BOF LATAM: CVC

1,422 views
1,210 views

Published on

Published in: Business
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,422
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
27
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

BOF LATAM: CVC

  1. 1. Inovando  a  Gestão  Estratégica  de  TI    
  2. 2. Um  passo  à  frente  da  concorrência  •  A  CVC  faz  tudo  por  uma  boa  viagem.  Por  isso  trabalha  para  transformar  essa  experiência   na  melhor  conquista  da  vida  dos  seus  clientes,  através  de  novas  tendências  e  ampla  rede   de  produtos  e  serviços  turís=cos.  É  essa  forma  de  pensar  que  estabelece  a  CVC  como  a   maior  operadora  de  turismo  da  América  La=na.  •  O  compromeBmento  social,  a  solidez  e  a  inovação  propiciaram  notoriedade  e   visibilidade  junto  ao  público.  Conheça  um  pouco  da  nossa  história:   1972  -­‐  Nascimento  da  Agência  de  Viagens  CVC   1978  -­‐  Dá-­‐se  início  à  organização  de  grupos  de  viagem   1983  -­‐  Inauguração  das  primeiras  lojas  fora  do  ABC  Paulista   1992  -­‐  A  CVC  começou  a  fretar  aviões  para  uso  exclusivo  de  seus  passageiros   1997  -­‐  Começou  a  vender  pacotes  para  a  Europa  e  Ásia.   2000  -­‐  Inaugurada  a  primeira  Loja  Virtual  de  Turismo  do  Brasil   2009  -­‐  Durante  o  World  Travel  Market  (WTM),  em  Londres,  a  CVC  recebeu  homenagem   2010  -­‐  Carlyle,  um  dos  maiores  fundos  de  private  equity  do  mundo,  anuncia  a  aquisição  de  63.6%  do  controle  da  CVC   2012  -­‐  O  ano  começa  já  com  um  obje=vo  certo:  iniciar  contagem  regressiva  para  os  40  anos  da  CVC  
  3. 3. vídeo  insBtucional...  
  4. 4. Desafio  de  Negócio  •  Cenário  idenBficado  em  fevereiro  de  2012   –  Novo  CIO  na  CVC   –  Mudanças  organizacionais  em  função  de  profissionalização  da  gestão   –  Falta  de  formalização  da  Estratégia  de  TI  com  integração  das  ações  e  necessidades  das   áreas  de  negócio   –  A  maturidade  em  termos  de  governança  e  processos  ainda  estava  em  evolução   –  Necessidade  de  visão  de  curto,  médio  e  longo  prazos  •  Desafio   –  Definir  a  estratégia  de  TI  e  modelos  de  suporte  (governança  e  processos)  para  a  área  de   TI,  assim  como  as  ações/projetos  que  devem  ser  realizadas  entre  2012-­‐2014  para  dar   suporte  a  esta  estratégia  de  negócio  da  CVC.  •  Como  aBngir  o  Desafio?   –  Elaborando  um  ciclo  de  desenvolvimento  estratégico  com  uma  abordagem  inovadora    que   envolvesse  e  engajasse  um  grupo  de  gestores  internos  (TI  e  Negócio)  e  resultasse  em   novos  direcionadores,  modelos  de  suporte  e  ações/projetos  de  curto,  médio  e  longo   prazos  para  a  área  de  TI  da  CVC.  
  5. 5. Experiência  de  Inovação  
  6. 6. -­‐  Experiência  de  Inovação          Entrevistamos,  entendemos  o  ambiente                e  o  histórico,  notas  de  auditorias    
  7. 7. Experiência  de  Inovação  (1)  Explorar  |  Mapeando  a  estratégia  de  negócio  e  diagnosBcando  a  área  de  TI   Construção  do  BMG     (Business  Model  GeneraBon)   CorporaBvo   Análise  estruturada  de  Importância   X  Performance     dos  processos  de  TI   Mapeamento  da  Matriz  SWOT  da   área  de  TI  
  8. 8. -­‐    Experiência  de  Inovação    -­‐  BMG  -­‐  Modelos  de  Governança    e  Processos  de  TI    -­‐    Workshop  Estratégia  de  TI    
  9. 9. Experiência  de  Inovação   (2)  Construir  |  Construindo  a  estratégia  de  TI   Mapa  de  EmpaBa   -­‐  conhecer  idenBdade  dos  clientes  Sessões  de          design  thinking  
  10. 10. Mapa  de  EmpaBa  -­‐  conhecer  idenBdade  dos  clientes  
  11. 11. Experiência  de  Inovação   (2)  Construir  |  Construindo  a  estratégia  de  TI  Sessões  de          design  thinking   Construção  do  BMG     (Business  Model  GeneraBon)   -­‐  definir  modelo  
  12. 12. Construção  do  BMG    (Business  Model  GeneraBon)  -­‐  definir  modelo  
  13. 13. Experiência de Inovação(2) Construir | Construindo a estratégia de TI
  14. 14. Experiência  de  Inovação  (2)  Construir  |  Definindo  o  modelo  de  governança  de  TI  e  mapa  de  processos   •  6  Componentes  harmonizados  da  Governança  de   TI   •  Modelo  de  Tomada  de  Decisão  de  TI   •  Estrutura  de  Comitês  de  TI   •  Atribuições  dos  Comitês  de  TI   Modelo de Processos de TI CVC Processos de TI - Visão Executiva Modelo de Negócios da Organização Clientes | Produtos | Processos | Parceiros Padronização e Integração Desejadas ·∙   Tranformações •  Relacionamento  entre  os  Comitês  de  TI   Modelo de Governança no Negócio com Planejar e Gerenciar o Gerir a Qualidade, Gerir as Finanças, uso de ·∙   Oportunidades Alinhamento e a Riscos Pessoas e Arquitetura de TI e Segurança Fornecedores Tecnologia ·∙   Necessidades ·∙   Corporação ·∙   Áreas de Negócios ·∙   Área de TI ·∙   Usuários Finais ·∙   Soluções para Demandas de Negócios •  Matriz  RECI  dos  Comitês  de  TI   •  Frameworks  de  Mercado   ·∙   Indústria do Negócio Desenvolver Prover Soluções e ·∙   Indústria de TI Projetos, Gerir o Ambiente Assistência aos Manutenções e Operacional Interfaces Usuários ·∙   Serviços de entre a Melhorias TI e o Negócio Qualidade Page 1 Entradas Estrutura Recursos Aplicações | Informação | Infra-estrutura | Pessoas Orçamento | Fornecedores Modelo de Processos Integrados de Tecnologia da Informação Saídas PROIBIDO UTILIZAR SEM PERMISSÂO! •  Visão  ExecuBva  dos  Processos  de  TI   •  Mapa  de    Processos  de  TI   Processos de Apoio Prover Inovação com o Comitês de Orçamento e uso da Tecnologia Princípios e Tecnologia da Qualidade em Finanças Planejamento e Estratégias da Informação Processos e Governança Organização Serviços •  Inventário  de  Processos  de  TI   (+) Orçamento de TI (+) Alocação e Gestão de Custos Organização e Alinhamento Estratégico (+) Planejamento Estratégico de TI (+) Procsssos, Políticas e Alinhamento, (+) Gestão do Portfólio de Projetos (PMO) Metodologias de TI Pessoas Priorizações e (+) Gestão dos Comitês de TI (+) Catálogo E Gestão de Serviços Direcionamento (+) Gestão da Comunicação da TI (+) Gestão de Indicadores e Demandas Estratégico (+) Gestão da Inovação Melhoria Contínua Estratégicas das Áreas (+) Gestão de Pessoas de Negócios e TI Aquisições e Retorno dos Arquitetura e Riscos e Contratos Investimentos Tecnologia Segurança •  Macroprocessos  de  TI   Tendências da Analistas de (+) Arquitetura Empresarial (+) Definir e Manter Políticas e Regras de Segurança (+) Acompanhamento de Indústria do Negócio e Contratos e Fornecedores Negócio e (+) Arquitetura Tecnológica (+) Gerenciar Riscos de TI Riscos Gerenciados e da TI Arquitetos de TI (+) Gerenciar Auditorias (+) Desenvolvimento de Mitigados Fornecedores Demandas, Soluções, Processos Fins Agilidade e Inovação com a Arquitetura Escopo aprovado Demandas Tecnológica Short list de fornecedores Operacionais das Recursos Otimizados Áreas de Negócios Demandas Produção •  Processos  de  TI   Demandas aprovadas Projetos Autorização para e priorizadas entrada em produção (+) Gestão de Demandas Pré-Projetos Novos itens de confguração Transparência e Controle (+) Gestão de Continuidade (+) Gestão de Projetos e ativos (+) Gestão da Operaçãp Dúvidas, Informações e Sugestões (+) Gestão de Pré-Projetos Service Desk Projeto homologado Mudanças Lista de causas-raiz priorizadas Serviços de Qualidade Sugestões de solução Mudança impantada com sucesso Configurações e Ativos (+) Gestão de Mudanças Solicitações de Ajuda e de Serviços de Incidentes Infra-estrutura Alertas de capacidade (+) Banco de Configurações Projetos Implementados Problema identificado Planos para (+) Inventário de HW e SW Relatório indicadores SD Problemas contingenciamento (+) Licenciamento de Software (+) Gestão de Incidentes Status dos componentes Performance e críticos Assistência e Suporte em Sistemas e (+) Gestão de Problemas Capacidade Ambiente Estável Serviços de Catálogo e Infraestrutura Requisições Acordos de Níveis de Serviços (+) Monitoração da Capacidade e Disponibilidade (+) Análise de Impacto de Novas Demandas (+) Gestão de Requisições PROIBIDO UTILIZAR SEM PERMISSÂO!
  15. 15. -­‐    Experiência  de  Inovação        Gerar  propostas  de  ações                (ou  projetos  ou  inicia=vas)                através  do  Webstorm    
  16. 16. Experiência  de  Inovação  (3)  Colaborar  |  Engajando  a  comunidade  para  gerar  potenciais  ações  e  projetos   Cartazes  moBvacionais     para  engajamento  dos  par=cipantes  
  17. 17. Experiência  de  Inovação  (3)  Colaborar  |  Engajando  a  comunidade  para  gerar  potenciais  ações  e  projetos   Ambiente  online  colaboraBvo  
  18. 18. Experiência  de  Inovação  (3)  Colaborar  |  Engajando  a  comunidade  para  gerar  potenciais  ações  e  projetos   Prêmios  e  reconhecimento  
  19. 19. -­‐    Experiência  de  Inovação    -­‐  Validar  Estratégia,  Governança  e  Processos  -­‐  Definir  as  ações  
  20. 20. Experiência  de  Inovação  (4)  Definir  |  Selecionando  as  ações  e  projetos  para  o    Porkólio  Estratégico  de  TI  2012-­‐2014     Indicadores:     As  105  ideias     foram  organizadas  em     27  iniciaBvas  e  relacionadas  ao  Road   Map  de  TI   Criação  do  Porkólio  de  Ações     e  Projetos  de  TI  2012-­‐2014  
  21. 21. -­‐    Experiência  de  Inovação    -­‐  Comunicação  e  Gestão  
  22. 22. Experiência  de  Inovação  (5)  Comunicar  |  Divulgando  os  resultados  da  iniciaBva   •   Feedback  aos  parBcipantes   •   Reunião  de  resultados  com  board  
  23. 23. Experiência  de  Inovação   Resultados  e   Indicadores  
  24. 24. Experiência  de  Inovação   Alguns     indicadores...  
  25. 25. Planos  Futuros  •  Equipe   –  Gerar  maior  engajamento  de  todos  os  profissionais  de  maneira  simples  e  transparentes   –  Encorajar  a  disseminação  de  ideias  e  novas  soluções  de  negócio   –  Maximizar  a  percepção  de  valor  agregado  dos  profissionais  no  dia  a  dia  da  TI  e  nos  projetos  •  Tecnologia   –  Preparar  as  equipes  para  um  processo  mais  estruturado  de  pesquisa  e  desenvolvimento  de  soluções  no   setor   –  Criar  laboratórios  de  novas  soluções  e  fóruns  específicos  relacionados  com  a  aplicação  das  tecnologias   dentro  do  negócio   –  Criar  o  conceito  de  piloto  de  novas  soluções,  permi=ndo  que  isso  seja  aplicado  na  pra=ca.  •  Governança   –  Solidificar  a  aplicação  dos  melhores  processos  e  métodos   –  Disseminar  esse  conhecimento  dentro  da  TI,  principalmente  no  que  se  refere  ao  valor  que  isso  agrega  tanto   para  a  empresa  quanto  para  o  profissional   –  Mostrar  o  resultado  que  tudo  isso  traz  para  a  empresa  e  para  os  profissionais  que  estão  envolvidos  nesse   processo   –  Reinventar  a  TI  sempre  que  possível  
  26. 26. Mensagem  Final  •  Tecnologia  é  construída  para  suportar  os  processos  que  são  usados  pelas  pessoas.    •  Os  processos  devem  ser  simples,  facilitando  a  vida  pessoas  que  usam  esses  processos;  •  A  tecnologia  pode  ser  sofis=cada  para  quem  faz,  mas  sempre  simples  para  que  usa.  •  O  que  tudo  isso  mostra  é  que  precisa  exis=r  uma  relação  real  “win  X  win”  entre  todos   eles.  •  A  inovação    tem  que  garan=r  isso     Miguel  Alcântara   CIO   miguelalcantara@cvc.com.br   www.cvc.com.br        

×