Your SlideShare is downloading. ×
Inovação Centrada no Usuário
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Inovação Centrada no Usuário

303
views

Published on

Desde 2003 o CESAR vem trabalhando com design de novos produtos baseados na experiência do usuário, criando experiências que melhoram a vida das pessoas, através de técnicas de pesquisa, prototipação …

Desde 2003 o CESAR vem trabalhando com design de novos produtos baseados na experiência do usuário, criando experiências que melhoram a vida das pessoas, através de técnicas de pesquisa, prototipação e ideação. Saiba mais aqui.

Published in: Business

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
303
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
11
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. C. B.S. H.R Ago/ 2012
  • 2. "[. ..] Inovar é correr riscos, é desafiar e abraçar o desconhecido, ainda que de forma imperfeita. Um imperfeito que a gente pode transformar em perfeito. " Mensagem de final de ano do C. E.$. A.R i Ri; s i em , É
  • 3. . ge nte a! FM: Ififiííifiaârliííéc> : :<? Í› â ngr<: sr: íí: ;sifviar| . granito íilõiííiêíràsí C 8.5.9 R negócios) x / ; tecnologia v. N e » , , Wííí/
  • 4. à u l l í TRANSDISCIPLINAR Bacharéis em Engenheiros de Comunicações C¡? ÚC¡a5 Militares - a» a n_ _ w i _a l v-s_ Gestores de . Jornalistas Antropologos . Pesquisadores ilustradores Engíriitlfilàgdí Engenheiros de Testes Administradores de . . . . ___ O_ F E h - sistemas Ad m I n | SLi ado¡ es cartâêiâiiããê psicó| ogos Engenheirlos _ I-Drofissionais de Marketing Engenheiros de SOftWa re Engenheiros Químicos MÊCÕÚÍCOS g
  • 5. Experiência do Usuário _a «j _, V_. __ . ._. u. .. DesignfCxentrado na
  • 6. Qua1 Quem l i O valor das [Al ill : ÊílílilâllilíãlflíÍiíÍil liÍlÍliwfl cilt-Lrfig-: II C a! i SãO? A4/ i“IíÍ“I<TÉ› igili"r”lrfíit. liífTH iíilñênlíÍiíÍibT i / i“i¡= .l f-xãçiçirTiiiirfi-. .i fíitíi L_Eã¡L_¡Êll'ilíÍ1. i i Cgjhg as pessoas . * vivem? . a2 eu_ , ^ _V__V, i "Llfãl “¡s. -,'. -' "_. r ii J li y. : _. s 4.» , l : D11I= El'¡ÊHl“IVÍÊErI city: 'Qñiusqmüüu __ i_ L -- ' r i _ _ . ., ,_ V “v ~. - ¡ss _L l. l l I-'Íll li li -'. i l l : l rüuiãl l¡ rh: : [i= ::; :;ri= _:: .. Il l il #i
  • 7. Quem somos? . Consultores UX Designers i UX Researchers
  • 8. q u e Utilidade Useful fazemos? 'kILhIÍ' Il: Findable Credible Accessible Intuição Utilidade +ilntüição = i» . l
  • 9. :Í: ' i , ' 'E rx Como fazemos?
  • 10. entender ii validar Í. um contexto criar soluções prototipar conceitos
  • 11. INOVAÇÃO CENTRADA NO USUÁRIO ll ("i Í _E P'FÇICI; I~, '1~7Ç› dia' Estudos e Inicwamñlo (Íiããàil Pesqlnsas i” 1 2 43 Avaliação Prototipação Ideação
  • 12. Pesquisa identificam-se usuários, necessidades, . I hábitos, desejos e contextos de uso ~ ' _ __ de um produto ou serviço. A I ' “ A _ _e N_ * ' . __ s ç Técnicas Etnografia Pesquisa contextual Entrevista em profundidade Análise da tarefa ; eí - í __ ñ Z __ _e _ _ i s _ “ I Í”- : ç , s . ; a ¡. , NT' › s, Í _ ; l P* 4 “N 'ñ A i t ' _bass_ v y / s KL i¡ n. f. . _s__ p A¡ _vip_ _A A: : c. e : - , , . a . t. . m -= C. i Mv › ' ¡ ' V. : 1*: E . . Lu w- 1 z 7 *me v - Á i ' '° s s i _V_ - - L4 l , K . _ LI, ... 4
  • 13. 4 Ideação . . _ o Com as informações da pesquisa de , . f 'E L campo, geram-se soluções para os ' . _, f l É_ problemas e oportunidades . i. . -', . . V . "- i encontrados na pesquisa. * * 1,, o A Técnicas . - 51'” _ Personas '~ Brainstorm '. »q Y Placestorm t 'q f”. if r- : _ J T r ' e L l , A s' i s ) . SÇc F - 'É' A ~ . L. i ¡ l x c* * r _~ if l 'i A _ _ , . i i . "PX , iÍ , ~ q i ~. i l . s rgNÉx-K s K Je: “.54 '. _ _ d-
  • 14. l *a D MSC” PN i* l . Nu-e faícuas LCe-Jncl trypüíc- L ? upa-Ia 2 “#1 p. . s; ía Lami-c / rurl/ Kern¡ , -,. ,.. Prototipação Por meio de protótipos de baixa P51:: ig l fidelidade, busca-se aprimorar as ? Eça I¡ soluções minimizando-se os riscos. WP" °z~ e: : _ , Técnicas E Protótipos em papel k Protótipos em Flash
  • 15. à ? âàwxmí-í-m i 'já , _ . l . - . › . - , 9 * -¡-°"~': :" 7 "w _- ' . 1 . . i _ç M úp-í-m-. M _ ¡___¡ i i A 'FS X** _r __ : :g _an- é'. ,. '-. -1 f¡ i _- i _ ' r Tira_ *V ' 1-. - 'c . -1 . .Ln/ "à d' v. »A4 7 Avaliação Através de testes com usuários em laboratório e em campo busca-se _ N l validar as melhores soluçoes. a. - l A t¡ Técnicas ' Í Testes de usabilidade 7 ' Avaliação Heurística ' i Focus Groups
  • 16. * * a u l fl_ , i _' _' _/ VL . l _ _ _. / * , r' F -i o v * * , ^ Õ ^ M9 . will lwlell Fl 1 _ i 4 i _l l l l 4_l i_ 4 _l 4_l _ O ? WC ; içicjia : :Jr ãlflkiiiilCicíl ; mi çircíúsiicíie; cpu-d ; irwçilivninii fiçmnic; ikciiíãlililêliiiâf (ÍÍLÍÍÊÍITÍÍÇHZ, E" czçini › çiiiçrainni-. iriimg, czrrii-icigtrzinirai ; r alçicflçxçiç; kgtraiiniiçir" ; r chamasse. .
  • 17. Flexibilidade Por não ser rígido nas partes que o compõem, pode ser adotado com igual êxito em seu formato completo de 4 fases; Ou com menos fases, de Í acordo com as necessidades do projeto e as demandas do cliente. ü P
  • 18. F V” r p [7 ' -' " rsfjj¡ rá " rsír_" ~ -- l . j j O CESAR possui dois laboratórios de usabilidade equipados com infraestrutura de salas de observação dispostas para monitorar salas de teste e grupos focais, através de vidros espelhados e monitoração digital com a captura de áudio e vídeo. Estes laboratórios estão dispostos estrategicamente pelo país nas regiões Nordeste e Sul/ Sudeste, para que as equipes de usabilidade do CESAR estejam ainda mais próximas dos usuários a serem estudados.
  • 19. Necessidade de Prgtgtipaçãg l _al, í=_li“liíf~ i^ri= .i't: . lgiivtiir» = '.i"i"U. iiilãlitil VI= .ll“'i'i-i l 7 7 ' 'T"7'7 W' 7 Alternativas Custo para Mudança Requisitos Codificação Implementação
  • 20. ."i i 7?; l É: Êi l s' Retorno do Investir em inovação centrada ss s, no usuário contribui para: ~~~~~~~~ ~ier~*íii, ia_c_zflziu: vila Í ; i_: ;~. :if: » na_ Investimento
  • 21. e» ; i sí. , a A . e s, a * (u: . k x I'- kl K
  • 22. msgs: ;saem : :ia ir¡ . álrfízltzêê narra¡ ? ici 'E' r A 'pralfili 01h, ¡ Iiiaiioxoíkolhxgh¡ PIC IPWQicz-. izsam : jk-ç Innvnggfjtp¡ cjkp¡ Clâãuxa), m¡ 1mm o¡ r-. i-: k-. súam aih¡ Ini-. ifhicza dia um¡ : :tirania grain¡ ("UVA aih¡ ; tçinnliaciii A num¡ 'Iniaiñfaicza ? oii oik-. Ls-. mvtoiivn-ih¡ = . , raiñíir dia ; mui-Zion e ; Inilavlliiakw h¡ turca¡ amvtoiivx-. in-: im lisilirãmon. iludir: silo¡ ami-atira¡ Poli 11m¡ pimiííílpion dia Íoranzta¡ ii-íkalh-íhi-ík bikini¡ ! linkar-tim am¡ iiakiial: dia¡ Lüliílhtíhiike ' _ _ _liüúm 01h¡ ÉÍÉÉQÀW = _¡ 1m¡ oil-a gairanmr = .¡ çpiraIh-íhioik; lo pmuiliilioi. Cfoimo¡ 'QIIQXIÍII_IÍQ> ihnrali, fui ; miraguia an¡ ciIk-. inia a¡ 'mi-. iñhicxe gniiicr¡ 01h¡ usilirãmo¡ an¡ . hmai Avivnnig grain¡ pioizii-. imir 'lnipiiainiiainlricñm pialh¡ Et-. inraiiaciii. PERFIS TÉCNICOS UX Researcher; UX Designer; Engenheiro de Software especialista em Java Swing. ÁREAS DE CONHECIMENTO Inovação Centrada no Usuário, Usabilidade, Prototipação, Java Swing.
  • 23. lÇÍíf-. Isiêrí . fvllrsiriu paira¡ 'iii/ l . [í1ig, ..i: a¡i| Ppíl Iarallktai-jko¡ um¡ aiziiiiiiojip¡ aiimxgqiaiilczo¡ am¡ ã¡ til-trailer: ÍOIÍELÍÍIÃIÍEF» . Ollii 9¡ oibjtamvro¡ dia¡ consumir lim¡ manu¡ dia nraiuagaigño¡ Iniuilmvn¡ paira¡ a¡ proipnilrarcño¡ Íoiiamli-. Iirai CONHECIMENTOS TÉCNICOS Etnografia, ideação, testes de usabilidade, prototipação.
  • 24. V' C L. fil-lili? ? f? ?? 3753517 l @Ela . EQFLIIÊhli”i”l§Éí“ÍÍIÊí> : :ia rssiiitfa-vkl( F*c; xii“i. alifll Wir ÍIEÍÍQ¡ silo¡ rlíuciaieisis¡ dia¡ lnçvrauñb¡ (libimi -- . dia, 19min¡ Iaralltraioíran uma¡ asma ala nur-traumas, na¡ 'Initaiñraicia oil-a . “ aiqiunprainiainio¡ dia : carma ; .insiíll. 'Fails-l 'I“Illl| ÍI'= _lILC, ?=_F› Iavrairain¡ a¡ Iiinra¡ : nnipillhcraigñoi otra¡ Ini-, iñraicxa 01h aiprairailhro¡ -irmiainhin-iko¡ n¡ vmiiiinra oil-a raiar-traiu a a¡ iraiciIIt-írai-: ka dia nranimsano¡ 'px-aim iiiuiirãirion. . CONHECIMENTOS TÉCNICOS Pesquisa de campo; técnicas de brainstorm; definições dos requisitos para prototipação; prototipação simples; testes de validação; software de controle para sistemas críticos; programação para micro controlador; projeto de filtros específicos; sistemas tolerantes a falhas.
  • 25. ;sutil-tim a oiiauítgn¡ dia um¡ piroiiíiílpxç¡ iiiiniiciloiniall dia ! lfli QÍL1QIOL1ÍÍIVIQ> ¡iiíxvr-. il dia paira¡ : :ouvi-trans dia "em inss-muuito¡ Ira¡ ioxcr-alltraigñh¡ aih¡ iia›:0:i^r_¡ a 01km aiii-anta¡ 'FaimÍoxá¡¡¡ ? oil oikassamvroiivnojko¡ ! inrai uainãb¡ 'prairai czalillhlt. íira¡ aoiiiiLcñoi, ciiiainrai-íra¡ 'VAWIMIFÀVL intra ¡iIíIItrai-íra¡ ; mr = 'r. ›:(¡: i“r. i:› am¡ 35h¡ Phillip¡ f* Iagtfñawl pirôznnran. . CONH ECIM ENTOS TÉCNICOS Etnografia rápida, ideação, Prototipação de hardware e software, Sistemas embarcados
  • 26. Case: Re-design de ATMs Realização de uma consultoria de UX para identificação de tendências em tecnologia e segurança em ATM's. O resultado final deste projeto foi o desenvolvimento de um protótipo e uma proposta de um novo conceito de design e posicionamento de componentes externos de ATMs. CONHECIMENTOS TÉCNICOS Pesquisa de campo; Técnicas de ideação; Definições de requisitos para prototipação; Prototipação simples; Sistemas Embarcados. Pesquüadores em Campo observando o uso de ATM's por clientes.
  • 27. Case: Workshop de Concepção de Produtos inovadores Realização de um workshop de 3 dias no qual foram repassadas para o cliente, diversas técnicas e métodos que são utilizados nos processos de concepção de artefatos inovadores pelo próprio CESAR, em seus projetos, utilizando a metodologia centrada no usuário PIC (Processo de Inovação Cesar. > l ~ ' ' l É i ; ^ Í E , MNwLMÉT ; m3 IF _ _ - __ - l  . __, , . . l Í i #[1] ' ' »'_P l l V'. '
  • 28. fíaiaiar: fàaítitxcilc> : :lia llilra-: alÉíillkclalcila; a , klazc aíxlgyn : :la lr . êlfifaiêlííaêf cílral Sidi” E? VME l 'Fê O níojlamum atlanta pirataria anal raujkauxanlhnnr a¡ Iniawhxcza cita em» animaram-ara @ka ; anão @ka a¡cza›: sao› 01km : :Itauna 'grama oiíalrarczalr unrai ¡ixallixoxr ! LvaIÍoIIlt-íhx-: ka ai : :aim usuário». O Ciãâm( a. : 'pralcílr dia* anular-jiu: @ka cramlprm CXOIÍIl ! Liurâmon 01km altziialnraw. , oíkaL-«alnwnlualli nvnivgitunwrar. , 91h53,, oil-apart: :: la itaim-jim. , : ÍOIIIEIÍEIIIHSE a¡ 'Imalrfaxcza animal prai-là» dia 'lojlalnlit-ihujka vlhiurall 01h. ¡ annpuasm, 'grama : só ; niño sanalni oilansalnvtoxkvn-íhn» ami FFFMIL- : :mu italian : ÍÍIIÍEIIIl hnmarcfílasw ojka cmnlilallrarcñm 'lII| ;oxo›: i“r-. w› 'pxallm dhgniaz C"'°*Ê°”3'“ ' Vilnnaiinalnnuan ¡x-, uczarmiimn iimucímnralr ami ? vamu-raw amigo». LVAlaL1nn› ajzsflnig, _ , ff' “rox-tai : i lnialrhxcza ? oil -jkauxalnxvnxlvn-: hi CIHÍIl : Ilim pranilñtm vila çuraIh-íhroika a a, ' czomlpramvxall CZOIIÍl oillíaliralniaw› vtaln-(õian dia nraxvxaggaxojloxraw. 59"'. : w *Ilmll @km pmtkafw 1m ranllttar-: km ! IÍll iiIannnrm-. nnim 'prallai ama : in uma, nunihnnrcpn, ou : x-: hlpihrçáí-. w, uma ahi-anna 'pm-: kasxwanni aan ciumiillll-ihn 'pxalkm ; unindo clhalnliag, aalni a¡ ¡larcxahxíhíhnika dia r _ A Inialiialqai lmalrualnrçflm 02km Clã-FARC . :: ein-Ei PERFIS TÉCNICOS Engenheiros de Software, Designers de UX, Designers Gráficos e Engenheiros de Teste. ÁREAS DE CONHECIMENTO HTML, Java Script, CSS, Testes de campo de usabilidade e prototipação de baixa e média fidelidade.
  • 29. i i I_-8.Ê)Oi¡'aiÍÓi'ÍOS de testes de usabilidade (NE e SU/ SE); r_ Projetos l realizadosporano (emmédia); é* T . Protótipos É l* T _ _ gerados ao ano (em i-ioras oe Pescwnse, média); etnográfica gravadas; Procíugtos liberados para os clientes por ano (em média).
  • 30. ãÍlIlIlI I i1 à “- ' l . :. _ , _A Contato de Negócios “”” A (à http: //www. cesar. org. br . E negocios@cesar. org. br * *à* (81)3425-4700