• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
A lua de joana
 

A lua de joana

on

  • 1,475 views

ideia de apresentação para um contrato de leitura do livro: "a Lua de Joana"

ideia de apresentação para um contrato de leitura do livro: "a Lua de Joana"

Statistics

Views

Total Views
1,475
Views on SlideShare
1,475
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
8
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    A lua de joana A lua de joana Presentation Transcript

    • Contrato deLeitura“A Lua de Joana”
    • Referência Bibliográfica:• Autora: Maria Teresa Maia Gonzalez• Editora: Verbo• 1ª edição: Lisboa, Outubro de 1994
    • Elementos Paratextuais:• Capa:• Contracapa:• Abas:
    • Informações Sobre a Autora:• Maria Teresa Maia Gonzalez Dados biográficos relevantes: Principais obras: Curiosidades:
    • Obra Lida:• Texto literário:• Modo e género literário:• Estilo do autor (linguagem):• Sinopse da obra:
    • Sinopse da Obra:• Personagens principais: Joana: Marta: Diogo:• Espaço:• Tempo:• Narrador:
    • Posição Crítica do Leitor:• Aspetos mais e menos interessantes.• Apreciação global e fundamentada da obra:• Citações e momentos marcantes:
    • Citações e Momentos Marcantes:• “(...) Não fazia sentido escrever um diário, pois dava-me a sensação de estar a escrever para mim própria, o que acho um bocado estranho. Talvez seja ainda mais estranho escrever-te, mas é a forma de manter viva a tua memória, pelo menos até entender o que se passou contigo; pelo menos até conseguir perdoar-te... (...)
    • Citações e Momentos Marcantes:• (...) o meu quarto - está tal e qual como eu queria! Todo branco (...) e até me mandou fazer o baloiço dos meus sonhos: é uma meia-lua de madeira (...) que está suspensa do tecto por uma corrente, mesmo no meio do quarto. É única no Mundo! Fui eu que a imaginei. Quando quero pensar, coloco-a em posição de quarto crescente e, quando estou triste, rodo-a para quarto minguante e sento-me até que a tristeza passe. (...)” 28 de Agosto de 1992
    • Citações e Momentos Marcantes:• “(...) Eu percebi que os sorrisos servem para uma data de coisas, como por exemplo para tapar buracos que aparecem quando o mar das palavras se transforma em deserto.(...)” Lisboa, 15 de Outubro de 1992
    • Citações e Momentos Marcantes:• “(...) Então, num momento completamente louco, desvairada, passei-me da cabeça e pedi- lhe para experimentar um bocado, só para ver que efeito aquilo tinha. (...)” Lisboa, 20 de Fevereiro de 1993
    • Citações e Momentos Marcantes:• “(...) Vou parar de escrever. Dói-me a mão, dói- me o corpo, dói-me o pensamento. Dói-me a coragem que não tenho. (...)” Lisboa, 15 de Março de 1994
    • Citações e Momentos Marcantes:• “(...) Fui ter com um amigo da Rita e mandei fazer uma tatuagem no pulso: um relógio... Agora tenho um relógio eternamente parado nas zero horas. Pelo menos este não poderei vender... A minha mãe teve uma crise de nervos quando me viu o braço e deu-me uma estalada. Não senti a dor, porque já nada me doía. (...) “AGORA SEI SEMPRE A QUE HORAS VAIS CHEGAR, PAI! ESTE RELÓGIO É O ÚNICO QUE TEM AS TUAS HORAS! ESTÁS CONTENTE?!” (...)” Lisboa, 25 de Março de 1994
    • FimCarina Garrido