Humanizacao da medicina
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Apresentação feita durante o seminário "A CNTU e a saúde no Brasil", realizado em São Paulo, em 17 de julho de 2011.

Apresentação feita durante o seminário "A CNTU e a saúde no Brasil", realizado em São Paulo, em 17 de julho de 2011.

Statistics

Views

Total Views
2,179
Views on SlideShare
2,179
Embed Views
0

Actions

Likes
2
Downloads
34
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Humanizacao da medicina Presentation Transcript

  • 1. A CNTU E A SAÚDE NO BRASIL HUMANIZAÇÃO DA MEDICINA DRA MARIA RITA SABO DE ASSIS BRASIL JULHO 2011
  • 2. DRA. MARIA RITA SABO DE ASSIS BRASILSecretária de Gênero da Federação Nacional dos Médicos do Brasil. Vice – Presidente do Sindicato Médico do RS. Conselheira Titular – Conselho Estadual de Saúde/RS. Médica Emergencista do Hospital Nossa Senhora da Conceição e Hospital Ernesto Dornelles/RS Membro da Confederação Nacional dos Trabalhadores Liberais Universitários Regulamentados. Membro da Confederação Médica Latino-Americana e do Caribe.
  • 3. HUMANIZAÇÃO NA SAÚDEPor humanização na saúde entendemos a valorização dos diferentes sujeitos implicados no processo de produção desaúde: usuários, trabalhadores e gestores.
  • 4. A POLÍTICA NACIONAL DE HUMANIZAÇÃO A proposta da Política Nacional de Humanização (PNH) coincide com os próprios princípios do SUS, enfatizando a necessidade de assegurar atenção integral à população eestratégias de ampliar a condição de direitos e de cidadania das Pessoas. Propondo uma atuação que leve à “ampliação dagarantia de direitos e o aprimoramento da vida em sociedade”. Ministério da Saúde/Política Nacional de Humanização. Relatório Final da Oficina HumanizaSUS. Brasília: Ministério da Saúde; 2004.
  • 5. A IMPORTÂNCIA DA HUMANIZAÇÃO NA SAÚDE A constituição de um atendimento calcado em princípios como a integralidade da assistência, a eqüidade e a participação social do usuário, dentre outros, demandacriação de espaços de trabalho que valorizem a dignidade do trabalhador e do usuário.Na possibilidade de resgate do humano, é que pode residir a intenção de humanizar o fazer em saúde.
  • 6. A HUMANIZAÇÃO NA MEDICINA Reconhecer e aceitar os sentimentos envolvidos com asdoenças e agravos; Acolher; Olhar; Escutar; Conversar e esclarecer; Reconhecer os limites.
  • 7. RELAÇÃO MÉDICO-PACIENTE A relação médico - pacientetem sido focalizada como um aspectochave para a melhoria da qualidadedo serviço de saúde e desdobra-se emdiversos componentes, como apersonalização da assistência, ahumanização do atendimento e odireito à informação.
  • 8. RELAÇÃO MÉDICO-PACIENTE Médico ativo/pacientepassivo Médico dirigindo/paciente colaborando Médico agindo/ pacienteinteragindo ativamente(aliança terapêutica)
  • 9. RELAÇÃO MÉDICO-PACIENTE O novo Código de Ética Médica (2010), tem como um dospontos principais, instituir uma relação mais participativa e interativa entre médico e paciente. CEM (1988) CEM(2010)Este direito não estava (Cap.V) O paciente tem o direito dedefinido claramente no escolher como quer seguir o código. tratamento, desde que os procedimentos diagnósticos e terapêuticos sejam cientificamente reconhecidos.
  • 10. DESUMANIZAÇÃO COM O TRABALHADOR Demandas superiores a sua capacidade; Poucas condições para atendimento: faltade medicamentos, falta de equipamento, faltade pessoal; Atenção básica enfraquecida, necessitandode fortalecimento urgente; Demora em exames complexos, em virtudeda grande demanda;
  • 11. DESUMANIZAÇÃO COM O TRABALHADOR Hospitais sem a resolutibilidade necessária, sobrecarregados, devido ao grande n° de pacientes; Leitos insuficientes; Grave crise de leitos hospitalares no Brasil; Relações precárias de trabalho.
  • 12. A PRIVATIZAÇÃO DA SAÚDE As OSs, OSCIP’s, Fundações Públicas de DireitoPrivado, Cooperativas Genéricas e Sociedades em Conta deParticipação que abrigam diferentes tipos de trabalhadores,são formas institucionais que precarizam o trabalho doprofissional de saúde e a prestação do serviço de saúde.
  • 13. FORMAS DA PRECARIZAÇÃO DAS RELAÇÕES DE TRABALHOPagamento por RPA, sem qualquer vínculo ou direito.Falsas cooperativas de trabalho.Poder Público faz contratos emergenciais reiterados.Contratos por meio de fundações paraestatais para atividades-fim doEstado; pode demitir a bem do interesse da instituição; escapa do controlesocial.Trabalho através de Cargos Comissionados (CCs).Sub-contratação direta.Exigência do tomador de trabalho para constituição de pessoa jurídicaindividual ou coletiva.OSCIP’S.
  • 14. AS CONDIÇÕES QUE AFETAM O TRABALHO DOS PROFISSIONAIS DA SAÚDEHoje, os Hospitais foram submetidos a um novo padrão de gestão: Sistemade Contratualização;Mesmo com a Aprovação da EC 29 continua existindo problemas de Sub-financiamento no SUS;A Municipalização e Regionalização da Saúde, onde as operações estãomunicipalizadas/regionalizadas, mas com recursos ainda centralizados naUnião (Gov. Federal);Neste contexto o médico é um dos lados mais fracos, porque com menosrecursos e mais demandas é contra o médico que muitos se voltam.
  • 15. VIOLAÇÃO AOSDIREITOS HUMANOS NA SAÚDE NO BRASIL
  • 16. VIOLAÇÃO AOS DIREITOS HUMANOS NA SAÚDEViolação da saúde enquanto Direito FundamentalViolação da saúde enquanto Direitos Humanos
  • 17. DESAFIO DA HUMANIZAÇÃO DA SAÚDEComo lutar por uma humanização na saúde, se a medicina esta sendo diariamente desumanizada?
  • 18. Pronto Atendimento Cruzeiro do Sul (PORTO ALEGRE)Hospital de Clinicas de Porto Alegre
  • 19. HOSPITAL NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO – RS/BRASIL
  • 20. Hospital Público no Rio Hospital de Clinicas de Grande do Norte Porto Alegre RS
  • 21. Pronto Socorro João Paulo II – Rondônia
  • 22. HOSPITAL NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO PORTO ALEGRE / RS
  • 23. PRONTO SOCORRO JOÃO PAULO II – PORTO VELHO/RO
  • 24. LEITOMACEIÓ/ ALAGOAS
  • 25. HUMANIZAÇÃO DA MEDICINA OBRIGADADRA MARIA RITA SABO DE ASSIS BRASIL JULHO 2011