Apresentação - Indicadores industriais | novembro 2011

  • 577 views
Uploaded on

Indicadores industriais mostram que a indústria interrompe a trajetória de queda em novembro de 2011.

Indicadores industriais mostram que a indústria interrompe a trajetória de queda em novembro de 2011.

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
577
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
1
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Divulgação dos indicadores de novembro de 2011 PEC – Unidade de Política Econômica PAD – Unidade de Pesquisa, Avaliação e Desenvolvimento 17 de janeiro de 2012
  • 2.  
  • 3.
    • Principais destaques
    • Indústria interrompe queda
    • Faturamento acumula sexto crescimento seguido
    • Horas trabalhadas interrompem sequência de queda
    • UCI fica relativamente estável
    • Emprego retorna à estabilidade
    • Massa salarial: rendimento médio influencia alta
    • Rendimento médio registra alta moderada
  • 4. Faturamento real
    • O faturamento real cresceu 2,2% em novembro, frente ao mês anterior (dessazonalizado)
    • Seis meses seguidos de alta
    • Comparativamente ao mesmo mês do ano anterior, o indicador cresceu 4,6% em novembro
    Efeito carregamento: 4,6%
  • 5.
    • Horas trabalhadas crescem 0,2% em novembro, na comparação com outubro (dessazonalizado)
    • Indicador se mantém 4,0% abaixo do patamar pré-crise
    • Na comparação ao mesmo mês do ano anterior, as horas trabalhadas recuaram 1,1% em outubro
    Horas trabalhadas Efeito carregamento: 1,0%
  • 6. Utilização da capacidade instalada (em %)
    • A indústria operou, em média, com 81,5% da capacidade instalada em novembro (indicador dessazonalizado)
    • UCI cresceu 0,1 p.p. frente a outubro
    • Comparativamente ao mesmo mês do ano anterior, o indicador ficou 1,2 p.p. inferior
  • 7. Emprego
    • O emprego ficou estável em novembro, frente ao mês anterior (dessazonalizado)
    • Comparativamente ao mesmo mês do ano anterior, o emprego cresceu 0,4% em novembro
    Efeito carregamento: 2,2%
  • 8. Massa salarial real
    • A massa salarial real (sem ajuste sazonal) expandiu 4,8% em novembro, frente a outubro
    • Alta se deu pelo aumento do rendimento real
    • Comparativamente ao mesmo mês do ano anterior, o indicador cresceu 3,7%
  • 9. Rendimento médio real
    • O rendimento médio real do trabalhador industrial expandiu 5,3% em novembro, frente a setembro (sem ajuste sazonal)
    • Crescimento foi abaixo da média de novembro (6,1%)
    • Comparativamente ao mesmo mês do ano anterior, o rendimento real cresceu 3,3% em novembro
  • 10. Análise setorial Couros e calçados: Setor com queda da atividade Indicadores de atividade – var. (%) frente ao mesmo mês do ano anterior * Em ponto percentual
  • 11. Análise setorial Veículos automotores: Faturamento cresce abaixo da média da indústria Indicadores de atividade – var. (%) frente ao mesmo mês do ano anterior * Em ponto percentual
  • 12. Confederação Nacional da Indústria www.cni.org.br [email_address]