Your SlideShare is downloading. ×
Qualidade do Contexto
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Qualidade do Contexto

757
views

Published on

Apresentação sobre Qualidade do Contexto (QoC), abordando também Qualidade da Informação (QI) visto que é a base para a QoC. Exemplo de como calcular QI bem como critérios para Qualidade do Contexto.

Apresentação sobre Qualidade do Contexto (QoC), abordando também Qualidade da Informação (QI) visto que é a base para a QoC. Exemplo de como calcular QI bem como critérios para Qualidade do Contexto.

Published in: Technology

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
757
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
19
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Qualidade do Contexto
    Mestrado em Ciência da Computação
    Centro de Informática – UFPE
    Disciplina: Contexto Computacional
    Bruno Felipe – bffs@cin.ufpe.br
  • 2. Agenda
    Qualidade da Informação
    PDMS
    Critérios de Qualidade da Informação
    Exemplo: Como calcular critérios de Qualidade da Informação
    Qualidade do Contexto: exemplo
    Qualidade do Contexto: definição
    Critérios
    QoC x QoS x QoD
    QoC por que precisamos?
    Um exemplo da falta de QoC
    Conclusão
    Dúvidas
    Referências
  • 3. Qualidade da Informação (QI)- motivação
    • Alto crescimento de fontes de dados na Web, fontes estas autônomas, dinâmicas e heterogêneas.
    • 4. A natureza de acessibilidade dessas fontes por vários grupos de usuários.
    Por tal crescimento muito do conteúdo disponível pode ser proveniente de fontes de dados errônease/ou duvidosas, levando ao questionamento da qualidade da informação fornecida por tal fonte.
  • 5. Qualidade da Informação - definição
    QI como um conceito pode ser definido como um conjunto de critérios para indicar o grau de qualidade geral de uma informação obtida por um sistema [Batista, 2008].
    QI tem se tornado um aspecto crítico em organizações que fazem uso de sistema de informações.
  • 6. Qualidade da Informação - aspectos
    Naumann mostrou que a QI depende de três fatores maiores:
    • A percepção do usuário;
    • 7. A informação por si só;
    • 8. O acesso às informações;
    Os três fatores são rotulados como o sujeito, objeto e predicado de uma consulta.
  • 9. Qualidade da Informação - aspectos
    Sujeito
    Predicado
    Objeto
    [Naumann 2000]
  • 10. Peer Data Management Systems (PDMS)
    Um exemplo de PDMS
    [Tatarinov e Havely 2004]
  • 11. Qualidade da Informação - critérios
    QI em PDMS
  • 12. Qualidade da Informação - exemplo
    Como calcular critérios de QI?
    Existem várias funções, uma delas é a Ponderação Aditiva Simples (do inglês, SimpleAditiveWeighting)
    Exemplo:
    Levando em consideração um ambiente PDMS (Peer Data Management Systems).
  • 13. Qualidade da Informação - exemplo
    Sejam cinco peershipotéticos (S1, S2... S5) e cada um representado por uma matriz de decisão D = (dij)i,j = 1...5 com valores para cada um dos critérios: compreensibilidade, precisão, disponibilidade e dois critérios de custo: tempo de resposta e preço.
  • 14. Qualidade da Informação - exemplo
    Para solucionar um problema com o método Ponderação Aditiva Simples, deve-se proceder com três passos: uniformizar os escores para torná-los comparáveis, aplicar os pesos e somar os valores dos escores de cada peer.
    Uniformização
  • 15. Qualidade da Informação - exemplo
    Para um determinado peer Siseu escore global é calculado pela soma ponderada definida na seguinte equação:
    Com a aplicação da equação de uniformização, todos os valores de escores estarão dentro do intervalo de [0,1]. Melhores escores com valor próximo de 1.
    Com isso, o cálculo para determinar o ranking dos peers é:
    Pela análise o ranking seria:
  • 16. Qualidade do Contexto
  • 17. Exemplo
    Imagine o seguinte cenário:
    “Uma pessoa sabendo que Maria não está casada porque alguém lhe contou a alguns meses atrás.”
    • Está informação pode ser considerada contexto.
    • 18. Informações têm um tempo associado.
    • 19. O que aconteceu durante esses dois meses? Maria pode ter se casado...
  • Exemplo
    Context-Aware-Services (CAS) na maioria das vezes usam cache de informações contextuais e estas podem em algum momento estarem incorretas [Buchholz et. al.].
    Contexto contém qualidade, que podemos chamar de qualidade do contexto do inglês qualityofcontext (QoC).
    Esta qualidade pode ser medida por meio de uma série de critérios ou QoC-parameters, que estão atrelados à informação de contexto.
  • 20. Definição de QoC
    Qualidade do Contexto é qualquer informação que descreve a qualidade da informação que é usada como informação de contexto. Por esta razão, QoC se refere à informação e não ao processo ou hardware que possivelmente fornece a informação [Buchholz et. al.].
  • 21. Definição de QoC [2]
    Qualidade do Contexto é qualquer informação que descreve a informação do contexto e pode ser usada para determinar o valor da informação para uma aplicação específica. [Krause &Hochstatter, 2005]
  • 22. QoC-Parameters (critérios)
    Segundo Buchholz, existem cinco critérios considerados os mais importantes relacionados à qualidade do contexto. São eles:
  • 23. QoC-Parameters (critérios)
    • Precisão: descreve o quanto uma informação de contexto está de acordo com a realidade. Exemplo: GPS normalmente uma precisão de 4 metros. Precisão deve ser especificada na mesma medida que a informação de contexto.
    • 24. Correção: Denota a probabilidade de uma parte da informação contextual está correta. Exemplo: sensores de temperatura indicam 10ºc enquanto que a temperatura correta é de 20ºc. Com o parâmetro “correção”, a fonte original da informação de contexto pode estimar o quanto estas informações irão ser erradas, de forma não intencional devido à falhas internas.
  • QoC-Parameters (critérios)
    • Confiabilidade: também descreve o quanto correta a informação de contexto pode ser. Em comparação com o critério “correção” a confiabilidade mede o histórico de informações fornecida daquela fonte de dados. Exemplo:A envia para B o valor de R$ 100,00 de uma conta bancária. B avalia essa informação com o valor de 100% para o critério “correção”. Contudo, no passado A já enviou informações errôneas para B. Então B envia esta informação para o usuário com uma ressalva que a fonte de informação pode ser duvidosa (pouco segura).
    • 25. Resolução: Indica a granularidade da informação. Exemplo: considere uma sala indicando uma temperatura de 17ºc, embora a informação seja verdadeira, no canto da sala tem uma torradeira. O fornecedor de informações contextuais é incapaz de dar informações em um grau tão refinado de granularidade devido a limitações de dispositivos (hardware).
  • QoC-Parameters (critérios)
    • Atualidade: Significa a idade da informação contextual. Geralmente especificada relacionando um time-stampà informação contextual. Por esta razão, é necessária uma sincronização entre o sistema que fornece a informação contextual e o sistema do usuário.
    Ressaltando que existem diversos outros critérios além dos apresentados aqui. E alguns deles podem ser específicos para determinada informação contextual.
  • 26. Comparativo
    X
  • 27. QoC x QoS x QoD
    • QualityofContext
    • 28. QualityofService
    • 29. QualityofDevice
    Estas três noções de qualidade são diferentes, embora interdependentes.
    QoC descreve a qualidade da informação, ou seja, aquilo que é passado para o usuário como um resultado. QoC não é igual à QoS, pois informação de contexto pode existir sem serviços.
  • 30. QoC x QoS x QoD (cont.)
    QoS é qualquer informação que descreve o bom funcionamento que um serviço fornece. Estes serviços funcionam sobre componentes de hardware.
    QoDé qualquer informação sobre as particularidades técnicas e capacidades de um dispositivo.
    QoD pode restringir a QoS e/ou QoC. Não são iguais, porém podem influenciar um ao outro.
  • 31. QoC x QoS x QoD (cont.)
    QoD
    Influência na localização dos dispositivos (QoS);
    O quanto precisa essa localização será (QoC);
  • 32. QoC por que precisamos?
    • Reconstrução do comportamento de um CAS: Informações contextuais são usadas para adaptar de forma automática serviços ou o conteúdo que eles oferecem.
    Por esta razão, o contexto pode ser imperfeito e levar a péssimas experiências por parte do usuário.
    Por exemplo: um identificador de restaurante que tem por base um sistema de previsão de tempo desatualizado, porque informações mais atualizadas estão indisponíveis, indica ao usuário para ir ao bar em área aberta, embora o tempo esteja chuvoso.
    É desejável que o usuário também seja alertado com a qualidade do contexto usado, no intuito do usuário avaliar a qualidade da informação fornecida.
  • 33. QoC por que precisamos?
    • Políticas de privacidade mais detalhadas: Um usuário pode restringir o acesso a suas informações de contexto.
    Sem o uso de QoC o usuário pode apenas determinar quem pode ou não acessar alguma informação contextual.
    Contudo, com QoC ele pode definir políticas mais refinadas, ou seja, por exemplo: o usuário pode dar acesso à sua localização a um grupo de pessoas mas, restringir uma precisão de 10 km e com um atraso de uma hora.
  • 34. Um exemplo da falta de QoC
  • 35. Conclusão
    • QoC é realmente relevante para aplicações sensíveis ao contexto, visto que há necessidade de avaliar a qualidade da informação oferecida por tais sistemas.
    • 36. Poder computacional ainda maior.
    • 37. Desafio ainda maior em implementar tais funcionalidades dinâmicas.
    • 38. Um modelo formal para CAS que leve em consideração QoC.
  • Dúvidas
    ?
    Obrigado!
  • 39. Referências
    [Batista, M. C. M. 2003]. Otimização de Acesso em um Sistema de Integração de Dados através do uso de Caching e Materialização de Dados, MasterThesis, Federal Universityof Pernambuco, 2003.
    [Batista, M. C. M. 2008] “Schema Quality Analysis in a Data Integration System”. Tese de Doutorado, Centro de Informática – UFPE.
    [Naumann, F.] and Rolker, C. “Assessment Methods for Information Quality Criteria”. InProceedings of the Conference on International Quality (IQ00) Boston, 2000.
    [Buchholz, T.], Küpper, A., Schiffers, M. “Quality of Contex: What It Is and Why We Need It”.
    Zimmer, T. “QoC Quality of Context Improving the Performance of Contex-Aware Applications”.
    [Krause, M.], Hochstatter, I. “Challenges in Modeling and Using Quality of Context (QoC), 2005”.