Marcia Casseb - Explorando Lições Aprendidas e COnhecendo Modelos de Sucesso para o Desenvolvimento das Cidades_CICI2011

  • 832 views
Uploaded on

Explorando Lições Aprendidas e COnhecendo Modelos de Sucesso para o Desenvolvimento das Cidades_CICI2011 …

Explorando Lições Aprendidas e COnhecendo Modelos de Sucesso para o Desenvolvimento das Cidades_CICI2011
Palestrante: Marcia Casseb

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
832
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
42
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. PLATAFORMACIDADESEMERGENTES ESUSTENTÁVEIS
  • 2. PLATAFORMACIDADES Objetivo: apoiar as cidades emergentes da região a enfrentarEMERGENTES E seus desafios de sustentabilidadeSUSTENTÁVEISCONTEÚDO 1. 2. 3. CONTEXTO PLATAFORMA RESULTADOS • ALC REGIÃO DE • CIDADES EMERGENTES • METODOLOGIA CIDADES • BENEFICIÁRIOS • RESULTADOS • IMPACTOS – DÉFICITS • CIDADES • OPORTUNIDADES SUSTENTÁVEIS • DIMENSÕES
  • 3. 1.ALC —REGIÃO DE Região em desenvolvimento mais urbanizada doCIDADES planeta: • 75% vive em aglomerados urbanos (460 milhões) • 4 das 20 cidades do mundo com mais de 10 milhões de habitantes • 550 cidades entre 100.000 e 2 milhões de habitantes As cidades = centros de atividade econômica • 55% do Produto Interno Bruto (PIB) da região • 25% do PIB regional em 21 economias metropolitanas
  • 4. 1.CIDADES COMIMPACTOS EDÉFICITS Desafios Crescimento acelerado x lentidão para absorver e integrar economicamente a população • 66% dos pobres vive em cidades • 27% vive em assentamentos informais • 57% emprego informal Expansão acelerada da malha urbana • Meio ambiente contaminado: Geração da maior contribuição em emissões de gases via transporte (35%) e indústria (17% ) • Segurança deficiente: 90% das cidades com alto número de homicídios segundo padrões internacionais • Gestão municipal débil: Os impostos de propriedade representam 0,34% do PIB – 2,12% nos países da OECD (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico)
  • 5. 1.CIUDADESEMERGENTES PARAASUSTENTABILIDAD OportunidadesE POPULAÇÃO 1940/1950 2010 1. Aproveitar economias de escala e controlar custos de aglomeração BOGOTÁ 2. Produzir infraestrutura nas próximas décadas – produzí-las de forma sustentável 3. Prevenir e evitar situações difíceis e de alto custo para correção LIMA 4. Impactar com menos recursos 5. Elevar sua sustentabibilidade para reduzir a pressão sobre as grandes cidades TRUJILLO BUCARAMANGA
  • 6. 2.PLATAFORMACIDADESEMERGENTES E • Objetivo = apoiar as cidades emergentes da região em seusSUSTENTÁVEIS esforços para enfrentar os desafios de sustentabilidade • Visão integral desde o local para alcançar a sustentabilidade • Esforço multisetorial e interdepartamental: INE/ICF/ORP (7) Divisões PROCESSO Ampliação da Desenho e aplicação piloto da Plataforma Plataforma Fase I Fase II Fase III 2010/2011 2011/2013 2012/2014
  • 7. 2.CIDADESEMERGENTES Onde cresce a Região 1. Cidade de porte médio de acordo com a população total do país 2. Acelerado crescimento demográfico e econômico 3. Ambiente de estabilidade social e governabilidade 4. Referências regionais por sua qualidade de vida e potencial para integrar-se com o mundo 140 cidades emergentes na Região –70 milhões de habitantes
  • 8. 2.BENEFICIÁRIOS Todos os países da Região Critérios de elegibilidade: • Qualificar-se como cidade de porte médio—relação com população do país • Representatividade entre cidades emergentes do país • Crescimento demográfico positivo • Melhores pontuações em crescimento econômico e qualidade de vida de acordo com variáveis como IDH/proxi • Compromisso formal de autoridades locais para cumprir com requerimentos da Plataforma Fase Piloto: 4 Cidades • Representatividade dos 4 grupos de países do Banco • Capacidade institucional
  • 9. 2.AS CIDADESSUSTENTÁVEIS “ Uma cidade sustentável é aquela que oferece alta qualidade de vida a seus habitantes, minimiza seus impactos ao meio natural e conta com um governo local com capacidade fiscal e administrativa para manter seu crescimento econômico e desempenhar suas funções urbanas com a participação cidadã”
  • 10. 2. QUALIDADE DE VIDALA PLATAFORMA SUSTENTABILIDADE DESENVOLVIMENTO SUSTENTABILIDADEA PLATAFORMA /DIMENSIONES AMBIENTAL / FISCAL EDIMENSÕES URBANO INTEGRAL E MUDANÇA CLIMÁTICA SUSTENTÁVEL GOVERNABILIDADE • PLANEJAR • CONTROLAR A POLUIÇÃO • MELHORAR HABITAT •MODERNIZAR GESTÃO AR/ÁGUA • REDUZIR CONGESTIONAMENTO FINANCEIRA E FISCAL • REDUZIR, REUSAR E RECICLAR • MELHORAR SEGURANÇA •ORGANIZAR SERVIÇOS RESÍDUOS SÓLIDOS •PROMOVER PÚBLICOS • AUMENTAR EFICIÊNCIA COMPETITIVIDADE/ •INCENTIVAR GESTÃO ENERGÉTICA DESENVOLVIMENTO POR RESULTADOS • PREVENIR / RESPONDER A ECONÔMICO •PROMOVER PARTICIPAÇÃO DESASTRES
  • 11. 3. APLICAÇÃO: TRUJILLO, PERUMETODOLOGIATRUJILLO: SUSTENTABILIDADE DESENVOLVIMENTO SUSTENTABILIDADEINDICADORES E AMBIENTAL / URBANO INTEGRAL E FISCAL EMEDIÇÕES MUDANÇA CLIMÁTICA SUSTENTÁVEL GOVERNABILIDADE PLANEJAMENTO SOLO HABITAÇÃO PLANEJAMENTO ÁGUA USO DO SOLO PARTICIPATIVO ENERGIA DESIGUALDADE AUDITORIA AR URBANA FINANÇAS E RUÍDO MEIOS DE ADMINISTRAÇÃO GASES EFEITO ESTUFA TRANSPORTES RECEITAS RESÍDUOS SÓLIDOS MOBILIDADE DÍVIDA ÁGUAS RESIDUÁRIAS CONTAMINAÇAO GESTÃO POR DESASTRES CRIME RESULTADOS SAÚDE PÚBLICA PERCEPÇÃO ACOMPANHAMENTO EFETIVIDADE DA GESTÃO BRECHAS GESTÃO DA POLÍCIA MODERNIZAÇÃO DA PARTICIPAÇÃO ADMINISTRAÇÃO NECESSIDADE DE MELHORA SUSTENTÁVEL PRODUTIVIDADE EMPREGO EDUCAÇÃO INOVAÇAO
  • 12. 3. APLICAÇÃO: TRUJILLO, PERU METODOLOGIA SUSTENTABILIDADE DESENVOLVIMENTO SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL / URBANO INTEGRAL E FISCAL E Etapa I MUDANÇA CLIMÁTICA SUSTENTÁVEL GOVERNABILIDADEA. IDENTIFICA/MEDEB. PRIORIZA1. PRIORIDADE PARA A CIDADE2. AUTONOMIA E COMPETÊNCIA3. IMPACTO AMBIENTAL RESÍDUOS SÓLIDOS MOBILIDADE RECEITASC. PLANO DE AÇÃO ÁGUAS RESIDUÁRIAS SEGURANÇA ACOMPANHAMENTO CARÊNCIA DE DA GESTÃO MEDIÇÕES
  • 13. 3. APLICAÇÃO: TRUJILLO, PERUMETODOLOGIA SUSTENTABILIDADE DESENVOLVIMENTO SUSTENTABILIDADEPLANO DE AÇÃO E AMBIENTAL / URBANO INTEGRAL E FISCAL EDESENVOLVIMENTO MUDANÇA CLIMÁTICA SUSTENTÁVEL GOVERNABILIDADE RESIDUOS SÓLIDOS MEIOS DE TRANSPORTE BASE TRIBUTÁRIA PLANO DE AÇÃO AGUAS RESIDUÁRIAS MOBILIDADE ACOMPANHAMENTOA INFORMAÇÕES SEGURANÇA DA GESTÃO 1. APROFUNDAMENTO/ MOBILIDADE SOLUÇÕES RESÍDUOS SÓLIDOS BASE TRIBUTÁRIA SEGURANÇA US $600,000 2. MEDIÇÕES INFORMAÇÃO AMBIENTAIS US $200,0003. MONITORAMENTO ACOMPANHAMENTO E DA GESTÃO AVALIAÇÃO US $100,000
  • 14. 3.RESULTADOS APROFUNDAMENTO/ DIFUSÃO E SOLUÇÕES ACOMPANHAMENTO • PLANOS DE AÇÃO •REDE DE CIDADES BID • COMITÊ EXTERNO DESENVOLVIDOS DE REVISÃO •SISTEMAS DE • DIAGNÓSTICOS CRÍTICOS MONITORAMENTO • AVALIAÇÃO DA APROFUNDADOS INDEPENDENTE PLATAFORMA • SOLUÇÕES EM ÁREAS • PLANO DE PRIORIZADAS FINANCIAMENTO FASE III IDENTIFICADAS • PROJETOS DE INVESTIMENTOS PREPARADOS 4 CIDADES (CICLO COMPLETO)