Módulo I - Linux Básico
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Módulo I - Linux Básico

on

  • 1,155 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,155
Slideshare-icon Views on SlideShare
1,155
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
3
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as OpenOffice

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Módulo I - Linux Básico Módulo I - Linux Básico Presentation Transcript

    • 1. Linux O LINUX é um sistema operacional gratuito (software livre), isento danecessidade de aquisição de registro. Foi desenvolvido pelo finlandêsLinus Tovalds no ano de 1991, contém uma série de programas que lhepermitem interagir com seu computador e executar seus programas. O seucódigo fonte está disponível sob licença GPL para qualquer pessoa queutilizar, estudar, modificar e distribuir de acordo com os termos da licença. O Linux que iremos trabalhar é o LINUX EDUCACIONAL, projetadoespecialmente para ambientes educacionais. Pinguim Tux: O mascote do Linux. 1
    • 2. Linux Educacional O Linux Educacional é uma solução de software que colabora para oatendimento dos propósitos do ProInfo de forma a favorecer ao usuário finalno que se refere ao uso e a acessibilidade da mesma, bem como aoresponsável pelo laboratório no que se refere a manutenção e atualizaçãoda solução. A versão 3.0 do Linux Educacional foi baseada em uma distribuiçãoGNU/Linux chamada Kubuntu, com uma identidade visual simples e atrativa,aplicativos educacionais personalizados, ferramentas de acesso e buscados conteúdos educacionais, repositório Debian de conteúdos educacionaismantido pelo MEC e ferramentas de produtividade. O Linux Educacional é uma distribuição baseada em Debian e vem como BrOffice.org. Traz como interface gráfica o KDE 3.5, além de outrossoftwares para uso geral. Simples de usar, o Linux Educacional traz algunsprogramas e aplicativos voltados para a Educação (propósito do Projeto doMEC). Softwares como RIVED, DVD Escola, E-BOOKS e Hinos Nacionaisestão disponíveis nesse Sistema. 2
    • 3. Semelhanças Linux e Windows✔ São Sistemas Operacionais que controlam o Computador;✔ Possuem editor de texto, planilha, editor gráfico, multimídia;✔ Possuem usuário e senha;✔ Contam com Design Visual gráfico novo, atraente e simplificado;✔ Poderosa ferramenta de edição de Áudio e Vídeo;✔ Comunicação em tempo real: MSN, Pidgin, skype, ICQ, mIRC;✔ Contam com Assistência Remota;✔ Gerenciam a Restauração do Sistema;✔ Configuração de Rede: LAN (com cabo) e WAN (wireless). 3
    • 4. Vantagens Linux em relação ao Windows✔ Acesso mais rápido aos dados;✔ É gratuito;✔ Não pega vírus;✔ Sistema de segurança do Linux é superior;✔ Interface gráfica mais agradável e fácil; justamente para cair nas graças do usuário final✔ Sai uma nova versão a cada seis meses (aproximadamente). 4
    • Informática na Educação Os computadores podem receber diferentes denominações, as quaisenvolvem tamanho, modo de uso e capacidade. Dentre os tipos decomputadores, existem os supercomputadores, que são os computadoresde grande porte, com alta velocidade de processamento e capacidade dememória, ainda há o computador pessoal (PC) que foi desenvolvido para serutilizado por uma pessoa de cada vez. Dos computadores pessoais fazemparte diversos tipos de computadores, tais como: desktops, notebooks,netbooks, entre outros. Acesse a Apostila Complementar N° 1Fonte: http://webeduc.mec.gov.br/linuxeducacional/curso_le/ 5
    • Inclusão Digital Agora que você já conhece o Sistema Operacional Linux e o computador, vamoscomeçar a pensar na inclusão digital? Inclusão digital é proporcionar a democratização de acesso às Tecnologias daInformação e Comunicação (TIC), criando condições para que os cidadãos sejam, defato, incluídos na sociedade. Por essa razão, não se pode confundir inclusão digitalcom alfabetização digital, a qual está vinculada ao ensinamento básico dos recursosda informática. O objetivo é proporcionar inclusão social, na qual prevalece a redução dasdesigualdades socioeconômicas por meio de projetos comunitários, culturais eprofissionalizantes, utilizando as TIC e tendo a educação como meio para aefetivação dessa prática. Para incluir digitalmente, é necessário que sejam desenvolvidas atividadescontextualizadas com a realidade da comunidade e, além disso, que sejamsocializadas experiências por meio de recursos tecnológicos. A inclusão digital nãosó pode proporcionar processos de ensino e aprendizagem como também contribuirpara a (re)inserção no mercado de trabalho. Nessa perspectiva, a educação aliadaàs tecnologias pode favorecer o desenvolvimento de uma consciência crítica nascomunidades, atendendo às necessidades emergentes das mesmas. Acesse a Apostila Complementar N° 2 6Fonte: http://webeduc.mec.gov.br/linuxeducacional/curso_le/