• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2
 

Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2

on

  • 1,433 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,433
Views on SlideShare
1,433
Embed Views
0

Actions

Likes
1
Downloads
48
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2 Aula 4 Blocos_Economicos_Parte_2 Document Transcript

    • 2ª PARTE DE BLOCOS ECONÔMICOS2ª PARTE DE BLOCOS ECONÔMICOS2ª PARTE DE BLOCOS ECONÔMICOS2ª PARTE DE BLOCOS ECONÔMICOS A UNIÃO EUROPEIAA UNIÃO EUROPEIAA UNIÃO EUROPEIAA UNIÃO EUROPEIA A UE (União Européia) é um bloco econômico, político e social de 27 países europeus que participam de um projeto de integração política e econômica. Para o funcionamento de suas funções, a União Europeia conta com instituições básicas como o Parlamento, a Comissão, o Conselho e o Tribunal de Justiça. Todos estes órgãos possuem representantes de todos os países membros. Os países membros da União Europeia e os 19 países de maiores economias do mundo fazem parte do G20. Os países da União Europeia também são representados nas reuniões anuais do G-8 (Grupo dos Oito). 1944: Criação do BENELUX; 1950: A França propôs a integração das indústrias do carvão e do aço da Europa Ocidental. (CECA - 1951); 1957: Assinatura do Tratado de Roma cria a Comunidade Europeia da Energia Atômica (EURATOM) e a Comunidade Econômica Europeia (CEE). 1967: Ocorre a fusão da CECA com a EURATON e a CEE, passando a existir apenas a Comunidade Econômica Européia - CEE. Etapas da Integração Europeia:
    • 1992: Assinatura do Tratado de Maastricht, cria a UE; 1999: É oficializado o Euro (apenas unidade de referência); 2002: Em 1º de janeiro o Euro começa a circular oficialmente (exceto DIN, RU e SUÉCIA); A partir de 2004 a UE começou a abrigar países do Leste Europeu. Obs.: Na UE foram desenvolvidas políticas comuns em vários setores: agricultura, cultura, concorrência, meio ambiente, energia, transportes e comércio. Etapas da Integração Europeia: Durante a década de 1990, tornou-se cada vez mais fácil para os cidadãos deslocarem-se na Europa, com a suspensão dos controles de identidade e aduaneiros. Com isso muitos jovens europeus passaram a ter oportunidade de estudar e trabalhar em outros países Importante
    • CRISE NA UE O principal motivo gerador da crise é a falência de países que se endividaram. A dívida é resultado direto de uma grande recessão, que leva à calote e consequentemente à quebra do sistema financeiro. MERCOSUL Mercado Comum do Sul MERCOSUL – Mercado Comum do Sul 1991: Assinatura do Tratado de Assunção; Membros: Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai; Objetivos: eliminação progressiva das tarifas alfandegárias entre os países-membros e da adoção de uma TEC após 1995. O Mercado Comum do Sul ( Mercosul ) foi criado em 26/03/1991 com a assinatura do Tratado de Assunção no Paraguai. Os membros deste importante bloco econômico da América do Sul são os seguintes países: Argentina, Brasil, Uruguai e Paraguai (suspenso temporariamente do bloco e função da deposição do ex-presidente Fernando Lugo em junho de 2012) e Venezuela. A suspensão do Paraguai irá até abril de 2013, quando ocorrerão eleições no país. Embora tenha sido criado apenas em 1991, os esboços deste acordo datam da década de 1980, quando Brasil e Argentina assinaram vários acordos comerciais com o objetivo de integração. Chile, Equador, Colômbia, Peru e Bolívia poderão entrar neste bloco econômico, pois assinaram tratados comerciais e já estão organizando suas economias para tanto. Participam até o momento como países associados ao Mercosul.
    • MERCOSUL – Mercado Comum do Sul 1996: Membros associados - Bolívia e Chile / 2004: Venezuela, Colômbia, Equador e Peru; 2006: Venezuela passou a ser país-membro; 2010: Lula anuncia que Israel é parceiro de Livre Comércio do Mercosul. NAFTA Acordo de Livre Comércio da América do Norte Acordo de Livre Comércio da América do Norte • Membros: EUA + CANADÁ + MÉXICO • 1992: Oficialização; • 1994: Entra em funcionamento; • 2009: Aberto para Américas Central e Sul e eliminou boa parte da barreiras entre membros oficiais; • Problemas: NAFTA Concorrência com a U.E; Imigrantes ilegais; Desequilíbrio entre membros; Crise econômica nos EUA. O NAFTA (North American Free Trade Agreement ou Tratado Norte-Americano de Livre Comércio) é um bloco econômico formado por Estados Unidos, Canadá e México. Foi ratificado em 1993, entrando em funcionamento no dia 1º de janeiro de 1994. Objetivos do NAFTA: - Garantir aos países participantes uma situação de livre comércio, derrubando as barreiras alfandegárias, facilitando o comércio de mercadorias entre os países membros; - Reduzir os custos comerciais entre os países membros; - Ajustar a economia dos países membros, para ganhar competitividade no cenário de globalização econômica; - Aumentar as exportações de mercadorias e serviços entre os países membros;
    • Objetivos do NAFTA: • Garantir aos membros uma situação de livre comércio, derrubando as barreiras alfandegárias; • Reduzir os custos comerciais entre os países membros; • Ajustar a economia dos membros para ganhar competitividade no cenário da Globalização; • Aumentar exportações de mercadorias e serviços entre os membros. NAFTA APEC Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico Cooperação Econômica Ásia-Pacífico • 1993: Oficializado com mais de vinte países (½ do PIB e 40% do comércio mundial); • Até 2020: Espera realizar ampla liberação comercial e de investimentos, além de cooperação econômica e técnica entre os membros. Concorrência com: UE + MERCOSUL APEC Este bloco econômico é de extrema importância no cenário econômico mundial, pois somadas as produções industriais de todos os países membros, chega-se a quase metade de toda produção mundial. O PIB dos países membros atinge cerca de 17 trilhões de dólares. Quando estiver em pleno funcionamento, será o maior bloco econômico do mundo. De acordo com o estabelecido na reunião de Bogor, em 1994, será estabelecida uma zona de livre comércio em 2010 entre os países desenvolvidos. Com relação aos países em desenvolvimento e subdesenvolvidos, esta zona de livre comércio será estabelecida apenas em 2020. Principais objetivos da APEC : Estimular o comércio de produtos e serviços entres os países membros; Redução das tarifas alfandegárias e taxas de importação e exportação nas relações comerciais entre os países membros;
    • APEC OBJETIVOS: Criado em 1993 na Conferência de Seattle (EUA) ainda está em fase de implantação. Desde 2010 os países desenvolvidos estabeleceram uma ZLC, e os subdesenvolvidos, só entrarão em 2020 (ainda são ZPT). A APEC funciona como um fórum de discussão para diversas questões. G-8: Cúpula dos 8 (ex G-7) 1997 * EUA+JAP+ING+FRA+ ALE+ITA+CAN+RUS Grupo que reúne os sete países mais industrializados e desenvolvidos economicamente do mundo, além da Rússia; Grande poder geopolítico; Alvo dos movimentos anti-globlização.
    • O G-8 é formado por todos os países do G-7, a Federação Russa, os maiores países emergentes e a União Europeia (formada por 27 países), representada pelo país líder. Acabou se tornando o principal fórum internacional para debater problemas mundiais, em geral, com enfoque econômico, comercial e também político. (UFBA 2011) a)relacione os principais grupos de países que constituem o G-20; b)indique o objetivo da criação do G-20, em 1999; Respostas: a) G-8 (formado por todos os países do G-7 e mais a Federação Russa) os maiores países emergentes e a União Europeia (formada por 27 países), representada pelo líder do país que estiver ocupando a presidência do Conselho e pelo presidente do Banco Central Europeu. b) Tornou-se o principal fórum internacional de países para o debate de problemas mundiais, em geral, com enfoque econômico, comercial e também político. O G-20 é formado pelo G-7, a Federação Russa, os maiores países emergentes e a União Europeia (formada por 27 países), representada pelo país líder. O G 20 acabou se tornando o principal fórum internacional para debater problemas mundiais, em geral, com enfoque econômico, comercial e também político.
    • QUEM SÃO OS BRICS? BRICS é um acrônimo que se refere a Brasil, Rússia, Índia e China (+ África do Sul), que juntos formam um grupo de cooperação ("Cinco Grandes“). Os países não formam um bloco econômico, procuram formar um "clube político“ para converter seu poder econômico em uma maior influência geopolítica. Desde 2009, os líderes do grupo realizam cúpulas anuais. A sigla (originalmente "BRIC") foi cunhada por Jim O'Neill – chefe do grupo financeiro Goldman Sachs em 2001. BRICS Entre 2003 e 2007, o crescimento dos quatro países representou 65% da expansão do PIB mundial; Em paridade de poder de compra, o PIB dos BRICS já supera hoje o dos EUA ou o da União Europeia. Em 2011, após o ingresso da África do Sul, o mecanismo tornou-se o BRICS (com "s" maiúsculo ao final). Em 2010, o PIB conjunto dos cinco países (incluindo a África do Sul), totalizou US$ 11 trilhões
18% da economia mundial.