Apresentação Resultados 3T11
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Apresentação Resultados 3T11

on

  • 3,231 views

 

Statistics

Views

Total Views
3,231
Views on SlideShare
1,084
Embed Views
2,147

Actions

Likes
0
Downloads
17
Comments
0

2 Embeds 2,147

http://www.v-agro.com.br 2144
http://brasilecodiesel.homolog.riweb.com.br 3

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Apresentação Resultados 3T11 Presentation Transcript

  • 1. APRESENTAÇÃO DE RESULTADOS 3T1116/11/2011
  • 2. Presentes Bento Moreira Franco CEO Sergio Malacrida CFO Fabio Tsubouchi DRI e Diretor de Finanças Corporativas 2
  • 3. Destaques 3T11 Incorporação da Criação de uma das maiores produtoras de grãos do Brasil, com mais de 342 mil hectares sob controle e Vanguarda perspectiva de plantio de 274 mil hectares na safra 11/12 Processo de reestruturação da administração, que terá como resultado a formação da equipe com expertise Nova Administração e desempenho necessário para executar o novo plano estratégico, em linha com o foco na produção de grãos Desinvestimentos de Venda de ativos non-core no 3T11 no valor total de R$ 155,8 milhões, melhorando a estrutura de capital e Ativos Non-core aumentando o foco no setor agrícola Desenvolvimento do Plano de integração da Companhia, visando capturar as sinergias financeiras, operacionais e Plano de Integração administrativas criadas com a incorporação da Vanguarda Participações Nova política de Instalação de comitê interno de tesouraria com presença de membro independente, responsável por Gestão de Risco implementar política de hedge e planejamento financeiro integrado Única empresa agrícola parte do Índice Bovespa, tendo registrado liquidez diária média de R$ 17,2 milhões Liquidez nos últimos 12 meses Contratação do BTG Pactual como novo formador de mercado das ações VAGR3, a partir de 21 de Formador de Mercado novembro (evento subseqüente) Redução da Dívida Em 31 de outubro de 2011, o endividamento líquido ajustado foi reduzido em R$101,3 milhões¹ em relação Líquida ao valor de 30 de setembro de 2011 (evento subseqüente) 3
  • 4. Novo Plano Estratégico • Nova Administração com o expertise necessário • Escala na aquisição de insumos e equipamentos para estabelecer a integração entre as • Melhor utilização dos equipamentos inteligências financeira e agrícolas • Diversificação do risco climático: presença em 6  CEO: Bento Moreira Franco estados (MT, BA, PI, GO, MG e CE)  CFO: Sergio Malacrida • Diluição de despesas gerais e  DRI: Fabio Tsubouchi administrativas: concentração das atividades em São Paulo e Nova Mutum e Nova Integração desativação dos escritórios de Itumbiara e Cuiabá Administração ENERGIA e Sinergia • Venda de ativos non core ENERGIA • Participação na Tropical Bioenergia • Gestão ativa do caixa, com plano por aproximadamente R$ 60 milhões Foco no setor Gestão e de melhoria da estrutura de capital de grãos • Controle financeiro integrado ao • Fábrica de Óleo Itumbiara (unidade Controle campo, permitindo a tomada de de esmagamento de caroço de algodão) (Desinvestimento de por R$ 40 milhões (e potencial earn-out ativos non core) Financeiro decisão de maneira ágil de R$ 20 milhões) • Política de Hedge: instalação de comitê • Usina de Biodiesel de Rosário do Sul e interno de tesouraria com membro esmagadora de soja de São Luiz Gonzaga independente por R$ 55,5 milhões (evento subseqüente) • Total: R$ 155,8 Mn 4
  • 5. Localização Estratégica dos AtivosDiversificação do risco climático e melhor utilização dos equipamentos Usina de Biodiesel Usina de Biodiesel Capacidade de produção: 129.600 m³/ano Capacidade de produção: 129.600 m³/ano Terras Próprias – 11.417 ha Terras Arrendadas – 50.000 ha Terras Próprias – 9.683 ha MA CE PI MT TO BA Terras Próprias – 18.499 ha GO Terras Arrendadas – 28.091 ha Usinas de Esmagamento de Mamona Terras Próprias - 89.639 ha MG Capacidade de esmagamento: 180.000 ton/ano Terras Arrendadas – 118.212 ha Usina de Biodiesel Usina de Esmagamento de Caroço de Algodão Capacidade de produção: 129.600 m³/ano Capacidade de esmagamento: 75.000 ton/ano Terras Sob Área Cultivada Terras Próprias – 2.464 ha Próprias Arrendadas(000 ha) controle 2011/12 ¹ Terras Arrendadas – 8.486 ha MT 90 118 208 224 BA 18 28 47 33 GO 0 6 6 4 Terras Arrendadas – 5.976 ha PI 11 50 61 4 CE 10 0 10 0  A Companhia possui 1.702 máquinas e equipamentos agrícolas MG 2 8 8,486 11 8  A presença em diferentes estados cujos timings de plantio, tratamento e colheita apresentam Total 132 211 342 274 defasagem, permitirá a melhor utilização dos equipamentos, que são transportados de um estado¹ Valores estimados a outro, reduzindo necessidade de aquisição ou locação de equipamentos 55
  • 6. Safra 2011/2012Aumento da área plantada e incremento da participação de área 2ª safra Safra Realizada Safra Prevista Participação Var.Mix de Culturas 2010/11 (ha) 2011/12 (ha) (%) (%)  A incorporação da VanguardaAlgodão 18.726 49.588 18% 165% 1ª Safra 15.572 32.332 12% 108% Participações resultou em aumento 2ª Safra 3.154 17.256 6% 447% de aproximadamente 229% da área total plantada da CompanhiaSoja 52.770 162.718 59% 208%Milho 7.069 54.582 20% 672%  A soja continua sendo o principal 1ª Safra 1.213 3.010 1% 148% produto agrícola da Companhia, com 2ª Safra 5.856 51.572 19% 781% 59% da área plantadaOutras Culturas (*) 4.692 6.663 2% 42%  Com a Incorporação da VanguardaÁrea Total 83.257 273.551 100% 229% Participações, o % de 2ª safra aumentou significativamente de 12%T otal 1ª Safra (**) 74.247 204.723 para 34%T otal 2ª Safra (**) 9.010 68.828 % 2ª Safra 12% 34%(*) Arroz, Café e Semente de braquiária(**) Não considerada “Outras Culturas”(**) Não são consideradas as "Outras Culturas" 66
  • 7. Resultados Sintéticos Valores Contábeis Valores Contábeis Resultados Sintéticos 3T11 AV (%) 3T10 AV (%) AH (%) 9M11 AV (%) 9M10 AV (%) AH (%) Receita Bruta 309.730 111,0% 110.802 117,6% 179,5% 758.245 110,9% 404.013 114,9% 87,7% Receita Líquida 279.138 100,0% 94.253 100,0% 196,2% 683.834 100,0% 351.495 100,0% 94,6% Lucro (Prejuízo) Bruto 12.001 4,3% 9.105 9,7% 31,8% 35.251 5,2% 56.567 16,1% -37,7% Despesas Operacionais -29.092 -10,4% -13.254 -14,1% 119,5% -64.533 -9,4% -34.085 -9,7% 89,3% Resultado Operacional (EBIT) -17.091 -6,1% -4.149 -4,4% 311,9% -29.282 -4,3% 22.482 6,4% - Resultado Financeiro -83.094 -29,8% 1.171 1,2% - -64.818 -9,5% 2.331 0,7% - Lucro (Prejuízo) Líquido -70.251 -25,2% -2.590 -2,7% - -68.259 -10,0% 20.948 6,0% - Dívida Bruta 672.775 - -60.198 - - 672.775 - -60.198 - - Disponibilidades -55.504 - 140.252 - -139,6% -55.504 - 140.252 - -139,6% Dívida Líquida 617.271 - 80.054 - - 617.271 - 80.054 - - EBITDA -3.102 -1,1% -904 -1,0% - -2.138 -0,3% 30.642 8,7% - EBITDA AJUSTADO (*) -3.793 -1,4% -904 -1,0% - 6.107 0,9% 30.642 8,7% - 7
  • 8. Resultado Financeiro  No 3T11, apresentamos um resultado financeiro líquido negativo de R$ 83,1 milhões, contra uma receita financeira líquida de R$ 17,0 milhões no 2T11. Essa variação decorreu, preponderantemente, da apreciação do dólar perante o real, principalmente no mês de setembro. 2T11 vs. 3T11 Composição do Resultado Financeiro 83.094 6.743 17.013 62.914 -83.094 26.923 Despesa financeira Variação cambial Receita Financeira Resultado 2T11 3T11 Financeiro  Ressaltamos que o efeito da variação cambial, negativo em R$ 62,9 milhões, não tem impacto direto sobre o caixa da Companhia no curto prazo. Esse valor representa o efeito contábil da variação cambial, principalmente sobre o endividamento da Companhia, e será desembolsado por ocasião do vencimento da dívida. Caso a variação cambial fosse apurada considerando-se o dólar a valores atuais (R$ 1,75), seu efeito negativo no resultado financeiro seria reduzido em R$ 21,0 milhões 8
  • 9. Endividamento  A dívida bruta da Vanguarda Agro, em 30 de setembro de 2011, totalizava R$ 672,8 milhões. Esse valor será amortizado com o recebimento de valores provenientes da venda de ativos, realizados em 2010 e 2011 no montante de R$ 171,4 milhões Recebíveis Endividamento (em R$ mil) 30/09/2011 31/10/2011 (1) Ativo Desinvestido 30/09 31/10 Curto Prazo 372.566 362.944 Tropical Bioenergia 60.300 60.300 Longo Prazo 300.209 265.858 Fazenda Edéia (GO) 97.286 97.286 (=) Dívida Bruta 672.775 628.802 Fábrica Óleo Itumbiara 13.800 13.800 Disponibilidades (55.504) (57.365) Total 171.386 171.386 (=) Dívida Líquida 617.271 571.437 Usina de Biodiesel de Rosário do - 55.455 Recebíveis - venda de ativos (171.386) (226.841) Sul e Esmagadora São Gonzaga (=) Dívida Líquida Ajustada 445.885 344.596 Total 171.386 226.841 Redução de R$ 101.289 mil¹ Valores não auditados; Dívida líquida ajustada considera o resultado da Maeda controladora 9
  • 10. Desempenho das Ações, Liquidez e ÍndicesVolume médio dos últimos 12 meses de R$ 17 Mn por dia  As ações da Vanguarda Agro encerraram o 3T11 cotadas a R$ 0,57 (R$ 0,59 em 14 de novembro em 2011)  As ações da VAGR3 apresentaram uma desvalorização de 18,6%, enquanto o desempenho do Ibovespa no mesmo período apresentou desvalorização de 16,2%. VAGR3 x IBOVESPA  O volume médio diário apresentado nos últimos 12 meses com data base de 30 de setembro de 2011 foi de R$ 17,2 milhões.  A Companhia é a única empresa agrícola com foco na produção de grãos que é parte do Índice Ibovespa, e pertence a outros importantes índices da BMF&Bovespa. 10
  • 11. Próximos Passos Organização do Vanguarda Day Non deal roadshows Início de coberturas (sell side) Market maker (BTG) Visita ativa a investidores 11
  • 12. Contatos na Área de Relações com Investidores Fabio Tsubouchi Diretor de Relações com Investidor Maria Luisa Soares de Almeida Coordenadora de Relações com Investidor Bruno Fernandes Jardim Analista de Relações com Investidor E-mail: ri@v-agro.com.br Site: www.v-agro.com.br/ri Telefone: (0xx11) 3137-3114 12