Modos de vida do homem no campo

6,193 views
5,938 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
6,193
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Modos de vida do homem no campo

  1. 1. Relato de Melhores Práticas Relato de Melhores Práticas Modos de vida do homem do Campo Prática Escola Municipal José Batista Neto Nome da Escola Município/Estado: Ribeirão das Neves Minas Gerais Secretaria: Secretaria de Educação Diretor (a): Elaine Telles de Souza Criador (es): Raquel Amélia dos Santos Propósito: Conhecer os modos de vida do homem do campo Série/ Setor: ensino fundamental – do 1º ao 5º Ano/9  Veja a Apresentação do Relato, no verso. 1Hélio GomesOutubro/2009
  2. 2. ApresentaçãoDefiniçõesO Relato é um registro, feito pela escola, de uma prática diferenciada, inovadora e muito eficaz, usandouma matriz predefinida (= próximas páginas, itens de 1 a 5).Melhor Prática é um processo, sistema, mecanismo, que represente uma ótima ideia de se fazer algoimportante. Não é sinônimo de sofisticação. Pelo contrário, a Prática deve ser simples de aplicar. E darbons resultados.ObjetivosO Relato tem três objetivos: 1. Garantir o domínio tecnológico da escola sobre seus melhores processos 2. Permitir a replicação das suas práticas por outras escolas interessadas 3. Reconhecer os criadores de práticas inovadoras e bem-sucedidasRelator/RelatoriaQuem preenche é quem tem a melhor informação sobre a prática. Pode ser uma ou mais pessoas. Mas oRelato é da escola.O Relato deve ser escrito como se fosse ser lido por alguém fora da escola. Isso evita omissões esimplificações excessivas, garantindo ao Relato a maior fidelidade possível na descrição da Prática.AcessibilidadeA escola deve ter meios de disponibilizar seus Relatos, facilmente, ao pessoal da casa. Se quiser liberá-los aterceiros, deve providenciar cópias extras em papel. Todo esse material pode estar disponibilizado no siteda escola, se houver um.Folhas ExtrasSe necessário, use mais de uma folha de qualquer item desta matriz. Identifique a folha adicional como“Continuação”, e renumere as páginas do Relato.CatálogoO conjunto de Melhores Práticas de uma escola, ou da SME, compõe um CMP – Catálogo de MelhoresPráticas (ou outro nome de preferência da organização: coleção, coletânea, antologia, album, etc.)2
  3. 3. Relato de Melhores Práticas1. Trailer: A Prática Numa Cápsula Dê uma notícia sobre a Prática, sem detalhes, apenas seu contorno, a informação suficiente para responder à pergunta: “Qual a ideia da Prática?” TrailerA idéia principal da prática foi oportunizar aos alunos, o contato e aorígens de seus familiares.o projeto foi desenvolvido para que os alunos pudessem pesquisar econhecer os modos de vida do homem do campo, tendo em vista que aescola está inserida em uma comunidade formada por pessoasoriundas dos meios rurais do estado de minas gerais. deste modo, osalunos puderam buscar esse conhecimento utilizando vários meioscomo livros, internet e principalmente ouvindo e registrando relatosorais de seus familiares. 3
  4. 4. 2. Diferencial: O “Comercial” da Prática Faça um breve, mas convincente, “comercial” da Prática. Em que ela é diferente? Por que sua replicação em outras escolas é imperdível? Em que situação ela foi criada/introduzida? DiferencialA participação da comunidade na qual a escola está inserida,contribuindo com a busca do conhecimento com seu maior bem, que éa cultura herdada de suas origens. Este projeto é relevante porconstituir-se em possibilidade de interação dos alunos com acomunidade na qual a escola está inserida com o fim de conheceraspectos marcantes da vivência do homem do campo e seus costumesmuitas vezes refletidos nas vivências urbanas.4
  5. 5. 3. Descrição da Prática: Componentes e Passo a Passo Componentes Se sua Prática, na hora da execução, não tem uma série de passos, mas um sistema com vários componentes, opte por descrever suas principais características. Cada componente é descrito num ou dois parágrafos, com um título que nomeia a característica descrita. Passo a Passo Se sua Prática, na hora da execução, tem um roteiro de passos sequenciais, opte por descrever os passos. Comece cada passo com a indicação do agente, seguido de um verbo, no pre sente do indicativo, indicando a ação (como no exemplo, abaixo). “Biblioteca Móvel”: a) A bibliotecária distribui o material e pede aos alunos que iniciem o trabalho, de acordo com as regras afixadas no quadro b) Os alunos sentam-se em grupo de três e fazem uma leitura silenciosa do texto do seu grupo Observação: Se todas as ações tiverem um único agente, indique o agente uma única vez e liste cada passo, começando com o verbo. Opcional: Se sua prática tiver mais de um processo (algo raro), use outra cópia desta página, para esse registro.Título da Prática: Componentes Passo a Passo DescriçãoProposta de trabalho: o professor faz a proposta de trabalho para os alunos,mostrando para eles a relevância do projeto e a realização de uma feiracultural.A escolha de tema para montagem de estandes: a professora apresenta aosalunos, itens a serem pesquisados, registrados e expostos posteriormente.Apoio da coordenadora: a coordenadora acompanha os trabalhos apóia aprofessora, disponibiliza materiais necessários, oferece ajuda, elabora bilhetes nodecorrer do trabalho, para enviar à famílias comunicando sobre o projeto esolicitando contribuições para o enriquecimento do projeto e realização da feira.8
  6. 6. Relato de Melhores PráticasApoio da direção: a direção da escola participa do projeto, levantandoinformações junto à equipe pedagógica sobre custos e material necessário para aexecução do trabalho e realização da feira que ocorrerá na culminância doprojeto.As pesquisas realizadas pelos alunos: A professora busca e orienta os alunos sobrefontes de pesquisas que podem ser em portadores de textos e entrevistasrealizadas com familiares e vizinhos dos mesmos.A participação das famílias: as famílias doam ou emprestam objetos típicos deambientes rurais, como panelas de ferro e utensílios domésticos, ferro a brasa,colchas de retalhos, tapetes, instrumentos musicais, máquinas de costura, objetosde adornos, fotografias, quadros e outros.OS registros dos resultados das pesquisas: A professora organiza meios deregistros como álbuns e coletâneas contendo receitas típicas, casos, histórias,piadas, lista de profissões, meios de transportes, moradias, fotografias de lugares epessoas, tipos de utensílios e mobílias, paisagens, artesanato, modos de falar,músicas e outros.A equipe pedagógica: a equipe pedagógica reuni-se sempre que possível paradiscutir o andamento do projeto e compartilha dificuldades e progressos.A culminância do projeto: a comunidade escolar elabora, busca e organizatrabalhos de registros para exposição na Feira dos modos de vida do homem docampo, prepara objetos que serão utilizados na montagem dos estandes, elabora e 9
  7. 7. distribui convites para a comunidade, prepara apresentações teatrais e dedanças, ornamenta a escola e se prepara para receber os visitantes.10

×