Políticas públicas esporte de base

1,077 views
1,030 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,077
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
747
Actions
Shares
0
Downloads
12
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Políticas públicas esporte de base

  1. 1. LEANDRO MAZZEI e TATIANA DE BARROS MEIRAEscola de Educação Física e Esporte – Universidade de São Paulo Apresentar modelo para análise da estrutura organizacional de diferentes países Comparação da estrutura esportiva de países com sucesso esportivo internacional Apresentar a estrutura organizacional com ênfase no esporte de base p Comparação de modalidades – Com sucesso esportivo x sem sucesso esportivo 1
  2. 2. 2
  3. 3. Organizações Governamentais O i õ G t i Organizações Não‐Governamentais O i õ Nã G t i Ministério do Esporte Comitê Olímpico Brasileiro (COB)NívelFederal Secretaria Nacional de  Confederações Esporte de Alto  Esportivas RendimentoNível Secretarias EstaduaisEstadual de Esporte Federações Esportivas Secretarias Municipais Clubes, associaçõesNível esportivas, entidadesMunicipal de Esporte esportivas de prefeituras Organizações Governamentais Organizações Não‐Governamentais Ministério do Esporte Comitê Olímpico Brasileiro (COB)NívelFederal Secretaria Nacional de  Responsável por construir uma política Confederações Esporte de Alto  Rendimento Esportivas esportiva brasileira pNível Secretarias EstaduaisEstadual de Esporte Federações Esportivas ‐ Lei de Incentivo Fiscal ‐ Lei Pelé Secretarias Municipais Clubes, associaçõesNível ‐ Lei Piva esportivas, entidadesMunicipal de Esporte esportivas de prefeituras 3
  4. 4. Organizações Governamentais O i õ G t i Organizações Nã G O i õ Não‐Governamentais t i Ministério do Esporte Comitê Olímpico Brasileiro (COB)NívelFederal Secretaria Nacional de  Confederações Esporte de Alto  Esportivas RendimentoNível Secretarias EstaduaisEstadual de Esporte ‐ Bolsa‐Atleta Esportivas Federações Responsável pelo esporte de  ‐ Descoberta do Talento esportivo alto rendimento Secretarias Municipais Clubes, associaçõesNível esportivas, entidadesMunicipal de Esporte esportivas de prefeituras Organizações Governamentais O i õ G t i Organizações Não‐Governamentais O i õ Nã G t i Ministério do Esporte ‐ Bolsa Talento Esportivo atualmente  Comitê Olímpico 354 contemplados) (COB) BrasileiroNível Responsáveis por desenvolver o  ‐ Centros de ExcelênciaFederal esporte em nível Estadual Secretaria Nacional de  Confederações Esporte de Alto  Esportivas RendimentoNível Secretarias EstaduaisEstadual de Esporte Federações Esportivas Secretarias Municipais Clubes, associaçõesNível esportivas, entidadesMunicipal de Esporte esportivas de prefeituras 4
  5. 5. Organizações Governamentais O i õ G t i Organizações Nã G O i õ Não‐Governamentais t i Ministério do Esporte Comitê Olímpico Brasileiro (COB)NívelFederal Secretaria Nacional de  Confederações Esporte de Alto  Esportivas Rendimento ‐ Centro Olímpico de  Responsáveis por desenvolver o  T i Treinamento e Pesquisa (COTP) t    P i  (COTP) esporte em nível MunicipalNível Secretarias EstaduaisEstadual de Esporte Federações Esportivas Secretarias Municipais Clubes, associaçõesNível esportivas, entidadesMunicipal de Esporte esportivas de prefeituras Organizações Governamentais O i õ G t i Organizações Nã G O i õ Não‐Governamentais t i Responsável por desenvolver Ministério do Esporte Comitê Olímpico o esporte olímpico Brasileiro (COB) nacionalmenteNívelFederal Secretaria Nacional de  Confederações Esporte de Alto Esportivas ‐ P  N  T l Programa Novos TalentosNível ‐ Secretarias Estaduais Recebe repasse da Lei PivaEstadual de Esporte Federações Esportivas ‐ Distribui recursos financeiros para as Confederações Secretarias Municipais Clubes, associaçõesNível esportivas, entidadesMunicipal de Esporte esportivas de prefeituras 5
  6. 6. Organizações Governamentais O i õ G t i Organizações Nã G O i õ Não‐Governamentais t i Ministério do Esporte Comitê Olímpico Brasileiro (COB) Nível Federal Secretaria Nacional de  Confederações Esporte de Alto  Esportivas Rendimento Nível Secretarias Estaduais Estadual Apresentação de plano  de Esporte Federações Esportivas de metas quadrienal Responsável por desenvolver cada esporte nacionalmente Clubes, associações Nível Secretarias Municipais de Esporte esportivas, entidades Municipal esportivas de prefeituras Organizações Governamentais O i õ G t i Organizações Nã G O i õ Não‐Governamentais t i Ministério do Esporte Comitê Olímpico Brasileiro (COB) Nível Federal Responsáveis por desenvolver Secretaria Nacional de  cada esporte regionalmente Confederações Esporte de Alto Esportivas‐ Possuem programas e projetos próprios‐ Trabalham com verba dos clubes  Nível filiados Secretarias Estaduais Estadual de Esporte Federações Esportivas Secretarias Municipais Clubes, associações Nível esportivas, entidades Municipal de Esporte esportivas de prefeituras 6
  7. 7. Organizações Governamentais O i õ G t i Organizações Nã G O i õ Não‐Governamentais t i Ministério do Esporte Comitê Olímpico Brasileiro (COB)NívelFederal Secretaria Nacional de  Confederações Esporte de Alto Esportivas Desenvolvem o esporteNível localmente Secretarias Estaduais Federações EsportivasEstadual de Esporte Local onde remente  acontece o desenvolvimento  Secretarias Municipais Clubes, associaçõesNível esportivas, entidadesMunicipal de Esporte do esporte de base esportivas de prefeituras• Entities which are responsible for elite sport in Brazil nationally: NOC Ministry of Sports • However, it has been verified that: – There are a number of isolated actions – Some of these actions are similar – They do not follow centralized guidelines y g • According to Green and Oakley (2001) and De Bosscher et al. (2009) the overlap of tasks jeopardize the national polices for the development of sport nationally 7
  8. 8. • The horizontal and vertical communication:Ministry of Sports NOC Limited  financial  NGBs resources  transfers issues State Governing Bodies (federations) • In many countries which have international sport success, like China and Australia, the national sport program is implemented and coordinated by a national organization and achieve all levels of sports organizations (HOULIHAN and GREEN, 2008)There are not clear task descriptions, because NOC andMinistry of Sports are responsible for developing elite sportnationally so there is an overlap of tasksThere is no strong coordination of all agencies involved inelite sport, because different sport entities do not follow anational guideline, and the communication is only aboutfinancial resources transfersIt has been verificated that clubs, sport associations andmunicipal governments are responsible for developing elitesport locally 8
  9. 9. Brazil requires to structure its sport program andorganize its national implementation to operateefficiently at regional levelsThere should exist an integrated and coordinatedprogram with guidelines proposed by governmententities and national sports organizations• The complete research has analyzed all Pillar 2 indicators and its Critical Success Factors (CSFs)• It was published in 2012 in the Journal: “Brazilian Journal of Physical Education and y Sport”, v. 26, n2, p.251‐262. 9
  10. 10. • DE BOSSCHER, VEERLE; DE KNOP, PAUL; VAN BOTTENBRUG;  SHIBLI, S.; BINGHAM, J. Explaining international sporting success:  An international comparison of elite sport systems and policies in   A  i i l  i   f  li       d  li i  i six countries. Sport Management Review. v. 12, p. 113‐136, 2009.• DIGEL, H a. The context of talent identification and promotion: A  comparison of nations. New Studies in Athletics. v.17, 3/4, p. 13‐ 26, 2002; • GREEN, M.; OAKLEY, B. Elite sport development systems and  playing to win: uniformity and diversity in international  approaches. Leisure Studies v. 20, p. 247–267, 2001.• HOULIHAN  B ; GREEN  M  Comparative elite sport  HOULIHAN, B.; GREEN, M. Comparative elite sport  development: systems, structures and public policy. Elsevier.  Burlington, 2008.• MEIRA, TATIANA DE BARROS. Programas de desenvolvimento  da natação de alto rendimento no Estado de São Paulo. Dissertação de Mestrado. Escola de Educação Física e Esporte da  Universidade de São Paulo. São Paulo, 2011 10

×