Geografia política e a regionalização do mundo-Questões políticas e econômicas refletem no social. Um exemplo é a divisão ...
-A modernidade é caracterizada pela convivência de países soberanos. A esse conjuntode Estados é dado o nome de sistema in...
-Porém, o imperialismo já possuía, em si, a própria destruição, devido à pretensão desuperioridade propagada por cada potê...
-A URSS foi derrotada por possuir corrupção interna e desequilíbrios econômicosprovocados pela produção de mercadorias sem...
Os novos conflitos*Nacionalismos, Radicalismo religiosos e Neonazismo-O Nacionalismo possui a ideia de que é preciso luta...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Geografia política e a regionalização do mundo

1,080
-1

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,080
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Geografia política e a regionalização do mundo

  1. 1. Geografia política e a regionalização do mundo-Questões políticas e econômicas refletem no social. Um exemplo é a divisão do Pará(Pará, Carajás e Trombetas)-Na geografia política, o foco são as disputas humanas pelo espaço, nas quais há váriasformas, destacando-se a disputa militar, a diplomática (política) e a econômica->Exemplo de movimentos separatistas:*Israel x Palestina (motivo : religião e território)*Irlanda x Irlanda do Norte*Tutsis x Hutus*Coréia do Norte x Coréia do Sul-Estado-nação: estrutura formada por três elementos, o estado moderno (governo0, anação (povo) e o território (extensão até a fronteira)-As principais características do estado moderno são a separação entre o Estado e aIgreja (Estado laico), entre o poder político e econômico e o funcionamento das leis eregulamentos-Devido à separação entre o poder político (Estado) e o poder econômico (capitalistas),o Estado passa a depender de dinheiro para exercer seu domínio sobre o espaço e,portanto, são criadas interdependências entre os interesses do Estado e dos capitalistas-A nação é um grupo de pessoas que têm identidade nacional entre si. A identidadenacional é o sentimento de reconhecer em si mesmo e no outro a mesma nacionalidade,o qual é formado por características sociais como religião, língua, cultura, tradições,educação escolar, entre outros-Essa identidade nacional é sempre reforçada ou criada pelo Estado, que se coloca comorepresentante da nação e de seus interesses e, se a nação não se sentir representada peloEstado, pode ocorrer conflitos nacionalistas ou separatistas (exemplo: Israel x Palestina– motivo: religião)-O território é a porção de espaço dominada por um Estado e ocupada pela nação queele representa. É delimitado pelas fronteiras do país com outros países, as quais podemser questionadas tanto por uma parte da população do próprio país, que pode querer seseparar do mesmo, como por parte de outros países, que podem querer estender seuterritório-O território pode, também, ser definido como a área sobre a qual um governo nacionaltem soberania, a qual significa a autonomia para criar leis e exigir seu cumprimento semse submeter a uma autoridade superior
  2. 2. -A modernidade é caracterizada pela convivência de países soberanos. A esse conjuntode Estados é dado o nome de sistema interestatal moderno, no qual, como não há umaautoridade acima dos países, há conflitos que só podem ser evitados ou minimizados aose criarem ordens mundiais-Ordem mundial é a maneira como os países se organizam uns em relação ao poder dosoutros. Há os países líderes (hegemônicos, como os EUA, porém o presidente Obamanão conquistou a população interna, apenas a externa), blocos de poder e situações deequilíbrio de poder-A hegemonia é um tipo de poder, porém não poder de domínio, baseado na força(militar, econômica, etc), mas sim um poder de convencimento. O país hegemônico nãoé apenas aquele que comanda os outros, mas também aquele que o faz convencendo amaioria de que as atitudes tomadas são boas não apenas para ele, mas para o grupocomo um todo-Em torno desses países hegemônicos, formam-se os blocos de poder, os quaisenvolvem países com diferentes níveis de poder político, econômico e militar. Estespaíses formam alianças entre si, as quais são comandadas pelos países hegemônicos-Se existirem dois ou mais países com a pretensão de se tornarem hegemônicos, surge adisputa de poder e, se a mesma não romper com a ordem mundial, haverá um equilíbriode poder, ou seja, uma situação na qual cada país aceita, até certo ponto, o poder dasoutrasAntigas Ordens Mundiais-Ordem mundial = equilíbrio de poder e disputas->Imperialismo-Foi a primeira ordem mundial, levando em consideração o estado moderno(principalmente a separação do Estado e Igreja), predominando no século XIX eacabando na Primeira Guerra Mundial-Durante o imperialismo, as potências europeias expandiram seu poder para a África e aÁsia, em busca de matérias-primas e mercados consumidores que complementassemsuas economias em industrialização acelerada. Para isso, reforçaram o Nacionalismo atéo mesmo se tornar uma justificativa para o domínio sobre outros povos, consideradosinferiores
  3. 3. -Porém, o imperialismo já possuía, em si, a própria destruição, devido à pretensão desuperioridade propagada por cada potência, já que não é possível que todas as potênciassejam superiores entre si-Além disso, apenas os países que conquistassem mais terras teriam condições de sedesenvolver, já que os esquemas de comércio de matérias-primas e mercadoriasindustrializadas eram dominados pelas potências territoriais-Nesse contexto, França, Inglaterra, EUA e a Rússia dominavam o mundo, porém, aomesmo tempo, outros países tinham pretensões de crescimento, entre eles a Alemanha eo Japão, os quais, por terem iniciado seus processos de modernização econômica epolítica tarde, queriam acelera-los, através de uma forte ajuda estatal na economia, oque levou os interesses do Estado a se misturarem com os projetos industriais, que sevoltaram, portanto, para as indústrias bélicas-Porém as pretensões desses dois países se chocavam com os interesses das antigaspotências, o que levou às duas guerras mundiais-Na Primeira Guerra (1914-1918), saíram vencedoras a França, o Reino Unido e osEUA, sendo a Alemanha a derrotada-Na Segunda Guerra (1939-1945), houve a presença de Hitler e sua ideologia nazista,porém houver, novamente, a derrota alemã e o fim do imperialismo e do equilíbrio depoder baseado no poder europeuOrdem Bipolar (“Velha”)-Com o fim do imperialismo, houve a ascensão da Ordem Bipolar, com um ocidentalcapitalista, aliado aos EUA, e um oriental socialista, aliado à URSS-Existia um equilíbrio de poder aliado a disputas para ampliação de suas influênciasideológicas, a qual ficou conhecida como Guerra Fria, possuindo 3 características:*Disputa ideológica: capitalismo x socialismo*Corrida armamentista: mesmo sem nunca terem se enfrentado de forma direta, os EUAe a URSS investiram suas riquezas na fabricação de armas, como bombas e mísseisnucleares*Choques indiretos: apoiaram lados opostos em guerras regionais e civis, como aGuerra da Coreia, a do Vietnã, ditaduras militares na América Latina e na África e aguerra do Afeganistão
  4. 4. -A URSS foi derrotada por possuir corrupção interna e desequilíbrios econômicosprovocados pela produção de mercadorias sem um mercado consumidor, levando ao fimda ordem bipolar e da Guerra Fria, dando início à formação de uma Nova OrdemMundial (Globalização)Tendências da Nova Ordem Mundial-A regionalização se afirmou, principalmente, pela formação de blocos econômicos.Não que haja uma independência entre os blocos, mas as relações econômicas entre ospaíses de alguns deles são intensas-Bloco econômico é um conjunto de países que se unem para estabelecer umaintegração entre si, a qual pode apresentar intensidades muito diferentes, indo da zonade livre comércio até o processo de unificação política, no qual se encontra a UE-Níveis de integração:-Entre a visão monopolar e a multipolar, essa última estava mais próxima da realidade.Apesar de continuar existindo uma tríade de poder, formada pelos EUA, UniãoEuropeia e Japão, os três polos passam por uma crise, enquanto os paísessubdesenvolvidos mantêm taxas de crescimento econômico boas, menos endividamentoe melhoria de vida-Os países emergentes vêm unindo-se entre si, um exemplo é o BRICs (Brasil, Rússia,Índia, China e África do Sul)-Há o G20, originado do crescimento das crises financeiras, o grupo é formado por 19países mais a UE, representando 80% da economia mundial. Entretanto, há países ricos,que já pertenciam ao G7 (grupo dos 7 países antigos mais ricos do mundo) e tambémpaíses emergentes, entre eles, o Brasil, China, Índia, México, África do Sul, Indonésia eRússia (G8)-O aumento no número de países emergentes envolvidos nesse tipo de discussãorepresenta um processo de democratização do poder no mundo
  5. 5. Os novos conflitos*Nacionalismos, Radicalismo religiosos e Neonazismo-O Nacionalismo possui a ideia de que é preciso lutar para defender os interesses de suanação frente aos de outras

×