Origem da vida
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Origem da vida

on

  • 8,325 views

Resumo de Origem da vida para o 2º ano do Ensino Médio

Resumo de Origem da vida para o 2º ano do Ensino Médio

Statistics

Views

Total Views
8,325
Views on SlideShare
8,325
Embed Views
0

Actions

Likes
4
Downloads
324
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Origem da vida Origem da vida Presentation Transcript

  • ORIGEM DA VIDA Uma aventura pelo passado
  • ABIOGÊNESE X BIOGÊNESE
    • Através dos séculos, apareceram várias hipóteses sobre a origem da vida na Terra.
    • Abiogênese ou geração espontânea - a vida poderia surgir a partir de água, lixo, sujeira e outros restos. 
    • Biogênese - a vida provém de outra pré- existente
    • Aristóteles (o século IV a.C.) Existência de certos princípios ativos ou forças vitais no surgimento da vida a partir de substâncias inanimadas. Surgindo assim a teoria da abiogênese ou geração espontânea
  • Defensores da Abiogênese
    • Paracelso -médico suiço (XVI)
    • H 2 O +madeira podre + palha
    • + ar = tartarugas, lagartos e cobras
    • Van Helmont - médico belga (XVII)
    • Receita para criar camundongos em 21 dias
    • camisa suada + gérmen de trigo
    • (suor = princípio ativo).
  • BIOGÊNESE
    • Francesco Redi - Colocou carnes no interior de frascos;
    • Frascos abertos = atraiam
    • moscas e surgiram “vermes”
    • Fechados com telas = não surgiu “vermes”.
    • Redi isolou os "vermes", que tornaram-se imóveis, ovalados, e desenvolveram cascas duras e resistentes. Após alguns dias, surgiram moscas semelhante àquelas que haviam pousado sobre a carne em putrefação.
  • OPOSITORES
    • Anton Van Leeuwenhoek
    • (1632-1723),na Holanda, aperfeiçoou o microscópios e observou pela primeira vez os micróbios,
    • descreveu as bactérias reavivou a polêmica sobre a geração espontânea, abalando seriamente as afirmações de Redi
    • John Needham – aqueceu os
    • sucos nutritivos e fechou-os,
    • após algum tempo apareceu microorganismos.
    Spallanzani . Ferveu durante uma hora várias infusões e não surgiu microrganismos (o ar contem ovos desses microorganismos, logo a vida provém de outra, preexistente)  Needham não aceitou estes resultados, alegando que a excessiva fervura teria destruído o principio ativo.
  • QUEDA DA ABIOGÊNESE
    • Louis Pasteur
    • Cientista francês, preparou um caldo de carne ( excelente meio de cultura) e submeteu-o a esterilização, com aquecimento e resfriamento . Hoje, essa técnica é conhecida como "pasteurização".
    • Devido ao gargalo "pescoço de cisne” o ar penetrava no balão, mas as impurezas ficavam retidas na curva do gargalo.
    • Assim, o caldo se mantinha estéril, provando a inexistência da geração espontânea. Muitos meses depois, Pasteur exibiu seu material na Academia de Ciências de Paris. O caldo de carne estava perfeitamente estéril. Era o ano de 1864.
    • A geração espontânea estava
    • completamente desacreditada.
  •  
    • Desmoralizada a teoria da abiogênese, confirmou-se a idéia de Prayer: Omne vivium ex vivo , que se traduz por "todo ser vivo é proveniente de outro ser vivo".
    • Se é preciso um ser vivo para originar outro ser vivo, de onde e como apareceu o primeiro ser vivo?
  • HIPOTESES SOBRE A ORIGEM DO PRIMEIRO SER VIVO
    • Criacionista ou Gêneses – defende a criação divina, baseada no livro gêneses
    • Panespermia Cósmica ou Hipótese dos Cosmozoários ou Cosmozóica – Acreditava que a v ida na tivesse sido trazida de outro ponto do Universo sob a forma de esporos resistentes, nos meteoritos
    • A presença de matéria orgânica em meteoritos encontrados na Terra tem sido usada como argumento a favor desta teoria, o que não invalida a possibilidade de contaminação terrestre, após a queda do meteorito.
    • Atualmente já foi comprovada a existência de moléculas orgânicas no espaço, como o formaldeído, álcool etílico e alguns aminoácidos. No entanto, estas moléculas parecem formar-se espontaneamente, sem intervenção biológica.
    • O físico sueco Arrhenius propôs uma teoria semelhante, segundo a qual a Vida se teria originado em esporos impelidos por energia luminosa, vindos numa “onda” do espaço exterior.
    • Chamou a esta teoria Panspermia (sementes por todo o lado).
    • Estas ideias caíram em descrédito pois é difícil aceitar que qualquer esporo resista á radiação do espaço, ao aquecimento da entrada na atmosfera, etc.
    • Nos anos 80, Crick (um dos descobridores da estrutura do DNA) e Orgel sugeriram uma teoria em que o agente inicial da Vida na Terra passaria a ser colônias de microrganismos, transportadas numa nave espacial não tripulada, lançada por uma qualquer civilização muito avançada. A Vida na Terra teria surgido a partir da multiplicação desses organismos no oceano primitivo.
    • Apesar da boa vontade, nenhuma destas teorias avança no esclarecimento , apenas desloca a questão para outro local, não respondendo :  Como surgiu a Vida ?
  •  
    • 3. Hipótese Autotrófica – o primeiro ser vivo fabricava seu alimento
    • 4. Hipótese heterotrófica - a mais aceita- o primeiro ser vivo, por ser simples, não poderia fabricar seu próprio alimento
    • 5. Hipótese química – proposta por Oparin e Haldane
    • Na atmosfera primitiva existiriam metano, amônia, hidrogênio e vapor de água .
    • Sob altas temperaturas, em presença de centelhas elétricas e raios ultravioleta, tais gases teriam se combinado, originando aminoácidos, que ficavam flutuando na atmosfera.
    • Com a saturação de umidade da atmosfera, ocorreu as chuvas. Os aminoácidos eram arrastados para o solo.
    • Submetidos a aquecimento prolongado, os aminoácidos combinavam-se formando proteínas.
    • As chuvas lavavam as rochas e conduziam as proteínas para os mares. Surgia uma "sopa de proteínas" nas águas mornas dos mares primitivos.
    • As proteínas dissolvidas em água formavam colóides. Os colóides se interpenetravam e originavam os coacervados .
    • Os coacervados englobavam moléculas de nucleoproteínas. Depois, organizavam-se em gotículas delimitadas por membrana lipoprotéica. Surgiam as primeiras células (proto células).
    • As protocélulas não eram capazes de realizar a fotossíntese. ( heterótrofas). Só mais tarde, surgiram as células autótrofas, mais evoluídas. E isso permitiu o aparecimento dos seres de respiração aeróbia.
    • Atualmente, se discute a composição química da atmosfera primitiva do nosso planeta, preferindo alguns admitir que, em vez de metano, amônia, hidrogênio e vapor de água, existissem monóxido de carbono, dióxido de carbono, nitrogênio molecular e vapor de água.
  • Gases (vapor de água + metano + amônia + hidrogênio + raios ultravioleta e descargas elétricas --> aminoácidos + outros compostos orgânicos + chuva levados para os mares --> "sopa química" ou "caldo nutritivo" --> formação de coacervados (compostos orgânicos reunidos) -> formação de protegenes (genes; primitivos) reunidos por membranas lipoprotéicas -->  células primitivas (heterotróficas aeróbias)
  •  
    • 1953, Stanley Miller . Colocou num balão de vidro: simulou as condições da atm. Primitiva e forneceu ao sistema uma descarga elétrica constante, ao final surgiram aminoácido.
    • Conclusão: Na atm. primitiva pode ter se formado AA.
    • Sidney W. Fox – aqueceu uma mistura seca de aminoácidos e quando ocorreu o resfriamento, notou que alguns deles se ligavam formando ligações peptídicas.
    • Que ao se unirem formavam proteinóides, que em meio líquido eram dissolvidos formando microesferas.