Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
377
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
14
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide
  • É a área que cuida das contas de uma empresa, por meio do registro e do controle das receitas, das despesas e dos lucros.  O contador planeja, coordena e controla os registros negociais (compras, vendas, investimentos e aplicações) de uma empresa, permitindo que se tenha uma visão precisa do patrimônio. Ele interpreta eventos econômicos e fornece informações aos dirigentes da companhia para que tomem decisões sobre a direção do negócio. Orienta, mostra e indica os pontos de atenção, como o volume de despesas acima da média. Registra os fatos e atos administrativos e responsabiliza-se pelo pagamento de tributos. Também pode ajudar a traçar planos de investimento. Algumas atividades são exclusivas desse profissional: a auditoria e as perícias contábeis. Para trabalhar como contabilista, é preciso ser registrado no Conselho Regional de Contabilidade. Tornou-se obrigatório, desde junho de 2010, submeter-se a um exame para obter o registro.
  • Não é preciso dizer a importância da contabilidade  em nossas vidas. Talvez você não perceba, mas você mesmo está fazendo contabilidade no seu dia a dia . O seu salário é seu ativo, as contas a pagar o seu passivo. No final do mês tem que fazer uma ginástica, diminuir as contas, evitar juros, para que o passivo não fique a descoberto e seu balanço patrimonial fique assustador ao mercado. Dentro das empresas é a mesma coisa, convivem o tempo todo com a entrada e saída de dinheiro e precisam justificar suas ações perante acionistas ou investidores.
  • A história da contabilidade é tão remota quanto a da civilização. No Período Antigo, já existia a contabilidade empírica, em que o Homem registrava seus patrimônios na memória. Quando ele deixa de ser nômade e resolve dedicar-se ao cultivo e pecuária, surge a necessidade de organização econômica em parceria ao senso de propriedade. Desse anseio por riqueza individual e preocupação quanto a rendimentos, os registros do comércio eram feitos em tábuas de argila, depois substituídos pelo papiro, um dos mais antigos antepassados do papel.  Com o Período Moderno a contabilidade era vital para o controle das inúmeras riquezas que o Novo Mundo representava. Com a obra de Frei Luca Pacioli, em 1494, a contabilidade foi inserida nos ramos do conhecimento humano abrindo precedente para que novas obras fossem escritas. Para Francesco Villa, já no Período Científico, precursor do uso da Contabilidade como fonte de informação gerencial, a ciência contábil implicava em conhecer a natureza e as práticas que regem o patrimônio. Foi somente em 1923 que Vicenzo Mazi definiu o “patrimônio” como o objeto da Contabilidade. A partir de 1920, a criação de grandes empresas e multinacionais constituíam o Estados Unidos da América como campo fértil para o avanço das teorias e práticas da profissão. É por esse motivo que, atualmente, existem inúmeras obras de autoria norte-americana. No Brasil, com a vinda da Família Real, a atividade colonial exigiu um melhor aparato fiscal. Mas foi somente em 1870 que aconteceu a regulamentação da profissão contábil, com o decreto imperial nº 4475, que restringia o exercício da profissão a pessoas que tivessem conhecimento das línguas francesa e portuguesa, além de boa caligrafia e datilografia. O grande passo, entretanto, acontece em 1927, quando é fundado o Conselho Perpétuo que viria a ser, no século atual, o Sistema CFC/CRCs.  Hoje, no entanto, muitas transformações ocorreram. Os registros da profissão contábil apontam que a média de idade dos atuais conselheiros dos Plenários e Conselhos diretores do Sistema CFC/CRCs diminuiu, o que significa que os contabilistas estão se interessando pelas questões da classe cada vez mais cedo. Além disso, as mulheres estão conquistando espaço em um ambiente que sempre fora predominantemente masculino. Segundo levantamento realizado pelo CFC, elas estão presentes em 25 dos 27 CRCs, ocupam três Vice-presidências do CFC e já representam 39% das profissionais do País. As novidades não param, no momento em que o país insere-se na tendência mundial à convergência às Normas Internacionais de Contabilidade (International Accounting Standard – IFRS, em inglês), é importante que o profissional contábil esteja atento às novas demandas de mercado. Consciente também da importância da imagem do profissional contábil frente à sociedade que pode ser alcançada por meio de transparência nos serviços e vontade de melhoria.  Nesse sentido o Sistema CFC/CRCs, além de registrar e fiscalizar o exercício profissional, busca por maior aproximação com o Congresso Nacional, onde se espera aprovação de projetos de interesse para a classe contábil e mantêm a preocupação com a formação dos futuros contabilistas, para que estes se transformem em importantes atores de proteção na sociedade
  • CADUCEU Asas : Símbolo da diligência, ou seja, a presteza, a solicitude, a dedicação e o cuidado ao exercer a profissão. Elmo : Peça de armadura antiga que protegia a cabeça. Significa a proteção aos pensamentos baixos que leva a ações desonestas. Bastão : Simboliza o poder de quem conhece a Ciência Contábil, que tem por objeto o patrimônio de quaisquer entidades. Serpentes : Simbolizam a sabedoria, isto é, o quanto se deve estudar antes de agir, para escolher o caminho correto e ao mesmo tempo mais vantajoso para o cliente.
  • O curso O primeiro ano do curso é ocupado com as disciplinas básicas, como sociologia, português, economia e administração. Em seguida vêm as disciplinas técnicas e gerenciais, como teoria da contabilidade, planejamento e contabilidade financeira. Há também aulas de legislação comercial, direito e planejamento tributário. No terceiro ano começam as aulas de auditoria e perícia. É importante participar de seminários e assistir a palestras sobre questões da atualidade, oferecidos pelas melhores escolas, para se manter informado e atualizado. O estágio nem sempre é obrigatório. Algumas faculdades exigem uma monografia de conclusão do curso.  Duração média:  quatro anos.  Outros nomes:  Ciên. Contábeis (ênf. em fin. corporativas); Ciên. Contábeis e Atuariais; Ciên. Contábeis e Tributos; Contabilidade; Contabilidade (ênf. em control.).
  • Características profissionais importantes (aptidões, habilidades e competências) Conhecimentos avançados de matemática financeira, organização, precisão, conhecimentos de leis tributárias, vontade de manter-se atualizado (em função da mudança rápida de leis e tributos).
  • O que você pode fazer Após a formação,o Bacharel em Ciências Contábeis, pode fazer cursos nas áreas de auditoria, contabilidade agrária, comercial, industrial, agrícola, tributária, financeira, fiscal, previdenciária, entre outros. Auditoria Fiscalizar as contas de uma empresa, conferindo os registros nos livros e os dados de balanços. Contabilidade gerencial Registrar e analisar as operações financeiras e patrimoniais de uma empresa, acompanhando todas as transações da organização. Controle e perícia Coordenar as operações fi scais e fi nanceiras de empresas públicas e privadas. Ensino Dar aulas em cursos técnicos e treinamento para funcionários de empresas na área contábil. Para exercer o magistério no Ensino Superior é preciso pós-graduação.
  • Salário Médio Inicial De R$ 2.900,00 a R$ 3.900,00 Salário inicial:  R$ 1.320,00 (fonte: Sindicato dos Contabilistas de São Paulo). Contador: Média nacional  Salário médio Maior salário  R$2.616,54 R$6.000,00  Contador assistente: Média nacional  Salário médio Maior salário  R$1.393,06 R$3.500,00  Contador autînomo:Média nacional Salário médio Maior salário  R$1.851,86 R$4.480,00  Contador junior:Média nacional  Salário médio Maior salário  R$1.652,41 R$3.500,00  Contador pleno:Média nacional  Salário médio Maior salário  R$2.639,15 R$5.100,00  Contador sênior:Média nacional  Salário médio Maior salário  R$3.908,80 R$7.638,00  Contador técnico:Média nacional  Salário médio Maior salário  R$1.824,67 R$6.000,00  Contador tributário:Média nacional  Salário médio Maior salário  R$1.824,67 R$6.000,00

Transcript

  • 1. Profissão que Quero Seguir... Trabalho de Sociologia
  • 2. E Agora?
  • 3. Contabilidade
  • 4. O Que Faz?
  • 5. Todos nós fazemos Contabilidade no nosso dia-a-dia
  • 6. História da Contabilidade
  • 7. Simbologia
  • 8. O curso
  • 9. Características profissionais importantes (aptidões, habilidades e competências)
  • 10. Mercado de Trabalho
    • Auditoria
    • Contabilidade gerencial
    • Controle e perícia
    • Auxiliar de Contabilidade
    • Coordenador
    • de Contabilidade
    • Analista
    • de Contabilidade
    • Assistente
    • de Contabilidade
    • Ensino
  • 11. Salário Médio Inicial De R$ 2.900,00 a R$ 4.361,00