• Like
  • Save
Resumo Sistema Nervoso
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Resumo Sistema Nervoso

on

  • 10,308 views

 

Statistics

Views

Total Views
10,308
Views on SlideShare
10,308
Embed Views
0

Actions

Likes
7
Downloads
1
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Resumo Sistema Nervoso Resumo Sistema Nervoso Document Transcript

    • Capítulo 8 : Fisiologia animal- Sistema nervosoO sistema nervoso cumpre a importante função de coordenação do organismo animal,determinando ou interferindo no trabalho dos outros sistemas. Além disso, atua emconjunto com os órgãos sensoriais, possibilitando a interação do organismo com oambiente.Neurônios- Uma das células do sistema nervoso (unidade estrutural e funcional).- Podem apresentar diversos formatos.- Tem por função gerar e conduzir impulsos nervosos. É dividido em três partes, sãoelas:* Dendritos: região do neurônio que recebe os estímulos , seja do meio ambiente, sejade outros neurônios, seja dos órgãos internos.Funcionam como“antenas” captadoras de “sinais”. Possuem grande superfície derecepção de estímulos que serão enviados ao corpo celular.* Corpo celular: Parte da célula onde está o núcleo.Centro de controle dofuncionamento do neurônio.Nessa região são sintetizados os neurotransmissores.*Axônio: Prolongamento do citoplasma .O impulso nervoso recebido pelos dendritos éconvertido pelo corpo celular em corrente elétrica, e esta percorre o axônio até atingiros telodendros .Por meio do axônio, os neurotransmissores (produzidos na região docorpo celular) são transportados até os telodendros.* Telodendros: (as extremidades do axônio),fazem conexão com outras célulasnervosas, com células musculares ou com células glandulares.Observação: Os telodendros do 1º neurônio vão liberar uma substância químicachamada neurotransmissor que vai estimular os dendritos do 2º neurônio.Na maioria dos neurônios, o axônio apresenta-se envolvido por uma bainha de mielina.Ela é formada por uma seqüência de células, denominadas células de Schwann, queenvolvem o axônio. Essa bainha funciona como isolante, aumentando a velocidade eevitando perdas na propagação dos impulsos nervosos.Entre duas células de Schwann existe um intervalo sem mielina denominado nóduloou nó de Ranvier. Esse espaçamento aumenta a velocidade de propagação do impulsonervoso, isso faz com que a condução do impulso nervoso (despolarização damembrana) ocorra em saltos (de um nódulo para o outro) ao longo do axônio doNEURÔNIO, garantindo uma velocidade de transmissão muito rápida.
    • Tipos de neurônios:Quanto a morfologia, existem os abaixo:• Multipolar: apresentam mais de dois prolongamentos celulares: um axônio evários dendritos.• Bipolares: apresentam apenas um dendrito e um axônio.• Pseudo- unipolares: apresentam um prolongamento único, mas este se divideem dois, dirigindo-se um para a periferia e outro para o sistema nervoso central.Quando a função,existem os abaixo:• Neurônios sensitivos: conduzem impulsos dos receptores para o sistema nervosocentral.• Neurônios motores: conduzem impulsos do sistema nervoso central para osórgãos motores( de resposta).• Neurônios associativos: ligam neurônios sensitivos e neurônios motores.O impulso nervoso: O que está sendo transmitido.Existe uma diferença de cargas elétricas entre o interior (citoplasma) e o exterior doneurônio. Isso se deve à uma distribuição desigual de íons positivos e íons negativosentre o meio externo e o meio interno (citoplasma) do neurônio. Há mais íons positivosfora do que dentro do neurônio.O estímulo recebido na região dos dendritos desencadeia um processo na membrana doneurônio (especificamente na região dos axônios) que permite aos íons positivos (Na +) migrarem do meio externo para o interior do neurônio alterando a quantidade decargas elétricas entre o meio externo e o citoplasma do neurônio, fenômeno chamado deDespolarização elétrica da Membrana.Com o fluxo de (Na + ) para dentro do neurônio, o citoplasma deste se torna maispositivo e o meio externo ao neurônio menos positivo (ou mais negativo). Esse processode despolarização da membrana vai se propagar por toda a extensão do axônio, atéatingir os telodendros.Quando o impulso nervoso (o fenômeno de despolarização da membrana celular) atingiros telodendros, vai desencadear um segundo processo, o qual permitirá que osneurotransmissores produzidos por este neurônio atinjam um segundo neurônio,transmitindo assim o impulso ao longo do Sistema Nervoso.Após um certo tempo, o neurônio conseguirá reestabelecer a diferença de cargaselétricas entre o seu citoplasma e o meio externo.Tal processo é chamado de Repolarização da Membrana, ele é feito bombeando íonspostivos para fora da célula ( íons K+ ).
    • Dessa maneira, o neurônio fica preparado para receber um novo impulso nervoso etransmití-lo. Ao longo do neurônio tem íons(corrente elétrico), mas somente os cátionsse movimentam lá dentro.Sinapse nervosa:Os neurônios transmitem impulsos nervosos um para o outro( sinapse nervosa). Elesconstituem uma complexa rede que se espalha pelo corpo, formando os órgãos e nervosdo sistema nervoso. Dois neurônios em sinapse não estão associados fisicamente um aooutro, existindo entre eles um espaço denominado região sinática.Nas ramificações terminais do axônio existem inúmeras vesículas sinápticas que, em umneurônio em repouso, armazenam substâncias chamadas neurotransmissores. Quando oimpulso nervoso chega nas terminações do axônio, as vesículas liberam oneurotransmissor, que atravessa a membrana pré-sináptica(membrana do axônio) e vaiexcitar receptores da membrana do neurônio seguinte, membrana pós sináptica, ondeum novo impulso é gerado e se propaga pela célula.A sinapse nervosa é unidirecional, pois somente na extremidade dos axônios existem asvesículas que contêm os neurotransmissores. Isso explica o fato de um impulso nervososempre percorrer o caminho dendrito->centro celular-> axônio.
    • Atualmente são conhecidos mais de cem neurotransmissores diferentes, classificadosem três categorias de substâncias:• Aminoácidos(gultamato, GABA...);• Peptídeos( vasopressima, neurotensina...);• Monoaminas(noradrelina, dopamina, serotonina e acetilcolina).Sabe-se que, apesar de todos os neurotransmissores realizarem sinapses, cada um delestem função distinta e atua em uma região diferente do sistema nervoso. Uns relaxam,outros excitam, alguns estão relacionados à memória, outros à inteligência, ao humor,etc.A membrana pós-sinática apresenta enzimas que inativam os mediadores químicos, logoapós sua atuação, evitando a geração e propagação de impulsos desnecessários. Comoexemplo, pode-se citar a acetilcolenisterase, que destrói a acetilcolina.A sinapse nervosa ocorre também entre um neurônio e um músculo, sendo denominadasinapse neuromuscular ou placa motora.Sistema nervoso humanoÉ dividido em nervoso central e em periférico.O central sugere,recebe, analisa einterpreta os impulsos nervosos vindos dos receptores de estímulos ambientais de váriaspartes do corpo. Toma decisões e envia impulsos para os órgãos-resposta.O periférico transporta os impulsos dos receptores para o sistema nervoso central edeste para os órgãos-resposta.
    • Sistema Nervoso centralO mesmo é subdividido em encéfalo e medula espinhal.O encéfalo é sustentado e protegido pelo crânio, sendo subdividido em cérebro,cerebelo,bulbo, tálamo, hipotálamo e ponte.• Cérebro: Apresenta-se dividido em duaspartes denominadas hemisférios, unidas pelocorpo caloso( o que faz a ligação da parteesquerda com a direita do cérebro). A parteexterna da superfície do cérebro,denominada córtex cerebral, apresentainúmeras circunvoluções, que aumentamimensamente a superfície cerebral,permitindo a presença de uma grandequantidade de neurônios. Isso amplia a capacidade e eficiência do cérebro, que atuacomo principal intérprete de impulsos nervosos provenientes de todas as partes docorpo, programando e determinando as respostas adequadas. O cérebro também estárelacionado à memória, inteligência, sentimentos, sonhos, pensamentos, etc. Ocórtex cerebral é dividido em áreas com atribuições específicas,como por exemploouvir, falar, etc. Em caso de lesão, o indivíduo perde a capacidade comandada pelaárea afetada. Embora tenhamos o cérebro dividido em dois hemisférios e os lobosexecutem as mesmas funções nos dois hemisférios, o hemisfério esquerdo (quecontrola o lado direito do corpo) é muito mais desenvolvido que o hemisfério direito(que controla o lado esquerdo do corpo) em 95% das pessoas. Isso explica porque amaior parte das pessoas é destra (escreve com a mão direita).Também, explica o fatode que se numa situação de doença (p. ex. derrame cerebral) ou num acidente - ohemisfério esquerdo for atingido ou lesado,é possível ao hemisfério direito assumiro papel dominante, se devidamente estimulado.
    • • Cerebelo: tem a função de coordenar o equilíbrioe a harmonia de movimentos, além da tonicidademuscular. As ordens para a execução de todos osmovimentos partem do cérebro(região motora).O cerebelo possibilita que as atividades sejamexecutadas de forma harmoniosa e integrada, mesmoque para isso ocorra a participação de inúmerosmúsculos simultaneamente.• Bulbo: Conduz impulsos das demais regiões doencéfalo para a medula. Atua também como centronervoso que coordena certos atos involuntários,tais como: ritmo cardio-respiratório, deglutição,tosse, etc.• Tálamo: Por ele, passam impulsos que chegam ao córtex cerebral e impulsosdirecionados a músculos e glândulas.• Hipotálamo: Responsável pelas sensações de fome, sede, temperatura e sono.Está relacionado com a homeostase, ou seja, a manutenção do equilíbrio internodo corpo.• Ponte: Conduz impulsos do cérebro para o bulbo e está relacionada a reflexosassociados às emoções, tais como o riso e as lágrimas.Medula espinhal: sustentada e protegida pela coluna vertebral, as funções são:• Conduz impulsos nervosos dos órgãos para o encéfalo e do encéfalo para osórgãos.• Atua como centro nervosos, coordenando os atos reflexos.Tanto o encéfalo quanto a medula, são protegidos por três camadas de tecidoconjuntivo, denominadas meninges:• dura-máter: meninge mais externa e espessa.• Aracnóide: meninge intermediária.• Pia-máter: a mais interna. É rica em vasos sanguíneos responsáveis pela nutriçãoe oxigenação do sistema nervoso central.Existe um espaço entre as membranas aracnóide e pia-máter, preenchido pelo líquidocefalorraquidiano ou líquor cerebrospinal, esse líquido amortece o impacto do sistemanervoso central contra os ossos do crânio e as vértebras.Meningite é a infecção das meninges, causada por vírus ou bactérias. O diagnóstico éfeito pela retirada e análise de líquor, que normalmente é límpido e cristalino, e nessecaso se apresenta turvo, por causa da presença de leucócitos, proteínas, bactérias.
    • Sistema nervoso periféricoÉ constituído por uma rede de nervos e gânglios nervosos e tem como função conectar osistema nervoso central aos órgãos que formam o organismo.Os nervos são conjuntos de neurônios, envolvidos por uma capa de tecido conjuntivo.Os gânglios são conjuntos de corpos celulares de neurônios, localizados fora do sistemanervoso central.Nervos cranianos: são nervos ligados diretamente ao encéfalo, responsáveis pelainervação dos órgãos sensoriais, das glândulas e dos músculos da cabeça. NervosCranianos (12 pares).Cada um dos 12 nervos cranianoscontém em seu interior Neurônios Sensoriais e Neurônios MotoresCom exceção dos:Nervo Olfativo: só neurônios sensoriais;Nervo Óptico: só neurônios sensoriais;Nervo Motor Ocular: só neurônios motores;Nervo Trigêmeo: só neurônios sensoriais;Nervo Cócleo-vestibular: só neurônios sensoriais.Observações: Se o problema de cegueira e surdez forem nos nervos óptico e motorocular, o aparelho não resolve e nem o transplante de córnea. Os neurônios não seregeneram.
    • Nervos medulares: podem ser chamados de raquidianos ou espinais. Nervos ligadoslateralmente à medula por duas raízes, uma dorsal e outra ventral. A raiz dorsal éformada por fibras sensitivas e a raiz ventral, por fibras motoras. Se a raiz dorsal de umnervo for lesada, a região inervada por ele perderá a sensibilidade, sem sofrer paralisiamuscular. Se a raiz ventral for lesionada, ocorrerá a paralisia dos músculos inervados,sem perda de sensibilidade.
    • Ramos do sistema nervoso periférico:Dividido em dois ramos...• Sistema nervoso somático: nervos que participam de atividades totalmentevoluntárias, tais como: escrever, nadar, andar, etc. Também sofrem interferênciadesses sistema as atividades parcialmente voluntárias, como o movimentorespiratório e o piscar dos olhos.• Sistema nervoso autônomo: nervos atuam sobre atividades involuntárias, como atranspiração, abertura e fechamento da pupila, freqüência cardíaca. Esse sistemaé subdividido em duas partes: o simpático(estimula os movimentos) e oparassimpático(contrai os movimentos), que atuam de forma antagônica. Osistema simpático apresenta como mediador químico das sinapses, anoradrenalina, e entre outras funções é responsável pela colocação do organismoem estado de alerta, que ocorre quando o animal está em perigo. Nesse estado, oorganismo consegue desenvolver as respostas mais radicais possíveis, ou seja,consegue desempenhar a sua melhor performance. Quando um predador atacauma presa, ambos estão em estado de alerta. No sistema parassimpático, omediador químico das sinapses é a acetilcolina. Esse sistema devolve oorganismo ao estado de normalidade.Observação: Os Neurônios MotoresVISCERAIS Simpáticos liberam o neurotransmissor NORADRENALINA nasinapse entre eles e os órgãos internos.Por isso, são tambémchamados deNeurôniosNoradrenérgicos . Os Neurônios MotoresVISCERAIS Parassimpáticos liberam o neurotransmissor ACETILCOLINA nasinapse entre eles e os órgãos internos.Por isso, são também chamados de NeurôniosColinérgicos.
    • Internet:Sistema NervosoO sistema nervoso é responsável pelo ajustamento do organismo ao ambiente. Sua função é perceber eidentificar as condições ambientais externas, bem como as condições reinantes dentro do próprio corpo eelaborar respostas que adaptem a essas condições. A unidade básica do sistema nervoso é a célulanervosa, denominada neurônio, que é uma célula extremamente estimulável; é capaz de perceber asmínimas variações que ocorrem em torno de si, reagindo com uma alteração elétrica que percorre suamembrana. Essa alteração elétrica é o impulso nervoso. As células nervosas estabelecem conexões entresi de tal maneira que um neurônio pode transmitir a outros os estímulos recebidos do ambiente, gerandouma reação em cadeia.⇒Neurônio: Um neurônio típico apresenta três partes distintas:corpocelular, dentritos e axônio. No corpo celular, se localiza o núcleo e a maioria das estruturascitoplasmáticas; Os dentritos são prolongamentos finos geralmente ramificados que conduzem osestímulos captados do ambiente ou de outras células em direção ao corpo celular; O axônio é umprolongamento fino, geralmente mais longo que os dentritos, cuja função é transmitir para outras célulasos impulsos nervosos provenientes do corpo celular. Os corpos celulares dos neurônios estãoconcentrados no sistema nervoso central e também em pequenas estruturas globosas espalhadas pelocorpo, os gânglios nervosos. Os dentritos e o axônio, genericamente chamados fibras nervosas,estendem-se por todo o corpo, conectando os corpos celulares dos neurônios entre si e às célulassensoriais, musculares e glandulares.⇒Impulso Nervoso: A despolarização e a repolarização de um neurônioocorrem devido modificações na permeabilidade da membrana plasmática. Inicialmente, começa apassagem de Na+, permitindo entrada de grande quantidade desses íons na célula, aumentando aquantidade relativa de carga positiva na região interna na membrana, provocando sua despolarização. Emseguida tem-se início a passagem de K+, com saída de grande quantidade desses íons. Com isso, ointerior da membrana volta a ficar com excesso de cargas negativas (repolarização). Assim, o estímuloprovoca uma onda de despolarizações e repolarizações que se propagam ao longo da membranaplasmática do neurônio, caracterizando o impulso nervoso, que se propaga em um único sentido na fibranervosa. Dentritos sempre conduzem o impulso em direção ao corpo celular, enquanto o axônio conduz oimpulso em direção às suas extremidades, para longe do corpo celular.⇒Sinapses: Um impulso é transmitido de uma célula a outra através dassinapses. A sinapse é uma região de contato muito próxima entre a extremidade do axônio de umneurônio e a superfície de outras células. Estas células podem ser tanto outros neurônios como célulassensoriais, musculares ou glandulares. As terminações de um axônio podem estabelecer muitas sinapsessimultâneas. Na maioria das sinapses nervosas, as membranas das células que fazem sinapses estãomuito próximas, mas nãose tocam. Háum pequeno espaço entre as membranas celulares (o espaçosináptico). Quando os impulsos nervosos atingem as extremidades do axônio da célula pré-sináptica,ocorre liberação, nos espaços sinápticos, de substâncias químicas denominadas neurotransmissores oumediadores químicos, que tem a capacidade de se combinar com receptores presentes na membrana dascélula pós-sinápticas, desencadeando o impulso nervoso. Esse tipo de sinapse, por envolver aparticipação de mediadores químicos, é chamada de sinapse química. Os cientistas jáidentificaram maisde dez substâncias que atuam como neurotransmissores, como a acetilcolina, a adrenalina, anoradrenalina, a dopamina e a serotonina.Sistema Nervoso CentralO encéfalo se aloja no interior do crânio, e a medula espinhal no interior de um canal existente na colunavertebral. Ambos são formados por células da glia, por corpos celulares de neurônios e por feixes dedentritos e axônios.Funções do encéfalo: As informações vindas das diversas partes do corpo,chegam até partes específicas do encéfalo, os centros nervosos, onde sãointegradas para gerar ordens de ação na forma de impulsos nervosos que são emitidos às partes do corpoatravés das fibras motoras presentes nos nervos cranianos e espinhais. A camada mais externa doencéfalo tem cor cinzenta e é formada principalmente por corpos celulares de neurônios. Jáa regiãointerna é branca e é constituída principalmente por fibras nervosas (dentritos e axônios). Essa cor sedeve a bainha de mielina que reveste as fibras. A regiãosuperficial do cérebro (substância cinzenta),constitui o córtex cerebral, que se encontra dividido em mais de quarenta áreas funcionalmente distintas,cada uma controlando uma atividade específica.
    • ⇒Tálamo e Hipotálamo: Todas as mensagens sensoriais, com exceçãodas provenientes dos receptores do olfato, passam pelo tálamo antes de atingir o córtex cerebral. O tálamoatua como estação retransmissora de impulsos nervosos para o córtex cerebral. Ele é responsável pelacondução dos impulsos às regiões apropriadas do cérebro onde eles devem ser processados. Ohipotálamo é o principal centro integrador das atividades dos órgãos viscerais, sendo um dos principaisresponsáveis pela homeostase corporal. Ele faz ligação entre o sistema nervoso e o endócrino, atuandona ativação de diversas glândulas endócrinas. É o hipotálamo que controla a temperatura corporal, regulao apetite, o balanço de água no corpo e estáenvolvido no comportamento sexual.⇒Tronco Encefálico: Formado pelo mesencéfalo, pela ponte e pelamedula oblonga (ou bulbo raquidiano), o tronco encefálico conecta o cérebro à medula espinhal. Além decoordenar e integrar as informações que chegam ao encéfalo, ele controla a atividade de diversas partesdo corpo. O mesencéfalo é responsável por certos reflexos. A ponte é constituída principalmente porfibras nervosas mielinizadas que ligam o córtex cerebral ao cerebelo. O bulbo raquidiano participa nacoordenação dos movimentos corporais e possui importantes centros nervosos.⇒Cerebelo: É o responsável pela manutenção do equilíbrio corporal, égraças a ele que podemos realizar ações complexas, como andar de bicicleta e tocar violão, por exemplo.O cérebro recebe as informações de diversas partes do encéfalo sobre a posição das articulações e ograu de estiramento dos músculos, bem como informações auditivas e visuais.Funções da medula espinhal: A medula espinhal elabora respostas simplespara certos estímulos. Essas respostas medulares, denominadas atos reflexos, permitem ao organismoreagir rapidamente em situações de emergência. A medula funciona também como uma estaçãoretransmissora para o encéfalo. Informações colhidas nas diversas partes do corpo chegam à medula, deonde são retransmitidas ao encéfalo para serem analisadas. Por outro lado, grande parte das ordenselaboradas no encéfalo passa pela medula antes de chegar aos seus destinos. A parte externa damedula, de cor branca, é constituída por feixes de fibras nervosas mielinizadas, denominados tratosnervosos, que são responsáveis pela condução de impulsos das diversas regiões da medula para oencéfalo e vice-versa.Sistema Nervoso PeriféricoO Sistema Nervoso Periférico é constituído pelos nervos e gânglios nervosos e sua função é conectar osistema nervoso central às diversas partes do corpo humano. Nervos são feixes de fibras nervosasenvoltas por uma capa de tecido conjuntivo. Nos nervos hávasos sanguíneos, responsáveis pela nutriçãodas fibras nervosas. As fibras presentes nos nervos podem ser tanto dentritos como axônios queconduzem, respectivamente, impulsos nervosos das diversas regiões do corpo ao sistema nervoso centrale vice-versa. Gânglios nervosos são aglomerados de corpos celulares de neurônios localizados fora dosistema nervoso central.SNP Voluntário: Tem por função reagir a estímulos provenientes do ambienteexterno. Ele é constituído por fibras motoras que conduzem impulsos dosistema nervoso central aos músculos esqueléticos.SNP Autônomo: Tem por função regular o ambiente interno do corpo,controlando a atividade dos sistemas digestivos, cardiovascular, excretor e endócrino. Ele contém fibrasnervosas que conduzem impulsos do sistema nervoso central aos músculos lisos das vísceras e àmusculatura do coração.SNP Autônomo Simpático e SNP Autônomo ParassimpáticoO SNP autônomo (SNPA) é dividido em dois ramos: simpático e parassimpático, que se distinguem tantopela estrutura quanto pela função. Enquanto os gânglios da via simpática localizam-se ao lado da medulaespinhal, distantes do órgão efetuador, os gânglios das vias parassimpáticas.Questões de Vestibular1) (UFF 2002) Na doença miastenia grave o corpo humano produza anticorposcontra suas próprias moléculas de receptores de acetilcolina .Esses anticorposligam-se e bloqueiam os receptores de acetilcolina da membrana plasmática
    • das células musculares. À medida que a doença progride, a maioria dos músculosenfraquece, e o doente pode apresentar dificuldades para engolir e respirar. Essesanticorpos:a) atuam como a acetilcolina, provocando permanente contração, fadiga efraqueza muscular;b)Impedem que a contração muscular seja estimulada pela acetilcolina;c) promovem a destruição dos receptores da sinapse elétrica, bloqueando avia aferente;d) ligam-se aos receptores de acetilcolina, inibindo a enzimaacetilcolinesterase e, conseqüentemente, a transmissão dos impulsosnervosos;e) ligam-se aos receptores de acetilcolina, bloqueando a ação do sistemanervoso simpático.2) (UERJ 1998) Podemos analisar a organização morfofuncional do sistemanervoso dos vertebrados quando observamos a reação do indivíduo ao tocar com a mãoum objeto muito quente: a musculatura do esqueleto é estimulada e ele retrai a mão dafonte de calor.Esse fenômeno pode ser explicado pela atuação dos componentes daseguinte estrutura:a) arco reflexob) cordão nervoso ventralc) eixo hipotálamo-hipófised) rede nervosa epidérmica3) (UERJ 2004) As aves precisam ter, para voar, uma eficiente coordenaçãomotora. Considerando a proporção relativa dos componentes do encéfalo, asaves possuem, em relação ao outros vertebrados, um maior desenvolvimentoda seguinte estrutura encefálica:a) bulboc) hipotálamob) cerebelod) lobo frontal4) (USP 2004) O esquema representa dois neurônios contíguos (I e II), nocorpo de um animal, e sua posição em relação a duas estruturas corporaisidentificadas por X e Y.a) Tomando-se as estruturas X e Y como referência, em que sentido sepropagam os impulsos nervosos através dos neurônios I e II?b) Considerando-se que, na sinapse mostrada, não há contato físico entre osdois neurônios, o que permite a transmissão do impulso nervoso entre eles?c) Explique o mecanismo que garante a transmissão unidirecional do impulsonervoso na sinapse.(UNICAMP200 4) O locutor, ao narrar uma partida de futebol, faz com que otorcedor se alegrou se desaponte com as informações que recebe sobre osgols feitos ou perdidos na partida. As reações que o torcedor apresenta ao ouvir asjogadas são geradas pela integração dos sistemas nervoso eendócrino.a)A v ibração do torcedor ao ouvir um gol é resultado da chegada dessainformação no cérebro através da interação entre os neurônios. Com s e
    • transmite a informação através de dois neurônios?b) A raiva do torcedor, quando o time adversário marca um gol, muitas vezes éacompanhada por uma alteração do sistema cardiovascular resultante de respostasendócrinas e nervosas. Qual é a alteração cardiovascular mais comum nesse caso? Quefator endócrino é o responsável por essa alteração?6) (UFRRJ 2002) Na figura abaixo estão representadas duas células, que notecido nervoso estão associadas aos neurônios e desempenham funçõesimportantesEm relação à figura, responda:a) Como são denominadas essas células?b) Cite duas funções desses tipos celulares.7) (UFRRJ 2004) Um biólogo, ao estudar um determinado tecido de animaisvertebrados, fez algumas descrições de suas observações: “É formado por célulasdotadas de extensos prolongamentos, os quais liberam substâncias químicas quepermitem a comunicação entre as células do tecido”.Identifique esse tecido e o tipo de célula à qual se referiu o biólogo, justificandocomo você chegou a essa conclusão.8) (UFRRJ 2004) Para a propagação do impulso nervoso, é necessário umestímulo que gera uma resposta. O esquema a seguir representa um arco- reflexo, noqual o calor da chama de uma vela provoca a retração do.braço e o afastamento da mãoda fonte de calora) Qual a consequência da secção da raiz dorsal do nervo representada comocorte A ?b) Qual a conseqüência da secção da raiz ventral do nervo representada comocorte B?9) (UFPA 2003) Algumas pessoas, quando realizam provas nos Vestibulares,tendem a sofrer consequências fisiológicas da ação dos sistema endócrino enervoso. O componente simpático do sistema nervoso autônomo é estimulado,e as glândulas supra-renais liberam adrenalina na tentativa de "enfrentar" atensão instalada no d i a da prova.a) Explique o que ocorre na seguintes atividades orgânicas: batimentocardíaco, peristaltismo i ntestinal e p ressão arterial, a partir do citado estímulonervoso.b) O mencionado hormônio atua de que maneira sobre o glicogênio e com qualfinalidade?1 ) B2 ) A3 ) B4 ) a) Os impulsos nervosos propagam-se no sentido de II para I.b) A transmissão do impulso na sinapse é feita por neurotransmissores.c) Os neurotransmissores são secretados pelas terminações do axônio.5 ) a) A informação é transmitida, de um neurônio a outro, por meio deneurotransmissores secretados pelo axônio na sinapse.b) A alteração mais comum é a taquicardia (batimento acelerado do coração).O fator endócrino responsável p or essa alteração é o hormônio adrenalina.6 ) a) neuroglia ou células da glia.b) proteção, sustentação, facilitar a difusão de metabólitos entre o sangue e os
    • neurônios, fagocitar resíduos, e isolar eletricamente o neurônio.7 ) Tecido Nervoso – Neurônio, pois esses tem prolongamentos chamadosaxônios onde são secretados os mediadores químicos nas sinapses, quepermitem a comunicação entre as células.8 ) a) A pessoa não sente a queimadura e não afasta a mão da fonte de calor.b) A pessoa sente a queimadura, mas não a fasta a mão da fonte de calor.9 ) a) A adrenalina aumenta o batimento cardíaco e a pressão arterialenquanto inibe o peristaltismo intestinal.b) Em uma situação de stress, o glicogênio é convertido em glicose, afi m deaumentar a produção de energia.1) (UFF 2002) Na doença miastenia grave o corpo humano produza anticorposcontra suas próprias moléculas de receptores de acetilcolina .Esses anticorposligam-se e bloqueiam os receptores de acetilcolinada membrana plasmáticadas células musculares. À medida que a doença progride, a maioria dos músculosenfraquece, e o doente pode apresentar dificuldades para engolir e respirar. Essesanticorpos:a) atuam como a acetilcolina, provocando permanente contração, fadiga efraqueza muscular;b)Impedem que a contração muscular seja estimulada pela acetilcolina;c) promovem a destruição dos receptores da sinapse elétrica, bloqueando avia aferente;d) ligam-se aos receptores de acetilcolina, inibindo a enzimaacetilcolinesterase e, conseqüentemente, a transmissão dos impulsosnervosos;e) ligam-se aos receptores de acetilcolina, bloqueando a ação do sistemanervoso simpático.2) (UERJ 1998) Podemos analisar a organização morfofuncional do sistemanervoso dos vertebrados quando observamos a reação do indivíduo ao tocar com a mãoum objeto muito quente: a musculatura do esqueleto é estimulada e ele retrai a mão dafonte de calor.Esse fenômeno pode ser explicado pela atuação dos componentes daseguinte estrutura:a) arco reflexob) cordão nervoso ventralc) eixo hipotálamo-hipófised) rede nervosa epidérmica3) (UERJ 2004) As aves precisam ter, para voar, uma eficiente coordenaçãomotora. Considerando a proporção relativa dos componentes do encéfalo, asaves possuem, em relação ao outros vertebrados, um maior desenvolvimentoda seguinte estrutura encefálica:a) bulboc) hipotálamob) cerebelod) lobo frontal4) (USP 2004) O esquema representa dois neurônios contíguos (I e II), nocorpo de um animal, e sua posição em relação a duas estruturas corporaisidentificadas por X e Y.
    • a) Tomando-se as estruturas X e Y como referência, em que sentido sepropagam os impulsos nervosos através dos neurônios I e II?b) Considerando-se que, na sinapse mostrada, não há contato físico entre osdois neurônios, o que permite a transmissão do impulso nervoso entre eles?c) Explique o mecanismo que garante a transmissão unidirecional do impulsonervoso na sinapse.(UNICAMP200 4) O locutor, ao narrar uma partida de futebol, faz com que otorcedor se alegrou se desaponte com as informações que recebe sobre osgols feitos ou perdidos na partida. As reações que o torcedor apresenta ao ouvir asjogadas são geradas pela integração dos sistemas nervoso eendócrino.a)A v ibração do torcedor ao ouvir um gol é resultado da chegada dessainformação no cérebro através da interação entre os neurônios. Como setransmite a informação através de dois neurônios?b) A raiva do torcedor, quando o time adversário marca um gol, muitas vezes éacompanhada por uma alteração do sistema cardiovascular resultante de respostasendócrinas e nervosas. Qual é a alteração cardiovascular mais comum nesse caso? Quefator endócrino é o responsável por essa alteração?6) (UFRRJ 2002) Na figura abaixo estão representadas duas células, que notecido nervoso estão associadas aos neurônios e desempenham funçõesimportantesEm relação à figura, responda:a) Como são denominadas essas células?b) Cite duas funções desses tipos celulares.7) (UFRRJ 2004) Um biólogo, ao estudar um determinado tecido de animaisvertebrados, fez algumas descrições de suas observações: “É formado por célulasdotadas de extensos prolongamentos, os quais liberam substâncias químicas quepermitem a comunicação entre as células do tecido”.Identifique esse tecido e o tipo de célula à qual se referiu o biólogo, justificandocomo você chegou a essa conclusão.8) (UFRRJ 2004) Para a propagação do impulso nervoso, é necessário umestímulo que gera uma resposta. O esquema a seguir representa um arco- reflexo, noqual o calor da chama de uma vela provoca a retração do.braço e o afastamento da mãoda fonte de calora) Qual a consequência da secção da raiz dorsal do nervor representada comocorte A ?b) Qual a conseqüência da secção da raiz ventral do nervo representada comocorte B?9) (UFPA 2003) Algumas pessoas, quando realizam provas nos Vestibulares,tendem a sofrer consequências fisiológicas da ação dos sistema endócrino enervoso. O componente simpático do sistema nervoso autônomo é estimulado,e as glândulas supra-renais liberam adrenalina na tentativa de "enfrentar" atensão instalada no d i a da prova.a) Explique o que ocorre na seguintes atividades orgânicas: batimentocardíaco, peristaltismo i ntestinal e p ressão arterial, a partir do citado estímulonervoso.b) O mencionado hormônio atua de que maneira sobre o glicogênio e com qual
    • finalidade?1 ) B2 ) A3 ) B4 ) a) Os impulsos nervosos propagam-se no sentido de II para I.b) A transmissão do impulso na sinapse é feita por neurotransmissores.c) Os neurotransmissores são secretados pelas terminações do axônio.5 ) a) Ainformação é transmitida, de um neurônio a outro, por meio deneurotransmissores secretados pelo axônio na sinapse.b) A alteraçãomais comum é a taquicardia (batimento acelerado do coração).O fatorendócrino responsável p or essa alteraçãoé o hormônio adrenalina.6 ) a) neuroglia ou células da glia.b) proteção, sustentação, facilitar a difusão de metabólitos entre o sangue e osneurônios, fagocitar resíduos, e isolar eletricamente o neurônio.7 ) Tecido Nervoso – Neurônio, pois esses tem prolongamentos chamadosaxônios onde são secretados os mediadores químicos nas sinapses, quepermitem a comunicação entre as células.8 ) a) A pessoa não sente a queimadura e não afasta a mão da fonte de calor.b) A pessoa sente a queimadura, mas não a fasta a mão da fonte de calor.9 ) a) A adrenalina aumenta o batimento cardíaco e a pressão arterialenquanto inibe o peristaltismo intestinal.b) Em uma situação de stress, o glicogênio é convertido em glicose, afim deaumentar a produção de energia.15) O sistema nervoso usa potenciais de ação (impulsos nervosos) para regular as atividadescorporais; detectaas alterações nos ambientes externos e internos do corpo, interpreta essas alterações e responde aelas porcausar contrações musculares ou secreções glandulares.(TORTORA, G.J.; GRABOWSKI, S.R. Princípios de anatomia e fisiologia. 9 ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2002. p.5.)Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tema, analise as afirmativas a seguir:I. O sistema nervoso periférico autônomo tem por função controlar a atividade dossistemas digestivo, cardiovascular, excretor e endócrino.II. O cerebelo é o principal centro integrador entre os sistemas nervoso e endócrino, e ohipotálamo é o responsável pela manutenção da postura corporal.III. Destacam-se como substâncias que atuam como neurotransmissoras: a acetilcolina, aadrenalina, a noradrenalina.IV. A presença da bainha de mielina, que recobre a maioria dos axônios, além de proteger o axônio,facilita a propagação do impulso nervoso.Assinale a alternativa que contém todas as afirmativas corretas.a) I e II.b) II e IV.c) III e IV.d) I, II e III.e) I, III e IV.
    • 48. Ao liberar acetilcolina, a fibra nervosa:a) simpática promove aumento do ritmo cardíaco.b) parassimpática promove diminuição do ritmocardíaco.c) simpática promove diminuição do ritmo cardíaco.d) parassimpática promove aumento do ritmocardíaco.e) simpática e a parassimpática não alteram o ritmocardíaco.