Relatório Fundação Estudar 2013 Prep Program

  • 95 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
95
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
3
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Em 2009, quando o Prep Program foi criado, a possibilidade de estudar nas melhores uni- versidades do mundo era uma ideia distante da realidade da maioria dos brasileiros. O Prep Program nasceu do sonho de mudar esta percepção da melhor forma possível: aumentando a presença brasileira em universidades de ponta dos Estados Unidos. Éramos um grupo de amigos brasileiros que havia estudado em Harvard, Pennsylvania e Princeton e desejávamos democratizar o acesso ao ensino de ponta, ajudando jovens ta- lentosos a disputar vagas nessas faculdades e ter as condições financeiras necessárias para realizar seus cursos. De 2009 para cá, muita coisa mudou: os benefícios de estudar fora, que eram pouco compreendidos, passaram a ter mais destaque na mídia; as universidades no exterior apro- vam mais brasileiros do que nunca e, várias delas — incluindo Columbia University, Univer- sity of Southern California e University of Edinburgh — , já contam com escritórios no Brasil para a prospecção de alunos e parcerias com instituições do Brasil. O Prep Program evoluiu junto com a importância de estudar fora para os brasileiros. E, paralelamente, cresceu também nossa preocupação em tornar a inspiração e orientação oferecidas pelo programa acessíveis a mais de jovens de todo o país. Desde janeiro de 2013, transferimos a responsabilidade da gestão do Prep Program para a Fundação Estudar, integrando esforços para oferecer oportunidades para jovens bra- sileiros talentosos. Com isso, o ilrio — que até então abrigava o programa — passa a atuar no conselho por meio de seu comitê executivo. Com a sinergia de atividades da Fundação Estudar, aumentamos já no primeiro ano o número de vagas oferecidas no Prep Program e estamos ampliando o escopo do programa para atender de forma mais completa os estudantes selecionados. Ao mesmo tempo, tam- bém pretendemos levar essas mesmas oportunidades a um número grande de jovens que não pode integrar o grupo. Todas as ações do Prep Program somente são possíveis com o apoio indispensável de sua equipe de mentores, parceiros e doadores. A eles, nosso imenso obrigado: as próximas páginas são um resultado inegável de seu suporte e dedicação. Temos orgulho dos resul- tados conquistados até hoje e a expectativa de um impacto muito maior num futuro breve. comitê executivo do prep program Adam Roth Singerman, Álvaro Piquet Pessôa, Samuel Elia, Thiago Piccolo e Wolff Klabin Mais  brasileiros  nas  top  schools  do  mundo
  • 2. PREP  PROGRAM:  Seleção  e  apoio Diferente do processo seletivo para universida- des no Brasil, o processo seletivo em boa parte das universidades no exterior é holístico — isto é, avalia cada candidato de forma ampla, consi- derando suas conquistas dentro de seu próprio contexto pessoal. Assim, na peneira para o Prep Program, tentamos antecipar as chances de bom desempenho nesse tipo de seleção. São esses os componentes avaliados em uma candidatura holística — muito comum nos Estados Unidos, mas cada vez mais fre- quente também no Reino Unido, no Canadá e na Austrália: histórico escolar do ensino médio Para en- contrar evidências da dedicação do jovem aos estudos (não apenas o desempenho em um mo- mento pontual); provas padronizadas: sat, sat subject tests, toefl São provas de aptidão e conhecimento, semelhantes ao enem brasileiro, e o toefl é um exame que avalia o nível de conhecimentos em inglês dos candidatos. cartas de recomendação Escritas por pro- fessores, orientadores e coordenadores, essas cartas mostram a visão de outras pessoas sobre o potencial acadêmico e pessoal do aluno, bem como suas conquistas. personal statement Redação principal em que o candidato se apresenta à universidade como pessoa: é a principal forma do estudante “vender o seu peixe” como alguém interessante para integrar aquela instituição. redações O candidato responde a perguntas que podem ser questões sobre sua vida, seus pla- nos, sua visão sobre diferentes assuntos e seus desafios para o futuro. entrevistas Muitas universidades entrevistam os candidatos por meio de seus ex-alunos. As en- trevistas são mais um elemento para conhecer o candidato como pessoa — e como ele se encaixa no ambiente universitário. OFERTA DO PREP PROGRAM Até 2012, o apoio central oferecido pelo Prep Pro- gram se dava por meio de uma rede de mentores. Cada jovem selecionado trabalhava individual- mente com um mentor da rede na identificação das universidades de interesse, na elaboração das redações, sanando dúvidas inesperadas e buscando apoio emocional nas etapas mais ár- duas do processo seletivo. A partir de 2013 a ofer- ta de apoio aos participantes do Prep Program está sendo expandida para contribuir ainda mais com esse momento decisivo. impacto ao longo dos anos Desde sua cria- ção, o Prep Program já orientou 70 jovens talen- tosos de todo o país, resultando em 52 jovens aprovados em universidades no exterior — uma taxa de aprovação de 74%. Universidades  com  mais aprovados  do  PREP  (2010-2013) yale university 12 columbia university 9 university of pennsylvania 8 harvard college 7 princeton university 6 stanford university 6 duke university 4 mit 4 dartmouth college 3 bryn mawr college 3
  • 3. Em 2012, a divulgação do Prep Program foi ex- pandida e o programa atingiu o patamar de 248 inscrições de 23 estados e do Distrito Federal, correspondentes a quase cinco vezes o número de inscritos do ano interior. Foram27alunosselecionadosparaparticipar —umaseletividadede11,3%,similaràsdasmelho- res universidades do mundo. Aos 27, somaram-se mais oito mentees indicados por instituições par- ceiras,totalizandoumgrupode35alunos. Os mentees 2012 vieram de 27 escolas (das quais 13 são escolas públicas) de dez estados brasileiros: Acre, Alagoas, Ceará, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia e São Paulo. A turma conquistou aprovações em 50 universidades do Canadá, Finlândia e Estados Unidos, incluindo todas as universidades da Ivy League — um grupo composto por oito ins- tituições americanas de grande prestígio cien- tífico no mundo — e em outras universidades de ponta do país. O Prep contribuiu, inclusive, para que o Brasil batesse recorde de aprovações em algu- mas universidades. “Dos seis estudantes bra- sileiros aprovados no Harvard College, quatro foram preparados pelo Prep Program. Para nós isso é prova da assertividade na seleção e da qualidade da preparação oferecida pelo pro- grama”, comemora Renata Moraes, gerente de Educação da Estudar. apoio financeiro No início de 2013, a Estudar criou uma plataforma de financiamento cola- borativo online (crowdfunding) como opção de financiamento complementar para ajudar os es- tudantes a viabilizarem seus estudos. Para cada R$ 1 levantado, o banco btg Pactual, mantene- dor da Estudar, adiciona R$ 0,50. “No crowdfun- ding, um filantropo descobriu minha necessi- dade e doou R$ 80 mil”,conta Lawrence Murata, que agora poderá estudar em Stanford. Resultados  2012:  recorde  de  aprovações Resultados  da  turma  2012 Aprovações  nas  principais universidades  americanas Yale 7 Columbia 6 Harvard 4 UPenn 4 Stanford 3 Dartmouth 2 Cornell 2 29aprovados 19matriculados 2em lista de espera Brown 2 Princeton 2 mit 2 Georgetown 2 CalTech 1 Duke 1
  • 4. Planos  de  expansão Em 2013, com a transferência da gestão para a Fundação Estudar, os objetivos do Prep Pro- gram são ainda mais ambiciosos. As principais iniciativas para ampliar a abrangência do pro- grama e incentivar um número cada vez maior de brasileiros a estudar fora são: aumento do número de vagas Em 2013 foram selecionados 100 estudantes (versus 35 em 2012); entrada de estudantes do 2º ano do en- sino médio A ideia é selecionar mais cedo jo- vens de muito potencial. Assim eles tem mais tempo de se preparar e investir um esforço adi- cional no inglês; preparação para estudar em outros países, não apenas nos eua Com a expertise de en- viar estudantes para as melhores universidades do mundo todo há mais de 20 anos, a Estudar decidiu ampliar o foco de preparação do Prep Program – qualquer universidade de excelência que tenha um processo de seleção holístico; aumento do apoio financeiro para o application Embora a participação no Prep Program seja gratuita, o processo de aplicação a uma universidade no exterior (taxas de inscri- ção, custos das provas, deslocamentos e tradu- ções) pode custar até R$ 4 mil para o candidado. O Prep Program oferece bolsas para estudantes que não tem como arcar com estes custos de aplicação. Em 2013, o orçamento destinado ao investimento em bolsas para os candidatos é de R$ 87,5 mil, (contra R$ 30 mil em 2012); prep course online A partir de 2013, todo o conteúdo de preparação dos candidatos para as provas foi estruturado de forma organizada em um curso online. A plataforma online orga- niza-se em conteúdos semanais e permite a in- teração com a orientadora e com outros alunos participantes do processo; ampliação de parcerias Por meio de uma ampliação da sua rede de parceiros, o Prep Pro- gram aumentou em 2013 os serviços oferecidos aos candidatos, o que contribui para uma pre- paração mais sólida. Também foram estabele- cidas parcerias com universidades no exterior para realizar video chats em que os estudante se aproximem e tirem dúvidas. “É  uma  honra  para  a  Estudar  incorporar  um  programa  dessa   qualidade,  graças  à  visão  dos  fundadores  e  consistência  do   o  alcance  e  impacto  transformador” fabio tran, co-diretor da fundação estudar
  • 5. —complementar  à   oferta  de  bolsas  de  estudos  que  a   Estudar  já  lidera  há  mais  de  20  anos” rodrigo teles, co-diretor da fundação estudar Orçamento  2012   Fontes  de  receitas Orçamento  2013 2012 2013 [estimativa] bolsas (custos application) r$ 87,5 mil logística r$ 12 mil custos administrativos r$ 80 mil marketing r$ 11,2 mil tecnologia r$ 16,4 mil pessoal r$ 166 mil pessoal r$ 65 mil bolsas (custos application) r$ 30 mil logística r$ 12 mil 100% de pessoas físicas 30% de pessoas físicas 70% de empresas parceiras valor total R$  143  mil valor total [estimativa] R$  373  mil
  • 6. PREP  Participantes  2013   “A  turma  2013  representa  os  frutos  de  um  forte  esforço  de   que,  cada  vez  mais,  os  melhores  alunos  brasileiros  almejam   laila parada-worby, coordenadora do prep program O Prep Program 2013 selecionou um grupo de 100 alunos, de 17 es- tados e do Distrito Federal. Dos alunos selecionados, 24 estão no 2º ano do Ensino Médio e 76 no 3º ano, sendo que 32% estudam em colégios públicos. sp 43 rj 15 mg 7 es 1 se 1 pe 1 pb 1 al 1 ce 11 pa 1 am 1 ac 1 mt 1 pr 3 sc 3 rs 1 go 1 df 6 Origem  da  turma  2013
  • 7. Para  além   do  PREP   PROGRAM Com o objetivo de ampliar a oportunidade de estudar fora, a Fundação Estudar lança em 2013 outros pro- gramas que estendem o impacto do Prep Program para outros jovens: site estudar fora O Es- tudar Fora (www.estudarfo- ra.org.br) é a referência de informação, orientação e preparação para qualquer brasileiro que sonhe em es- tudar no exterior. prep course Para demo- cratizar o acesso à prepa- ração, o mesmo conteúdo oferecido aos participantes do Prep Program será aber- to a estudantes de todo o Brasil interessados em cur- sar graduação fora. Escolas  dos  estudantes  selecionados cefet Celso Suckow da Fonseca Coluni Viçosa Colegio Embraer Juarez Wanderley Colégio Militar do Rio de Janeiro Colégio Pedro ii Colégio Santo Antônio Colégio Santo Inácio Colégio Visconde de Porto Seguro Colégio Etapa São Paulo Colégio Militar de Brasília Org. Educacional Farias Brito Colegio Bandeirantes Colégio Dante Alighieri Colégio Ari de Sá Cavalcante Colégio Integrado Objetivo Colégio Móbile Anglo Cassiano Ricardo Associação Luterana Bom Jesus ciep 146 Colégio 7 de Setembro Colégio da Polícia Militar de Goiás Colégio de São Bento Colégio dos Jesuítas Colégio Jean Piaget Colégio Master Colégio Mater Amabilis Colégio Maxi Colégio Militar de Belo Horizonte Colégio Militar de Manaus Colégio Militar de Porto Alegre Colégio Nova Geração Colégio Santo Antônio Objetivo Colégio Senhora de Fátima Colégio Teresiano Cooperativa de Ensino Dr. Zerbini Escola Estadual Benedito Matarazzo Escola de Educ. Básica Raul Pompéia Escola Dinâmica Escola Est. Prof. José Rodrigues Leite Escola Internacional de Alphaville Escola Técnica Est. Prof. Agamenom Escola Técnica Estadual República Colégio Etapa Valinhos Colégio Decisão Instituto Federal de Ceará [ifce] Instituto Federal de Mato Grosso Instituto Federal de Pernambuco Pensi Colégio & Curso Instituto Federal de São Paulo Instituto Federal de Sergipe [ifs] Our Lady of Mercy School Colégio Termomecânica [cefsa] UWC Sant’Anna International School Sistema de Ensino Equipe Escola Britânica do Rio de Janeiro Colégio Nacional Colégio Unidade Jardim Educational Center Colégio Objetivo
  • 8. PREP  PROGRAM:  Participantes felipe storch de oliveira, prep 2011 de: escola estadual prof. josé rodrigues lei- te & phillips academy andover para: franklin & marshall college renan carneiro, prep 2012 de: colégio militar do rio de janeiro – crmj para: harvard university “Estudar  em  uma  instituição   pequena,  que  mistura  rigor   acadêmico  e  muitas  atividades   “Estudei  sete  anos  na  rede   pública  e  sinto-me  no  dever   de  retribuir  a  outros  jovens   oportunidades  iguais  ou   Natural do Acre, Felipe Storch de Oliveira come- çou a estudar inglês aos 13 anos de idade com auxílio do Bolsa Família. No primeiro ano de seu curso universitário no exterior, devido ao ótimo desempenho em um seminário, Felipe foi reco- mendado para ser tutor de redação — em inglês. Sua história de sucesso já começou antes mesmo de entrar na faculdade. Após participar do Prep Program, o jovem foi aceito em seis instituições de ensino no exterior: Connecti- cut College, Hamilton College, st. Lawrence University, Union College, Wheaton College e Franklin & Marshall College, onde escolheu es- tudar economia e ciências ambientais. Para ele, o aspecto mais interessante de sua experiência no exterior é a proximidade com professores que são experts em suas áre- as. Como a Franklin and Marshall é uma escola pequena – com uma comunidade que mistura rigor acadêmico e vastas opções de atividades extracurriculares – a proximidade entre alunos e professores é grande. “Virar amigo de meus professores é algo fascinante pois posso discu- tir com eles os meus interesses em economia, estudos ambientais e estudos literários”, de- fende Felipe. Natural de São Gonçalo, no Rio de Janeiro, Re- nan Carneiro tem o sonho de trabalhar com EducaçãoPúblicaeidentificarcriançasejovens sonhadores com grande potencial, garantin- do que eles tenham o suporte necessário para atingir seus objetivos. Aluno-coronel do cmrj, Renan se destacou desde cedo: já fundou seu próprio projeto social, somar English, que dá aulas de inglês para moradores das favelas do Rio de Janeiro; Foi vice-presidente da União Es- tudantil e ganhador de várias medalhas olímpi- cas de Matemática, Química e Astronomia. Por meio de amigos que participaram de edições anteriores do Prep Program, Renan conheceu o programa e decidiu participar. Sua participação no Prep resultou em uma lista surpreendente de aprovações: Yale University, University of Rochester, Brown University, Co- lumbia University, Princeton University, UPenn, Cornell University. A opção de Renan foi a Har- vard University, onde esse ano ele inicia os estu- dos em Economia. Para atingir esses resultados, Renan des- taca o apoio fundamental do Prep Program por meio de seu mentor e da coordenadora do programa na revisão de essays, lista de faculda- des, preparação de documentos e elaboração
  • 9. lara timbó araújo, prep 2012 de: colégio ari de sá cavalcante para: massachusetts institute of technology – mit “Minha  mentora  me  ajudou  a  fazer  os   melhores  essays  possíveis.” Lara Timbó Araujo é medalhista olímpica em competições nacionais e internacionais de Matemática, Física e Informá- tica. Apesar do perfil de destaque, a jovem – que conheceu o Prep Program por meio de um amigo que havia participado no ano anterior – conta que até então não sabia nada sobre o processo de seleção para universidades no exterior. “O men- toring oferecido pelo Prep Program parecia o guia ideal para essa jornada”, conta a aluna. Para Lara, o apoio mais importante do Prep foi o auxílio na parte burocrática do processo e a atenção de sua mentora em relação aos seus essays. Com a orientação, a aluna con- quistou aprovações em universidades como Columbia Uni- versity, mit, Princeton University e Stanford University. Embora ainda não tenha decidido o que cursar, a estu- dante pretende fazer algo relacionado à tecnologia no Mas- sachusetts Institute of Technology – mit. Após a conclusão de seus estudos, tem como objetivo retornar ao Brasil e tra- balhar na área financeira ou de engenharia. da estratégia de provas. Também menciona a importância de conhecer alunos e alunas de todo o país: “Trocar experiências e saber como outras pessoas encaram cada etapa é muito be- néfico. Aprendi com o tempo que aqueles que estão abertos a troca de conhecimento só tem a ganhar”, ressalta. felipe storch de oliveira renan carneiro lara timbó araújo
  • 10. PREP  PROGRAM:  Participantes bárbara cruvinel santiago, prep 2012 de: colégio objetivo - bolsista para: yale university “Quero  realizar  meu  sonho  de   estudar  física  nos  EUA  e  me   Medalhista olímpica de torneios nacionais e in- ternacionais de Física, Astronomia, Astronáuti- ca, Matemática e Química, Bárbara participou da Escola Avançada de Energia Nuclear da usp e foi a única aluna a representar o Brasil nas duas últimas edições mundiais do Torneio In- ternacional de Jovens Físicos (iypt). Apaixonada por Física, a jovem quer ser pesquisadora e vê nos Estados Unidos a oportu- nidade para se desenvolver ainda mais, pois lá a estrutura para pesquisa está em outro patamar. Poderá ter acesso a laboratórios super equipa- dos e professores vencedores de Prêmios Nobel. Bárbara participou do Prep Program em 2012. Para ela, o principal suporte no programa foi a mentoria e a revisão dos essays. “Foi muito im- portante para eu conseguir conciliar vestibula- res, olimpíadas científicas e applications. A mi- nha mentora me ajudou também a me manter firme quando o desespero batia. Vou levar mi- nha monitora como amiga e um grande exem- plo de dedicação para minha vida”. O resultado de tanta dedicação foi a aprova- ção na Boston University, Columbia University e Yale University, na qual irá ingressar. Esforçada, Bárbara também é exemplo de mobilização. Ela e a família conseguiram, em pouco mais de um mês, mais de 25 mil apoiadores e quase R$ 70 mil de intenções de doações para a sua campa- nha de doações realizada no crowdfunding da Fundação Estudar. bárbara cruvinel santiago eduardo miranda cesar
  • 11. eduardo miranda cesar, prep 2013 de: colégio militar de brasília para: prep 2013 monica larissa de azevedo faria, prep 2013 de: colégio embraer juarez wanderley para: prep 2013 manter  contato  gente   inspiradora,  disposta  a   crescer  junto  com  você.” deve  sempre  ter  conhecimento   amplo  –  e  não  só  da  sua  área  –   para  ser  bem-sucedido.” Eduardo Miranda Cesar conheceu o Prep Pro- gram por meio da palestra de divulgação reali- zada no Colégio Militar de Brasília, no início de 2013. O estudante já vinha se preparando para o processo de aplicação em universidades no exte- rior e tinha ciência da necessidade de contar com o máximo possível de ajuda durante o processo. Por mais que Eduardo ainda não tenha se decidido por uma carreira específica — já que se interessa, ao mesmo tempo, pela área de Química e Filosofia — o estudante já defi- niu alguns valores que quer cultivar durante a faculdade. Ele almeja atingir um perfil pro- fissional que alie boa comunicação e aptidão para o trabalho em equipe, sem deixar de lado o empreendedorismo social e seu interesse em diminuir a desigualdade no mundo. “Quero ter a chance, durante a faculdade, de explorar ao máximo os mais variados campos de conheci- mento e ser desafiado com matérias diferentes de tudo a que estou acostumado”, conta Edu- ardo. Durante sua formação, o estudante quer ir além da sala de aula, cultivando amizades e criando contato com pessoas diversificadas, que o ajudem a perseguir grandes metas e con- tribuam com visões únicas e soluções criativas. Além de ter passado no processo de seleção de seu colégio, — com uma concorrência de apro- ximadamente 30 pessoas por vaga — Monica já foi premiada em feiras nacionais e convidada para feiras internacionais devido a um projeto que desenvolveu para uma máquina de sabão que reutiliza óleo de cozinha. Com grande interesse na área científica, a estudante almeja conduzir pesquisas inovado- ras. A longo prazo, seu principal sonho é repre- sentar o Brasil mundialmente em conferências na área científica e de ensino e trabalhar para o governo — na área aeroespacial — ou em uma empresa multinacional. Para chegar lá, tem o plano de se especializar em áreas do conheci- mento distintas, pois valoriza ser uma profis- sional com conhecimento multidisciplinar. monica larissa de azevedo faria
  • 12. Parcerias  essenciais doadores álvaro piquet pessôa amanda klabin tkacz andrew reider carlos gross eduardo carvalho guilherme sousa henrique c. guerra instituto múltiplo jill janaína otto joaquim ribeiro jorge paulo lemann luciana hall marcelo hallack marcus fontes max fontes michel gutnik steinberg peter rodenbeck rose klabin samuel elia sergio brandão marins thiago picolo victor bicalho wolff klabin mentores adam singerman alexandra piedrahita álvaro piquet pessoa alyssa lorch amaka uzoh andrea brown murga brittany cane yamamoto carlos de barros carmem domingues fabiano jacome felipe almeida flavia medina da cunha gabriel silva guilherme sousa isamar vega jill otto joaquim ribeiro joe mullin kimberly farell kylie thompson leslie finger luciana barreto luis felipe adaime mateo corby paula peirão outros parceiros ambev btg pactual british council dux institute educationusa fk partners fundação lemann harvard university – drclas instituto v5 virginia center school de  jovens  talentos  que  sejam  capazes  de  fazer  a  diferença  em   suas  áreas  de  atuação.  O  Prep  Program  segue  esse  princípio.  Ele   impulsionando  o  desenvolvimento  de  suas  áreas  de  atuação  e   contribuindo  para  o  desenvolvimento  do  país.” roberto saloutti, coo do btg pactual pedro henrique f. pires pilar mayora rami levin ricardo kanitz ryan mahoney sam zegas sarah lebaron von baeyer sarah nicholus shen yoong teca pontual thiago picolo tim linden victor bicalho wes hill wolff klabin
  • 13. Preparando brasileiros brilhantes para as melhores universidades do mundo www.estudarfora.org.br/prepprogram