a cápsula dosnovos vírus, ou seja, a bactéria passa a "obedecer a ordens" do vírus.
  2. 2. 1 – Por que razão, estes investigadores marcaram radioactivamente as proteínas e o DNAdos vírus?2 – Como explica que novos vírus não apresentem proteínas marcadas radioactivamentenas suas cápsulas?3 – Comente a afirmação: "Os trabalhos de Hershey e Chase reforçam a hipótese deque o DNA é o material genético, e não as proteínas. "
  3. 3. PROPOSTA DE SOLUÇÕES1 – Por que razão, estes investigadores marcaram radioactivamente as proteínas e o DNA dosvírus?Ao marcarem radioactivamente estes compostos, foi-lhes possível seguir o seutrajeto no decurso da experiência.2 – Como explica que novos vírus não apresentem proteínas marcadas radioactivamente nassuas cápsulas?As proteínas presentes na cápsula dos vírus, e marcadas radioactivamente, nãopenetram na bactéria. As novas cápsulas são produzidas pelas bactérias, quetrabalham agora de acordo com as instruções do DNA viral. Assim, na produção denovas cápsulas são utilizados aminoácidos presentes na bactéria e que, por isso,não estavam marcados radioactivamente.3 – Comente a afirmação: "Os trabalhos de Hershey e Chase reforçam a hipótese de que oDNA é o material genético, e não as proteínas. "Os resultados desta investigação permitem concluir que, embora só o DNA viralpenetre nas bactérias e não as proteínas, este contém a informação necessária paraa produção de novos vírus. Desta forma, mais uma vez se reforça a ideia de que oDNA é o suporte da informação genética e não as proteínas.

×