Disciple sermon 3

254 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
254
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Disciple sermon 3

  1. 1. Parte 3 Tornarmo-nos como Jesus
  2. 2. Part 3 Becoming like Jesus
  3. 3. Mat. 28:16-20
  4. 4. Matthew 28:16-20
  5. 5.  Ao longo das próximas semanas vamos ver as nossas definições dos cinco propósitos e considerar o que estamos a fazer nessas áreas e, porque, estamos focados nelas do modo como estamos.  Isso também irá coincidir com as avaliações do Ancião e do Ministro que devemos fazer periodicamente
  6. 6.  Over the next weeks we will be looking at our definitions of the five purposes to consider what we are doing in these areas and why we are focused on them in the way at we are.  This will also coincide with the Elder’s and Minister Evaluations that we should do periodicaly.
  7. 7. Ensinamos acerca Jesus As nossas Classes e pequenos Grupos Manter-te- ão Ocupado Tornarmo- nos como Jesus Discipulado Discipulado Discipulado
  8. 8. We Teach About Jesus Our Classes and Small Groups Will Keep You Busy
  9. 9.  A palavra "cristão" é usada 3 vezes no Novo Testamento e o termo "discípulo" é usado 282 vezes e em Atos 11:26 que diz “Os discípulos foram chamados de ‘Cristãos’ pela primeira vez em Antioquia.”
  10. 10.  The word “Christian” is used 3 times in the NT and the term “disciple” is used 282 times and in Acts 11:26 it says “The disciples were called ‘Christians’ first at Antioch.”
  11. 11.  Pensamento Grego é basedo no lógico e linear e o pensamento Hebraico é basedo thought no relacional e na experiência.
  12. 12.  Greek thought is logic and linear based and Hebrew thought is relational and experience based.
  13. 13.  Um discípulo é aquele que se torna como o seu professor.  É um processo de emulação de pensamento, ação, atitude, e que permeia cada parte da sua vida.  Isto é o que nós queremos que aconteça!  Este é um critério para todos os que pertendem ministrar nesta área.
  14. 14.  A disciple is one who becomes like his or her teacher.  It is a process of emulation of thought, action, attitude, and it permeates every part of their lives.  This is what we want to have happening!  This is a criteria for all who pertain to minister in this area..
  15. 15.  “Que sejas coberto da poeira do teu rabi.”  “Que o possas seguir tão de perto que a poeira das suas sandálias te cobram.”
  16. 16.  “May you be covered in the dust of your rabbi.”  “May you follow him so closely that the dust of his sandals covers you.”
  17. 17.  Ponto deVista de Educação do Mundo Ocidental.  Educação, é sobre a informação.  Ponto deVista de Educação do Mundo Oriental.  Educação, é sobre a transformação.
  18. 18.  WesternWorldView of Education.  Education is about information.  EasternView of Education.  Education was about transformation.
  19. 19.  Se vamos viver a chamada para ser discípulos, e se concentrar nisso como uma prioridade para a Igreja, precisamos praticar o conceiro Hebraico e não apenas o conceito Grego
  20. 20.  If we are going to live out the call to be disciples, and focus on tis as a priority for the church, we need to practice the Hebrew concept not just the Greek concept.
  21. 21.  Há uma diferença entre conhecer a respeito de Cristo e conhecer Cristo
  22. 22.  There is a difference between knowing about Christ and Knowing Christ
  23. 23.  Mat. 28:16-17  “Em seguida, os onze discípulos foram para a Galiléia, para o monte que Jesus lhes tinha dito para irem. Quando eles O viram, adoraram-No, mas alguns deles duvidaram.
  24. 24.  Matthew 28:16-17  Then the eleven disciples went to Galilee, to the mountain where Jesus had told them to go. 17 When they saw him, they worshiped him; but some doubted.
  25. 25. “E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra.  Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em Nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;  Ensinando-os a guardar todas as coisas que Eu vos tenho mandado; e eis que Eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.”  Vamos pensar nisto e como se aplica a nós.
  26. 26.  18 Then Jesus came to them and said, “All authority in heaven and on earth has been given to me. 19 Therefore go and make disciples of all nations, baptizing them in the name of the Father and of the Son and of the Holy Spirit, 20 and teaching them to obey everything I have commanded you. And surely I am with you always, to the very end of the age.”  Let’s think this through as it applies to us.
  27. 27.  19 Portanto  Porque Jesus tem toda a autoridade…  Ide  Buscamos ativamente outros - não diz "prepare- se para que eles venham até vocês!"  E fazei discíplulos  Eles eram Seus discípulos que procuram "fazer" outros discípulos através da duplicação.  de todas as nações  A nossa chamada é local e global.
  28. 28.  19 Therefore  Because Jesus has all authority…  Go  We actively seek others – it does not say “get ready for them to come to you!”  and make disciples  They were His disciples seeking to “make” other disciples through duplication.  of all nations  Our call is local and global.
  29. 29.  Discípulos foram feitos por meio…  19 batizando-os em nome do Pai do Filho e do Espírito Santo,  Este ato de entrega mostra que uma pessoa quer tornar-se semelhante a Jesus. É a sua própria morte, sepultamento e, ressurreição para uma nova vida de seguir Jesus.  20 e ensiná-los a  Discípulos precisam de ensino, exemplo e mentores.  obedecer a tudo o que Eu vos tenho ordenado.  A obediência à Palavra de Deus é essencial e o último comando foi fazer discípulos!
  30. 30.  Disciples were made through…  19 baptizing them in the name of the Father and of the Son and of the Holy Spirit,  This act of surrender shows that a person wants to become like Jesus. It is your own Death, Burial, Resurrection to a new life of following Jesus.  20 and teaching them to  Disciples need teaching, example, and mentors.  obey everything I have commanded you.  Obedience to God’s word is essential and the last command was to make disciples!
  31. 31.  “E eis que Eu estou convosco todos os dias, até o fim dos tempos.”  Nós não fazemos isso sózinhos. Deus é Aquele que faz com que a mudança nas pessoas.
  32. 32.  “And surely I am with you always, to the very end of the age.”  We do not do this on our own. God is the one who makes the changes in people.
  33. 33.  Para sermos discípulos de Jesus seremos transformados tanto pelo conhecimento de Deus como por meio de mudanças em atitudes e comportamentos.  Mudar a nossa informação sem a aplicação não é o suficiente para a transformação!  O discipulado acontece em relacionamento e comunhão.  Podemos derrotar o isolamento através do convite.  Convida outros a entrarem na tua vida, tua casa, teus estudos, teu grupo, e nos cultos.
  34. 34.  To be disciples of Jesus we will be changed by both knowledge of God and through changes in attitudes and behaviors.  Changing our information without the application is not enough for transformation!  Discipleship happens in relationship and fellowship.  We can defeat isolation through invitation.  Invite others into your life, your home, your studies, your group, and worship services.
  35. 35.  Como somos nós, como congregação, na ajuda a pessoas no tornarem-se mais como Jesus?  Como estás tu mais parecido com Jesus, neste mês, do que eras no mês passado?  O tempo aos pés do Mestre ajudou-te nos teus pensamentos, atitudes, comportamentos, prioridades, ou relacionamentos?  Como estás envolvido no discipulado no teu próprio país e dentro da congregação?
  36. 36.  How are we, as a congregation, helping people to become more like Jesus?  How are you more like Jesus this month than you were last month?  Has time at the feet ofThe Master helped you with your thoughts, attitudes, behaviors, priorities, or relationships?  How are you involved in discipleship on your own and within the congregation?
  37. 37.  A nossa visão e ações no discipulado afetam outros quatro pilares.  Tornando-nos mais semelhantes a Jesus é um elemento importante da nossa adoração, ministério, evangelismo e comunhão.  Estar comprometido com o processo de nos tornarmos mais semelhante a Jesus como indivíduos e como congregação dá-nos uma maneira de avaliar todos esses aspectos.
  38. 38.  Our view and actions in discipleship affect the other four pillars.  Becoming more like Jesus is an important element of our worship, ministry, evangelism and fellowship.  Being committed to the process of becoming more like Jesus as individuals and as a congregation gives us a way to evaluate all of these aspects.
  39. 39. Next Week:

×