Desafios e Oportunidades de Ganhosno País - Pré-Sal25/10/2012
1.   Cenário de Investimentos     para O&G
Investimentos em Infraestrutura e P&G2011-2014                    Portos                Ferrovias                         ...
Investimentos na Indústria2012-2015            Aeronáutica                             CIS  Têxtil e Confeções            ...
Evolução do setor                                2.000.000                              1.800.000                         ...
Mudança na escala das demandas     • DIVERSAS OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS DEPENDEM DA      POSSIBILIDADE DE EXPORTAÇÃO PARA ...
Mudança na escala das demandas                          Intensidade de tráfego                         aéreo na América do...
Mudança na escala das demandas                               Intensidade de tráfego                             aéreo na A...
Mudança na escala das demandas                                 Intensidade de tráfego                                    a...
Mudança na escala das demandas                                 10
2.   Legado Operacional
Os investimentos deixam no País unidades que  constantemente usam uma cadeia de fornecedores  por várias décadas          ...
A demanda por bens e serviços no setor Offshore será emtorno US$ 400 bilhões até 2020Escala suficiente para desenvolver só...
3.   Desafios e     Oportunidades
Alguns Desafios Tecnológicos                       • Engenharia de Reservatório                       • Conceito de Proces...
Oportunidades  Aproximação Academia-Empresa                   300                                                         ...
OportunidadesInovação                • Importância em reinvestir os recursos                  gerados em Ciência,Tecnologi...
OportunidadesIndústria de Bens e Serviços                               • A exploração do Pré-Sal aumentou a              ...
ONIP MULTIFORObjetivos do programa       CONSTRUÇÃO DE PROJETOS CONCRETOS PARA SOLUÇÕES       DE GARGALOS DE FORNECIMENTO ...
ONIP MULTIFORDesenvolvimento de Fornecedores                                                                             S...
Expansão das atividades para cadeiasindiretamente relacionadas                           FLUXOGRAMA DOS SETORES DA CADEIA ...
Propagação ao longo da cadeia defornecimento                                   22
OportunidadesCapacitação de pessoas                         • Aumento da demanda por mão-de-                           obr...
OportunidadesCapacitação de pessoas                         • Mercado em constante ascensão com                           ...
Processos Produtivos e ProdutividadeLinha de crédito BNDES FinemBNDES Finem - Indústrias de Bens de Capital - aumento daca...
Processos Produtivos e ProdutividadeLinha de crédito FINEP - Inova BrasilFINEP - Inova Brasil• Linha de crédito para média...
Processos Produtivos e ProdutividadeLinha de crédito BNDES & FINEP - Inova PetroBNDES & FINEP - Inova Petro• Foco no desen...
A cadeia offshore como um todo, envolve no Brasil(2009)~75 mil empregos diretos e mais de 350 mil entre setoresrelacionado...
4.   Conclusão
Conclusão     1 – DESAFIOS   TECNOLÓGICOS E OPERACIONAIS IMPLICARÃO NA     ENERGIZAÇÃO DE VÁRIAS CADEIAS PRODUTIVAS RELACI...
Conclusão     3 – AS   OPORTUNIDADES DE GANHOS PARA O PAÍS SE ACHAM     PRESENTES DESDE A FASE DE    P&D&I   ATÉ A INTRODU...
XIV CBE - MESA 6 - Luis mendonça  - 25 outubro 2012
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

XIV CBE - MESA 6 - Luis mendonça - 25 outubro 2012

439 views
373 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
439
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
10
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

XIV CBE - MESA 6 - Luis mendonça - 25 outubro 2012

  1. 1. Desafios e Oportunidades de Ganhosno País - Pré-Sal25/10/2012
  2. 2. 1. Cenário de Investimentos para O&G
  3. 3. Investimentos em Infraestrutura e P&G2011-2014 Portos Ferrovias Total (Infraestrutura + Petróleo): R$ 756 bilhões Setor Petróleo: 50% Rodovias Saneamento Telecomunicações Energia Elétrica Petróleo e Gás 0 50 100 150 200 250 300 350 400 R$ BilhõesFonte: BNDES. Visão do Desenvolvimento nº 100 abril2011 3
  4. 4. Investimentos na Indústria2012-2015 Aeronáutica CIS Têxtil e Confeções Total (Indústria + Petróleo): R$ 597 bilhões Siderurgia Setor Petróleo: 59% Química Eletroeletrônica Papel e Celulose Automotivo Extrativa Mineral Petróleo e Gás 0 50 100 150 200 250 300 350 400 R$ bilhõesFonte: BNDES. Visão do Desenvolvimento nº 100 abril2012 4
  5. 5. Evolução do setor 2.000.000 1.800.000 54 anos 16 anos 1.600.000 Produção (bpd) 1.200.000 1.000.000 22 anos 45 anos 12 anos 27 anos 800.000 400.000 0 1 3 5 7 9 11 13 15 17 19 21 23 25 27 29 31 33 35 37 39 41 43 45 47 49 51 53 55 Ano a partir da Descoberta Petrobras Total Histórico Histórico Bacia de Campos Campos Gigantes BC Pré-Sal Planejamento Ano 1 = Criação da Petrobras (1954) Descoberta de Garoupa (1974) Descoberta de Albacora (1984) Descoberta de Parati (2006) Intensidade de investimentos mais que triplicou, gerando uma demanda para a qual o mercado interno e externo não estavam preparados. A perspectiva de manutenção desse status é real, mesmo com a redução de investimentos anunciada pela PETROBRAS 5Fonte: Apresentação “Visão da PETROBRAS – Relacionamento com Investidores” – Fevereiro 2011 - PETROBRAS
  6. 6. Mudança na escala das demandas • DIVERSAS OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS DEPENDEM DA POSSIBILIDADE DE EXPORTAÇÃO PARA SEREM ECONOMICAMENTE VIÁVEIS; • O GRANDE VOLUME DE INVESTIMENTOS REQUER UM PREPARO AO LONGO DE TODA A CADEIA DE SUPRIMENTOS; 6
  7. 7. Mudança na escala das demandas Intensidade de tráfego aéreo na América do Sul http://www.flightradar24.com/ 7
  8. 8. Mudança na escala das demandas Intensidade de tráfego aéreo na América do Norte 8
  9. 9. Mudança na escala das demandas Intensidade de tráfego aéreo na Europa 9
  10. 10. Mudança na escala das demandas 10
  11. 11. 2. Legado Operacional
  12. 12. Os investimentos deixam no País unidades que constantemente usam uma cadeia de fornecedores por várias décadas 12Fonte: Petrobras
  13. 13. A demanda por bens e serviços no setor Offshore será emtorno US$ 400 bilhões até 2020Escala suficiente para desenvolver sólida cadeia produtiva de bens e serviços local GASTOS E INVESTIMENTOS NO SETOR DE E&P OFFSHORE DISPÊNDIO TOTAL 400 (INVESTIMENTO E (US$ bi 2009) GASTOS OPERACIONAIS) 312 Operação: US$ 76 bi 231 INVESTIMENTO 324 155 255 ACUMULADO 86 191 Investimento 30 129 71 33,6 33,8 consolidado 25 30,3 30,1 0,6 0,5 do setor 25,1 0,5 0,5 9,8 1,0 22,3 8,7 10,9 7,6 6,0 1,0 2,7 14,5 9,5 10,1 9,4 10,2 5,3 6,8 3,8 4,2 4,7 5,3 5,7 6,0 7,5 6,0 4,7 5,0 5,0 4,7 1,5 1,7 1,9 2,1 2,3 2,4 2008 2010 2012 2014 2016 2018 2020 Construção de Petroleiros e Barcos de Apoio Construção de Unidades Produtoras Construção de Sondas Desenvolvimento da Produção Exploração e Avaliação Sísmica Nota: Inclui sondas e unidades produtivas já arrendadas Fonte: Agenda da Competitividade. ONIP (2010). 13
  14. 14. 3. Desafios e Oportunidades
  15. 15. Alguns Desafios Tecnológicos • Engenharia de Reservatório • Conceito de Processamento; • Ambiental; • Segurança de Processo • Logística; Fonte: Petrobras 15
  16. 16. Oportunidades Aproximação Academia-Empresa 300 10x 240 US$ Milhões 180 120 60 0 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 INFRAESTRUTURA FÍSICA E HUMANA DISPÊNDIOS PROJETOS DE P&D SERVIÇOS TECNOLÓGICOS TEMPO 16Fonte: Petrobras
  17. 17. OportunidadesInovação • Importância em reinvestir os recursos gerados em Ciência,Tecnologia e Inovação; • Exploração sustentável; • Desenvolvimento tecnológico implica em aumento da competitividade dos fornecedores locais diante dos estrangeiros; • Geração de empregos. 17
  18. 18. OportunidadesIndústria de Bens e Serviços • A exploração do Pré-Sal aumentou a demanda por plataformas do tipo FPSO; • Os FPSOs correspondem à maioria das plataformas utilizadas no Pré-Sal; • Estudos da ONIP identificaram 1000 equipamentos nacionalizáveis apenas em FPSOs; • Lançamento do programa MultiFor em 04/06/2012. 18
  19. 19. ONIP MULTIFORObjetivos do programa CONSTRUÇÃO DE PROJETOS CONCRETOS PARA SOLUÇÕES DE GARGALOS DE FORNECIMENTO INCREMENTO DO CONTEÚDO LOCAL INTENSIFICAÇÃO DA CAPTURA DE VALOR NO PAÍS 19
  20. 20. ONIP MULTIFORDesenvolvimento de Fornecedores SOLUÇÃO DE Acompanhamento FORNECIMENTO de Projetos Centro de Soluções de Negócios Inteligência Competitiva DEMANDAS 20Aprovado no Conselho Deliberativo da ONIP em 19/04/2012
  21. 21. Expansão das atividades para cadeiasindiretamente relacionadas FLUXOGRAMA DOS SETORES DA CADEIA DO PETRÓLEO CADEIA DE FORNECIMENTO DE O&G SETORES RELACIONADOS COM A CADEIA DRIVERS DA CADEIA FORNECEDORES DIRETOS APOIO / SUPORTE Módulos / Sistemas Indústria e Varejo de Bens de Consumo Duráveis: móveis, eletro-eletrônicos, equipamentos de EPC informática, Equipamentos Mecânicos Indústria e Varejo de Bens de Consumo Não- duráveis: vestuário, alimentos e bebidas, higiene, Instalações Equipamentos Elétricos farmacêuticaOPERADOR Submarinas DA Indústria e Varejo de Insumos, Ferramentas Tubulações Básicas e MaquinárioPRODUÇÃO Serviços de Poços Insumos Básicos em Geral: petroquímica, metais DE Siderurgia, Forjaria, não-ferrosos, cimentoPETRÓLEO Fundição Educação e Capacitação Técnica: escolas, universidades, centros de formação profissional, Sísmica Produtos Químicos centros de pesquisa Infra-estrutura: telecomunicações, energia, HSE / EPI transportes Apoio Logístico Serviços especializados: instituições financeiras, Integradores seguros, advocacia, engenharia, tecnologia da informação 21 Produtos Serviços
  22. 22. Propagação ao longo da cadeia defornecimento 22
  23. 23. OportunidadesCapacitação de pessoas • Aumento da demanda por mão-de- obra qualificada devido a exploração em águas; • Expansão do programa Ciência sem Fronteiras de 6,7 mil bolsistas para 12 mil ainda em 2012; • Meta de 75 mil até 2015 financiando formação de profissionais no exterior. 23
  24. 24. OportunidadesCapacitação de pessoas • Mercado em constante ascensão com o constante aumento das reservas; • Diversas oportunidades de negócios e empregos; • Mercado em ascensão implica em constante demanda por mão-de-obra que resulta em estabilidade aos profissionais; • Prominp estima a geração de 212 mil empregos no setor O&G até 2014. 24
  25. 25. Processos Produtivos e ProdutividadeLinha de crédito BNDES FinemBNDES Finem - Indústrias de Bens de Capital - aumento dacapacidade produtiva• Financiamento direto mínimo: R$ 10 milhões• Taxa de juros máxima = 10,48% a.a• Valor máximo financiado = 70% do valor total• Prazo em função risco de crédito da empresa• Garantias definidas na análise 25
  26. 26. Processos Produtivos e ProdutividadeLinha de crédito FINEP - Inova BrasilFINEP - Inova Brasil• Linha de crédito para médias, médias-grandes e grandes empresas• Taxa de juros = 5%• Carência ate 24 meses• Amortização até 72 meses• Financiamentos entre R$ 1 milhões e R$ 80 milhões• Financiamento máximo = 90% do valor a ser financiado 26
  27. 27. Processos Produtivos e ProdutividadeLinha de crédito BNDES & FINEP - Inova PetroBNDES & FINEP - Inova Petro• Foco no desenvolvimento de fornecedores da cadeia produtiva de O&G• Empresas com receita operacional bruta mínima de R$ 16 milhões• Empresas que não atingem essa receita, devem desenvolver seus projetos em parcerias com outra que atinja• Parceiras internacionais só serão aceitas caso haja transferência de tecnologia• Linhas de produção: processamento de superfície, instalações submarinas e instalações de poços (submarinos)• Valor mínimo de financiamento: R$ 1 milhão com execução máxima do projeto em 60 dias• Participação máxima BNDES+FINEP: 90% do valor 27
  28. 28. A cadeia offshore como um todo, envolve no Brasil(2009)~75 mil empregos diretos e mais de 350 mil entre setoresrelacionados e efeito rendaCadeia de Retrato Atual - Fornecimento ao Setor OffshoreFornecimento Drivers da Cadeia Fornecedores Diretos Setores Relacionados Efeito-Renda  ”Drivers” da cadeia  Equipamentos em geral,  Setores indiretos: primários  Efeito-renda: gastos a tubos, integradores, etc. (ex. siderurgia, forjados, partir da renda gerada em  Quase a totalidade de seu fundidos, componentes) ou todos os elos da cadeia faturamento é direcionado  Parte relevante de seu de suporte (ex. telecom., ao setor O&G offshore faturamento é destinada ao hotelaria) segmento offshore  Forte participação  Fornecimento a múltiplos estrangeira em serviços de  Alta importação nestes elos setores, incluindo offshore poços e sísmicas  Total cadeia Empregos (000)  EPC - 25 mil  Equipamentos e  Total 32-36 mil  Total - 310-330 mil  Outros - 15 mil tubos - 20-25 mil 410-420 mil  Total - 40 mil  Outros - 10 mil  Total - 30-35 mil 28Fonte: ABIMAQ, ABINEE, Petrobras, PROMINP, ABRASEG, Sinaval, ABIFA, SINDIFORJA, IBS, Empresas do Setor, Pesquisas de Campo, IBGE, BNDES, Análises Booz & Company
  29. 29. 4. Conclusão
  30. 30. Conclusão 1 – DESAFIOS TECNOLÓGICOS E OPERACIONAIS IMPLICARÃO NA ENERGIZAÇÃO DE VÁRIAS CADEIAS PRODUTIVAS RELACIONADAS DIRETA OU INDIRETAMENTE COM A CADEIA DE O&G. 2 – OS EFEITOS JÁ ESTÃO NO NOSSO COTIDIANO, MAS SERÃO INTENSIFICADOS NA MEDIDA QUE AS DECLARAÇÕES DE COMERCIALIDADE FOREM ACONTECENDO. 30
  31. 31. Conclusão 3 – AS OPORTUNIDADES DE GANHOS PARA O PAÍS SE ACHAM PRESENTES DESDE A FASE DE P&D&I ATÉ A INTRODUÇÃO DE NOVOS SERVIÇOS E BENS EM UMA ESCALA MUITO DIFERENTE DO QUE O PAÍS CONHECIA. 4 – EM FACE DA CARACTERÍSTICA DA ATIVIDADE DE E&P , AINDA HÁ TEMPO PARA IMPLEMENTAR PROJETOS CONCRETOS PARA VIABILIZAR NOVOS FORNECIMENTOS COMPETITIVOS E SUSTENTÁVEIS. 31

×