Your SlideShare is downloading. ×
O uso da Plataforma Moodle no contexto de PLE
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

O uso da Plataforma Moodle no contexto de PLE

1,045
views

Published on

Published in: Education, Technology

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,045
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. O uso da plataforma moodle no contexto de PLE Bruno da Cruz Faber (CAPES/UFRJ) Danúsia Torres dos Santos (UFRJ) VII Encontro de Português Língua Estrangeira do Rio de Janeiro Língua e cultura: desafios em prática 15, 16 e 17 de junho de 2011
  • 2.
    • Pesquisa de base qualitativa e exploratória para a análise das atividades propostas no AVA Moodle, verificando-se, também, se há variação no grau de aceitabilidade das diferentes atividades propostas
    Introdução
  • 3.
    • O projeto Letras 2.0, vinculado ao grupo de pesquisa LingNet (PIPGLA/FL/UFRJ), busca a integração das disciplinas da graduação da Faculdade de Letras da UFRJ com o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) Moodle .
    • Neste sentido, realizamos uma experiência piloto com uma disciplina presencial de PLE, incrementando-o com algumas atividades on-line no AVA Moodle no Letras 2.0
    Motivação
  • 4.
    • Justifica-se este estudo pela crescente importância do Ensino a Distância (EaD) e dos AVA’s.
    • “ As redes digitais de comunicação vieram permitir o surgimento de novos ambientes de aprendizagem, ultrapassando as limitações de carácter espácio-temporal, existentes em contextos de formação presencial” (FURTOSO & GOMES).
    • Queríamos “modos de ensinar e aprender inovadores e atrativos”( RAMOS: 2005, p.13)
    • “ a Internet se tornou uma extensão cognitiva e um meio de socialização de grande magnitude” (MARTINS: 2008, p. 59)
    Justificativa
  • 5.
    • Apontar qual a finalidade de se utilizar o Moodle na referida turma de PLE
    • Analisar as ferramentas utilizadas neste AVA.
    • Averiguar o desempenho dos alunos e quais foram as vantagens/facilidades e desvantagens/dificuldades das ferramentas empregadas.
    Objetivos
  • 6.
    • Termo surgiu em 2004
    • “ Ferramentas capazes de facilmente tornar qualquer utilizador num produtor de conteúdos”[grifo nosso] (MOURA: 2008, p. 124).
    • Wikipédia, Youtube, Flickr, Blogger, My Space, Facebook etc.
    • “ Pensamos que a Web 2.0 pode dar uma outra perspectiva nessa qualidade de ensino” (MARTINS: 2008, p. 59).
    Web 2.0
  • 7.
    • “ O  Letras2.0  visa oferecer à comunidade da Faculdade de Letras da UFRJ condições para ampla oferta de disciplinas e cursos de extensão na modalidade on-line (semipresencial ou totalmente a distância) com uso da Plataforma Moodle, bem como criar oportunidades para desenvolvimento de pesquisas na área de educação a distância e para formação de docentes que atuem nessa modalidade.” (Kátia Tavares. In: LingNet)
    Letras 2.0
  • 8. “ PLE” 2.0
  • 9.
    • Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment
    • É um ambiente virtual de aprendizagem (AVA) modular altamente configurável, ou seja, um sistema computacional que pode ser configurado com várias ferramentas (Atividades, Blocos e Recursos) para favorecer a aprendizagem.
    • (LingNet)
    Moodle
  • 10. (LingNet) Moodle: níveis de atuação
  • 11.
    • Colaborativo: prevê atividades colaborativas como estratégia para promover o aprendizado.
    • Conteúdo não-linear: o acesso ao conteúdo é livre e a flexibilidade permite que o aluno avance conforme o seu interesse.
    • Avaliação formativa: realizada ao decorrer do processo educacional, permite identificar se os objetivos estão sendo alcançados.
    • (RAMOS: 2005)
    Perfil do curso de PLE on-line
  • 12.
    • Videoteca : repositório de conteúdos audiovisuais.
    • Calendário : agendamento de eventos.
    • Últimas Notícias : publicar avisos para a turma.
    • Mensagens : envio de mensagens pessoais ou coletivas.
    • Relatórios : análise da dedicação dos estudantes.
    Moodle: Blocos
  • 13. “ PLE” 2.0
  • 14.
    • Chat : comunicação síncrona com e entre os estudantes.
    • Escolha : consultas públicas em geral (pesquisas de opinião, votações etc).
    • Fórum : comunicação assíncrona com e entre os estudantes.
    • Glossário : reunião, de forma breve e objetiva, dos significados mais variados de termos e expressões.
    • Mapa Conceitual : ferramenta para organizar o conhecimento. Apoio metacognitivo.
    Moodle: Atividades
  • 15.
    • Envio de arquivo : possibilita “linkar” arquivos ou os por para download.
    • Wiki : construção coletiva e interativa do conhecimento.
    • Blog : auto-avaliação contínua sobre as tarefas solicitadas.
    Moodle: Atividades
  • 16.
    • Descrição da atividade proposta, espaço para tirar dúvidas e promover discussão.
    Fórum
  • 17. Fórum
  • 18. Glossário
    • Reunião, de forma breve e objetiva, dos significados mais variados de termos e expressões. No AVA, buscamos montar o nosso “dicionário informal”.
  • 19. Envio de Arquivo
    • Possibilita “linkar” arquivos ou fazer download.  Criação da “Weblioteca”
  • 20.
    • “ é um software colaborativo que permite a edição colaborativa de documentos. (...) Uma das características da tecnologia Wiki é (...) a possibilidade de, colaborativamente, construir conteúdo para a Web”. (MARTINS: 2008, p. 65).
    • Potencialidades educativas: interação e colaboração, troca de ideias e gerar estruturas de conhecimento partilhado e colaborativo que potencia a criação de comunidades de aprendizagem. (MARTINS: 2008)
    Wiki
  • 21. Wiki
  • 22.
    • “ refere-se a um diário na Web (...) frequentemente actualizada com opiniões, emoções factos, imagens, etc.”. (CRUZ: 2008, p. 18).
    • O blog também pode funcionar como um caderno, portifólio, apoio à disciplina. (CRUZ: 2008)
    Blog
  • 23.
    • No curso de PLE, serviu de avaliação contínua sobre as atividades propostas no AVA.
    Blog
  • 24.
    • “ Achei interessante fazer essa tarefa de hoje junto no laboratorio, porque da para conversar sobre os assuntos "ao vivo" tambem. Em casa é mais difícil motivar-se para um trabalho colaborativo, porque nunca sabemos quando os outros vão responder e reagir” (I.2011-1.04.01)
    • “ Foi muito interesante ver um pouco de gramática e sobre tudo o pasado e o subjonctivo. Também é muito importante fala sobre a cultura brasileira porque ajuda-nos a entender melhoro país onde moramos” (I.2011-1.01.02)
    Blog
  • 25.
    • A experiência do projeto piloto foi positiva.
    • A partir das dificuldades encontradas em um primeiro momento, podemos melhorá-los para as futuras turmas de PLE. Ex.: Aulas iniciais no laboratório.
    • O potencial do Moodle é amplo e possibilita a colaboração e o engajamento em atividades, seja por necessidade ou gosto pessoal.
    • Será necessário mais pesquisa para levantamento ou produção de atividades que abordem tópicos linguísticos voltados para PLE, para uso espontâneo ou opcional do aluno.
    Conclusões
  • 26. Bibliografia CRUZ, Sónia. “Blogue, Youtube, Flickr e Delicious: Software Social”. In.: CARVALHO, Ana Amélia A. Manual de Ferramentas da Web 2.0 para Professores . Porto: Ministério da Educação, 2008. FURTOSO, Viviane B. & GOMES, Maria J. “Aprendizagem e avaliação da oralidade em contextos online – o potencial dos serviços de podcasting . No prelo. LINGNET. www.lingnet.pro.br/moodle MARTINS, Hugo. “Dandelife, Wiki e Goowy”. In.: CARVALHO, Ana Amélia A. Manual de Ferramentas da Web 2.0 para Professores . Porto: Ministério da Educação, 2008. MOURA, Adelina. “A Web 2.0 e as Tecnologias Móveis”. In.: CARVALHO, Ana Amélia A. Manual de Ferramentas da Web 2.0 para Professores . Porto: Ministério da Educação, 2008. RAMOS, Daniela Karine. “Aspectos pedagógicos e tecnológicos da concepção e desenvolvimento de propostas de E-learning”. In.: Colaborador@: revista digital da CVA. Canoas, Ricesu, v. 3. nº 2, pp. 1+13, julho. 2005. Disponível em http://www.ricesu.com.br/colabora/n9/artigos/n_9/pdf/id_01.pdf (acessado em 10 de abril de 2011).
  • 27. Obrigado! Contato: pleufrj@gmail.com