RELATÓRIO DE SUSTENTABILIDADE ROCK IN RIO 2013 - ISO 20121

  • 780 views
Uploaded on

Relatório de Sustentabilidade Rock in Rio 2013. APCER atribuiu à organização ROCK WORLD S.A. o primeiro certificado emitido na América Latina de acordo com a norma internacional ISO 20121, tendo por …

Relatório de Sustentabilidade Rock in Rio 2013. APCER atribuiu à organização ROCK WORLD S.A. o primeiro certificado emitido na América Latina de acordo com a norma internacional ISO 20121, tendo por âmbito de aplicação a totalidade das atividades, desde a concepção até o pós-evento Rock in Rio. A responsabilidade e competência pela implementação do Sistema de Gestão para a Sustentabilidade do Evento Rock in Rio foi assegurada pelo Diretor de Operações, Ricardo Acto, que terceiriza na pessoa de Anelise Stahl Martins da Casamundobrazil Projetos Sustentáveis. "Munidos da ideia de sermos mais do que o maior evento de música do mundo, buscamos a certificação ISO 20121 para, além de olharmos para dentro da nossa organização como um todo, selarmos o nosso compromisso com o apoio na construção de um mundo melhor."Nossa visão é ser mais do que o maior evento de música e entretenimento do mundo; é além disso, usar o poder da marca Rock in Rio como força motriz para atingirmos o nosso compromisso de apoio à construção de um mundo melhor.
Com um diagnóstico completo do Rock in Rio 2011, onde as metas de longo prazo foram definidas, tomamos a decisão de trabalharmos nas próximas edições do evento em conformidade com a norma internacional ISO 20121 Sistemas de Gestão Sustentável para Eventos.
Neste sentido estabelecemos a nossa Política de Gestão para a Sustentabilidade apropriada a finalidade do evento Rock in Rio e usaremos o conceito de comportamento sustentável em consonância com o desenvolvimento sustentável como inspiração no alinhamento das nossas práticas para um mundo melhor.A implantação de um Sistema de Gestão para Sustentabilidade agrega um patrimônio intangível, mas fundamental para a Organização, e a conquista do certificado na Norma ISO 20121 sela o compromisso de minimizar os impactos negativos em nível social, ambiental e econômico. Além de aumentar as chances de sucesso no estabelecimento e cumprimento das metas de desenvolvimento sustentável, inclui a oportunidade do evento certificar suas práticas em um padrão internacional.
[O certificado só é dado para entidades que se preocupem de verdade com medidas reais de sustentabilidade. Com isso, o Rock in Rio junta-se ao seleto grupo composto por entidades internacionais como o Comitê Organizador das Olimpíadas de Londres 2012, o Manchester United Stadium, o Ministério dos Negócios Estrangeiros da Dinamarca, a Coca-Cola London, entre outros.]



  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
780
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
56
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. ROCK IN RIO ISO 20121 SISTEMA DE GESTÃO PARA SUSTENTABILIDADE DE EVENTOS NORMA ISO 20121 ROCK IN RIO | POR UM MUNDO MELHOR
  • 2. 2 INTRODUÇÃO [Mais do que nunca MARCAS, EMPRESAS E PESSOAS devem REPENSAR seus papéis neste MUNDO em transformação. Precisamos encorajar e exercitar o pensamento INOVATIVO e criar movimentos que transformem o jeito de influenciar e ser influenciado. Precisamos nos VER como PARTE de todos os ORGANISMOS VIVOS em que estamos inseridos.] O setor de eventos envolve e movimenta atividades e fornecedores de diversos tipos que, através da cadeia produtiva, geram grande impacto ambiental, social e econômico. A abrangência dos stakeholders, faz os impactos ocorrerem interna e externamente, e a conexão estratégica entre o planejamento e o envolvimento dos públicos tem sido a busca de diversas empresas e profissionais. Sendo assim, indicadores de uma gestão sustentável estão sendo cada vez mais considerados como critério seletivo de escolha. “Prestes a completar 30 anos, acreditamos que temos que assumir não só as nossas próprias responsabilidades mas um compromisso coletivo, enquanto cidadãos e profissionais, em cada atividade do nosso dia-a-dia, na busca e construção de um mundo mais sustentável.” Roberta Medina 02. CASAMUNDOBRAZIL – Projetos Sustentáveis
  • 3. 3 ISO - Organização Internacional para Normalização. Normas ISO atuam praticamente em todos os segmentos de negócios, mas até Londres 2012, nenhuma norma internacional auditável em sustentabilidade estava disponível para o setor de eventos. A preparação para o Jogos Olímpicos de Londres foi a faísca que ajudou a finalizar a ISO 20121 , e ajudou a colocar as considerações de sustentabilidade no centro do processo de planejamento. Ao invés de ditar alvos específicos ou medidas de sustentabilidade, o novo padrão permite à organizadores e fornecedores identificarem os principais públicos envolvidos e áreas de impacto para o seu evento. A partir disso, podem desenvolver e estabelecer planos e metas para reduzir os impactos negativos, mensurar resultados e elaborar relatórios de progresso. Esperamos que a nova norma estimule uma mudança radical na forma com que a indústria de eventos opere no que diz respeito ao seu desempenho de sustentabilidade. O objetivo é garantir que todos os eventos deixem um legado positivo e duradouro. O QUE É A ISO 20121? 03. CASAMUNDOBRAZIL – Projetos Sustentáveis
  • 4. 4 Nossa visão é ser mais do que o maior evento de música e entretenimento do mundo; é além disso, usar o poder da marca Rock in Rio como força motriz para atingirmos o nosso compromisso de apoio à construção de um mundo melhor. Com um diagnóstico completo do Rock in Rio 2011, onde as metas de longo prazo foram definidas, tomamos a decisão de trabalharmos nas próximas edições do evento em conformidade com a norma internacional ISO 20121 Sistemas de Gestão Sustentável para Eventos. Neste sentido estabelecemos a nossa Política de Gestão para a Sustentabilidade apropriada a finalidade do evento Rock in Rio e usaremos o conceito de comportamento sustentável em consonância com o desenvolvimento sustentável como inspiração no alinhamento das nossas práticas para um mundo melhor. A implantação de um Sistema de Gestão para Sustentabilidade agrega um patrimônio intangível, mas fundamental para a Organização, e a conquista do certificado na Norma ISO 20121 sela o compromisso de minimizar os impactos negativos em nível social, ambiental e econômico. Além de aumentar as chances de sucesso no estabelecimento e cumprimento das metas de desenvolvimento sustentável, inclui a oportunidade do evento certificar suas práticas em um padrão internacional. [O certificado só é dado para entidades que se preocupem de verdade com medidas reais de sustentabilidade. Com isso, o Rock in Rio junta-se ao seleto grupo composto por entidades internacionais como o Comitê Organizador das Olimpíadas de Londres 2012, o Manchester United Stadium, o Ministério dos Negócios Estrangeiros da Dinamarca, a Coca-Cola London, entre outros.] O ROCK IN RIO E A ISO 20121? PORQUE CERTIFICAR ? "O indivíduo se vê como parte do organismo vivo em que está inserido, alinhando os pilares ambiental, social e econômico em um sentido de interdependência, voltado ao bem estar e cuidado de toda e qualquer organização, refletindo em futuras gerações." 04. CASAMUNDOBRAZIL – Projetos Sustentáveis
  • 5. 5 Acreditamos que, para haverem benefícios e deixarmos um Legado Positivo, não basta apenas organizarmos e planejarmos adequadamente o evento, mas também… que estejamos dispostos a investir na construção de soluções para as necessidades da população, tendo o Rock in Rio como ferrramenta para este propósito. Conduzidos por essa vibração, deixamos como Legado o exemplo através das nossas práticas e inspiração, e tendo como base quatro princípios chave, sendo eles gestão, inclusão, integridade e transparência, continuamos a promover campanhas de conscientização sobre a importância de cuidarmos do que é nosso . Este ano foi a vez de “Lixo no Lixo, Rio no Coração”, que realizou diversas ações pela cidade do Rio sobre a importância de se descartar corretamente o lixo que geramos. Mas vamos além, e deixamos uma praça com a energia das pessoas que estiveram na Cidade do Rock, cuidada e resguardada para ser utilizada pela comunidade, enquanto todos aguardarmos a próxima edição do maior Festival de Música do Mundo. O estabelecimento de um sistema de gestão nos proporciona um caminho para identificarmos e gerenciarmos com sucesso as questões do desenvolvimento sustentável e também a oportunidade de compartilharmos as lições aprendidas com todos os interessados. Com uma norma de sistema de gestão para sustentabilidade, somos desafiados a rever nossas práticas, melhorar nossos p processos e buscar a melhoria contínua e a construção de um mundo melhor. ”Acredito na força de um Sistema de Gestão como ferramenta na transformação de práticas em um comportamento sustentável” Anelise Stahl Martins Diretora da Casamundobrazil. COMO NOS BENEFICIAMOS? LEGADO ROCK IN RIO… 05. CASAMUNDOBRAZIL – Projetos Sustentáveis
  • 6. 6 NOSSO SISTEMA DE GESTÃO Para construirmos e apresentarmos o nosso sistema de gestão, fizemos uma analogia com o corpo humano, onde vimos o ROCK IN RIO como um organismo vivo. Assim entendemos que o Sistema é como o nosso “corpo”, onde o Evento Rock in Rio têm a sua forma como um TODO, e seguindo na analogia, entendemos os Processos como a Anatomia Humana e as atividades da Organização como as nossas Funções Vitais. Referências : Sistema - Um conjunto de elementos interconectados, de modo a formar um todo organizado. (Wikipedia) Anatomia Humana - É um campo especial da Anatomia. Estuda grandes estruturas e sistemas do corpo humano. (Wikipedia) Atividade - Atividade física é qualquer movimento do corpo humano, no processo de desenvolvimento de sistemas, atividade é definida como um comportamento ou uma ação para a qual possa ser visualizado um início e um fim. (Wikipedia) Funções Vitais - As funções que são comuns a todos os seres vivos. (Wikipedia) …SISTEMA DE GESTÃO & CORPO HUMANO ANALOGIA… 06. CASAMUNDOBRAZIL – Projetos Sustentáveis
  • 7. 7 PDCA METODOLOGIA 07. CASAMUNDOBRAZIL – Projetos Sustentáveis
  • 8. 8 ÍNDICE PDCA: PLANEJAR CHECARFAZER AGIR 1. Determinar o Escopo | Pág. 10 2. Definir os princípios e valores | Pág. 11 3. Definir política de sustentabilidade | Pág. 12 4. Identificar e engajar partes interessadas| Pág. 13 5. Designar funções e responsabilidade| Pág .15 6. Identificar e avaliar questões & Estabelecer objetivos e planos| Pág. 16 7. Promover recursos e competências| Pág. 19 8. Gerenciar a cadeia produtiva e manter comunicação| Pág. 20 9. Documentar o Sistema | Pág 21 10. Melhoria contínua do sistema de gestão| Pág. 23 11. Auditoria Interna | Pág. 24 12. Desempenho do Sistema| Pág. 25 13. Identificar não conformidades e tomar medidas corretivas | Pág. 27 PDCA (Planejar, Fazer, Checar e Agir do inglês: PLAN - DO - CHECK - ACT) é um método iterativo de gestão de quatro passos, utilizado para o controle e melhoria contínua de processos e produtos. Ele é orientado pelos requisitos da Norma ISO 20121 a ser utilizado na Implantação do SGSE, e foi escolhido como diretriz na orientação e apresentação do sistema do Rock in Rio. CICLO PDCA E O SISTEMA DE GESTÃO... 08. CASAMUNDOBRAZIL – Projetos Sustentáveis
  • 9. 9 #PLANEJAR É necessário analisar o negócio principal da Organização e como ele impacta nas questões sustentáveis que sejam relevantes para o seu propósito e que possam afetar a capacidade em alcançar resultados, e então, localizar problemas, estabelecer metas e planos de ação. Para nós, por sermos um projeto de comunicação baseado nas emoções, é crucial para o sucesso assegurar o apoio, o empenho e envolvimento de todas as partes interessadas dentro do planejamento relativo ao nosso escopo, onde pretendemos equilibrar a vertente ambiental, social e econômica.
  • 10. 10 O QUE DIZ A NORMA: A organização deve determinar os limites de aplicabilidade do sistema de gestão para sustentabilidade de eventos, a fim de estabelecer o seu escopo. (ISO 4.3) O QUE FIZEMOS: A Rock World S.A estabeleceu um Sistema de Gestão para Sustentabilidade do Evento Rock in Rio considerando o âmbito da sua Sede e Cidade do Rock, atendendo os requisitos legais e estatutários e outros requisitos aplicáveis, incluindo os processos e sistema de gestão da organização, direcionados pela Norma da ISO 20121. 1. DEFINIR ESCOPO 10. CASAMUNDOBRAZIL – Projetos Sustentáveis
  • 11. 11 2. DEFINIR OS PRINCÍPIOS E VALORES A organização deve definir seus princípios administrativos do desenvolvimento sustentável na forma de uma declaração de propósito e valores. (ISO 4.5) O sistema de gestão será adotado, e irá consolidar uma patrimônio intangível, mas fundamental para a sustentabilidade do evento Rock in Rio, para a Rock World como organização e para a Sociedade que se beneficiará com o legado deixado. Alinhamos a nossa visão, missão e valores em torno da aplicação dos 4 princípios instituídos pela Norma ISO. · Administração/Gestão · Inclusão · Integridade · Transparência O QUE DIZ A NORMA: O QUE FOI FEITO: 11. CASAMUNDOBRAZIL – Projetos Sustentáveis
  • 12. 12 O QUE DIZ A NORMA: A alta administração deve estabelecer uma política de desenvolvimento sustentável que seja: apropriada à finalidade da organização; forneça uma estrutura para o estabelecimento de objetivos de desenvolvimento sustentável; inclua um compromisso que atenda aos requisitos aplicáveis; e inclua um compromisso para a melhoria contínua do sistema de gestão para sustentabilidade de eventos. (ISO 5.2.1) O QUE FOI FEITO: Estabelecemos a nossa Política de Gestão para a Sustentabilidade apropriada a finalidade do evento Rock in Rio, fornecendo uma estrutura para o estabelecimento dos objetivos do desenvolvimento sustentável, incluindo a conformidade com a legislação e os regulamentos aplicáveis, em alguns casos indo mais além destas obrigatoriedades, e o compromisso para a melhoria contínua do sistema de gestão para a sustentabilidade do evento: 1. Deixar um legado duradouro na nossa cadeia de valor; 2. Através do exemplo e da disseminação de boas práticas, influenciar a construção de práticas sustentáveis da cadeia produtiva e de todas as pessoas que participam do evento; 3. Retribuir à comunidade, com benefícios diretos e indiretos e com a busca por novas soluções para as questões ambientais, sociais e econômicas; 4. Promover a interdependência dos processos e suas interações entre a economia, meio ambiente e sociedade; 5. Inserir os valores e os princípios do desenvolvimento sustentável da Rock World em todos os aspectos de planejamento do evento Rock in Rio; 6. Impactar positivamente todos os envolvidos com a experiência vivida no Rock in Rio 2013; 7. Atender à todos os regulamentos legais e processos de engajamento e inclusão; 8. Garantir a transparência e integridade em todas as transações comerciais; 9. Manter e zelar pelo espaço onde estará instalado o Rock in Rio 2013 10.Rever todas as atividades de gestão para a sustentabilidade do evento e seu desempenho, e promover a melhoria contínua. 3. DEFINIR POLÍTICA DE SUSTENTABILIDADE 12. CASAMUNDOBRAZIL – Projetos Sustentáveis
  • 13. 13 4. IDENTIFICAR E ENGAJAR PARTES INTERESSADAS A organização deve estabelecer, implementar e manter um procedimento para identificação e engajamento com as partes interessadas sobre as questões identificadas e emergentes do desenvolvimento sustentável, relativas a o seu papel na cadeia de valor dos eventos. (ISO 4.2) O QUE DIZ A NORMA: O QUE FOI FEITO: nas atividades relativas ao evento. Estabelecemos uma lista com todos os envolvidos e após identificados, utilizamos o ECOMAPA como forma de ilustração do envolvimento de alguns grupos. Após identificadas as partes interessadas foram realizados encontros para a apresentação da Política de Sustentabilidade e feito o questionamento sobre as necessidades e expectativas relacionadas à mesma. Para identificarmos o grupo de partes interessadas, foi importante considerar todos os afetados, direta ou indiretamente, 13. CASAMUNDOBRAZIL – Projetos Sustentáveis
  • 14. 14 ECOMAPA… O Ecomapa é um instrumento de análise dos stakeholders de uma determinada parceria que considera o ambiente em que os seus utilizadores desenvolvem as atividades. Trata-se de uma análise na qual se representam as conexões e inter-relações entre uma variedade de sistemas e sub-sistemas envolvidos com membros individuais ou organizações. As organizações são estruturas sistémicas e, enquanto tal são influenciadas pelo ambiente mas também influenciam a envolvente em que se inserem. Perceber esta dinâmica e, em particular, o envolvimento dos vários atores particular, o envolvimento dos vários atores numa parceria assume particular importância na gestão de redes. Assim, esta proposta, partindo de um estudo de caso, seria uma análise da participação dos stakholders( partes interessadas) na rede do evento Rock in Rio, com o recurso do Ecomapa. Procurou-se analisar a participação dos stakholders na rede através do envolvimento que é medido quanto ao relacionamento, à natureza, a qualidade e intensidade/ proximidade da participação. 14. CASAMUNDOBRAZIL – Projetos Sustentáveis
  • 15. 15 O QUE DIZ A NORMA: A alta direção deve assegurar que as responsabilidades e autoridade para as funções relevantes sejam atribuídas e comunicadas dentro da Organização (ISO 5.3) O QUE FOI FEITO: Conduzidos pela nossa visão de sustentabilidade, acreditamos no papel dos representantes da Alta Direção para demonstrar liderança e compromisso com relação ao Sistema de Gestão para Sustentabilidade do Evento Rock in Rio, neste sentido, asseguramos responsabilidades e exercemos a autoridade sobre as funções relevantes referentes ao Sistema de Gestão da Sustentabilidade do evento Rock in Rio, assegurando a conformidade com os requisitos da Norma ISO 20121e garantindo que o desempenho do SGSE seja devidamente reportado à Alta Direção. 5. DESIGNAR FUNÇÕES E RESPONSABILIDADES 15. CASAMUNDOBRAZIL – Projetos Sustentáveis
  • 16. 16 6. IDENTIFICAR E AVALIAR QUESTÕES & ESTABELECER OBJETIVOS E PLANOS O QUE DIZ A NORMA: O QUE FOI FEITO: A organização deve estabelecer, implementar e manter um procedimento para identificar suas questões de desenvolvimento sustentável e avaliar sua significância associada com suas atividades relativas a eventos (ISO 6.1.2) e estabelecer objetivos que devem ser específicos, mensuráveis, alcançáveis, razoáveis e limitados pelo tempo. (ISO 6.2) quais têm a maior significância e a seguir desenvolvemos objetivos específicos, alcançáveis e limitados pelo tempo, baseados nos nossos propósitos e valores alinhados aos requisitos legais e regulamentações. Os objetivos estão voltados para a criação de possibilidades de entrega de um legado para a comunidade, e o desenvolvimento de novas alternativas para melhoria da sustentabilidade do evento. A metodologia adotada para demonstração dos objetivos, identificados como os mais relevantes, ocorre com a apresentação de 8 tópicos como, Administração, Energia, Resíduos, Água, Transporte, Aquisição, Comunicação & Marketing e Segurança & Bem estar. As questões foram alinhadas à “Política de Sustentabilidade” e tiveram envolvimento da mesma, com as partes interessadas, nas quais as saídas foram documentadas. Realizamos uma análise crítica inicial da relevância das questões que devem ser tratadas para a eficácia do SGSE Rock in Rio, logo, fizemos um levantamento de todos os riscos registrados, reunimos e revisamos todos os planos de contingência sobre essas situações, alinhando com o sistema. Após a identificação da ampla gama de questões relevantes às atividades e suas interações, desenvolvemos um conjunto de critérios para decidir 16. CASAMUNDOBRAZIL – Projetos Sustentáveis
  • 17. 17 Desenvolver Objetivos Criar ações para o desenv. dos objetivos Definir os responsáveis e os recursos necessários Determinar período de vigência Definir metas e indicadores Avaliação IPlano de Ação Monitoramento Avaliação II Processo de melhoria contínua Monitoramento Meta cumprida Não Conformidade Foi desenvolvido uma matriz em função das questões levantadas com o objetivo de identificar aquelas com maior prioridade ou significância. Para determinar a significância, foram definidos 5 critérios para cada questão, dentre eles, extensão do impacto, efeito potencial de agir, nível de preocupação, recursos necessários e legislação relevantes. Os critérios estão divididos em níveis, indo de 1 – 5, sendo assim, quanto maior o nível maior a significância. Como resultado obtemos um gráfico demonstrativo com as questões, apresentadas pela norma, de maior significância ou com maior grau de prioridade. A. MÉTODO PARA AVALIAR QUESTÕES – MATRIZ DE SIGNIFICÂNCIA B. PROCESSO DE PLANOS E METAS PARA OS OBJETIVOS 17. CASAMUNDOBRAZIL – Projetos Sustentáveis
  • 18. 18 #FAZER Enquanto a fase de planejamento estabelece as bases e as metas, é a atividade que proporciona os resultados. A construção da sustentabilidade é feita na tomada de decisão, no dia-a-dia, com equipes e partes interessadas. Amarrarmos as nossas práticas em um Sistema de Gestão é fundamental para atingirmos nossos objetivos.
  • 19. 19 O QUE FOI FEITO:O QUE DIZ A NORMA: 7. PROMOVER RECURSOS E COMPETÊNCIAS A organização deve determinar e fornecer os recursos necessários para o estabelecimento, implementação, manutenção e melhoria contínua do sistema de gestão para sustentabilidade de eventos (ISO 7.1) e deve determinar a competência necessária de pessoas que executam o trabalho sob seu controle que afeta o desempenho de sustentabilidade do evento. (ISO 7.2) Desde que escolhemos ou somos escolhidos por um pais/cidade para realizar o Rock in Rio, até ao seu desfecho e início de um novo ciclo para uma próxima edição, promovemos a elaboração de um Business Plan pelo Marketing, um Pré-Orçamento Geral elaborado pelos setores de Operações, Marketing e Produção e validamos com a Alta Direção, determinando a promoção dos recursos e competências necessários para a implementação, manutenção e melhoria contínua do evento Rock In Rio. 19. CASAMUNDOBRAZIL – Projetos Sustentáveis
  • 20. 20 O QUE DIZ A NORMA: Entendemos a relevância da relação com os nossos fornecedores para atingirmos as nossas metas e objetivos com relação ao SGSE. Neste sentido, somos guiados pelo sentido da “economia de experiência”, mantendo uma relação próxima e construtiva com o cadeia produtiva. Para isso procuramos contratar fornecedores especializados e alinhamos a nossa Politica de Sustentabilidade nos contratos e nos regulamentos como evidenciamos no Manual de Relacionamento. Na edição Rock in Rio 2013, o Prêmio Atitude Sustentável foi um importante canal de interação com a cadeia produtiva, onde através do questionário de sustentabilidade, compartilhamos práticas e avaliamos as metas e o desempenho com relação ao desenvolvimento sustentável. A organização deve estabelecer a relevância de cada um dos objetivos, metas e planos em relação a cada fornecedor, e deve incluir informações suficientes e relevantes nas propostas comerciais para permitir que seus fornecedores demonstrem sua capacidade de apoiar os objetivos. (ISO 8.3) · 8. GERENCIAR A CADEIA PRODUTIVA E MANTER COMUNICAÇÃO O QUE FOI FEITO: 20. CASAMUNDOBRAZIL – Projetos Sustentáveis
  • 21. 21 Estamos comprometidos a reter e controlar a distribuição dos documentos requeridos pela ISO 20121, incluindo os documentos definidos pela própria organização e também os necessários para assegurarem o planejamento, operação e controle efetivo dos processos relativos às questões relevantes ao desenvolvimento sustentável, assegurando a promoção, de quando apropriado o envolvimento dos fornecedores e demais partes. O SGSE da organização deve incluir informação documentada requerida pela Norma, pela organização e documentos definidos pela organização, necessários para a eficácia do sistema de gestão para sustentabilidade do evento. (ISO 7.5) 9. DOCUMENTAR O SISTEMA O QUE DIZ A NORMA: O QUE FOI FEITO: 21. CASAMUNDOBRAZIL – Projetos Sustentáveis
  • 22. 22 #CHECAR Neste estágio é importante assegurar procedimentos de medição em função das metas, e fundamental que evidenciem alertas de algum risco de não atingi-las. Também é necessário que o sistema assegure que as lições aprendidas alimentem os próximos eventos. Acreditamos que através de uma série de controles de medição, reuniões regulares e auditorias, somos capazes de acompanhar, analisar e avaliar o nosso desempenho e progresso.
  • 23. 23 O QUE FOI FEITO: Buscamos constantemente, junto a toda a organização e envolvidos o comprometimento com a melhoria contínua da adequação e eficácia do sistema de gestão para a sustentabilidade do evento Rock in Rio. 10. MELHORIA CONTÍNUA DO SISTEMA DE GESTÃO A Organização deve melhorar continuamente a adequação e eficácia do sistema de gestão para sustentabilidade de eventos. (ISO 10.2) O QUE DIZ A NORMA: 23. CASAMUNDOBRAZIL – Projetos Sustentáveis
  • 24. 24 Para planejar, estabelecer, implementar e manter o programa de auditoria, definimos os critérios para primeira auditoria implementada, selecionamos o auditor assegurando a imparcialidade do processo de auditoria e asseguramos o reporte à alta direção. O QUE FOI FEITO: CASAMUNDOBRAZIL – Projetos Sustentáveis O QUE DIZ A NORMA: 11. AUDITORIA INTERNA
  • 25. 25 O QUE FOI FEITO: 12. DESEMPENHO DO SISTEMA O QUE DIZ A NORMA: Estabelecemos uma abordagem para avaliação do desempenho atual da Gestão do evento Rock in Rio em relação a nossa declaração de propósitos e valores, alinhados aos princípios orientados pela Norma. Para cada princípio foi desenvolvido uma “Matriz de Maturidade” em forma de gráfico, que será mantida e atualizada, possibilitando a visualização de circunstâncias que levem à mudança. 25. CASAMUNDOBRAZIL – Projetos Sustentáveis A organização deve estabelecer sua abordagem para avaliar o desempenho atual e meta em função da sua declaração de propósito e valores e os princípios administrativos de desenvolvimento sustentável relacionados com a gestão de eventos. (ISO 9.1)
  • 26. 26 #AGIR A implementação da ISO 20121 é um processo contínuo e leva a identificação dos impactos e riscos indesejáveis. Quando um problema ou uma não conformidade é identificada e são tomadas devidas medidas para a ação corretiva, em geral essas alterações no plano geral, e inclusive o aprendizado, alimentam o sistema. Esse processo oferece um conteúdo valioso para a revisão do evento e lição importante para os próximos eventos serem ainda melhores.
  • 27. 27 Quando ocorrer uma não conformidade, a organização deve identificar e reagir as não conformidades, avaliar a necessidade se ações para eliminar as causas, implementar ação necessária e analisar criticamente a eficácia desta ação, recomendar alterações no sistema se necessário e recomendar ações preventivas, e assegura que, onde apropriado, os fornecedores contribuam para a avaliação da conformidade e tratam da não conformidade. (ISO 10.1) Quando ocorrer uma não conformidade, a organização deve identificar e reagir as não conformidades, avaliar a necessidade se ações para eliminar as causas, implementar ação necessária e analisar criticamente a eficácia desta ação, recomendar alterações no sistema se necessário e recomendar ações preventivas, e assegura que, onde apropriado, os fornecedores contribuam para a avaliação da conformidade e tratam da não conformidade. (ISO 10.1) Nesta edição, para estar em conformidade com os requisitos da Norma ISO 20121, a Organização estabeleceu implementar e manter uma Auditoria Interna com a autoridade para a investigação das não conformidades relacionadas as SGSE e a relativa distribuição das responsabilidades para o tratamento e busca das ações corretivas e preventivas necessárias. 13. IDENTIFICAR NÃO CONFORMIDADE E TOMAR MEDIDAS CORRETIVAS O QUE FOI FEITO: O QUE DIZ A NORMA: 27. CASAMUNDOBRAZIL – Projetos Sustentáveis
  • 28. 28 A responsabilidade e competência pela implementação do Sistema de Gestão para a Sustentabilidade do Evento Rock in Rio foi assegurada pelo Diretor de Operações, Ricardo Acto, que terceiriza na pessoa de Anelise Stahl Martins da Casamundobrazil Projetos Sustentáveis, no qual, pelo compromisso em minimizar os impactos negativos a nível social, ambiental e econômico, a APCER atribuiu à organização ROCK WORLD S.A. o primeiro certificado emitido na América Latina de acordo com a norma internacional ISO 20121, tendo por âmbito de aplicação a totalidade das atividades, desde a concepção até o pós-evento Rock in Rio. CERTIFICADO 28. CASAMUNDOBRAZIL – Projetos Sustentáveis
  • 29. 29 Comprometidos com a melhoria do desempenho do Rock in Rio, até então, ao longo do desenvolvimento em Portugal, entre edições 2004 e 2008, iniciou-se um processo para garantir a continuidade de profissionais ligados à Marketing, Produção, Engenharia e Operações no sentido de permitir e constituir uma equipe fixa, colocando em prática a denominada "economia de Experiência". Acreditamos que com a equipe fixa constituída em 2008, permitimos a cada edição o desenvolvimento de formas mais econômicas e sustentáveis de gestão e desenvolvimento. Sendo assim, entendemos que a Implantação do Sistema de Gestão ISO servirá como uma excelente ferramenta no sentido de estabelecer, manter e implementar procedimentos para investigarmos a ocorrência de não conformidades, e tomarmos medidas para mitigar quaisquer impactos causados, podendo iniciar e concluir com efetividade as ações corretivas e preventivas. Munidos da ideia de sermos mais do que o maior evento de música do mundo, buscamos a certificação ISO 20121 para, além de olharmos para dentro da nossa organização como um todo, selarmos o nosso compromisso com o apoio na construção de um mundo melhor. MELHORIA DO DESEMPENHO DO ROCK IN RIO CONCLUSÃO 29. CASAMUNDOBRAZIL – Projetos Sustentáveis
  • 30. 30 EXPEDIENTE ROCK WORLD SA. PROJETO Implantação do Sistema de Gestão para Sustentabilidade de Eventos Norma – ISO 20121 EVENTO Rock in Rio VICE-PRESIDENTE Roberta Medina DIRETOR DE OPERAÇÕES Ricardo Acto RELATÓRIO REALIZAÇÃO CASAMUNDOBRAZIL – Projetos Sustentáveis COORDENADOR TÉCNICO E EDIÇÃO DE TEXTOS Anelise Stahl Martins REVISÃO Anelise Stahl Martins Marco Antônio Martins Filipe Medeiros Vieira EDIÇÃO Anelise Stahl Martins Filipe Medeiros Vieira CONTATO Esta publicação está disponível somente na Língua Portuguesa. Produção CASAMUNDOBRAZIL. Email.: anelise@casamundobrazil.com.br Este documento foi publicado em 01/05/2014. Este documento está disponível apenas eletronicamente. Pense no meio ambiente antes de imprimir este documento. Se a impressão for necessária tentar imprimir em frente e verso em papéis com certificação. 30. CASAMUNDOBRAZIL – Projetos Sustentáveis
  • 31. 31