Operações interagências

1,148 views

Published on

Interação Forças Armadas e Agências do Governo em prol dos anseios da sociedade nacional.

Published in: Education
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,148
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Operações interagências

  1. 1. 1
  2. 2. Fonte: A Guerra Além dos Limites, 1999. 2
  3. 3. 3
  4. 4. 4
  5. 5. 5
  6. 6. 6
  7. 7. MPEECFA OPERAÇÕES DE PAZ OPERAÇÕES DE ENC DICA MRE MANUAL DE SERVIÇO CONSULAR E JURÍDICO SEÇÃO 7ª SITUAÇÕES DE POTENCIAL RISCO À COMUNIDADE BRASILEIRA 7
  8. 8. 8
  9. 9. Fundamentos e Ambiente Internacional Operações Na Garantia da Interagências Lei e da Ordem e na Faixa de Fronteira Nos Grandes Eventos, Calamidades e Situações Especiais Lições Aprendidas e atualização Doutrinária 9
  10. 10. EMA 305 Doutrina Básica da Marinha (2004) - O Poder Naval em tempo de paz (Assistência Cívico-Social). - Operações de socorro e salvamento. - Atividade de Defesa CivilCGCFN-2300 Manual de evacuação de Não-combatentes por GptOpFuzNav (2004)CGCFN-2700 Manual de Op Humanitárias do GptOpFuzNav (2004) -COCM -Sistema Internacional de Resposta Humanitária das NU -Ass Civ e Op Psc 10
  11. 11. C41-6 Ass Governo (1981)C 41-6 Ass Civ (ANTEPROJETO ECEME 1987)ME C 29-2 Ap Log nos G Cmdo Op F Ter (1995)C 100-5 Operações (1997)C 101-5 Estado-Maior e Ordens (2003) 11
  12. 12. DCA 1-1 Doutrina Básica da FAB (2005) - Missão Cívico-Social - Missão de Misericórdia - Missão HumanitáriaMCA 55-10 Operações (2009) 12
  13. 13. DECRETO 7.638, de 08 Dez 2011, Altera o Decreto no 7.496, de 8 de junho de2011, que institui o Plano Estratégico de Fronteiras. DECRETO 7.257, de 04 Ago 2010, para dispor sobre o Sistema Nacional deDefesa Civil - SINDEC. A Operação Arcanjo, ocorreu nos Complexos do Alemão e da Penha, na cidadedo Rio de Janeiro, é o exemplo mais recente de emprego regular das ForçasArmadas em Operações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO). 13
  14. 14. 14
  15. 15. 15
  16. 16. Agências de competências distintas (cultura organizacional) –finalidade comum; Coordenação das tarefas; Combinação de esforços; Intercâmbio de informações; Presença de órgãos civis e militares, governamentais e nãogovernamentais com possibilidade de participação de órgãosinternacionais; e Fatores críticos para êxito: Manobra, Inteligência, Comando eControle, Logística, coordenação e integração de esforços. Fonte: Seminário 2011 16
  17. 17. Considerações: 17
  18. 18. Considerações: 18
  19. 19. Considerações: 19
  20. 20. 20
  21. 21. 21
  22. 22. 22
  23. 23. 23
  24. 24. Fonte: Janeiro-Fevereiro 2011 , MILITARY REVIEW 24
  25. 25. concessões - significa abrir mão de alguns pontos, para se chegar auma solução de compromisso, sem comprometer os valoresindividuais ou da Instituição;consenso - se estabelece quando duas ou mais partes chegam a umadecisão durante uma negociação; ecomunicar-se – é fundamental para a socialização e cada momento,evento ou contexto demandam formas diferenciadas de mensagem. Fonte: Janeiro-Fevereiro 2011 , MILITARY REVIEW 25
  26. 26. 26
  27. 27. 27
  28. 28. Fatores de Êxito - Interagências: Parcerias - mútua colaboração. Desenvolvimento de capacidades. Unidade de esforços: mediante coordenação (diferenças detécnicas, táticas e processos) entre os participantes. Flexibilidade: organizar de forma flexível, proporcionando acapacidade de agir com oportunidade e eficiência, mantendo-se asrespectivas competências face as constante mudança situacional. Resultados: alcançar objetivos (fins) claramente definidos,mensuráveis e que contribuam para a atuação de todos. Fonte: Seminário 2011 28
  29. 29. Fatores de Êxito - Interagências: Seletividade: a alocação de meios e de recursos deve ser baseada nas necessidades levantadas. Restringir ao estrito cumprimento das ações e fim táticos previstos. Conhecimento das capacidades: banco de dados, contendo as capacidades de material, de recursos humanos e dos objetivos institucionais de cada agência, de modo a conhecer com quem irão operar, como será a abordagem para a concretização da ligação e quais os meios necessários para o cumprimento da missão. Fonte: Seminário 2011 29
  30. 30. As novas exigências e o incremento de ações militares emambientes de insegurança e incertezas requer capacitação derecursos humanos, incluindo agentes civis de instituiçõesgovernamentais, aperfeiçoamento de doutrina nas ForçasArmadas e a estruturação efetiva de um Centro deCoordenação Civil-Militar nos diversos níveis de comando daÁrea de Operações ou do Teatro de Operações, a fim deotimizar recursos, maximizar o esforço integrado e responderaos anseios da população, na área em crise, de formaeficiente e eficaz. 30
  31. 31. Fonte: Gen Ex Pinto Silva 32
  32. 32. 33

×