Apresentação   roadshow de targeting
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Apresentação roadshow de targeting

on

  • 981 views

 

Statistics

Views

Total Views
981
Views on SlideShare
980
Embed Views
1

Actions

Likes
0
Downloads
9
Comments
0

1 Embed 1

http://braskem.riweb.com.br 1

Accessibility

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Apresentação   roadshow de targeting Apresentação roadshow de targeting Presentation Transcript

  • Reunião com Investidores Maio, 2007
  • Ressalva sobre declarações futurasEsta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenasfatos históricos, mas refletem as metas e as expectativas da direção da Braskem. Aspalavras "antecipa", "acredita", "espera", "prevê", "pretende", "planeja", "estima","projeta", "objetiva" e similares são declarações prospectivas. Embora acreditemos queessas declarações prospectivas se baseiem em pressupostos razoáveis, tais declaraçõesestão sujeitas a vários riscos e incertezas, e são feitas levando-se em conta asinformações às quais a Braskem tem acesso atualmente.Esta apresentação está atualizada até 31 de março de 2007, e a Braskem não se obrigaa atualizá-la mediante novas informações e/ou acontecimentos futuros.A Braskem não se responsabiliza por operações ou decisões de investimento tomadascom base nas informações contidas nesta apresentação. 2
  • Nossa Visão Ipiranga / Copesul 2007 Politeno 2012 2006 Reestruturação 2002 Estar entre as 10 maiores Tornar-se empresas petroquímicas do líder em resinas mundo em valor de termoplásticas na mercado América Latina 3
  • Drivers Estratégicos Oportunidades de Crescimento com Criação de Valor • Aquisição da Politeno• Início de operações comerciais e da rede de • Aquisição dos ativos distribuição no exterior petroquímicos do Crescimento Grupo Ipiranga• Oportunidades de Internacionalização Orgânico (Ipiranga e Copesul) investimento nas Américas • Desgargalamento de Polietileno e PVC • Nova planta de PP em Criação de Valor Camaçari Valorização das Cadeias Crescimento Produtivas Brasileiras Seletivo• Aumento da capacidade de produção de isopreno • Petroquímica Paulínia e paraxileno • Projetos na Venezuela:• Conversão de MTBE para ETBE • Planta de PP• Resinas de • Complexo de Olefinas Hidrocarboneto de José – 1ª e 2ª• Polímeros verdes geração 4
  • Oportunidade Única de Investimento Oportunidades Perspectiva de Futuras para Mercado Criação Atraente de Valor Aquisição da Sólido Ipiranga Modelo de Negócios 5
  • Oportunidade de Crescimento Única Perspectiva de Mercado Atraente 6
  • Brasil: um mercado crescente e dinâmico para o setor de resinas termoplásticas Com um histórico de altas taxas de crescimento… Consumo Geral do Mercado de Polietileno, Polipropileno e PVC 3.741 3.440 Milhares de toneladas 3.064 3.014 9% 2.829 2.529 2.135 1.596 7% CAGR * 1993 1995 1997 1999 2001 2003 2005 2006* Taxa de crescimento anual compostaFonte: Associação Brasileira da Indústria Química - Abiquim 7
  • Brasil: um mercado crescente e dinâmico para o setor de resinas termoplásticas …e grande elasticidade para crescimento do PIB Taxas de Crescimento Anual – Brasil (1994 a 2006) % Elasticidade: 2,4x crescimento do PIB 9,1 6,8 6,1 5,7 Polipropileno Polipropileno 2,9 Resinas Polietileno Polietileno PVC PVC PIBFonte: Braskem e Abiquim 8
  • Brasil: um mercado crescente e dinâmico para o setor deresinas termoplásticasBraskem: Crescimento Sólido e Consistente Receita Bruta US$ milhões Exportações US$ milhões 6.893 1.382 6.252 4.900 959 3.688 710 3.013 617 23% 415 CAGR 35% CAGR 2002 2003 2004 2005 2006 2002 2003 2004 2005 2006Forte: Braskem. Os números não consideram os efeitos da aquisição da Ipiranga. 9
  • Braskem: companhia voltada para o consumo, com uma sólida base de clientes Posição diferenciada para beneficiar-se do crescimento do mercado brasileiro Segmentação do mercado de resinas da Braskem em 2006 % da Receita Perspectivas para 2007: OUTROS * EMBALAGENS – Crescimento Econômico Global PARA ALIMENTOS Sustentado 20% 24% AUTOMOTIVA 3% – No Brasil: COSMÉTICOS E 3% • Redução gradual das taxas deFARMACÊUTICOS 8% juros 17% VAREJO BENS DE CONSUMO • Aumento dos investimentos em (NÃO-DURÁVEIS) infra-estrutura 8% 17% AGRICULTURA • Aumento da demanda interna combinada com expectativa de CONSTRUÇÃO maior crescimento do PIB • Aumento da renda disponível* Inclui higiene pessoal, infra-estrutura, eletroeletrônicos e outros Fonte: Braskem 10
  • Brasil: um mercado crescente e dinâmico para o setor de resinas termoplásticas Sólido Crescimento da demanda por resinas termoplásticas Crescimento da demanda em aproximadamente 1,2 milhões de toneladas nos próximos 4 anos Crescimento 2007-2010 Crescimento do Mercado (kt) (kt) 315 282 303 300 264 200 243 100 530 0 391 MM de 2007 2008 2009 2010 toneladas 5 4,8 4,5 4,2 4,0 4 3,7 +8% 3 PVC 7,2% CAGR 2 PP 1 Polietileno 2006 2007 2008 2009 2010Vendas no mercado interno + importaçõesFonte: Braskem e LCA Consultoria 11
  • Oportunidade Única de Investimento Sólido Modelo de Negócios 12
  • Braskem: Sólido modelo de negócios baseado em integraçãocompetitiva na Cadeia de Valor Nível de integração atinge 80% para o etileno e 85% para o propileno INTEGRAÇÃO COMPETITIVA Extraction Extração 1st 1ª geração generation 22ª generation nd geração 3rd generation 3ª geração Valor Criado Nafta Condensado Competitividade Resinas Matérias Primas Petroquímicos Básicos Conversores Plásticos Termoplásticas Liderança de Custo Autonomia Mercado de Competitividade Tecnológica Companhia Integração Know-How Petroquímica líder na Petroquí lí com Escala América Latina Am é 13
  • Braskem: Competitividade de Custo Produtor líder na região, com escala superando seus concorrentes Mais de 10 milhões de toneladas de petroquímicos e produtos químicos em 2007, dos quais 5,6 milhões são etileno e resinas 000 toneladas/ 000 t / ano Capacidade de produção ano 5.570 515 PVC 760 PP Polietileno 1.815 Etileno 1.400 2.480 1.060 700 700 685 620 561 540 120 160 700 520 476 500 85 Braskem Dow Rio Polímeros Suzano Unipar / PQU Solvay TriunfoFonte: CMAI e Braskem 2007 14
  • Braskem: Líder de mercado no Brasil Companhia petroquímica líder na região PE % PP % 16% 8% 51% 47% 37% 41% OUTROS IMPORTAÇÕES PVC % PE + PP + PVC % 7% 12% 40% 53% 46% 42%Fonte: Braskem / Associação Brasileira da Indústria Química – Mar 07; Participação de mercado da Braskem antes da aquisição da Ipiranga 15
  • ja n/ ja 05 n/ fe 05 v/ fe 0 v/ 0 m 5 100% m 5 ar 126% ar /0 100% 152% /0 ab 5 ab 5 r/ r/ 0 0 m 5 m 5 ai /0 ai /0 ju 5 ju 5 n/ n/ 05 05 ju ju l/0 l/0 ag 5 ag 5 o/ o/ 05 05 se se t/ t/ 0Fonte: CMAI / Braskem 0 ou 5 ou 5 t/ t/0 05 no 5 no v/ v/ 0 0 de 5 de 5 z/ z/ 05 05 ja ja n/ n/ 06 06 fe fe v/ v/ 0 0 m 6 m 6 ar ar /0 /0 ab 6 ab 6 r/ 0 r/ 0 m 6 m 6 ai ai /0 /0 ju 6 ju 6 n/ n/ 06 06 ju PE: Internacional e Braskem ju PVC - Ásia (CMAI) Base 100 l/0 l/0 PVC - Braskem (MI) Base 100 ag 6 PVC: Internacional e Braskem o/ ag 6 06 o/ se 06 t/ se 0 t/ ou 6 0 t/0 ou 6 no 6 t/ 06 v/ no 0 v/ de 6 z/ 0 06 de 6 ja z/ n/ 06 07 ja fe n/ v/ 07 0 fe m 7 PEAD - Ásia (CMAI) Base 100 v/ ar 0 PEAD - Braskem (MI) Base 100 /0 m 7 7 ar /0 101% 140% 7 Base 100 Base 100 167% 127% ja Braskem: Forte poder de precificação n/ 05 fe v/ 05 m ar 142% /0 Spread superior a 30% sobre os preços internacionais 100% ab 5 r/ 0 m 5 ai /0 ju 5 n/ 05 ju l/0 ag 5 o/ 05 se t/ PP 05 PE ou t/ 0 PVC no 5 v/ 05 de z/ 05 ja n/ 06 fe v/ 06 m ar /0 ab 6 r/ 0 m 6 ai /0 ju 6 n/ 06 PP: Internacional e Braskem ju l/0 Spreads sobre os preços asiáticos ag 6 + 38% o/ + 32% + 33% 06 se t/ 0 ou 6 t/ 0 no 6 v/ 06 de z/ 0 Mar ja 6 ç n/ 07 fe % v/ 07 m PP - Ásia (CMAI) Base 100 ar Base 100 /0 PP - Braskem (MI) Base 100 7 Março 2007 126% 168%16
  • Braskem: Inovação e Tecnologia como principais driversde Criação de Valor Mais de US$ 160 milhões em ativos de P&D 171 pesquisadores 8 plantas piloto 151 registros de patente Extensa rede de conhecimento junto às Universidades 20% das vendas resultam de novos produtos lançados nos últimos três anos 17
  • Braskem: Inovação e TecnologiaNovas fronteiras de desenvolvimento Nanotecnologia – 1ª companhia petroquímica brasileira a registrar patente – 4 patentes já registradas – 1º produto lançado em Novembro de 2006: novo tipo de PP Polímero Verde – Produção de resinas baseada em fontes renováveis de matéria-prima (cana-de-açúcar) – Tecnologia já desenvolvida para conversão de etanol em etileno – Biopolímero: polímero verde biodegradável 18
  • Oportunidade Única de Investimento Aquisição da Ipiranga 19
  • Um novo passo na reestruturação daIndústria Petroquímica Brasileira 19 de março de 2007 5 plantas Produção 730 kt de resinas 1,2 milhões de toneladas de Etileno Liderança em PEAD 2º maior cracker 40% de participação de mercado da América Latina 20
  • Braskem: Aquisição dos Negócios Petroquímicos do Grupo Ipiranga Maior player do setor petroquímico na América Latina Receita Bruta Receita Líquida EBITDA US$ 9,9 bi US$ 7,8 bi US$ 1,4 bi US$ 6,9 bi US$ 5,4 bi US$ 760 milhões Dívida Líquida / Dívida / PL Ativos Ebitda 2,6 x 53 / 47 US$ 10,3 bi 2,7 x 59 / 41 US$ 7,5 biNota: Os números de2006 consolidando a Ipiranga e a Copesul não foram auditados e são pro-forma 21
  • Braskem: Aquisição dos Negócios Petroquímicos do Grupo Ipiranga Alavancagem financeira praticamente intacta após a aquisição Múltiplo da operação de 6,2x antes das sinergias EBITDA da Ativos US$ Aquisição US$ adquiridos + Dívida 2.415 mi (Ipiranga + 55% da Copesul) 390 mi EV/EBITDA Média Comparável Compará 6,5 das Companhias 6,0 6,0 6,0 5,75 5,0 4,9 Desconto de 15% Dow Nova Lyondell Huntsman Georgia Gulf Braskem Chemicals Chemical 2007** Média dos analistas para 2007Fonte: Citigroup, JP Morgan e Bear Stearns 22
  • Braskem: Aquisição dos Negócios Petroquímicos do Grupo IpirangaO fortalecimento de nossas vantagens competitivasproporciona sinergias potenciais Melhor rentabilidade e EBITDA, com potencial crescimento do fluxo de caixa Crescimento do portfólio de produtos, consolidando nossa posição de liderança em todos os respectivos segmentos, principalmente PEAD Expansão da base de clientes e fornecimento de serviços de valor agregado baseado em uma estrutura de Inovação e Tecnologia Total integração entre a 1ª e a 2ª geração, resultando em maior competitividade Aumento da flexibilidade operacional Melhoria no gerenciamento da cadeia de suprimentos – Maior flexibilidade através do fornecimento de nafta Fortalecimento da parceria com a Petrobras 23
  • Braskem: Aquisição dos Negócios Petroquímicos do Grupo Ipiranga Liderança de mercado fortalecida Participação de mercado superior a 50% de em todas as resinas PE % PP % 30% 39% 53% 52% 37% 17% OUTROS 41% 9% IMPORTAÇÕES PVC % PE + PP + PVC % 30% 33% 53% 52% 53% 17% 42% 15%Fonte: Braskem/Abiquim 2006 24
  • Braskem: Aquisição dos Negócios Petroquímicos do Grupo IpirangaSinergias: Management experiente, com capacidadede implementação comprovada Comerciais – Portfólio de produtos complementares, com destaque para a PEAD – Integração da carteira de clientes – Otimização de contratos de exportação Industriais – Flexibilidade operacional – Serviços de manutenção compartilhados Otimização Fiscal e Tributária Cadeia de Suprimentos – Ganhos de escala na aquisição de suprimentos – Otimização logística Modelo de gestão competitivo com potencial de melhoria da qualidade e produtividade por meio do intercâmbio das melhores práticas Possibilidade de novos desgargalamentos no Pólo Sul 25
  • Braskem: Sólida Estrutura FinanceiraPerfil de endividamento adequado com alavancagem financeirapraticamente intacta após a aquisição CALENDÁRIO DE AMORTIZAÇÃO Dívida Líquida / EBITDA (UDM) 31/03/2007 - (R$ milhões) “BB+” 2,72 2,51 2,63 Dívida Bruta: 5.800 Rating da Braskem melhora Dívida Líquida: 4.205 Lí -8% de Estável para Positivo “A Fitch espera que a companhia consiga aumentar significantemente sua geração de fluxo de caixa livre, geraç Investido em R$ permitindo uma melhora importante nas métricas de mé Dez 06 Mar 07 Pro- crédito necessárias para que o rating da Braskem migre cré necessá Investido em US$ forma** para a categoria Grau de Investimento.” Investimento.” 1.596 26% 812 Prazo Médio: 17 anos 13% 12% 1.162* 12% 9% 8% 8% 6% 6% 724 718 784 675 462 543 372 449 366 331 31/03/07 2007 2008 2009 2010 2011/ 2013/ 2015/ 2017/ PerpétuosDisponibilidades 2012 2014 2016 2018 Debêntures subordinadas totalmente subscritas pelo acionista controlador, com pagamento de juros e principal em julho de 2007. **Os números de 2006, considerando a aquisição da Ipiranga, são pro forma e não-auditadosFonte: Braskem 26
  • Oportunidade Única de Investimento Oportunidades Futuras para Criação de Valor 27
  • Braskem: Oportunidades para Criação de Valor Aumento da capacidade de produção de resinas no Brasil … Petroquímica Paulínia: Planta de PP – JV com a Petrobras – Investimento total de R$ 734 milhões – Capacidade de produção • +350 k toneladas / ano Alagoas – Localização Bahia • Paulínia, estado de São Paulo Paulínia – Início das operações no 2T08 Projetos a serem implementados: – Desgargalamentos PVC +150 kt / ano PE +100 kt / ano – Greenfield PP Bahia +300 kt / anoFonte: Braskem (2006) 28
  • Braskem: Oportunidades para Criação de Valor …combinado a investimentos no país com menor custo de matéria prima na região Venezuela Contratos de Desenvolvimento de Projeto (PDA) já assinados Pedra fundamental lançada em 16/04/07 Joint-ventures a serem criadas até o final de 2007 Dois projetos no Complexo Jose: – 50/50 Braskem e Pequiven – Estrutura de capital: 30% equity, 70% dívida – Financiamento sem garantia junto a agências multilaterais e de crédito de exportação (ECA) e bancos de desenvolvimento Planta de PP*: – Capacidade de produção de 450 kt/ano – Investimentos de US$ 370 milhões – Início das operações em 2009 – Propileno a preços competitivos Complexo de Olefinas de Jose*: – 1,3 milhão de toneladas de eteno – 1,1 milhão de toneladas de PE – Investimentos de US$ 2,5 bilhões – Início das operações em 2011 – Gás natural a preços competitivos* A ser apresentado ao Conselho 29
  • Braskem: Oportunidades para Criação de Valor…resultará em um aumento de 80% na capacidade deprodução de resinas termoplásticas... Camaçari Camaç 300 Venezuela 5,5 1.100 (2) milhões Camaçari Camaç 150 100 665 Venezuela (2) (1) 450 Paulínia Paulí 3,1 350 milhões 1.860 515 515 760 3.015 1.815 Braskem Atual 2008 2009 2010 2011 2012(1) JV com a Petrobras Polietileno Polipropileno PVC(2) JV com a PequivenFonte: Braskem 30
  • Braskem: Oportunidades para Criação de Valor …com uma estrutura de menor custo de produção resultante do acesso a fontes diversificadas de matéria prima, em base competitiva 2006 2012 Venezuela Camaçari - BA Camaçari - BA Paulínia - SP Triunfo - RS Triunfo - RS 34% 100% 57% 9% Nafta Matéria-prima das Refinaria Gás NaturalFonte: Braskem 31
  • Braskem: Oportunidades para Criação de ValorCompromisso com sustentabilidade e alto padrãode Governança Corporativa 100% de tag-along para todos os acionistas Incluída no Índice de Sustentabilidade Empresarial da BOVESPA- ISE Companhia listada sob o Nível 1 de Governança Corporativa da BOVESPA, com comprometimento para migrar para o Nível 2 Adoção antecipada do SOX - Junho de 2006 Quatro dos onze membros do Conselho de Administração são independentes Comitês Existentes – Comitê de Ética – Conselho Fiscal qualificado – Financiamento & Investimento – Pessoas & Organização – Estratégia & Comunicação Projeto ambiental da Braskem em Alagoas Código de Conduta: estabelece valores, princípios e práticas de comportamento corporativo Plano de incentivo de longo-prazo vinculado à performance da ação Todas as plantas possuem certificação ISO 14000: excelência em HSE (saúde, segurança e meio- ambiente) 32
  • Braskem: Crescimento com Criação de Valor Líder do mercado regional na produção de PE, PP e PVC: crescimento orgânico e consolidação Projetos Greenfield na região para garantir o acesso a matérias-primas competitivas: crescimento seletivo Forte potencial de crescimento nos próximos 5 anos: – Capacidade total de produção deverá aumentar de 6 para 10 milhões de toneladas – Produção de resinas deverá aumentar de 3,1 para 5,5 milhões de toneladas Sólida estrutura financeira combinada com disciplina de capital Inovação e tecnologia como principais drivers para criação de valor Acesso a fontes competitivas de matéria-prima renovável Consolidação de modelo de parceria com a Petrobras 100% de tag-along para todos os acionistas e práticas diferenciadas de governança corporativa Responsabilidade Social e Ambiental 33
  • Reunião com Investidores Maio de 2007