Marketing e Mercado

3,582
-1

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
3,582
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
79
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Marketing e Mercado

  1. 1. Marketing e Mercado1 Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  2. 2. DEFINIÇÃO DE MARKETING? É um processo, que visa atender e compreender as necessidades do consumidor e do produtor. 2 Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  3. 3. ADMINISTRAÇÃO DE MARKETING É toda uma estrutura que leva os bens e serviços para pessoas certas, nos locais precisos, adequados e nos momentos certos.3 Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  4. 4. O QUE É VENDER? Administração de Marketing É todo o esforço empenhado de convencer o consumidor a adquirir o produto. 4 Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  5. 5. CONCEITOS SOBRE MARKETING Necessidade: É a privação de alguma coisa básica, da qual precisamos. Ex: Lazer, alimentação, etc; Desejo: É a vontade de se satisfazer com algo específico. Ex: Comprar um perfume de uma marca específica;5 Produto: Bem ou serviço que pode ser oferecido e satisfazer uma necessidade ou desejo. Ex: Matrícula em um curso; Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  6. 6. CONCEITOS SOBRE MARKETING Satisfação: É quando um produto pode suprir um desejo ou uma necessidade. Ex: Concretizar a compra de um produto que se queira muito (casa); Mercado: É composto por um sistema, em que alguém deve estar6 disposto e apto a suprir desejos e necessidades da melhor forma possível. Ex: Lojas de produtos e serviços(Shopping). Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  7. 7. DEMANDA Desejo de adquirir certo produto de acordo com sua capacidade e vontade.7 Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  8. 8. TIPOS DE DEMANDAS: Negativa: Quando o cliente não gosta do produto, mas paga por ele. Ex: Plano Odontológico ; Latente: Quando o cliente têm necessidades que não são satisfeitas por outros produtos existentes. Ex: Bebida sem álcool; 8 Declinante: Quando deixam de adquirir certos produtos, por causa da recessão. Ex: Cursos ou faculdades; Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  9. 9. TIPOS DE DEMANDAS: Irregular: Quando cresce a procura em determinadas épocas. Ex: Bebidas no calor, Panetone no fim do ano; Indesejada: Quando se compra produtos que podem fazer mal à saúde.9 Ex: Cigarro, bebidas alcoólicas. Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  10. 10. PÚBLICO ALVO Grupo de pessoas com características semelhantes, como sexo, idade e principalmente estilo de vida que poderão ser clientes em potencial de produtos ou serviços10 Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  11. 11. PARTICIPAÇÃO DE MERCADO É a quota de venda de uma empresa, em moeda ou quantidade de produtos em comparação aos concorrentes. Ex: Ações. 11 Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  12. 12. PUBLICIDADE E PROPAGANDA COMO FERRAMENTA DE MARKETING ® Promoção de Vendas: É um jeito usado para incentivar a compra de um produto ou serviço a curto prazo; ® Assessoria de Imprensa: É um meio de expor o produto sem pagar por ele, que 12 dependendo da opinião pode aumentar as vendas do produto; Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  13. 13. PUBLICIDADE E PROPAGANDA COMO FERRAMENTA DE MARKETING ®Venda Pessoal: É uma apresentação oral para pessoas interessadas num produto ou serviço; ®Propaganda: É uma forma paga de13 apresentação e de promoção de idéias, bens ou serviços por um patrocinador conhecido; Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  14. 14. MARCA OU LOGOMARCA É um ícone ou desenho capaz de fazer com que o cliente se lembre do produto toda vez que olhar para o desenho.14 Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  15. 15. O QUE PODE SE ESPERAR OU NÃO DE UMA PROPAGANDA  Produtos com expectativas falsas: O consumidor só compra uma vez. Se o produto não condiz com a propaganda o consumidor se sentirá enganado e não comprará mais; Alvo perfeito: emoções do consumidor. Através dela podemos impressioná-los e persuadi-los; 15 Propaganda não garante vendas: Criar condições para aumentar as vendas, só funcionam se produto, preço e distribuição satisfaçam o cliente: Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  16. 16. O QUE PODE SE ESPERAR OU NÃO DE UMA PROPAGANDA  Propaganda, comove e valoriza sua mensagem: Para causar um impacto no cliente, com um lançamento ou uma inovação, não podemos deixar de usar a propaganda; Propaganda, investimento a longo prazo: Os resultados de uma propaganda a longo 16 prazo não garantem retorno imediato, mas pode ajudar o produto a entrar no mercado e se ampliar ou se firmar no mercado Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  17. 17. PSICOLOGIA DO CONSUMIDOR Classificando as diferenças do Público Alvo: Fatores Culturais; Classe Social; Fatores Sociais;17 Fatores Pessoais; Fatores Psicológicos; Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  18. 18. FATORES CULTURAIS São determinantes e são os fatores mais importantes que influenciam o cliente.  Cultura: è todo o conhecimento que adquirimos desde o dia em que nascemos;  Classe Social: è uma divisão da18 sociedade a qual um grupo de pessoas ou indivíduos participa e compartilha experiências e idéias; Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  19. 19. FATORES SOCIAIS Podem influenciar no comportamento e na escolha do cliente.  Família: Exerce uma influência direta. Pode ser por Orientação (os pais fornecem orientação básica sobre vários assuntos. Ex: Religião) ou Procriação (Utilizando a educação que receberam dos seus pais e aplicando-a em seus filhos);  Grupos de Referência: São grupos que influem19 direta ou indiretamente sobre as escolhas dos clientes. Podem ser Primários (família, amigos) e Secundários (igreja, curso). Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  20. 20. FATORES PESSOAIS Idade: Tudo o que consumimos tem influência sobre a nossa idade. Ex: Roupas, calçados Ocupação: Seu consumo tem ligação com sua posição social. Ex: Uma pessoa rica dificilmente veste as mesmas roupas Estilo de Vida: São fatores que determinam como um cliente vive e empenha todo o seu tempo e dinheiro, e é formado por dois20 fatores. Influência Interna: Personalidade e valores e Influência Externa: Cultura, família, etc. Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  21. 21. FATORES PSICOLÓGICOS Motivação: É o impulso que nos leva a agir para satisfazermos uma necessidade. Ex: Conquistar algo, fome, etc; Percepção: É o jeito como cada cliente tem de analisar informações significativas, que podem ser físicas ou utilizando os cinco sentidos, que pode depender do estímulo em relação ao meio ambiente e as condições de cada cliente;21 Aprendizagem: É a mudança de comportamento de cada indivíduo ao longo do tempo, ou seja, vivendo e aprendendo. Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  22. 22. PESQUISA Pesquisa de Propaganda: É o estudo detalhado das informações sobre possíveis soluções problemas de marketing.22 Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  23. 23. METODOLOGIA DE PESQUISA São métodos e procedimentos que serão usados num projeto de pesquisa, basicamente é a coleta das informações dos clientes através de 23 entrevistas. Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  24. 24. PESQUISA SOBRE O ANUNCIANTE Anunciante: É quem assina uma peça de comunicação. Ex: Marca, produto, etc. Existem três tipos de aspectos de pesquisa: Grau de Conhecimento;24 Credibilidade do Anunciante; Imagem do Anunciante. Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  25. 25. GRAU DE CONHECIMENTO Inicia no desconhecimento do produto ou marca e vai até a compra, onde o consumidor passa por várias etapas25 Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  26. 26. CREDIBILIDADE DO ANUNCIANTE Verifica se o cliente percebe, e entende o diferencial do produto, e o que ele realmente faz ou pode fazer.26 Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  27. 27. IMAGEM DOANUNCIANTE Verifica a aceitação do produto junto ao cliente, tanto no preço quanto na qualidade, ou seja, quanto melhor e mais em conta, melhor para o anunciante, que pode levar o produto a todas as classes sociais.27 Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  28. 28. PESQUISA NA CRIAÇÃO É usada para selecionar a melhor campanha, que pode impressionar e convencer o cliente, na aquisição do produto.28 Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  29. 29. FONTES DE PESQUISA IBOPE : Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística GALLUP : Instituto de Pesquisa de29 Mercado Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  30. 30. BRIEFING É o conjunto de informações que o anunciante fornece para orientar a agência na elaboração de uma propaganda, vendas ou relações públicas.30 Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  31. 31. PONTOS IMPORTANTES NA ELABORAÇÃO DO BRIEFING A análise da situação do mercado está dividida em 4 tendências: ™ Tamanho: Medir o potencial em relação econômica , prestadora e consumidora dos produtos; ™Tendência: Depende da tendência do mercado no momento; ™ Concorrência: São as empresas que comercializam, o mesmo produto, ou semelhante, na qual devemos31 traçar um planejamento para competir em condições de igualdade, e sempre que possível, superá-las; ™Avanço Tecnológico: Geralmente é utilizado como diferencial. Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  32. 32. ANÁLISE COMPETITIVA Aspectos básicos do produto e da empresa para comparação com a concorrência: $ Comparar as características dos produtos concorrentes: Verificar o que o produto faz, tempo de duração ou validade; $ Comparar estratégia de preço: Indica o valor de um produto ou serviço que pode ser comparado com o dos concorrentes, vale apena ressaltar que nem sempre o que é barato é bom, e muitas vezes o preço pode ser justo, independente do valor; 32 $ Comparar sistemas de distribuição: Verificar se os produtos ou serviços podem ser distribuídos em todos os lugares (nacional e internacionalmente), é muito importante para impulsionar a compra colaborando com o retorno da publicidade. Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  33. 33. ANÁLISE COMPETITIVA $ Compara área de ação, vendas e sazonalidades: É a oscilação que ocorre em determinadas épocas de venda de um produto. Ex: Venda de bebidas e sorvete em dias quentes; $Verba: É o valor (dinheiro) disponível para investir em propaganda;33 $ Público alvo: Se o trabalho for bem feito os resultados serão favoráveis ; Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  34. 34. CRONOGRAMA É uma estimativa de datas e nomes dos responsáveis e dos seus respectivos levantamentos de dados.34 Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  35. 35. PLANEJAMENTO DA PROPAGANDA É um processo administrativo e sistemático que tem como finalidade coordenar os objetivos, e outras fases de uma campanha de propaganda.35 Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  36. 36. FASES DE UMA CAMPANHA Diagnóstico: É a análise da situação do mercado e a comparação com a concorrência. Objetivos e Metas: É o foco ou alvo que se deseja atingir.36 Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  37. 37. FASES DE UMA CAMPANHA Estratégias (maneira pelo qual devemos atingir nossos objetivos ) e Táticas (É um detalhamento de estratégia, específica para uma ação de curto prazo). Cronograma: Descrição das etapas a serem realizadas e o tempo adequado para cada uma delas. Fluxograma: Conjunto de37 procedimentos de uma empresa por área ou responsáveis, com prazos na execução de cada trabalho. Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  38. 38. CRIAÇÃO Mudar: Valor-Chave em Propaganda: É a descoberta de uma forma não- comum de transmitir a realidade mais comum. Ex: ter outras sugestões de fazer a mesma coisa, analisando a melhor forma de executá-la.38 Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  39. 39. DUPLA DE CRIAÇÃO Formada pelo redator e pelo diretor de arte, que é subordinado ao diretor de criação, é importante ressaltar que para o trabalho dar certo é necessário que os dois39 trabalhem na “mesma sintonia” para que o projeto possa dar certo. Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  40. 40. O QUE A CRIAÇÃO TEM A DIZER AOS PROFISSIONAIS DA ÁREA 1. Cuidado: Aqui se pensa , tenta e cria, ou seja, antes de tomar qualquer decisão tente pensar um pouco; 2. Não ter medo de inventar, afinal de contas sua idéia pode ser única e pode trazer novos conceitos ao mercado; 40 3. Só recusar o trabalho por boas razões profissionais e não por que não gosta dele; Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  41. 41. O QUE A CRIAÇÃO TEM A DIZER AOS PROFISSIONAIS DA ÁREA 4. Respeite o tempo necessário para que a criação possa trabalhar uma idéia; 5. Não pressione, pois a tarefa de criação já pressiona o suficiente; 6. Faça com paciência e se preciso 41 revise, pois a propaganda, é feita em cima de detalhes. Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  42. 42. LINGUAGEM PUBLICITÁRIA Sempre utilizada na forma imperativa, fazendo com que o cliente seja “forçado” a comprar aquele produto, e que de uma certa forma também aceita isso com42 muita naturalidade. Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  43. 43. ESTILOS DE PROPAGANDA É importante definir um estilo para a sua propaganda de acordo com os objetivos da campanha..43 Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  44. 44. NOME E MARCA DO PRODUTO É importante que o produto antes de ser lançado no mercado possua um nome (define o produto que pode se relacionar com suas características) e a marca (é a identificação do produto).44 Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  45. 45. SINONÍMIA ENTRE MARCAS Algo que possa ter o mesmo significado, ou seja, produtos que sejam parecidos no mercado , mas com nomes diferentes.45 Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  46. 46. SINONÍMIA INTERNACIONAL Quando um produto recebe um nome, que possa lembrar outro produto, ou o nome e uma empresa diferente, que é bem sucedida.46 Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  47. 47. DICAS IMPORTANTES ! Não usar rimas fora do contexto, pois podem fazer com que a campanha seja um desastre. Usar ecos insistentes, ou seja, repetir a mesma palavra, isso faz com que o cliente de uma certa47 forma memorize o slogan do comercial e com isso .lembre-se do produto através do comercial. Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  48. 48. MÍDIA É o planejamento dos meios de comunicação para atingir os objetivos de propaganda de um produto ou serviço e levar até o consumidor.48 Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  49. 49. MEIOS DE COMUNICAÇÃO E VEÍCULOS TV Cinema Rádio Mala Direta Revista Marketing Direto Jornal Merchandising49 Outdoor e Indoor Internet Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  50. 50. TÉCNICAS PARA PROGRAMAÇÃO DE MÍDIA GRP: É a soma dos pontos brutos de audiência (conjunto de pessoas que leem assistem ou ouvem determinado programa). Freqüência: É o número de vezes que a pessoa fica exposta na mídia.50 Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  51. 51. TÉCNICAS PARA PROGRAMAÇÃO DE MÍDIA Visibilidade: è a repercussão pretendida na veiculação de uma campanha de propaganda. CPM (Custo Por Mil): Obtido através da divisão do preço de publicação ou emissora pelo total de audiência em51 números absolutos. Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  52. 52. PLANEJAMENTO DE MÍDIA Planejar os meios e veículos mais adequados para atingir o público, ou seja não adianta investir pesado em propaganda se os meios que irão anunciá-la não são adequados.52 Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  53. 53. ESTRATÉGIAS DE MÍDIA Estratégia de combate à concorrência: Temos que descobrir algum ponto que a concorrência seja mais fraca e criar meios mais fortes de dominar o mercado; Estratégia de neutralidade à concorrência: Utiliza-se uma campanha de continuidade;53 Estratégia de defesa à concorrência: Cria- se uma campanha de sustentação, com mensagens do mesmo meio e com confronto direto. Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  54. 54. FIM54 Coordenação de Ensino - Duque de Caxias
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×