Your SlideShare is downloading. ×
Recursos hídricos
Recursos hídricos
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Recursos hídricos

275

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
275
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Recursos hídricos-Nascente = MontanteFoz = Jusante-Rio de planalto (estreito, retilíneo, rápido)Rio de planície (largo, lento, com meandros)-Produção de energia elétrica por hidrelétricas é ideal em planaltos (corrente)Para transporte, o ideal são os rios de planície-Regime dos rios depende do clima e do relevo. Divide-se em 2 regimes:*Pluvial: das chuvas*Nival: da neveRio amazonas possui os dois (misto), já que sua nascente é no Peru, naCordilheira dos Andes (nival), fazendo com que suas águas sejam volumosasquando chegam ao BrasilCiclo da água:-Principais momentos: evaporação e precipitação, já que, entre esses momentos, a águaé renovada, livrando-se de grande parte de seus poluentes, assim como o sal-Variação de um estado para outro é provocada pelas mudanças de temperatura-Parte da água das chuvas ou das neves que cai sobre a superfície terrestre escoa, indodiretamente alimentar rios e lagos. Outra porção infiltra-se na terra e vai descendo paraaltitudes menores, por dentro do solo, muitas vezes brotando em nascentes. Outra partecontinua a infiltrar-se, atingindo os aquíferos, reservatórios formados por rochasDivisor de águas-problemas: desperdícios, poluição, desvio de cursos.-lacustre: referente a lagos-rios endorréicos: deságuam dentro do continente-rios exorréicos: deságuam no oceanoBacias Brasileiras: conjunto de rios (rio principal + afluente)-Os rios brasileiros são estuários (desaguam em apenas um canal), diferentemente dosque possuem deltas (desaguam em vários canais)Bacia do Amazonas-Não é totalmente brasileira (nasce no Peru e estende-se por outros países)-É exorréico: desemboca no oceano Atlântico-3 níveis: iguapó: sempre inundadoVássea: inunda no período da cheiaTerra firme: nunca inunda-Clima equatorial (quente e úmido)-Maior do mundo-Principal rio: Amazonas: maior do mundo em vazão e volume de água, extensão e
  • 2. distância entre margens-potencial hidrelétrico de seus afluentes-importante para navegação e para população ribeirinha, já que é rio de planície-Atualmente, essa região passa por seca-Balbina: pronta mas não funciona, já que inundou lagos, matando muitos peixes,causando problemas com o meio ambiente-Manaus: Zona Franca de Manaus-Belo Monte: Xingu- governo (visa desenvolvimento) x índios (FUNAI) e IBAMA(meio ambiente)Bacia do Tocantins-foz: Ilha de Marajós-uso para irrigação da soja, milho, e rizicultura (arroz)-abriga a usina de Tucuruí-Problema: assoreamento em virtude do desmatamento do cerrado e agrotóxicosBacia do Paraguai-Rio Paraguai: meandros (curvas) em época do verão transbordam (Pantanal)-assoreamento naturalBacia do Paraná-Não é totalmente brasileiro, favorecendo Argentina, Paraguai e Uruguai-Nascentes brasileiras, porém com foz no Paraguai-Rio principal: Rio Paraná (região de desenvolvimento industrial, econômica)-Área mais desenvolvida: transporte (hidrovia)-maior potencial hidrelétrico instalado (16 usinas)-destaque: Itaipú – binacional Brasil – Paraguai (utiliza mais, fazendo o Brasil comprarcom um custo maior). Maior em vazão de água e 2ª maior do mundo em produção deenergia.-comportam eclusas (vencer desnível de rios)-ocupação humana-Sudeste e Sul (promove mercosul)Bacia do São Francisco-Rio principal: São Francisco (“velho chico”)-maior rio endorréico (começa em MG e termina na BA)-Totalmente brasileiro-rio Perene: nunca seca (diferente dos rios intermitentes)-Única solução para o Nordeste-polêmica: transposição das águas do rio São Francisco, com o objetivo de favorecer aspopulações pobres das regiões secas do Nordeste, porém gerou uma polêmica quando sedescobriu que estava favorecendo uma minoria rica-Energia : usinas de Paulo Afonso, 3 Marias, Sobradinho, os quais são navegáveis epropícios à pesca (planície)Rede hidrográfica:conjunto de bacias (recursos hídricos)Aquífero Guarani: é um grande reservatório de água subterrânea localizado soba bacia do rio Paraná (Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai)

×