Recnei música - quadro sinótico

  • 3,034 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
3,034
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
36
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. RECNEI - Música 1 RECNEI Referenciais Curriculares Nacionais à Educação Infantil Quadro sinótico da seção sobre Música (pg. 42 a 82 do 3° volume) 1. Idéias e práticas correntes 1.1. Formas de interação com música são Produção, Apreciação e Reflexão; 1.2. Partir do universo que a criança já conhece; 2. A criança e a música 2.1. Todos os sons são aproveitados pelas crianças (mesma importância para todas as fontes sonoras); 2.2. Integração do movimento ao som; 2.3. A música deve representar (e naturalmente o faz) prazer à criança; 2.4. Explora intuitivamente os sons e suas qualidades, seja cantarolando, imitando sons, etc.; 3. Objetivos 3.1. Crianças de 0 a 3 anos;  ouvir, perceber e discriminar eventos sonoros diversos, fontes sonoras e produções musicais;  brincar com a música, imitar, inventar e reproduzir criações musicais. 3.2. Crianças de 4 a 6 anos;  Ampliação dos objetivos de idade precedente;  Explorar e identificar elementos da música para se expressar, interagir com os outros e ampliar seu conhecimento do mundo;  Perceber e expressar sensações, sentimentos e pensamentos, por meio de improvisações, composições e interpretações musicais. 4. Conteúdos  Devem propiciar o desenvolvimento da comunicação e expressão por meio da música, respeitando as diferenças regionais e sociais das crianças. 4.1. Exploração de materiais e a escuta de obras musicais para propiciar o contato e experiências com a matéria-prima da linguagem musical: o som (e suas qualidades) e o silêncio; 4.2. Vivência da organização dos sons e silêncios em linguagem musical pelo fazer e pelo contato com obras diversas; 4.3. Reflexão sobre a música como produto cultural do ser humano é importante forma de conhecer e representar o mundo. © Carlos Roberto Prestes Lopes - 2008
  • 2. RECNEI - Música 2 5. O fazer musical.  através da interpretação, improvisação e composição (salienta a improvisação e a composição por desenvolverem a imaginação). 5.1. Crianças de 0 a 3 anos:  Exploração, expressão e produção do silêncio e de sons com a voz, o corpo, o entorno e materiais sonoros diversos;  Interpretação de músicas e canções diversas;  Participação em brincadeiras e jogos cantados e rítmicos. 5.2. Crianças de 4 a 6 anos:  Reconhecimento e utilização expressiva, em contextos musicais das diferentes características geradas pelo silêncio e pelos sons: altura, duração, intensidade e timbre;  Reconhecimento e utilização das variações de velocidade e densidade na organização e realização de algumas produções musicais;  Participação em jogos e brincadeiras que envolvam a dança e/ou a improvisação musical.  Repertório de canções para desenvolver memória musical. 6. Apreciação musical - audição e interação com a música. As peças escolhidas devem:  Despertar o interesse e o prazer em ouvir e interagir;  A atividade com música deve ser integrada às práticas cotidianas;  Permanência por mais tempo com o mesmo repertório. 6.1. Crianças de 0 a 3 anos:  Escuta de obras musicais variadas;  Participação em situações que integrem músicas, canções e movimentos corporais. 6.2. Crianças de 4 a 6 anos:  Escuta de obras musicais de diversos gêneros, estilos, épocas e culturas, da produção musical brasileira e de outros povos e países;  Reconhecimento de elementos musicais básicos: frases, partes, elementos que se repetem etc. (a forma);  Informações sobre as obras ouvidas e sobre seus compositores para iniciar seus conhecimentos sobre a produção musical. 7. Orientações gerais para o professor.  As crianças respondem diretamente ao professor atento e afetivamente aberto, adquirindo a capacidade da atenção, ouvindo o universo em seu entorno;  Sensibilizar-se em relação às questões musicais;  As crianças aprendem com facilidade as música mesmo que o canto/reprodução do professor não seja exato;  Reconhecer a música como linguagem cujo conhecimento se constrói;  Entender e respeitar como as crianças se expressam musicalmente em cada fase, para, a partir daí, fornecer os meios necessários (vivências, informações, materiais) ao desenvolvimento de sua capacidade expressiva. 7.1. Organização do tempo: © Carlos Roberto Prestes Lopes - 2008
  • 3. RECNEI - Música 3  Atividades realizadas duas ou três vezes por semana;  Períodos curtos de trabalho, 20 ou 30 minutos; 8. Jogos e brincadeiras  Acalantos;  Parlendas;  Canções de roda;  Adivinhas;  Contos;  Romances;  etc. 9. Organização do espaço. 9.1. Deve permitir mudanças para comportar as diversas atividades; 9.2. Espaço amplo; 9.3. É preferencial que tenha um aparelho de som. 10. As fontes sonoras.  Devem ser utilizadas diversas fontes sonoras;  A confecção de instrumentos é uma atividade que desperta muito interesse nas crianças e também é grande oportunidade para pesquisa sonora;  Os pequenos idiofones são muito recomendados para o início do trabalho com as crianças, pois são tocados facilmente.  Ao escolher o material para o trabalho, é importante misturar sons produzidos por objetos/instrumentos de madeira, metal, sopro, etc. 11. A notação musical - deve se utilizar de elementos que estejam ao alcance de determinada idade, sendo a notação tradicional de música não recomendada aos mais novos. 12. Observação, registro e avaliação formativa  Observação contínua do desenvolvimento da criança; 12.1. Experiências prioritárias na avaliação de crianças de 0 a 3 anos:  atenção para ouvir, responder ou imitar;  capacidade de expressar-se musicalmente por meio da voz, do corpo e com os diversos materiais sonoros. 12.2. Experiências prioritárias na avaliação de crianças de 4 a 6 anos:  Que os alunos reconheçam e utilizem a música como linguagem expressiva, conscientes de seu valor como meio de comunicação e expressão;  Utilização de meios distintos para se expressar musicalmente; 12.3. Auto-avaliação:  A gravação das produções das crianças, para que depois elas façam observações sobre sua execução. © Carlos Roberto Prestes Lopes - 2008