Degradação do solo, Erosão, Enchentes e Desertificação.
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share

Degradação do solo, Erosão, Enchentes e Desertificação.

  • 2,807 views
Uploaded on

Trabalho de geologia destacando as principais agressões ao meio ambiente. Uma apresentação que traz impactos ao estado do Ceará, trazendo Degradação do solo, Erosão, Enchentes e Desertificação.

Trabalho de geologia destacando as principais agressões ao meio ambiente. Uma apresentação que traz impactos ao estado do Ceará, trazendo Degradação do solo, Erosão, Enchentes e Desertificação.

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
2,807
On Slideshare
2,807
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
60
Comments
0
Likes
3

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Seminário de Geologia Prof: Alexandro do Vale
  • 2. Seminário de Geologia Degradação do solo: Erosão, Enchentes e Desertificação
  • 3. EQUIPE Clenilton Matias Fernandes Francisco Carlos Eduardo Fernandes Maria da Conceição Linhares de Paula Maria Elane Cavalcante Sales
  • 4. Seminário de Geologia Degradação do solo
  • 5. Degradação do solo Isso pode ser ocasionado por fatores químicos (perda de nutrientes, acidificação, salinização, etc.). Fatores físicos( perda de estrutura, diminuição de permeabilidade, etc.) E fatores biológicos (diminuição de matéria orgânica )
  • 6. Degradação do solo  No que consiste este problema ambiental? Consiste em tudo aquilo que esta relacionado com a destruição do solo, por exemplo, a erosão, o empobrecimento solo, a contaminação e a desertificação. Estes problemas são considerados o mais grave decorrente da degradação do solo.
  • 7. Degradação do solo Onde eles ocorrem? Ocorre geralmente em áreas de desmatamento e em áreas desérticas.
  • 8. Degradação do solo Por que eles ocorrem? Esse problema ocorre quando há intervenção humana, com destruição de florestas, o uso de agrotóxicos, uso agrícola intensivo, a expansão desordenada das cidades ou poluição orgânicas e industriais.
  • 9. Degradação solo Quais os efeitos destes problemas ambientais para o nosso dia a dia? O problema é que o solo perde sua capacidade de produção afetando a produção de alimentos, a contaminação dos lençóis freáticos.
  • 10. Degradação do solo Como fazer para evitar a degradação do solo? Diminuir o desmatamento, evitar as queimadas e utilizar o solo corretamente para o cultivo.
  • 11. Seminário de Geologia Erosão
  • 12. Erosão A erosão é um processo de deslocamento e transporte de terra ou de rochas de uma superfície. A erosão pode ocorrer por ação de fenômenos da natureza ou do ser humano.
  • 13. Erosão  Ações da natureza podemos citar as chuvas como principal causadora da erosão. Ao atingir o solo, em grande quantidade, provoca deslizamentos, infiltrações e mudanças na consistência do terreno
  • 14. Erosão  Causas humanas Ao retirar a cobertura vegetal de um solo, este perde sua consistência, pois a água, que antes era absorvida pelas raízes das árvores e plantas, passa a infiltrar no solo. Esta infiltração pode causar a instabilidade do solo e a erosão.
  • 15. Erosão Atividades de mineração, de forma desordenada, também podem provocar erosão.Ao retirar uma grande quantidade de terra de uma jazida de minério, os solos próximos podem perder sua estrutura de sustentação.
  • 16. Erosão  Formas de evitar • Não retirar coberturas vegetais de solos, principalmente de regiões montanhosas •Planejar qualquer tipo de construção (rodovias, prédios, hidrelétricas, túneis, etc) para que não ocorra, no momento ou futuramente, o deslocamento de terra •Monitorar as mudanças que ocorrem no solo; •Realizar o reflorestamento de áreas devastadas, principalmente em regiões de encosta
  • 17. Seminário de Geologia Enchentes
  • 18. Enchentes No sertão cearense, com suas variações de solo e clima, sabe-se por séculos, que o mais regular é ter chuvas irregulares em quantidade e distribuição espacial, com as consequências sociais, econômicas e financeiras negativas para a população, especialmente, do meio rural.
  • 19. Enchentes Nos últimos 61 anos, no Ceará, conforme dados do IBGE e FUNCEME, ocorreram 21 anos com invernos normais, 19 anos chuvosos (chuvas acima do normal) e 21 anos de seca. Considerouse nesta série, ano de seca, com chuvas entre 230,2 a 501,8 mm (milímetros); inverno normal com chuvas de 519,4 a 703,4 mm; e ano chuvoso, entre 704 a 1.211,4 mm.
  • 20. Enchentes Neste período, as maiores secas seguidas ocorreram entre 79 a 83 (5 anos) e, as de 53 e 54 além de 92 e 93. Os invernos normais ocorreram em três anos seguidos (entre 76 a 78) e depois nos anos: 55-56, 59-60, 99-2000, 2003-2004, e 2006-2007. Bons invernos, por três anos seguidos ocorreram de 63 a 65 e entre 73 a 75.
  • 21. Enchentes  Com cinco anos de invernos normais, alguns produtores retiram seus sustentos e acumulam bens (animais, carroça, motos, etc.) que, no primeiro e/ou segundo ano de seca são obrigados a venderem para manutenção da família, levando o PIB agropecuário a uma gangorra, e cada vez menor.
  • 22. Enchentes  Porém, para mais de 70 municípios do Ceará que nunca terão agropecuária competitiva e sustentável, pela irregularidade climática e sem possibilidade de irrigação, deixando a população insegura econômica e socialmente, o Governo do Estado deveria estudar a possibilidade de criar um programa de incentivo fiscal e tributário diferenciado, para atrair indústrias e serviços urbanos, como forma de movimentar a economia.
  • 23. Enchentes De acordo com dados da Defesa Civil Nacional, 183.625 pessoas ficaram desabrigadas ou desalojadas no Norte e no Nordeste em razão das enchentes de 2009.
  • 24. Enchentes Pouca absorção do solo e das raízes devido ao desmatamento da vegetação de encostas dos rios ocasionando o aumento do nível de água dos rios acima do normal.
  • 25. Seminário de Geologia Desertificação
  • 26. Desertificação  É caracterizado por um processo de degradação do solo nas regiões áridas, semi-áridas e sub-úmidas secas, a desertificação é um problema encarado em parte do Ceará
  • 27. Desertificação Causas humanas Maneira do cultivo agrícola e da pecuária, desmatamento desordenado, queimadas em épocas de preparo do solo, manejo incorreto do solo que acarreta a erosão.
  • 28. Desertificação  Refletem na queda na produtividade agrícola, perda de biodiversidade, perda de solo por erosão, assoreamento do rios e reservatórios, migração da população e agravamento dos problemas sociais.
  • 29. Desertificação  A grave seca de 2012 ajudou no agravamento da situação, A vegetação perdeu completamente as folhas, solo ficou nu, houve erosão eólica (com a falta de chuva ocasiona esse tipo de erosão).
  • 30. Desertificação As áreas cearenses que passam por esse processo foram dividas em três núcleos, que somam 13 municípios