Your SlideShare is downloading. ×
Pelé em 1986
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Pelé em 1986

15
views

Published on

Published in: News & Politics

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
15
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. BELOHORIZONTE,TERÇA-FEIRA,15/6/2010-HOJEEMDIA-esportes@hojeemdia.com.br .2 Copa2010 BRUNOMORENO REPÓRTERDOCADERNODEESPORTES É impressionante como o tempo das crianças é completa- mente diferente do mundo dos adultos. Não sei se pela pureza, ouseporuma espéciede“presente continuado” noestilode Cla- riceLispector,ouquemsabeatéummodelosonhador.Masocer- toéqueosídolos são eternos,ossuper-heróisnão morrem evida émaisdivertidaassim. Dentre essas três hipóteses, prefiro a da Clarice. Para falar a verdade, tomo isso como preceito básico de minha vida. Mas não estou louco em falar de uma escritora brasuca-ucraniana emtemposdeCopadoMundonaÁfrica. Me lembrei disso porque a minha primeira recordação de um Mundial é o de 1986, em que assisti com minha mãe grande parte das partidas do Brasil. Na época, com seis anos, eu recla- mavaqueoPelénãoestavanotime. - Mãe, como que o Pelé não está lá jogando. Ele não é o me- lhordoBrasil? E me lembro da sala de televisão de minha casa no interior doEstado,emumageladamanhãdeinvernoemcidadesiderúr- gicadoQuadriláteroFerrífero.Umatelevisãonormalde20pole- gadas-naquelaépoca, ninguémnemsonhava comastelas pla- nas de LCD e toda a tecnologia existente hoje -, gritando em ci- madeumavelhamesaqueabrigavaumamáquinadecosturar. Como se fosse um torcedor nervoso, que não se conformava com a não convocação do Romário nas Eliminatórias da Copa de1994,fiqueiesperandoumaresposta. Enãodemorou.Compaciência,minhamãemeexplicou. -Filho, o Pelé já parou de jogar. Fezo que tinha que fazer, ga- rantiu o tri no México, em 1970. Ele não consegue mais correr co- moosjogadoresqueestãonocampo.Agoraelefazoutrascoisas. Uma delas, fui descobrir depois de mais velho, era ‘pegar a Xuxa’,masissoéoutrahistória. Pelé foi efetivamente tricampeão com Seleção Brasileira (1958/62/70) e, em todos os Mundiais, minha mãe torceu pra ele e para o Brasil. Ela era daquelas torcedoras fanáticas pelo Brasil, nãoporclubes.QuandoBelliniergueuataçanaSuécia,tinhacin- co anos, quase a mesma idade que eu, quando escalei Pelé em 1986. De lá até a minha primeira Copa, minha mãe acompa- nhoutodaatrajetóriadaSeleção,esempreseemocionavaquan- doescutavaosfamosos90milhõesemação-eeutambém. Agora, minha missão é escalar meu filho, Antônio, de três anos, para acompanhar a Copa da África. Apesar de gostar de futebol, ainda não consegue ficar parado em frente à TV para assistir aos 90 minutos que inflamam as emoções. Gostou mais de‘fabricar’elefantes,zebras,leõesegirafasnaescola. Masquando2014chegar,jácomseteanos,eleestarápronto para ir ao Mineirão. Se tudo der certo, Pelé também estará lá quem sabe para a abertura do Mundial - o que é bem imprová- vel,poisBHnãodeveráreceberoprimeirojogo. MinhamãenãoveráaCopade2014.Aúltimaqueelaacom- panhou foi a de 1998, na França, mas não estávamos juntos. Quando eu e Antônio avistarmos Pelé, vou dizer a ele: - Aquele foiojogadormaisimportantedaCopadoMundode1986. E-mail:bmoreno@hojeemdia.com.br SELEÇÃOBRASILEIRA (horáriosdeBrasília,comcinco horasamenos) 10h45Preleçãoe,nasequência, saídadohotelFairwaysrumo aoEllisPark,emJohannesburgo, ondeàs15h30oBrasilenfrenta aCoreiadoNorte EXPOSIÇÃODECAMISASOFICIAIS Segueatédia1dejulho,no DiamondMall,aexposição decamisasoficiaisdospaíses quedisputamaCopadoMundo 2010,comoBrasil,Itália, Espanha,AlemanhaePortugal. Comentradafranca, aexposiçãoestámontada nopisoL3,emfrenteaocinema. OshoppingficanaAvenida OlegárioMaciel,1.600, nobairrodeLourdes. QRCodeé modana África .Agenda .Tv DANIELGARCIA/AFP Na vitória da Holanda so- bre a Dinamarca, por 2 a 0, on- tem,noestádioSoccerCity,em Johannesburgo, o destaque da partidanãoficouapenasnogra- mado, com o primeiro confron- to entre europeus neste Mun- dial,mastambémnasarquiban- cadas. A torcida feminina do país de Van Gogh chamou a atenção de turistas, torcedo- res, sul-africanos e fotógrafos. Uma delas foi a torcedora ho- landesa que estampava em suacamisetaumcódigoQRCo- de.Eladevetersidomuitofoto- grafada, já que, para decodifi- car a mensagem, era necessá- rioquefossetiradaumafotodo código desenhado na camise- ta. No Brasil, diariamente, o HOJE EM DIA publica em sua capaedentrodestecadernoEs- pecial Copa do Mundo dois QR Codes diferentes. Veja na arte aoladocomoutilizarorecurso. OPelétitular naCopade1986 ABERTA GLOBO 8h17NovaZelândiaxEslováquia 10h40CostadoMarfimxPortugal 14h50BRASILxCoréiadoNorte BANDEIRANTES 8hNovaZelândiaxEslováquia 10h30CostadoMarfimxPortugal 14h15ConexãoÁfrica 15hBrasilxCoréiadoNorte RECORDNEWS 22hEsporteRecordNews PAGA BANDSPORTS 15h30BRASILxCoreiadoNorte ESPNBRASILESPORTV 8h30NovaZelândiaxEslováquia 11hCostadoMarfimxPortugal 15h30BRASILxCoréiadoNorte ESPNBRASIL 21hBrasilXCoréiadoNorteVT