Your SlideShare is downloading. ×
Basquete   estrutura de jogo
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Basquete estrutura de jogo

4,918
views

Published on


0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
4,918
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
95
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. ESCOLA DE ARTES, CIÊNCIAS E HUMANIDADES - USP CIÊNCIAS DA ATIVIDADE FÍSICA Modalidades Esportivas Coletivas BASQUETEBOL Prof. Dr. Dante De Rose Junior - 2012 1
  • 2. HISTÓRICO•Ancestrais: Pok-ta-pok (Maias), chlachi (Astecas)buskasi (Indonésia), korfball (Holanda), el pato (Argentina - jogado acavalo), cauderale (Pirineus - pode ser o antecessor do El Pato)•Criado em 1891, pelo canadense JAMES NAISMITH, em Springfield(Massachussets) para suprir necessidade de um novo jogo para oinverno•Alvos eram cestas de pêssegos•1a. Bola – futebol•1a. Bola de basquetebol – 1905 - Spalding 2
  • 3. HISTÓRICO•1o. Jogo: 9x9 homens•Até 1893 jogado somente por homens•Equipes de 3 a 40 jogadores•13 regras básicas•1895 - regras adaptadas ao feminino•Primeiros países a conhecer o Basquetebol: 1893 - França; 1894 -China; 1895 - Inglaterra; 1896 – Brasil•1932 - Fundação da FIBA 3
  • 4. HISTÓRICO•Jogos Olímpicos: •1904 em St. Louis - Esporte demonstração •1924 em Paris - Esporte demonstração •1936 em Berlin - oficialmente no programa masculino - Estados Unidos •1976 em Montreal - competições no feminino - URSS •2000 Sydney - Estados Unidos (masculino e feminino) •2004 Atenas – Argentina e Estados Unidos (masc.-fem.) •2008 Beijing / 2012 Londres– Estados Unidos (masc – fem) 4
  • 5. HISTÓRICO •Jogos Olímpicos Masc: 12 participantes Campeão Mundial (EUA) País Sede (GBR) Pré – Olímpicos Continentais:• Américas – 10 participantes e 2 vagas (ARG e BRA) • Europa – 16 participantes e 2 vagas (ESP e FRA) • África – 16 participantes e 1 vaga (Tun) • Ásia - 16 participantes e 1 vaga (CHN) • Oceania – 2 participantes e 1 vaga (Aus) Pré – Olímpico Mundial (Venezuela): 3 (Rus, Lit e Nig) (12 países disputando) • Américas – 3 vagas (Pri, Dom, Vem) • Europa – 4 vagas (Rus, Lit, Mac, Gre) • Ásia (Cor, Jor) e África (Nig e Ang) – 2 vagas cada • Oceania (Nzl) – 1 vaga 5
  • 6. HISTÓRICO •Jogos Olímpicos Fem: 12 participantes Campeão Mundial (EUA) País Sede (GBR) Pré – Olímpicos Continentais: • Américas – 10 participantes e 1 vaga (BRA) • Europa – 16 participantes e 1 vaga (Rus) • África – 12 participantes e 1 vaga (Ang) • Ásia - 12 participantes e 1 vaga (CHN) • Oceania – 2 participantes e 1 vaga (Aus)Pré – Olímpico Mundial (Turquia) : 5 (Can, Fra, Tur, Tch, Cro) (12 países disputando) • Américas – 3 vagas (Pri, Can, Arg) • Europa – 4 vagas (Fra, Tur, Tch, Cro) • Ásia - 2 vagas (Cor, Jap) • África – 2 vagas (Moç, Mal) – 2 vagas cada • Oceania (Nzl) – 1 vaga 6
  • 7. O BRASIL•1896 trazido por Auguste Shaw•Fundação da CBB - 1933•1º jogo internacional: 1912 •Jogos Olímpicos: Masculino Feminino 1948 - Londres - bronze 1996 - Atlanta - vice •1960 - Roma - bronze 2000 - Sydney - 3o. •1964 - Tóquio – bronze 2004 – Atenas – 4º. •1996 – Atlanta – 5º 2008 – Beijing – 11º. • 2012 – Londres – 5º. 2012 – Londres – 9º. 7
  • 8. HISTÓRICO•Campeonatos Mundiais •masculino •1950 na Argentina - Argentina •2010 na Turquia – Estados Unidos •2014 - Espanha •feminino •1953 no Chile - Estados Unidos •2010 na Rep. Tcheca – Estados Unidos •2014 - Turquia 8
  • 9. HISTÓRICO •Mundial masc: 24 participantes Campeão Olímpico (EUA) País Sede (Esp) Pré – Mundiais Continentais: • Américas – 4 vagas • Europa – 8 vagas (ESP e FRA) • África – 2 vagas • Ásia - 2 vagas • Oceania – 2 vagas• Convidados ranking FIBA – 4 vagas 9
  • 10. HISTÓRICO•Mundial fem: 16 participantes Campeão Olímpico (EUA) País Sede (Esp)Pré – Mundiais Continentais: • Américas – 3 vagas • Europa – 5 vagas • África – 2 vagas • Ásia - 3 vagas • Oceania – 1 vagas 10
  • 11. •Campeonatos Mundiais Masculino Feminino1954 - Brasil - Vice 1971 - Brasil – 3º.1959 - Chile - campeão 1994 - Austrália - campeão1963 - Brasil - campeão 1998 - Alemanha – 4º.1966 - Uruguai - Vice 2006 – Brasil – 4º.1970 - Iugoslávia – Vice 2010 – Rep. Tcheca – 9º.1978 - Filipinas – 3º.2010 – Turquia – 9º. 11
  • 12. O Basquetebol no Brasil•Confederação Brasileira de Basketball - 1933•Liga Nacional – 2011/2012 •Campeão Masculino: Universo Brasília•Melhor equipe masculina: Franca (ranking CBB)•Federação Paulista de Basketball - 1924•Campeonato Paulista - 2011 •Campeão Masculino: Pinheiros •Campeão Feminino: Americana 12
  • 13. O BRASIL•Considerado a 4a. Potência do Basquetebol no século XX atrás de: •Estados Unidos •Rússia •Iugoslávia•EEFE no basquetebol: •Atletas: Amaury Pasos, Edvar Simões, Joy, Marçon, •Técnicos: Daiuto, Medalha, Valdir Pagan, Pedroca, Lula, Neto •Prep. Físico: Valdir Barbanti, Vita Haddad 13
  • 14. PRINCIPAIS ESCOLAS•NORTE - AMERICANA •Habilidade Individual •Força Física •Jogo forte próximo à cesta •(EUA, P.Rico, Am. Central) •EUROPEIA •Força Física •Jogo de Conjunto •(Rússia, Lituânia, Itália, Espanha, Grécia, Argentina) 14
  • 15. PRINCIPAIS ESCOLAS•ASIÁTICA •Base em arremessos de média e longa distância •Velocidade •(Japão, China, Coreia) •AFRICANA •Pouca habilidade •Simplicidade, Velocidade •(Nigéria, Senegal, Angola)•ECLÉTICAS (Estilo próprio) •Habilidade Individual •Velocidade •Arremessos •(Brasil, Iugoslávia, Croácia, França) 15
  • 16. Fatores relacionados ao Basquetebol pedagógicos administrativos técnicos sociais biomecânicos táticos psicológicos físicos econômicos 16
  • 17. CARACTERIZAÇÃO DO ESPORTE Esporte de cooperação e oposição Espaço comum Participação Simultânea(Blazquez Sanches & Hernandez Moreno – 1984) 17
  • 18. CARACTERIZAÇÃO DO ESPORTEAspectos físicos e motores Capacidades condicionantes  Força, resistência anaeróbia, velocidade, flexibilidade Capacidades coordenativas  Coordenação motora geral, percepção espaço-temporal, seleção imagem-campo, coordenação multi-membros, coordenação óculo-manual, destreza manual, estabilidade braço-mão, precisão(Barbanti, 1996; Ferreira & De Rose Jr., 2010) 18
  • 19. Regras•Original: 13 regras (tempo de jogo 15x15)•Atualmente: 8 regras (58 artigos e inúmeros incisos)•1897: 5 jogadores (antes jogavam de 3 a 40)•1923/1924 - lances-livres•1932 - três segundos•Bola ao ar depois de cesta até 1936•Área Restritiva - trapézio (1958)•3 pts - 1984 (Campeonato Mundial de 86)•Quadra: 28 x 15 – 1984•24 seg posse de bola•8 seg para passar a bola para a quadra de ataque (volta de bola) 19
  • 20. Posições específicas Armador – Lateral/Ala - Pivô 1 – Armador principal (guard - base) 2 – Armador auxiliar – lateral baixo (small forward - escolta) 3 – Lateral (forward - alero)4 – Lateral de força – pivô com mais mobilidade (power forward – pivot bajo) 5 – Pivô – (center – poste) 20
  • 21. 6,0m 6,25m 21
  • 22. ESTRUTURA DO JOGOAspectos Aspectos Situações Técnicos Táticos de jogo Fundamentos 5x5Sistemas: 1 vs. 1 Defesa Defesa 2 vs. 2 Ataque 3 vs. 3 Ataque 22
  • 23. ASPECTOS TÁTICOSSistemas de Defesa Sistemas de Ataque Individual Posicionado Zona Contra-Ataque Pressão Misto Combinado 23
  • 24. DEFESA INDIVIDUAL Visão orientada 24
  • 25. DEFESA Por ZONA 25
  • 26. DEFESA PRESSÃO 26
  • 27. Ataque posicionado contra Defesa Individual 4 r5 4r3 5 2 3 r 1 2 1 eq eq Passe Corta Luz Deslocamento sem bola Drible 1 Jogador com bola 27
  • 28. Ataque posicionado contra Defesa por Zona sobrecarga 4 2 5r 43 5 2 3 r 1 1 eq eq 28
  • 29. BASQUETEBOL CONTRA-ATAQUECONCEITOS GERAIS• Ataque realizado em velocidade• Superioridade numérica em relação à defesa• Gerado a partir de: rebote defensivo, lateral, fundo-bola, bolainterceptada, jance-livreORGANIZAÇÃO A PARTIR DE REBOTE DEFENSIVO• 1º passe para a lateral• jogador com bola no corredor central• dois jogadores para finalização nos corredores laterais• participação do 4º jogador (trailler) e 5º (proteção)• finalização próxima à cesta•‘reorganização rápida do ataqueSITUAÇÕES MAIS COMUNS• 1X0 - 2X1 - 3X1 E 3X2 29
  • 30. BASQUETEBOL CONTRA-ATAQUE - EXEMPLO 1 d 1 b a c3 e 1 d 2 2 5 d 2 e4 5 d 4 4 30
  • 31. SITUAÇÕES DE JOGO1 CONTRA 1 2 CONTRA 2 3 CONTRA 3Habilidades Ataque AtaqueIndividuais *Servir e ir *Servir e ir * Defesa *Corta luz *Corta luz: * Ataque direto indireto Defesa *Ajuda *Recuperação Defesa *Flutuação *Ajuda *Troca *Recuperação *Flutuação *Troca 31
  • 32. SITUAÇÕES DE JOGO – 1x1DEFESA •Utilização dos fundamentos: controle de corpo, posição defensiva. deslocamentos Evitar •Tomar a bola a qualquer custo •Deixar o adversário se posicionar entre a defesa e a cêsta Preferir •Conduzir o atacante para os cantos da quadra •Provocar o êrro (drible em local inadequado, arremesso longe da cêsta, parar o drible longe da cêsta) 32
  • 33. SITUAÇÕES DE JOGO – 1x1ATAQUE •Utilização dos fundamentos: controle de corpo (fintas, giros, etc), drible e arremessos Evitar •Levar a bola para os cantos da quadra •Parar de driblar longe da cesta ou próximo aos cantos •Dar as costas para a cêsta Preferir •Arremessos próximos à cêsta 33
  • 34. FUNDAMENTOS DEFESA ATAQUE Controle de corpoControle de corpo Controle de bola DriblePosição Defensiva Arremessos Passes Rebote Rebote 34
  • 35. FUNDAMENTOSCONTROLE DE CORPO – Ataque e defesa •Deslocamentos do jogador sem/com bola •Fintas •Mudanças de direção •Giros •Melhora do ângulo de passe •Melhora do posicionamento para arremesso •Equilíbrio 35
  • 36. FUNDAMENTOSPOSIÇÃO BÁSICA DE DEFESA •Deslocamentos do jogador sem bola •Equilíbrio Erros •Flexionar o tronco •Manter as pernas estendidas •Manter braços “colados” ao corpo •Saltar ou cruzar as pernas no deslocamento •Diminuir a base de equilíbrio 36
  • 37. FUNDAMENTOSDRIBLE - ataque •Deslocamentos do jogador com bola •Melhora do ângulo de passe •Infiltrações em direção à cesta •Contra-ataque Tipos: •Alto: deslocamento •Baixo: proteção Erros •Olhar para a bola •Golpear a bola •Conduzir ilegalmente •Driblar à frente do corpo •Proteger a bola com a mesma perna da mão do drible 37
  • 38. FUNDAMENTOSARREMESSOS - ataque •Lançamento visando a conversão de cêstas Tipos: •Parado - básico/lance-livre •Saltando - antecede o jump/iniciação •Jump - ponto mais alto do salto •Bandeja - progressão (dois tempos)/próximo à cêsta •Gancho - utilizado por pivôs (normalmente feitos com uma das mãos) Importante: •Extensão do braço ao final do movimento •Cotovelo apontando para a cêsta •Flexão do punho/rotação inversa na bola 38
  • 39. FUNDAMENTOSREBOTE •Recuperação da posse de bola após arremesso não convertido Tipos: •Defesa - Recuperado pela defesa •Tirar a bola da área congestionada •Iniciar contra-ataque •Ataque - Recuperado pelo ataque •Tentativa imediata de novo arremesso •Organização de novo ataque Importante: •Tomar a bola no ponto mais alto do salto •Protegê-la próxima ao corpo 39

×