INEC - Dezembro 2012

441 views
402 views

Published on

À exceção isolada do indicador de endividamento, que cresceu em dezembro, mostrando que o
endividamento não aumentou, os outros cinco componentes do INEC registraram queda, segundo a CNI.

Published in: Economy & Finance
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
441
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

INEC - Dezembro 2012

  1. 1. INEC ÍNDICE NACIONAL DE EXPECTATIVA DO CONSUMIDORInformativo da Confederação Nacional da Indústria Ano 14 Número 12 Dezembro de 2012 www.cni.org.br Confiança do consumidor recua em dezembroA confiança do consumidor ce é 4,0% maior que o registrado lado, o indicador está 3,4% acima recuou após dois meses em dezembro de 2012. do registrado no mesmo mês do consecutivos de cresci- ano anterior, o que revela uma ava- O índice de situação financeira re- liação mais positiva em dezembromento. O Índice Nacional de Ex- cuou 2,3% na comparação com no- deste ano do que em 2011.pectativa do Consumidor (INEC) vembro, mostrando uma avaliaçãoregistrou 115,2 pontos em dezem- mais negativa dos consumidores A expectativa de compras de bensbro, um recuo de 1,5% na compa- sobre sua situação financeira. O ín- de maior valor registra queda tantoração com o mês anterior. Na com- dice encontra-se praticamente está- na comparação mensal (recuo deparação com o valor de dezembro vel na comparação com dezembro 1,3%) como frente ao mesmo mêsde 2011, contudo, o índice mostra de 2011 (variação de apenas 0,3%). de 2011 (redução de 0,3%) refletindocrescimento de 1,6%. que a expectativa de aumento dasA maioria dos componentes doINEC mostra variações negativas Maioria dos compras desses bens está menos disseminada entre os consumidores.na comparação com novembro. O componentes recua na O único componente do INEC queíndice de expectativa de desem-prego registrou a maior queda: comparação mensal não registrou queda na comparação mensal foi o de endividamento, que5,1%. O índice recuou pelo segun- cresceu 0,7%. Isso indica que osdo mês consecutivo, mostrando, Os consumidores também estão entrevistados não aumentaram seumais uma vez, que a expectativa mais pessimistas com relação à endividamento no mês. O índice si-de aumento do desemprego se evolução futura da inflação. O índice tua-se 2,5% acima do registrado emtornou mais disseminada entre os registrou queda de 1,3% na com- dezembro de 2011.respondentes. Ainda assim, o índi- paração com novembro. Por outroÍndice Nacional de Expectativa do Consumidor - INEC Dezembro 2012 Índice de base fixa. Média de 2001=100Variação em relaçãoao período indicado Período da coleta de informações dessa edição: 6 a 9 de dezembro de 2012.
  2. 2. INEC Ano 14, n.12, dezembro de 2012Série histórica do INEC Índice média 2001 = 100Aumento do indicador reflete melhora no item avaliado.1 - Próximos seis meses com relação aos seis meses anteriores.2 - Com relação aos três meses anteriores.Componentes do INEC Variação em relação ao período indicado 2
  3. 3. INEC Ano 14, n.12, dezembro de 2012Respostas de dezembro de 2012 % das respostas válidasSegmentação por sexo, idade e grau de instrução Sexo Idade Grau de Instrução 50 e Até 4ª série 5ª a 8ª série Ensino TOTAL Masc Fem 16 a 24 25 a 29 30 a 39 40 a 49 mais do fund. do fund. Médio Superior Expectativa de inflação1 Vai aumentar muito 17 16 18 18 20 16 14 18 20 17 16 15 Vai aumentar 45 41 47 46 49 40 45 46 43 48 43 45 Não vai mudar 28 31 25 25 22 31 34 25 27 25 30 29 Vai diminuir 10 11 9 10 10 13 7 11 11 9 11 10 Vai diminuir muito 0 0 0 0 0 0 0 0 0 1 0 0 Expectativa de desemprego1 Vai aumentar muito 8 7 9 8 10 6 8 9 9 8 7 9 Vai aumentar 34 32 37 35 33 35 33 35 35 32 36 33 Não vai mudar 33 34 32 30 37 30 32 36 32 33 32 35 Vai diminuir 24 26 22 27 19 27 26 19 24 26 23 23 Vai diminuir muito 1 1 1 1 0 1 2 1 1 1 1 1 Expectativa de renda pessoal1 Vai aumentar muito 9 11 8 13 10 10 9 7 8 9 10 11 Vai aumentar 38 41 35 42 47 40 37 29 32 38 41 41 Não vai mudar 44 41 47 38 35 43 47 53 50 46 41 39 Vai diminuir 8 6 9 7 7 8 7 10 9 7 8 7 Vai diminuir muito 1 1 1 0 1 0 1 2 1 1 0 1 Situação Financeira2 Muito melhor 3 3 3 4 4 3 2 2 2 2 4 4 Melhor 35 35 34 41 38 39 37 23 29 38 38 31 Igual 51 50 51 46 47 45 49 62 56 48 46 55 Pior 11 12 11 9 10 13 11 13 13 12 11 9 Muito pior 1 0 1 0 2 0 1 1 1 1 1 1 Endividamento2 Muito mais endividado 4 3 5 5 5 3 5 3 3 5 4 3 Mais endividado 19 17 20 18 20 19 19 19 22 22 16 16 Mesmo nº de dív. dos últ. 3 meses 45 44 45 42 42 41 45 52 48 42 42 50 Menos endividado 30 31 28 31 30 34 30 23 24 29 34 29 Muito menos endividado 3 4 2 4 3 3 2 4 3 2 4 3 Compra de bens de maior valor1 Aumentar muito 3 3 2 4 3 3 2 2 2 3 2 5 Aumentar 30 31 29 37 36 32 29 21 25 30 34 28 Manter mais ou menos os mesmos 52 51 53 47 48 49 53 61 57 50 50 54 Diminuir 13 12 14 11 12 15 14 13 14 16 12 11 Diminuir muito 2 2 2 1 2 1 2 3 2 1 2 21 - Próximos seis meses com relação aos seis meses anteriores.2 - Com relação aos três meses anteriores.Nota metodológica: O INEC é elaborado pela Confederação Nacional da Indústria a partir de pesquisa de opinião pública de abrangência nacionalconduzida pelo IBOPE Inteligência junto a 2.002 pessoas. A pesquisa tem periodicidade mensal. O número índice resultante é a média ponderadapela freqüência relativa de cada resposta a perguntas de natureza qualitativa referentes a fatores que afetam direta ou indiretamente a inclinação dosindivíduos para consumir. Mais detalhes podem ser obtidos na homepage da CNI. 3
  4. 4. INEC Ano 14, n.12, dezembro de 2012Respostas de dezembro de 2012Segmentação por região e renda familiar % das respostas válidas Regiões Renda familiar (em sal. mínimos) Norte/ mais mais mais mais TOTAL Centro-Oeste Nordeste Sudeste Sul de 10 5 a 10 2a5 1a2 até 1 Expectativa de inflação1 Vai aumentar muito 17 21 17 19 9 20 16 16 18 19 Vai aumentar 45 37 46 41 61 34 44 45 44 45 Não vai mudar 28 31 24 30 26 30 31 30 26 25 Vai diminuir 10 11 14 10 5 12 9 9 11 11 Vai diminuir muito 0 0 0 0 0 4 0 0 0 0 Expectativa de desemprego1 Vai aumentar muito 8 10 7 9 5 15 7 7 8 10 Vai aumentar 34 36 36 32 37 23 33 34 36 34 Não vai mudar 33 32 26 35 39 37 37 33 31 31 Vai diminuir 24 21 31 22 19 23 22 25 24 25 Vai diminuir muito 1 1 1 2 0 2 2 1 1 0 Expectativa de renda pessoal1 Vai aumentar muito 9 11 11 9 4 8 11 10 8 10 Vai aumentar 38 39 43 32 44 39 40 41 34 35 Não vai mudar 44 46 39 46 47 45 40 42 48 47 Vai diminuir 8 4 6 11 5 8 8 6 10 8 Vai diminuir muito 1 0 0 1 0 0 1 1 1 0 Situação Financeira2 Muito melhor 3 4 3 4 1 2 4 4 3 1 Melhor 35 33 45 30 31 35 37 36 35 33 Igual 51 54 41 54 56 60 53 49 49 49 Pior 11 9 11 12 12 4 5 11 13 16 Muito pior 1 0 1 1 1 0 1 0 1 1 Endividamento2 Muito mais endividado 4 4 4 5 1 0 5 4 3 5 Mais endividado 19 19 25 17 12 11 13 16 20 30 Mesmo nº de dív. dos últ. 3 meses 45 50 28 48 60 44 41 46 46 35 Menos endividado 30 26 39 27 23 39 34 32 28 28 Muito menos endividado 3 2 3 3 4 6 7 2 3 2 Compra de bens de maior valor1 Aumentar muito 3 3 2 4 1 2 6 3 2 1 Aumentar 30 28 32 32 21 35 26 31 30 26 Manter mais ou menos os mesmos 52 57 45 51 66 53 55 53 53 47 Diminuir 13 12 19 11 10 8 12 11 13 22 Diminuir muito 2 0 2 2 3 2 2 1 2 4 1 - Próximos seis meses com relação aos seis meses anteriores. 2 - Com relação aos três meses anteriores.INEC - ÍNDICE NACIONAL DE EXPECTATIVA DO CONSUMIDOR | Publicação mensal da Confederação Nacional da Indústria - CNI | Gerência Executiva dePolítica Econômica | Gerente executivo: Flávio Castelo Branco | Gerência Executiva de Pesquisa e Competitividade | Gerente executivo: Renato da FonsecaEquipe Técnica: Marcelo Azevedo e Edson Velloso | Informações técnicas: (61) 3317-9468 Fax: (61) 3317-9456 | Supervisão gráfica: DIRCOM | NormalizaçãoBibliográfica: ASCORP/GEDIN |Assinaturas: Serviço de Atendimento ao Cliente Fone: (61) 3317-9989 sac@cni.org.br | SBN Quadra 01 Bloco C Ed. RobertoSimonsen Brasília, DF CEP: 70040-903 www.cni.org.br | Autorizada a reprodução desde que citada a fonte.Esta publicação é elaborada com base na pesquisa de opinião pública realizada mensalmente pelo IBOPE Inteligência em parceria com a CNI.

×