Apresentação apimec resultados 4 t10 e 2010

366 views
290 views

Published on

Published in: Business, Economy & Finance
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
366
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apresentação apimec resultados 4 t10 e 2010

  1. 1. Reunião com Investidores Resultados 4T10 e 2010 Carlos Fadigas Presidente Marcela Drehmer Vice-Presidente Financeiro São Paulo, 22 de Março de 2011
  2. 2. Ressalva sobre declarações futurasEsta apresentação contém declarações prospectivas. Tais informações não são apenas fatoshistóricos, mas refletem as metas e as expectativas da direção da Braskem. As palavras"antecipa", "acredita", "espera", "prevê", "pretende", "planeja", "estima", "projeta", "objetiva"e similares são declarações prospectivas. Embora acreditemos que essas declaraçõesprospectivas se baseiem em pressupostos razoáveis, essas declarações estão sujeitas a váriosriscos e incertezas, e são feitas levando em conta as informações às quais a Braskematualmente tem acesso.Esta apresentação está atualizada até 31 de dezembro de 2010 e a Braskem não se obriga aatualizá-la mediante novas informações e/ou acontecimentos futuros.A Braskem não se responsabiliza por operações ou decisões de investimento tomadas combase nas informações contidas nesta apresentação. 2
  3. 3. Agenda Resultados 4T10 e 2010 Crescimento com Criação de Valor Cenário da Indústria Prioridades e Concentrações 3
  4. 4. Agenda Resultados 4T10 e 2010 Crescimento com Criação de Valor Cenário da Indústria Prioridades e Concentrações 4
  5. 5. Destaques EBITDA (R$ milhões) EBITDA (US$ milhões) EBITDA da Braskem foi de R$ 1,1 bilhão no 4T10, com margem de 14,9% +27% +41% 4.055 2.308 No ano o EBITDA atingiu R$ 4,1 bilhões, uma alta de 27% em 3.181 relação a 2009 . 1.638 • O EBITDA da Quattor cresceu 78%, atingindo R$ 1 bilhão Vendas da Braskem no mercado doméstico cresceram 11% Lucro líquido 2010 foi de R$ 1,9 bilhão 2009 2010 2009 2010 Distribuição de dividendos no valor de R$ 666 milhões Receita Líquida (R$ milhões) Re +23% Braskem comprometida com a sua solidez financeira: 27.829 Pré-pagamento de dívidas e captações de longo prazo alongaram o prazo 22.647 médio da dívida para 12,5 anos Indicador Dívida Líquida/EBITDA passou de 3,59x (proforma dez/09) para 2,43x em dez/10 CADE aprova integralmente a compra da Quattor pela Braskem 2009 2010 Captura de sinergias estimadas em R$ 377 milhões em EBITDA anual para 2011 Exportações 23% 26% Projeto Etileno XXI – México Cartas de interesse para financiamento do projeto já superam necessidade de financiamento Parceria estratégica com Ineos e Lyondell Basell para tecnologia das plantas de polietileno 5
  6. 6. Nível de utilização de capacidade positivamente influenciado pela recuperação dos ativos de Quattor Taxa de Operação Braskem Consolidada % Eteno Polietileno Polipropileno PVC Eteno - Quattor 87% 94% 93% 94% 86% 78% 83% 80% 85% 89% 83% 71% 63% 4T09 1T10 2T10 3T10 4T10 2009 2010 2009 2010 2009 2010 2009 2010 Regularização do fornecimento de matéria-prima, nos pólos do Sudeste e Rio de Janeiro, elevaram gradativamente o nível de operação dos ativos de Quattor: A unidade do RJ apresentou taxa recorde de 93% no último trimestre do ano Contínua melhora operacional dos ativos já existentes (recordes de produção no pólo do Sul) Parada programada do cracker da Bahia no 4T10 teve maior influência na produção de PVC, impactando parcialmente a taxa média de operação de PE e PPFonte: Braskem * Dados de 2009 não contemplam expansão de 200 mil toneladas da Quattor 6
  7. 7. Desempenho do mercado doméstico Desempenho Braskem - 2009 X 2010 (Mil toneladas) Braskem Origem das Importações 2010 (PE, PP e PVC) +11% 3.413 3.072 Outros 14% Europa América do 2009 2010 10% Norte 29% Ásia Perfil de Vendas Braskem – 2010 10% México Colômbia OUTROS Argentina 1% 15% AGRÍCOLA 21% 10% INDUSTRIAL 4% ALIMENTÍCIO 29% 4% AUTOMOTIVO 6% VAREJO 7% Américas responde por 67% das importações 9% 18% Importações mantiveram 26% de HIGIENE E LIMPEZA 13% CONSTRUÇÃO participação no mercado doméstico BENS DE CONSUMO 7Fonte: Abiquim, Braskem
  8. 8. Evolução do EBITDA 2010 versus 2009 R$ milhões Margem de contribuição influenciada pelo maior volume de vendas e melhora dos spreads no mercado internacional. Câmbio impactado pela apreciação do real. Impacto do câmbio nos 2.089 custos Impacto do câmbio na 1.979 (3.140) receita ( 1.051 ) 4.055 523 ( 441) (135) 3.181 EBITDA Volume Margem de Câmbio CF + DVGA* Efeito** EBITDA 2009 Contribuição nãorecorrente 2010 2009 8Fonte: Braskem *DVGA : despesas não recorrentes de R$ 244 milhões em 2010 **Efeito não recorrente 2009 soma R$ 135 milhões
  9. 9. Criação de valor através das aquisiçõesEvolução do EBITDA Quattor (R$ milhões) +19% 361 984 302 +78% +41% 214 +99% 554 107 1T10 2T10 3T10 4T10 2009 2010Evolução do EBITDA Braskem America (US$ milhões) EBITDA (US$ milhões) 37 -30% 32 +73% 114 26* 22 23 66 1T10 2T10 3T10 4T10 2009 2010 *Eliminando-se o ajuste positivo não recorrente do critério de contabilização do estoque de US$ 10 MM. 9
  10. 10. Sinergias da aquisição Quattor totalizam R$ 377 milhões em EBITDA para 2011 EBITDA 2011*: R$ 377 milhões EBITDA 2012*: R$ 495 milhões R$ milhões R$ million 59 87 61 82 495 377 350 234 Industrial Logística Suprimentos EBITDA Sinergias Industrial Logistics Supply EBITDA Synergies Identificação de novas oportunidades, eficiência e velocidade na implementação de ações para captura de sinergias Planejamento integrado das unidades industriais Centralização da estratégia do plano de manutenção dos ativos Otimização de fretes e ganhos de distribuição e armazenagem Compra integrada de insumos 10Fonte: Braskem * Anual e recorrente
  11. 11. Redução da dívida e alavancagem Dez/2009 Dez/2010 Dívida Bruta: R$ 17.637 MM -28% Dívida Bruta: R$ 12.728 MM Dívida Líquida: R$ 11.417 MM -14% Dívida Líquida: R$ 9.839 MM ALAVANCAGEM EBITDA: R$ 3.181 MM EBITDA: R$ 4.055 MM Prazo Médio: 6,6 anos Prazo Médio: 12,5 anos Dívida Total/EBITDA: 5,54x Dívida Total/EBITDA: 3,14x Dívida Líquida/EBITDA: 3,59x -32% Dívida Líquida/EBITDA: 2,43x 4T10 3T10 4T09 Var. Var. 2010 2009 Var. R$ milhões (A) (B) ( C) (A)/(B) (A)/( C) (D) (E) (D)/(E) Resultado Financeiro Líquido -541 183 -981 - -45% -1.618 266 - Variação Cambial (VC) 106 638 166 -83% -36% 405 2.782 -85% Variação Monetária (VM) -65 -40 -140 63% -54% -355 -511 -31% Resultado Fin excluindo-se a VC e VM -583 -416 -1.006 40% -42% -1.668 -2.005 -17% 11Fonte: Braskem *Despesas Financeiras não recorrentes: cerca de R$ 250 milhões no 4T10 e R$ 464 milhões em 2010
  12. 12. Redução da dívida e alongamento do prazo médio deendividamento PERFIL DA DÍVIDA Agenda de Amortização (1) (R$ milhões) 2010 31/12/2010 Agentes Gov. Estrangeiros 1% Agentes Gov. Nacionais 26% 583* Mercado de 20% Capitais 393 38% 13% 14% 13% 11% 2.594 10% 10% Bancos2.889 8% 1.820 35% 2.496 1.733 1.694 1.245 1.360 1.244 1.073 2009 Agentes Gov. Estrangeiros 31/12/10 2011 2012 2013 2014 2015 2016/ 2018/ 2020 5% Saldo das 2017 2019 em diante Mercado de Agentes Gov. Disponibilidades (1) Não Capitais Nacionais inclui os Custos de Transação 21% 22% (*) Stand by de US$ 350 milhões Aplicado em R$ Aplicado em US$ Emissão de US$ 450 milhões em perpétuos e antecipação de pagamento de Bancos 52% project finance e outros financiamentos garantem o alongamento da dívida para 12,5 anos → Redução da concentração em dívidas bancárias. 12
  13. 13. Agenda Resultados 4T10 e 2010 Crescimento com Criação de Valor Cenário da Indústria Prioridades e Concentrações 13
  14. 14. Direcionamento estratégico “SER A LÍDER MUNDIALDA QUÍMICA SUSTENTAVEL, INOVANDO PARA MELHOR SERVIR AS PESSOAS”. 14
  15. 15. Pipeline de Inovação: novos desenvolvimentos paraagregar mais valor à cadeia de produçãoCentro de Inovação e Tecnologia Fortalecimento na competitividade da cadeia de valorBase estruturada que suporta a necessidade dos clientes: Mais de R$ 330 milhões em ativos de P&D PP Mais de 190 pesquisadores Sacaria de Café 8 plantas piloto Mais de 400 patentes mundialmente registradas Parceria com universidades e centros de P&D de reconhecida competência no Brasil e exterior 12% da Receita da UN Polímeros de 2010 decorre de novos produtos lançados PVC nos últimos 3 anos Kit Porta Pronta PE Pipeline de Inovação BIOPOLÍMEROS PP VPL: ~US$ 510 milhões PVC Janelas PVC 15
  16. 16. Estratégia de crescimentoMaximização e aproveitamento dos ativos no mercado localBrasil Investimentos Expansão de PVC (R$ milhões) Entrada em operação: maio de 2012 Capacidade: 200 mil toneladas 1.644 Investimento: US$ 470 milhões Desembolso 2011e: R$ 380 milhões 391 Paradas de Manutenção VPL esperado: ~ US$ 450 milhões Financiamento do Projeto SSMA 142 BNDES: até R$ 525 milhões 94 Produtividade BNB: R$ 200 milhões Atratividade: atender a crescente demanda brasileira 407 Aumentos de Cap. / PVC Alagoas COMPERJ 243 Reposição de Equipamentos Configuração do projeto e definição de matéria-prima em conjunto com Petrobras 89 México 278 Projetos brownfield (em análise) Outros Ativos de PE: RJ, RS, SP Ativos de PP: SP, BA 2011e 16
  17. 17. Estratégia de crescimentoA caminho da liderança em química sustentável Desenvolvimento PP Verde 2013 Parceria para o PE Verde desenvolvimento de tecnologias competitivas 2010 Inovação para o mercado de bioplástico Trajetória de sucesso na Produção integrada aBraskem assume implementação de projetos: propeno verde Acordo de Cooperação liderança prazo e custo Captura de 2,3t CO2/t PP com CENPES global de Captura de 2,5t CO2/t PE Desenvolvimento de outras biopolímeros Parceria com clientes correntes do cracker para químicos sustentáveis Estudo do projeto integrado de PE 17
  18. 18. Estratégia de crescimentoProjetos com matéria prima competitivaProjeto Etileno XXI – JV Braskem e IDESA - MéxicoCaracterísticas Etano Eteno Entrada em operação: janeiro de 2015 66.000 bpd 1.000 kton/a Aquisição de etano da PEMEX Gás PEMEX (Petroq. Básica) Projeto integrado: 1 Mton/ano de eteno e 1 Cracker Etano Mton/ano de PE’s Gás Investimento: US$ 2,5 bilhões (project finance) México importa 68% da sua demanda de PE Polietilenos (1,8 MM t/ano) 1.000 kton/a Financial advisor: Banco Sumitomo Parceria estratégica com Ineos e Lyondell Mercado de Basell para tecnologia das plantas de PE’s Transformação PEMEX Recebimento de US$ 5 bi em cartas de Exploração e Produção interesse para financiamento do projetoConcentrações 2011 Escolha da tecnologia para o cracker Estruturação do project finance: due dilligence, negociação dos contratos financeiros Estudo do impacto ambiental e início do processo para obtenção de licenças para construção Finalização do acordo de engenharia, com a conclusão da engenharia do projeto Elaboração e negociação dos contratos de EPC (engineering, procurement and construction) 18
  19. 19. Agenda Resultados 4T10 e 2010 Crescimento com Criação de Valor Cenário da Indústria Prioridades e Concentrações 19
  20. 20. Perspectivas para a indústria petroquímica global Eteno: Taxas de operação 2010 kt Indústria em 2010 20.000 94 89 91 90 Taxas de operação caíram no 4T10 devido 88 86 ao inverno rigoroso no hemisfério norte e 15.000 84 82 83 84 * 81 80 problemas operacionais na Europa e OM 78 74 10.000 Base de custos competitiva permitiu que os 70 EUA operassem a taxas mais elevadas que 5.000 60 outras regiões ao longo de 2010 Taxa de operação global de 83,5% no ano, 0 50 Europa Am. Norte Ásia O.Médio Mundo Braskem 3,1 p.p. acima do previsto Capacidade 4T Taxa operação 4T10 (%) Taxa operação 3T10 (%) Cenário Global Novas adições de capacidade podem levar Eteno: Balanço de Oferta e Demanda ao fechamento de plantas poucoMilhões t competitivas, especialmente na Europa 200 90,7 91,3 88,7 Alta volatilidade nos preços de petróleo 86,3 83,5 83,9 impulsiona preços de nafta. Preços de 150 resinas e petroquímicos básicos 100 acompanham esta tendência 50 Expectativa de melhora na rentabilidade da indústria a partir do 2S11 0 2010 2011e 2012e 2013e 2014e 2015e Capacidade Demanda Tx Operação (%) 20Fonte: CMAI , Parpinelli Tecnon * Impactada por parada programada em uma das linhas do cracker da Bahia por 52 dias
  21. 21. Crescimento da demanda deverá superar novas entradas de capacidade Eteno 6,8% Demanda 5,2% 4,5% 4,4% 4,3% 6,7% 3,4% CAGR 10-15 Capacidade 4,0% 4,4% (Mt) 3,2% Ásia 2,3% 2,6% 2,1% Oferta África Oriente Médio 6.521 CAGR 10-15 Europa 4.514 6.090 2,8% Américas 2.805 9.010 Fechamentos 3.216 3.423 3.229 3.814 400 3.417 Postergação 2.652 2.545 468 1.816 2.462 Crescimento Oferta % 3.774 2.067 529 1.200 490 743 962 550 Crescimento Demanda % 375 (699) (150) (1.282) (1.227) 2010 2011 2012 2013 2014 2015 -19% Postergada Entrada de novas capacidades até 2015 Crise financeira impactou anúncio de novos investimentos Sanções comerciais no Qatar restringem novos projetos em petroquímica Limitada disponibilidade de gás incentivado para novos projetos Projetos Greenfield: 4-5 anos para entrar em operação 21Fonte: CMAI, março/2011
  22. 22. Brasil: Forte potencial de crescimento Demanda Doméstica de Resinas* (PE, PP, PVC) X % PIB Market Share 2010 7,0 - 7,2 7,5% Outros 4,5% 5% Importações -0,6% 5,3 - 5,4 26% Milhões toneladas 4,9 4,3 69% Braskem 2009 2010 2011e 2015e Consumo brasileiro de resinas (Mt) PIB ( Var. %) Consumo Per Capita de PE, PP e PVC (kg) 65 58 Brasil: 46 23 25 31 21 22 18 19 18 20 17 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 EUA Europa Japão China 22Fonte: Abiquim, Braskem, CMAI, Ipeadata, IBGE. * Estimativa: Demanda de Resinas = 1,5x a 2,0x PIB
  23. 23. Agenda Resultados 4T10 e 2010 Crescimento com Criação de Valor Cenário da Indústria Prioridades e Concentrações 23
  24. 24. Perspectiva e ConcentraçõesMercado petroquímico Instabilidade política nos países árabes e volatilidade nos preços de petróleo Cenário da indústria mundial é de recuperação, mas a expectativa para 2011 ainda é de excesso de oferta. Fatores mitigadores: Instabilidade operacional, atrasos no start-up de novas plantas e sanções comerciais ao Irã Forte demanda dos países emergentes como China, Índia e BrasilConcentrações Braskem Fortalecimento da cadeia petroquímica e de plásticos no Brasil Atender o crescimento da demanda doméstica brasileira por resinas termoplásticas: 9 a 10% para 2011 Garantir a captura das sinergias identificadas Manter agregação de valor dos ativos adquiridos Quattor: contínua melhora na eficiência operacional Braskem America: retorno acima do capital empregado Projetos de Crescimento • PVC Alagoas • Implementar o projeto no México, com base em matéria-prima competitiva • Definir configuração do Comperj com a Petrobras • Ampliar o uso de matéria-prima de origem renovável 24
  25. 25. Reunião com Investidores Resultados 4T10 e 2010 Carlos Fadigas Presidente Marcela Drehmer Vice-Presidente Financeiro São Paulo, 22 de Março de 2011

×