GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINSSECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA     DIRETORIA REGIONAL DE ARAGUAÍNA     COLÉGIO ES...
AUTORAS DO PROJETO:          JULIANE PEREIRA SLAES       CLEAN MARIA REIS LOURENÇO       PROJETO REFORÇO ESCOLARPORTUGUÊS ...
SUMÁRIO  1. JUSTIFICATIVA  2. OBJETIVOS GERAIS  3. OBJETIVOS ESPECÍFICOS  4. CONTEÚDOS  5. PROCEDIMENTOS    5.1   5.1 PROC...
1 – JUSTIFICATIVA       O Projeto de Reforço em Língua Portuguesa e Matemática justifica-sepela importância de ser um inst...
2 – OBJETIOS GERAIS   Realizar 24 aulas de reforço em Língua Portuguesa para alunos do 6° ao     8° ano do Ensino Fundame...
4 – CONTEÚDOS    Leitura e escrita de textos;    4 operações;    Pontuação;    Ortografia das escritas numéricas;    ...
Será realizada uma reunião com os pais dos alunos selecionados paraconscientiza-los da importância deles estarem encaminha...
5.3 Atividades e Técnicas didáticas    Leitura e Produção de textos: coletivos, colaborativos; individuais      silencios...
 Copias de textos e atividades impressas;   Quadro giz para produção coletiva de enunciados e pequenos textos;   Alfabe...
MENDES, Iran Abreu. Matemática e investigação em sala de aula:tecendo redes cognitivas na aprendizagem. Natal, Ed. Flecha ...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Projeto reforço escolar

115,304

Published on

Published in: Technology, Education
4 Comments
18 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
115,304
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1,486
Comments
4
Likes
18
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Projeto reforço escolar

  1. 1. GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINSSECRETARIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA DIRETORIA REGIONAL DE ARAGUAÍNA COLÉGIO ESTADUAL GETÚLIO VARGAS ANANÁS – TO PROJETO REFORÇO ESCOLARPORTUGUÊS E MATEMÁTICA ATRAVÉS DE TEXTOS ANANÁS – TO FEVEREIRO DE 2010.
  2. 2. AUTORAS DO PROJETO: JULIANE PEREIRA SLAES CLEAN MARIA REIS LOURENÇO PROJETO REFORÇO ESCOLARPORTUGUÊS E MATEMÁTICA ATRAVÉS DE TEXTOS ANANÁS – TO FEVEREIRO DE 2010.
  3. 3. SUMÁRIO 1. JUSTIFICATIVA 2. OBJETIVOS GERAIS 3. OBJETIVOS ESPECÍFICOS 4. CONTEÚDOS 5. PROCEDIMENTOS 5.1 5.1 PROCEDIMENTOS PRELIMINARES 5.2 SITUAÇÕES DIDÁTICAS 5.3 ATIVIDADES E TÉCNICAS DIDÁTICAS 6. AVALIAÇÃO 7. RECURSO 8. BIBLIOGRAFIA
  4. 4. 1 – JUSTIFICATIVA O Projeto de Reforço em Língua Portuguesa e Matemática justifica-sepela importância de ser um instrumento de apoio didático e pedagógico parasuprir dificuldades de aprendizagem relacionadas a conteúdo de leitura eescrita e operações matemática. No dia a dia da sala de aula nem sempre épossível estar trabalhando individualmente as dificuldades do aluno. O reforço trata-se, portanto de oportunizar ao aluno e também aoprofessor situações de ensino-aprendizagem voltadas a cada dificuldadeespecífica daquele ou deste aluno. Isto porque o número de alunos a atender émenor; a é ainda mais estreita; sem falar que o tempo de trabalho com osalunos é mais bem aproveitado. A decisão por reforçar conteúdo em Língua Portuguesa e Matemáticajustifica-se também pelo fato de que nas avaliações de resultados; estas têmsido disciplinas consideradas críticas. Em consonância do bomdesenvolvimento dos alunos para habilidades de leitura e compreensão eescrita, assim como raciocínio lógico e resolução de problemas matemáticosenvolvendo as quatro operações; depende a boa aprendizagem das outrasdisciplinas, principalmente ciências, geografia e história. O projeto de reforço pretende trabalhar os conteúdos de LínguaPortuguesa e Matemática através de textos de diferentes que contenhamconteúdos complementares entre uma disciplina e outra. A proposta detrabalho não almeja uma interdisciplinaridade envolve a questão interdisciplinarde diferentes áreas de conhecimento um único objetivo (FAZENDA, 2005). Poroutro, como pretendemos um trabalho em conjunto, partiremos de questõescomplementares em que o texto seja a fonte para a aprendizagem deconteúdos em uma disciplina.
  5. 5. 2 – OBJETIOS GERAIS  Realizar 24 aulas de reforço em Língua Portuguesa para alunos do 6° ao 8° ano do Ensino Fundamental;  Realizar mensalmente 16 aulas de reforço em matemática com alunos do 6° ano 8° anos do Ensino Fundamental;  Trabalhar conteúdos de leitura escrita e matemática a partir de textos de diferentes gêneros;3 – OBJETIVOS ESPECÍFICOS  Ler compreender textos de diferentes gêneros a partir de suas características: conteúdos temáticos; composição; função comunicativa; veículo e circulação;  Resolver uma dada situação problema dada por determinado texto, relacionando a outras do cotidiano utilizando procedimentos de cálculos pessoais e convencionais.  Interpretar enunciado de situações problema, organizando dado, utilizando estratégias pessoais ou convencionais na resolução de problemas envolvendo as operações matemáticas: selecionar e verificar dados, somar; subtrair, multiplicar e dividir.  Produzir textos analíticos descritivos oralmente e por escrito sobre determinada área do conhecimento, com base em textos trabalhados, observado a organização das ideias.  Ler e escrever por extenso os diferentes sistemas numéricos: interpretação e produção de escritas numéricas expressas por números racionais nas formas fracionárias, decimais e percentuais reconhecendo seu uso no contexto diário.
  6. 6. 4 – CONTEÚDOS  Leitura e escrita de textos;  4 operações;  Pontuação;  Ortografia das escritas numéricas;  Paragrafação;  Sistemas numéricos: numero racionais, fracionários, sistema cronológico, algarismos romanos e sua função; porcentagem de demonstração gráfica de resultados; medidas;  Verbos: tempos e modos;  Substantivos e adjetivos; TEXTOS  Gráficos;  Receitas;  Rótulos;  Textos jornalísticos;  Textos históricos;  HQs;  Tabelas;  Conta de Luz e Água;5 - PROCEDIMENTOS5.1 Procedimentos Preliminares Serão selecionados alunos para duas turmas de reforço com 10 alunosem cada uma. Estes alunos serão escolhidos através do desempenhoobservado em sala de aula durante os meses de janeiro e fevereiro deste anoletivo de 2010.
  7. 7. Será realizada uma reunião com os pais dos alunos selecionados paraconscientiza-los da importância deles estarem encaminhado seus filhos para asaulas de reforço escolar. O projeto de reforço escolar será acompanhado pelo serviço deOrientação Educacional da escola que se responsabilizará pelo apoio àrealização das aulas; assim como realizar o registro de dados juntos aosprofessores regentes do reforço;5.2 Situações Didáticas As aulas de reforço serão realizadas uma vez por semana em um diapara cada uma das turmas de reforço, conforme horário extra - turno dosalunos. Matutino para os alunos que estudam à tarde e vespertino para a turmade alunos que estudam no período da manhã. As aulas terão um tempo de01h00min cada aula, seguindo um roteiro de atividades que se distribuirá daseguinte forma: revisão da atividade da aula anterior; introdução de novoconteúdo através de texto; atividades de leitura e análise linguística dos textostrabalhados (Português); Retomada do texto trabalhado em português; releiturado texto; identificação do conteúdo matemático; elaboração e resolução desituações problema. (Matemática). Esta rotina é flexível e a ordem deatividades pode variar conforme a situação didática e a necessidade dosalunos. A unidade de ensino aprendizagem serão os textos trabalhados nasaulas de leitura e interpretação e serão trabalhados em complementação entreuma leitura e outra, numa continuidade, no sentido progressivo daaprendizagem.
  8. 8. 5.3 Atividades e Técnicas didáticas  Leitura e Produção de textos: coletivos, colaborativos; individuais silenciosos;  Atividade de analise de textos em grupo: dupla e/ou grupo de quatro;  Atividades de solução de problemas matemáticos em grupo: dupla e/ou grupo de quatro;  Ditado de palavras e pequenos textos colaborativos;  Estudo colaborativo da tabuada;  Jogos de operações em dupla: dominó;  Leitura e produção de gráficos com auxilio da régua;  Gincana de leitura com ênfase na pontuação;  Atividades de leitura com caça-palavras e palavras cruzadas; trabalhar ortografia;  Leituras de livros em dupla seguida de atividade recontam orais e escritas;  E outros;6 – AVALIAÇÃO A avaliação dos alunos será processual, formativa, visto que odiagnóstico se deu nos dois primeiros meses letivos deste ano de 2010. Como a aprendizagem deve se realizar progressivamente, a avaliçãodeve ser progressiva. Para tanto serão utilizadas fichas similares às doprograma circuito campeão para uma observação mais concreta da evoluçãodo aluno.7 – RECURSO  Sala de vídeo para realização das aulas de reforço;  Projetor de slide para auxiliar na leitura coletiva de alguns textos;
  9. 9.  Copias de textos e atividades impressas;  Quadro giz para produção coletiva de enunciados e pequenos textos;  Alfabeto móvel;  Jogos de operações: dominó;  Régua;  Números cruzados das operações;  Palavras cruzadas para treino da ortografia;8 – BIBLIOGRAFIA Referencial Curricular do Ensino Fundamental das escolas públicas do Estado do Tocantins: Ensino Fundamental do 1º ao 9º ano. 2ª Edição / Secretaria de Estado da Educação e Cultura. -TO: 2008. GESTAR II. Programa de Gestão da Aprendizagem Escolar. Língua PORTUGUESA: cadernos de teoria e prática 1: língua e cultura. Brasília: MEC, Secretaria de Educação Básica, 2008. GESTAR II. Programa de Gestão da Aprendizagem Escolar. Língua PORTUGUESA: cadernos de teoria e prática 3: gêneros e tipos textuais. Brasília: MEC, Secretaria de Educação Básica, 2008. GESTAR II. Programa de Gestão da Aprendizagem Escolar. MATEMÁTICA: cadernos de teoria e prática 1: Matemática na alimentação e nos impostos. Brasília: MEC, Secretaria de Educação Básica, 2008. Matemática na vida e na escola/ Elizabeth França....{et al.}. – São Paulo: Editora do Brasil, 1999. LARA, Isabel Cristina Machado. Jogando com a Matemática de 5ª a 8ª série. São Paulo, Ed. Rêspel, 2003.
  10. 10. MENDES, Iran Abreu. Matemática e investigação em sala de aula:tecendo redes cognitivas na aprendizagem. Natal, Ed. Flecha dotempo, 2006.ANTUNES, Celso. Indigências múltiplas e seus jogos: inteligêncialógico-matemática, vol.6. – Petrópolis, RJ: Vozes, 2006.MURRIE, Zuleika de Felice (org.). Linguagens, códigos e tecnologias:livro do estudante: ensino médio. 2 ed. Brasília: MEC: INEP, 2006.

×