Press kit salão duas rodas 2011
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share

Press kit salão duas rodas 2011

  • 3,751 views
Uploaded on

 

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
3,751
On Slideshare
1,476
From Embeds
2,275
Number of Embeds
2

Actions

Shares
Downloads
7
Comments
0
Likes
0

Embeds 2,275

http://jc3.uol.com.br 2,271
http://blogs.ne10.uol.com.br 4

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Salão Duas Rodas 2011 Imprensa
  • 2. Honda leva os sonhos do mundo para o Salão Duas Rodas 2011Em comemoração aos 40 anos no Brasil, a empresa apresenta todo o seu line-up, valorizando altatecnologia, inovação e qualidadeAo longo de exatos 40 anos de atividades no Brasil, a Moto Honda sempre desenvolveu produtos que atendam aos mais diversos públicose, acima de tudo, compartilhou sonhos. E é com o tema central “Todos os sonhos do mundo” que a Honda promoverá sua participaçãono Salão Duas Rodas 2011.O estande montado na área de interna combina a interatividade, tecnologia e inovação presentes em cada um dos produtos expostos.Os visitantes podem ter contato com o protótipo V4, que serviu de base para o desenvolvimento da VFR 1200F, lançada no Brasil emmarço; a RC 212V, modelo utilizado no Mundial de MotoGP; e a CBR 250R, lançada recentemente no mercado internacional e umaesportiva altamente tecnológica.No local também é possível encontrar os mais novos lançamentos da marca: a CB 1000R, uma big naked que reúne desempenho epotência semelhante aos modelos Super Sport; a CBR 600F, uma motocicleta confortável, com estilo esportivo e de fácil pilotagem, a linha2012 da CB 600F Hornet, que chegou ao mercado com visual renovado e todos os demais modelos da linha Honda no Brasil.Em comemoração aos 40 anos de existência de atuação no País, a empresa ainda desenvolveu uma edição especial da CB 300R, queserá apresentada no evento. Outra novidade é a apresentação do projeto “Honda Dream”, um conceito que visa atender de maneiradiferenciada e exclusiva o público aficionado por modelos acima de 450cc. Com isso, aliado aos recentes lançamentos de alta cilindrada,a empresa visa se consolidar no segmento Premium.Há ainda espaço dedicado exclusivamente aos Produtos de Força Honda: roçadeiras, geradores, cortadores de grama, motobombas,motores estacionários e motores de popa e área destinada à Honda Serviços Financeiros (HSF), onde os visitantes podem esclarecerdúvidas sobre o Consórcio Nacional Honda e o Banco Honda, além de fazer simulações de financiamento e consórcio. O espaço EspaçoKids, com a temática o “Clubinho Honda – Trânsito Amigo”, complementa as atrações do ambiente interno.Na área externa os visitantes poderão assistir a uma palestra ministrada pelos instrutores do Centro Educacional de Trânsito Honda(CETH), colocar em prática as técnicas aprendidas nos simuladores de pilotagem disponíveis no local e ainda, para os habilitados, testar osmodelos Honda. Há também a oportunidade de conhecer a carreta de treinamento volante Honda, com boxes de Serviço Expresso. Alémde conhecer o conceito desenvolvido pela empresa e conversar com os técnicos, o cliente Honda ainda poderá ganhar uma troca de óleono local ou levar um vale-óleo para troca na concessionária de sua preferência.
  • 3. Principais Atrações
  • 4. CB 300REdição EspecialPara comemorar os 40 anos da Honda no Brasil, a CB 300Rganha uma edição especial. O modelo estará disponívelna cor branca e com grafismos exclusivos.Por apresentar uma pilotagem emocionante e bomdesempenho tanto no uso urbano quanto na estrada, amotocicleta se destaca no segmento de média cilindrada.Seu sucesso está no design “street fight”, com linhasagressivas e visual sofisticado, que transmite esportividadee força.O motor de 291,6 cm3, DOHC (Double Over HeadCamshaft), com duplo comando de válvula no cabeçote,monocilíndrico, quatro tempos, com quatro válvulas eradiador de óleo, confere à motocicleta agilidade napilotagem urbana e desempenho superior nas estradas.A edição especial estará disponível nas concessionáriasHonda a partir de novembro, e tem preço público sugeridode R$ 11.690,00. O valor tem com base no Estado de SãoPaulo e não inclui despesas com frete e seguro.
  • 5. CBR 250R
  • 6. CBR 250RVersátil e naturalmente esportiva. É assim a CBR 250R, quealia as qualidades da potente linha CBR, como elevadaperformance e pilotagem prazerosa, ao objetivo de ofereceruma moto esportiva mais acessível e com baixo consumode combustível.O modelo está equipado com motor monocilíndrico de249,4 cm3, DOHC, 4 válvulas e com injeção eletrônicaPGM-FI (Programmed Fuel Injection), que tornam amotocicleta leve, compacta e eficiente. Arrefecido a líquido,o motor entrega desempenho de 26,4 cv a 8.500 rpm depotência, e torque de 2,42 kgf.m a 7.000 rpm.A posição de pilotagem também é um dos atrativos nomodelo esportivo. O assento, a 780 mm do chão, facilita ocontrole da CBR 250R. Os dois semi-guidões e as pedaleirasrecuadas foram projetadas para criar uma posição depilotagem mais esportiva.O chassi é composto por tubos de aço perimetral do tipoDiamond. Outro destaque são as suspensões. Na partedianteira são garfos telescópicos convencionais. Já natraseira, conta com sistema monoamortecida Pro-Link.O modelo estará disponível na Rede de ConcessionáriasHonda a partir do primeiro trimestre de 2012, nas corespreta metálica e azul metálica, com preço a ser definido.
  • 7. CBR 600F
  • 8. CBR 600FVisando ampliar a sua participação no segmento de média-alta cilindrada, a Hondalança para o público brasileiro a CBR 600F. O objetivo é oferecer mais uma opçãopara os consumidores que desejam uma pilotagem prazerosa, com muito conforto epraticidade, aliada a performance das motocicletas esportivas.Com um design inspirado nas pistas de competições, as linhas da CBR 600F são bemdefinidas e protegem o motociclista dos efeitos do vento, além de contribuírem para obaixo atrito e resistência aerodinâmica. Com um motor leve e dimensões compactas,o modelo tem uma distribuição ideal do peso entre as extremidades, ocorrendo assimuma centralização de massas, o que permite uma ótima aceleração, fácil dirigibilidade econfiança em manobras de baixa velocidade.O motor de 4 cilindros em linha DOHC (Double Over Head Camshaft) e 16 válvulasproporciona maior potência e respostas rápidas na aceleração. Instalado em um quadrode alumínio fundido, é leve e compacto. A potência alcança 102 cv a 12.000 rpm e otorque máximo chega a 6,53 kgf.m a 10.500 rpm.Uma das principais características da CBR 600F é a distância entre os eixos. Uma dasmais curtas da categoria, com 1,437 mm, assegura grande estabilidade tanto nas altascurvas quanto nas baixas velocidades.Além disso, outro diferencial do modelo está no conjunto de freios. A versão standardconta com discos duplos dianteiros flutuantes de 296 mm e cáliper de dois pistões.Na traseira, disco simples de 240 mm com cáliper de pistão simples. Já a versão comfreios Combined ABS (C-ABS) possui na dianteira discos duplos dianteiros flutuantes de296 mm, com cáliper de três pistões. Na traseira, disco simples de 240 mm com cáliperde pistão simples.O modelo estará disponível na Rede de Concessionárias Honda a partir de novembrode 2011, nas cores branca (apenas versão standard) e preta. Seu preço público sugeridoé de R$ 32.500,00 para a versão Standard e R$ 35.500,00 para a versão com freios C-ABS(valores com base no Estado de São Paulo, não incluem despesas com frete e seguro).
  • 9. CB 1000R
  • 10. CB 1000RIdeal tanto para a cidade como para a estrada, a CB 1000R chega aomercado brasileiro com uma nova proposta de pilotagem confortável edescontraída. O modelo reúne desempenho e potência semelhante aosmodelos Super Sport, porém com mais conforto para o dia a dia.A motocicleta foi concebida visando atrair os consumidores apreciadoresde uma moto esportiva aliada à praticidade e estilo de uma naked.Seguindo o conceito “extreme street fighter”, o modelo possui designcom linhas agressivas que remetem ao seu DNA de competições, comformas compactas e aerodinâmicas.Um dos destaques da CB 1000R é a centralização de massas. Nestesentido foram adotadas algumas soluções que contribuíram tambémpara um visual mais harmonioso. O escapamento curto e rebaixado tem afunção de direcionar o centro de gravidade para baixo e mais a frente. Arabeta de dimensões reduzidas também segue o mesmo objetivo. Comisso, um dos pontos positivos fica por conta da estabilidade em curvas.O painel integrado à carenagem reflete não apenas na beleza emodernidade do estilo street fighter da motocicleta, mas também namelhora do comportamento aerodinâmico.Quando o assunto é conjunto óptico, o modelo recebe farol com refletormulti-focal e luz de posição em LED (Light Emmiter Diode). O modelo ainda conta com uma versão com freios C-ABS. O sistema é sinônimo de segurança sobreProjetado com base no propulsor da Campeã do Mundo de Superbikes, duas rodas. Reúne os benefícios do ABS (Anti-lock Brake System) e do CBS (Combined Brake System).a CBR 1000RR Fireblade, o motor da CB 1000R é composto por quatro Enquanto o primeiro evita o travamento das rodas em frenagens bruscas, facilitando o controle do veículo,cilindros em linha, injeção eletrônica PGM-FI (Programmed Fuel Injection), o segundo distribui a força de frenagem entre as rodas dianteira e traseira.DOHC (Double Over Head Camshaft), 16 válvulas, 998,3 cm3 e arrefecidoa líquido. Proporciona acelerações rápidas já em baixas rotações de forma Disponível nas cores preta e verde metálica, a CB 1000R tem preço público sugerido é de R$ 37.800,00linear. Esta característica é garantida também pela válvula de controle de para a versão Standard, e R$ 40.800,00 para a versão com freios C-ABS (valores com base no Estado de Sãoingestão de ar IACV (Intake Air Control Valve). Paulo, não incluem despesas com frete e seguro). A garantia é de um ano, sem limite de quilometragem.
  • 11. Modelo V4
  • 12. Modelo V4Apresentado no salão europeu, o modelo conceito V4 reforça o empenho da Honda em desenvolver produtos altamentetecnológicos e com design inovador.Seguindo a tendência global da marca de oferecer aos usuários uma motocicleta de alto desempenho, o conceito V4 expressacaracterística únicas de uma nova era no setor de duas rodas.O modelo se destaca pelo visual arrojado Além de ser equipada com motor 4 cilindros em “V”, e segue o conceito decarenagem dupla (Dual Layer), que contribuiu com o desempenho aerodinâmico do modelo. A VFR 1200F tem as suas linhasinspiradas neste conceito.
  • 13. Linha Nacional
  • 14. Pop 100Pop 100 Versátil e resistente, a Pop 100 é uma excelente opção para se utilizar no dia a dia em atividades, tais como trabalhar, estudar, fazer compras ou até mesmo passear. O modelo ganhou a tonalidade vermelha e grafismos com novas combinações de cores. O modelo é equipado com o compacto motor OHC (Over Head Camshaft), monocilíndrico de 4 tempos. Com 97,1 cm3, o propulsor gera respostas rápidas e bom desempenho, alcançando potência máxima de 6,17 cv a 7.500 rpm, e torque de 0,74 kgf.m a 4.000 rpm. O chassi é monobloco e construído em tubos de aço, assegurando resistência estrutural, robustez e melhor dirigibilidade. A Pop 100 é equipada com catalisador que reduz a emissão de gases poluentes, fazendo com que a motocicleta atenda com folga aos índices de emissões estabelecidos pelo Promot 3 (Programa de Controle da Poluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares). Além disso, o modelo recebe suspensões resistentes, ideais para situações mais adversas, que absorvem com facilidade as irregularidades do solo. A dianteira é telescópica com 100 mm de curso, enquanto que a traseira é duplo amortecida com curso de 83 mm. O conforto é garantido pelo assento amplo e largo e pelo guidão alto, que contribui com uma pilotagem descompromissada. O transporte de objetos é facilitado pela presença de resistentes alças laterais. A Pop 100 está disponível nas cores vermelha, preta e roxa, e tem preço público sugerido de R$ 3.990,00, com base no Estado de São Paulo, sem despesas de frete e seguro.
  • 15. Lead 110 O modelo chama a atenção dos consumidores graças ao seu estiloLead 110 urbano, porte ideal para uso cotidiano, transmissão automática, porta capacete duplo, confiabilidade e segurança. Traz o motor de 108 cm3, OHC (Over Head Camshaft), monocilíndrico, quatro tempos, com duas válvulas e arrefecido a líquido, além de ser alimentado por injeção eletrônica de combustível PGM-FI (Programmed Fuel Injection), que garante economia e confiabilidade. Com partida elétrica, apresenta transmissão automática tipo CVT (V-Matic), que proporciona conforto e fácil pilotagem, uma vez que não é necessário trocar de marchas: basta acelerar e aproveitar o passeio. O formato do assento, em dois níveis e com 740 mm de altura do solo, garante conforto para piloto e garupa. O assoalho permite a proteção e o descanso dos pés do piloto e seu formato mais esguio facilita o apoio dos pés no chão. Para o garupa, o conforto é ampliado pelas pedaleiras de alumínio retráteis e pelas alças em alumínio, integradas ao bagageiro. Sob o banco há um amplo compartimento aberto pela chave de ignição, com capacidade para acomodar dois capacetes. Há ainda um porta- objetos localizado abaixo do painel, também trancado com chave, e um gancho de utilidades para transporte de bolsa ou sacola. É equipado com o exclusivo sistema de freios CBS (Combined Brake System). Devido a este sistema combinado, ao acionar o freio traseiro, o dianteiro é acionado simultaneamente, aumentando a segurança e melhorando a frenagem. Possui também freio de estacionamento, acionado junto ao manete do freio traseiro. Disponível nas cores preta fosco, vermelha metálica, cinza metálica e verde metálica, o Lead 110 tem preço público sugerido de R$ 5.690,00, com base no Estado de São Paulo, e sem despesas com frete e seguro.
  • 16. Biz 125Biz 125 A Biz 125 conquistou a preferência dos brasileiros por ser um modelo funcional e prático. Destaques para o assento confortável, porta-objetos, porta-capacete e ganchos de utilidades que permitem o transporte de sacolas e bolsas. Agora, a motoneta é Flex, permitindo a utilização de gasolina, etanol ou a mistura de ambos em qualquer proporção. Seu design é inovador, e conta com escudo frontal que amplia a proteção do piloto contra a ação do vento e de respingos. A carenagem, com maior área pintada na cor da motocicleta, aumenta a atratividade do modelo e renova a sua identidade visual. Seu conjunto óptico recebe piscas dianteiros com refletores multifocais. Já na traseira, a lanterna e os piscas independentes asseguram excelente visualização em meio ao trânsito. O chassi é construído em tubos de aço que oferecem resistência aos impactos, robustez e dirigibilidade. Destaque também para o motor OHC (Over Head Camshaft), 4 tempos, arrefecido a ar, de 124,9 cm3, que está mais suave graças aos novos balancins roletados no cabeçote. A novidade proporciona movimento mais preciso das válvulas, resultando em menos perdas por atrito e menor desgaste das partes internas móveis. Assim, aumenta-se sua eficiência e eleva-se seu grau de durabilidade, o que resulta em pouca necessidade de manutenção e maior confiabilidade. O motor é alimentado por injeção eletrônica de combustível PGM-FI (Programmed Fuel Injection), que reduz a emissão de gases poluentes, além de contribuir com a eficiência do motor e a economia de combustível. Gera potência máxima é de 9,1 cv a 7.500 rpm e torque de 1,01 kgf.m a 3.500 rpm com ambos os combustíveis (etanol ou gasolina). Disponível nas cores vermelha, preta, prata metálica e rosa metálica, a Biz 125 tem preço público sugerido de R$ 5.290,00 (versão KS) e R$ 5.890,00 (versão ES). Já a versão EX está disponível nas cores vermelha metálica e cinza metálica por R$ 6.590,00. Os valores têm como base o Estado de São Paulo e não incluem despesas com frete e seguro.
  • 17. CG 125 FanCG 125 Fan Atributos como versatilidade, facilidade na pilotagem, confiabilidade, manutenção simples e alto valor de revenda levaram a CG 125 Fan a se destacar na categoria Utility. Disponível em duas versões – KS, com partida a pedal, e, ES com partida elétrica -, o modelo atende às necessidades dos usuários que desejam um veículo forte e econômico. Com motor de 124,77 cm3, OHC (Over Head Camshaft), monocilíndrico, 4 tempos, arrefecido a ar e alimentado por carburador do tipo PD, com 22,26 mm de diâmetro do Venturi, gera potência máxima de 11,6 cv a 8.250 rpm e torque de 1,06 kgf.m a 6.000 rpm. No quesito conforto, a CG 125 Fan conta com assento largo e ergonômico, que acomoda melhor tanto piloto quanto garupa. O tanque, com capacidade de 15,1 litros, possibilita melhor encaixe das pernas do piloto e facilita a pilotagem. Para o passageiro, as alças traseiras altas garantem uma viagem confortável e segura. Do tipo Diamond estampado, seu chassi oferece maior resistência a torções, excelente ciclística e dirigibilidade, além de agilidade em manobras e estabilidade. A CG 125 Fan está disponível nas cores vermelha, preta e roxa, e tem preço público sugerido de R$ 5.190,00 (versão KS), e R$ 5.696,00 (versão ES). Os valores têm como base o Estado de São Paulo e não incluem despesas com frete e seguro.
  • 18. CG 150 FanCG 150 Fan Impulsionada pelo sucesso dos modelos Flex, a Honda ampliou a sua linha e trouxe para o mercado brasileiro a CG 150 Fan com essa tecnologia. Lançado em outubro de 2010, o modelo reforça o pioneirismo da empresa, e permite que a pessoa abasteça a sua motocicleta tanto com etanol quanto a gasolina. E, para atender às diferentes necessidades de cada motociclista, o modelo é comercializado em duas versões: ESi, com partida elétrica e injeção eletrônica PGM-FI; e ESDi, com o diferencial do freio dianteiro a disco, que proporciona mais segurança e conforto ao usuário. A CG 150 Fan apresenta motor OHC (Over Head Camshaft), monocilíndrico, quatro tempos, de 149,2 cm3, arrefecido a ar, com comando de válvulas no cabeçote e balancins roletados. Resistente, durável e confiável, apresenta torque máximo de 1,32 kgf.m a 7.000 rpm, e potência de 14,2 cv a 8.500 rpm. Além disso, o modelo recebe sistema de injeção eletrônica de combustível (PGM-FI) e partida elétrica. Seu design, com linhas retas e marcantes, transmite robustez. Com capacidade para armazenar 16,1 litros de combustível, o tanque permite ótima ergonomia e encaixe confortável das pernas do piloto. Para assegurar a eficiência e progressividade, a versão ESi recebe freios a tambor com 130 mm de diâmetro tanto na dianteira. Já a ESDi conta com freio a disco na dianteira e tambor na traseira. Disponível nas cores vermelha metálica, preta e cinza metálica, a CG 150 Fan tem preço público sugerido de R$ 6.290,00 para a versão ESi, e R$ 6.590,00 para a ESDi. Os valores têm como base o de Estado de São Paulo e não incluem frete e seguro.
  • 19. CG 150 CG 150 Titan Primeira motocicleta produzida no mundo que roda com álcool, gasolina ou com a mistura de ambos em qualquer proporção, a CG 150 Titan é ideal para uso urbano, para locomoção no dia a dia e lazer nos finais de semana. Titan Além de atender às expectativas dos consumidores, proporcionando- lhes liberdade de escolha de combustível, o desenvolvimento da CG 150 Titan acompanha a estratégia mundial da Honda de produzir produtos com alta tecnologia, além de ecologicamente corretos. Outro atrativo do modelo é o seu design moderno e ousado, inspirado em motocicletas naked. A lateral e o motor formam um conjunto uniforme, os piscas são integrados tanto na dianteira quanto na traseira, e o tanque robusto possui linhas harmoniosas e marcantes. A motocicleta recebe motor OHC (Over Head Camshaft), monocilíndrico, quatro tempos, de 149,2 cm3, arrefecido a ar, com comando de válvulas no cabeçote e balancim, ambos roletados. É alimentado por sistema de injeção eletrônica PGM-FI (Programmed Fuel Injection). Com relação ao desempenho, a utilização da gasolina permite um funcionamento mais linear e progressivo do motor. Já o álcool favorece um comportamento mais vigoroso e ligeiramente mais potente. Enquanto a motocicleta desenvolve 1,32 kgf.m de torque a 6.500 rpm, e 14,2 cv de potência a 8.500 rpm quando abastecida com gasolina, estes valores sobem para 1,45 kgf.m e 14,3 cv, respectivamente, quando utilizado o álcool. A CG 150 Titan recebe as cores preta, vermelha metálica e cinza metálica. Seu preço público sugerido é de R$ 6.890,00 (versão ESD). Já na versão EX está disponível nas cores preta, vermelha metálica e azul metálica por R$ 7.390,00, com base no Estado de São Paulo e não incluem custos de frete e seguro.
  • 20. NXR 150 Bros NXR 150 Bros Primeira motocicleta on-off road no mundo com tecnologia bicombustível – foi apresentada em setembro de 2009 – a NXR 150 Bros traz o pioneirismo da Honda em oferecer um modelo que pode ser abastecido tanto com etanol quanto gasolina. Com isso, a motocicleta conquistou os brasileiros, e atende às expectativas de quem deseja um produto que tenha características para enfrentar tanto asfalto, terra e pisos irregulares. É uma opção prática de locomoção para a cidade e para a área rural, oferecendo prazer na pilotagem em qualquer situação, com segurança e conforto. Seu design transmite modernidade. No quesito conforto, a NXR 150 Bros recebe assento ergonômico e bagageiro amplo, com alças largas, que proporcionam segurança para o garupa e favorecem a acomodação de carga. Por ser um modelo Flex, o motociclista encontrará no painel de instrumentos uma luz com a sigla “ALC”, que acenderá sempre que houver mais de 80% de etanol (álcool) no tanque e em condições de temperatura abaixo de 15ºC. O painel ainda é composto por marcador de combustível, luz de advertência da injeção eletrônica, hodômetro total e parcial, luz de farol alto e indicadores de direção e de neutro. Além disso, o modelo é equipado com motor OHC (Over Head Camshaft), de 149 cm3, quatro tempos, monocilíndrico, alimentado por sistema de injeção eletrônica PGM-FI (Programmed Fuel Injection). O chassi é do tipo berço semiduplo, proporcionando toda a rigidez necessária para torções. A NXR 150 Bros está disponível nas cores preta, vermelha e laranja. Seu preço público sugerido é de R$7.890,00 (versão KS – partida pedal), R$ 8.290,00 (versão ES – partida elétrica) e R$ 8.690,00 (versão ESD – partida elétrica e freio dianteiro a disco), base Estado de São Paulo, e não inclui despesas com frete e seguro.
  • 21. CRF 230FCRF 230F Primeira motocicleta desenvolvida exclusivamente para a prática off-road, é ideal para pilotagem em trilhas, enduros ou em pista de motocross. Seu design é inspirado nos modelos da linha CRF, e conta com paralama traseiro na cor branca e o guidão na tonalidade preta. Os grafismos dão a sensação de esportividade para o modelo. No quesito conforto e bom desempenho, o modelo se destaca pelo conjunto compacto, permitindo que as pernas do piloto fiquem bem encaixadas, o que contribui para movimentos seguros e precisos ao enfrentar irregularidade de piso. Além disso, o tanque de combustível, com capacidade de 7 litros, alia estrutura resistente e peso reduzido. A eficiente relação peso x potência é derivada do motor OHC (Over Head Camshaft), de 223 cm3, monocilíndrico, quatro tempos e arrefecido a ar. Surpreende pela elevada faixa de torque disponível em baixas e médias rotações, fundamental para quem necessita de força para superar riachos, percursos íngremes e outras adversidades encontradas em trilhas e enduros. A rápida resposta ao comando do acelerador é a principal característica do carburador de acionamento mecânico e venturi de 26 mm. Resistente, compacto e robusto, o motor desenvolve potência máxima de 19,3 cv a 8.000 rpm, e torque de 1,92 kgf.m a 6.500 rpm. Conta com câmbio de seis marchas, com escalonamento que mantém seu ritmo de desempenho. A CRF 230F tem preço público sugerido de R$ 10.530,00, e está disponível na cor vermelha. O valor tem com base no Estado de São Paulo, e não inclui despesas de frete e seguro.
  • 22. XRE 300XRE 300 Com linhas agressivas, modernas e imponentes, a XRE 300 reforça o visual Adventure e o seu DNA off-road. As linhas agressivas e inovadoras transmitem sofisticação, imponência e grande diferenciação na categoria. O grande destaque fica com o paralama principal, que integrado à carenagem do farol e aos defletores laterais, possui formas que transmitem a sensação de força e velocidade. O modelo é equipado com motor de 291,6 cm3, DOHC (Double Over Head Camshaft), monocilíndrico, quatro tempos, arrefecido a ar e com radiador de óleo, que, em combinação com a injeção eletrônica PGM-FI, possibilita respostas imediatas ao comando do acelerador. Desenvolve potência máxima de 26,1 cv a 7.500 rpm e torque de 2,81 kgf.m a 6.000 rpm, que proporcionam agilidade e desempenho em qualquer situação de uso. A XRE 300 recebe suspensão traseira monoamortecida do tipo Pro-Link e exclusiva balança de alumínio (Aluminium Swing Arm), proporcionando uma pilotagem macia e agradável em todas as situações, além de manter o pneu sempre em contato com o solo e ampliar a capacidade de tração em qualquer terreno. Já a dianteira, do tipo garfo telescópico de longo curso, assegura elevada capacidade de absorção de impactos, robustez e resistência a torções. Além disso, tem a opção de ser equipada com freios C-ABS. Este sistema é o primeiro desenvolvido pela Honda exclusivamente para modelos on-off road, e passa a ser referência no segmento. Assim, é possível manter o controle da motocicleta mesmo em pisos de menor aderência e no fora-de-estrada. Disponível nas cores azul metálica, verde metálica e vermelha metálica, a XRE 300 tem preço público sugerido de R$ 12.890,00 (versão Standard), e R$ 15.390,00 (versão C-ABS). Os valores são com base no Estado de São Paulo, sem despesas com frete e seguro.
  • 23. CB 300RCB 300R Destaque no segmento de média cilindrada, a CB 300R foi concebida sob o conceito “street fight”. Apresenta linhas que transmitem força na dianteira e leveza na traseira. O conjunto frontal tem formas aerodinâmicas, com identidade visual marcante e esportiva. A carenagem frontal, com refletor multifocal, está integrada ao conjunto óptico. Na traseira apresenta lanterna exclusiva e rabeta curta e afilada, reforçando sua leveza. Para garantir agilidade na pilotagem urbana e desempenho superior nas estradas, a CB 300R recebe motor de 291,6 cm3, DOHC (Double Over Head Camshaft), com duplo comando de válvula no cabeçote, monocilíndrico, quatro tempos, com quatro válvulas e radiador de óleo. Conta ainda com sistema de injeção eletrônica PGM-FI (Programmed Fuel Injection), aliado ao catalisador instalado no escapamento do modelo. Tudo isso resulta em um torque máximo de 2,81 kgf.m a 6.000 rpm, e em uma potência de 26,53 cv a 7.500 rpm. Há também a opção do modelo ser equipado com sistema de freios C-ABS. A tecnologia reúne os benefícios do ABS (Anti-lock Brake System) e do CBS (Combined Brake System). Enquanto o primeiro evita o travamento das rodas em frenagens bruscas, facilitando o controle do veículo em situações de emergência e permitindo manter seu controle direcional, o segundo distribui a força de frenagem entre as rodas dianteira e traseira, aumentando a eficiência e evitando o mergulho da suspensão dianteira e a perda de aderência do pneu traseiro. A CB 300R está disponível nas cores vermelha, azul metálica, branca e amarela. Seu preço público sugerido é de R$ 11.690,00 (versão Standard), e R$ 13.990,00 (versão C-ABS). Os valores são com base no Estado de São Paulo e não inclui despesas com frete e seguro.
  • 24. CB 600F CB 600F Hornet Com visual totalmente renovado, a CB 600F Hornet atende aos anseios dos consumidores que buscam desempenho, segurança, facilidade na pilotagem e exclusividade. Referência no segmento Street Figher Naked, o modelo chama a atenção pelo seu design. O conjunto frontal está agora mais compacto e arrojado, Hornet além de composto por farol e painel de instrumentos digital, integrado à carenagem. A rabeta foi reposicionada para o alto, resultando num estilo mais esportivo. O assento recebeu alterações, proporcionando melhor o encaixe das pernas do piloto. Além disso, traz alças embutidas na lateral para o garupa. A parte traseira conta com um novo formato de lanterna em LED integrada à rabeta, o que possibilitou um design mais afiliado, acompanhando as linhas do assento e tornando o conjunto harmonioso. O modelo recebe motor DOHC (Double Over Head Camshaft), de 16 válvulas, 4 cilindros em linha e 599,3 cm3, com arrefecimento a líquido, gera uma potência máxima de 102 cv a 12.000 rpm e torque de 6,5 kgf.m a 10.500 rpm. Conta ainda com sistema de injeção eletrônica de combustível PGM-FI (Programmed Fuel Injection). A tecnologia de freios ABS (Anti Lock Brake System) com CBS (Combined Brake System), disponível como versão opcional, é mais um dos atributos do modelo e contribui com a pilotagem segura. O painel de instrumentos é totalmente digital. Com display em LCD, conta com velocímetro, indicador do nível de combustível, conta-giros, temperatura do líquido de arrefecimento, relógio, leitura do hodômetro total e parcial e computador de bordo (consumo instantâneo e médio em km/litro e RANGE em litro/100km), além de luzes indicadoras de direção, neutro, farol alto, injeção eletrônica, pressão do óleo, H.I.S.S. (Honda Ignition Security System) e sistema de freios C-ABS na versão com esta tecnologia. O conjunto óptico é totalmente novo e recebe luz de posição em LED, mantendo sua ótima capacidade de iluminação. Disponível nas cores preta e verde metálica, a CB 600F Hornet tem preço público sugerido é de R$ 30.800,00 (versão Standard) e R$ 33.800,00 (versão C-ABS), com base no Estado de São Paulo e não inclui despesas com óleo, frete e seguro.
  • 25. XL 700V XL 700V Transalp Atributos como facilidade na pilotagem, conforto e agilidade. São com essas características que a XL 700V Transalp se tornou um modeloTransalp ideal para encarar as mais emocionantes aventuras. Representante da categoria Big Trail, aposta em um design diferenciado. As linhas do conjunto refletem uma filosofia sempre dinâmica e aventureira, com carenagens estreitas e compactas, linhas agressivas e angulares. Sua dianteira apresenta bom comportamento aerodinâmico, devido ao parabrisa que reduz a resistência do ar, proporcionando uma pilotagem mais confortável e prazerosa. O bom desempenho do modelo é garantido pelo motor SOHC bicilíndrico em V a 52º, quatro tempos, oito válvulas, com capacidade cúbica de 680 cm3, alimentado por injeção eletrônica PGM-FI, arrefecido a líquido. O propulsor oferece grande versatilidade e confiabilidade, gerando potência máxima de 60 cv a 7.750 rpm, e torque máximo de 6,12 kgf.m a 6.000 rpm. O sistema de injeção eletrônica de combustível utiliza dois corpos injetores de 40 mm de diâmetro, integrados numa única unidade, cada um com 12 orifícios injetores. Assim, otimizam a mistura admitida nos cilindros e resultam em mais potência, controle preciso do acelerador e entrega de potência mais linear. Desta forma, o sistema contribui para a redução do consumo de combustível em todas as situações de uso. O modelo possui versão com freios Combined ABS (C-ABS), que apresenta, na dianteira, pinças de três pistões. A XL 700V Transalp está disponível nas cores verde metálica e branca. Seu preço público sugerido é de R$ 31.800,00 (versão Standard), e R$ 34.800,00 (versão com freios C-ABS). Os valores são com base no Estado de São Paulo, não incluem despesas com frete e seguro.
  • 26. Shadow 750 Shadow 750 Referência em conforto, sofisticação, alta tecnologia e segurança entre as motocicletas custom, a Shadow 750 é valorizada pelo público brasileiro que gosta de liberdade com estilo. Seu design é inspirado no estilo chopper, e conta com paralamas e assento mais compactos. Além disso, o tanque em forma de gota recebe um desenho mais alto na frente e baixo atrás, com capacidade para armazenar 14,6 litros de combustível. O guidão alto e mais estreito proporciona uma posição de pilotagem confortável, natural e ergonômica, ideal para encarar longas e prazerosas viagens. Como o centro de gravidade é mais baixo, isso contribui com a maneabilidade e permite manobras em alta velocidade, com maior estabilidade. A Shadow 750 oferece ao motociclista uma opção de ser equipada com freios C-ABS, sistema sinônimo de segurança sobre duas rodas, que reúne os benefícios do ABS (Anti-lock Brake System) e do CBS (Combined Braske System). Toda a potência, resistência, robustez, baixa manutenção da Shadow 750 estão no motor OHC (Over Head Camshaft), de 745 cm3, quatro tempos, dois cilindros em “V” de 52º e arrefecimento a líquido. Com potência máxima de 45,5 cv a 5.500 rpm e torque de 6,5 kgf.m a 3.500 rpm, o modelo é ideal para encarar longas viagens e apresenta desempenho suficiente para ultrapassagens seguras em estradas. O modelo está disponível nas cores preta e branca, ao preço público sugerido de R$ 28.880,00 (versão Standard), e R$ 31.880,00 (versão C-ABS). Os valores têm como base o Estado de São Paulo e não incluem despesas com frete e seguro.
  • 27. Linha Frotista Linha Frotista Agilidade e versatilidade para trafegar em pisos irregulares e locais de difícil acesso são características que fazem da motocicleta um importante instrumento para atividades de segurança profissional, policiamento e patrulhamento viário. No estande da Honda, o público encontrará motocicletas customizadas, equipadas com itens como baú, sinalizadores (lanternas), sirene e bagageiro, entre outros.
  • 28. TRX 420 TRX 420 Foutrax Agilidade e resistência fazem do TRX 420 Fourtrax um veículo ideal para o trabalho no campo ou para o lazer nos finais de semana.Fourtrax Símbolo de evolução tecnológica, o modelo recebe sistema de injeção eletrônica PGM-FI (Programmed Fuel Injection), oferecendo respostas rápidas e menor consumo de combustível. O quadriciclo está disponível nas versões TM (tração 4x2) e FM (tração 4x4). A versão 4x2 é a mais divertida de se pilotar, já que apresenta menor peso geral e o guidão é mais leve ao esterçamento. Já a 4x4 tem alto desempenho para ultrapassar superfícies acidentadas, evitando o atolamento das rodas. Um dos principais atributos dessa versão é o avançado sistema de seleção de tração (Trax Lok System), que alterna de forma fácil e rápida para 4x2 e assegura agilidade nas curvas. O modelo é equipado com o motor 420,2 cm3, OHV (Over Head Valve), monocilíndrico de duas válvulas. Atinge potência máxima de 26,5 cv a 6.000 rpm. Porém, seu diferencial é a força, desenvolvendo vigoroso torque (3,09 kgf.m a 5.500 rpm).Tais características conferem baixa manutenção e alta resistência. Para otimizar ainda mais a potência do motor e superar obstáculos, o modelo conta com câmbio de cinco marchas (mais marcha à ré), sendo a primeira super reduzida, além de possuir embreagem centrífuga automática, com sete discos banhados a óleo. O TRX 420 Fourtrax está disponível nas cores vermelha e verde, com preço público sugerido de R$ 17.390 (versão 4x2) e R$ 19.490 (versão 4x4), base Estado de São Paulo e não inclui despesas com óleo, frete e seguro.
  • 29. Linha Importada
  • 30. CBR 600RRCBR 600RR Leve e potente, a CBR 600RR tornou-se um dos modelos mais desejados pelos admiradores das pistas de competição. A motocicleta agora está disponível em duas versões: Standard e com freios C-ABS (Combined Anti-Lock Brake System). Essa tecnologia evita o travamento das rodas e oferece total segurança ao motociclista na pilotagem esportiva. Com um visual compacto e arrojado, a carenagem frontal proporciona maior capitação de ar, melhorando sua aerodinâmica e seu desempenho. O sistema denominado Ram Air, capta e pressuriza o ar quando a motocicleta está em movimento, aumentando a velocidade de entrada da mistura ar/combustível e proporcionando, assim, incremento na potência do motor, principalmente em altas velocidades. Na traseira, o escapamento Centre-Up 4 x 2 x 1, com saída única sob a lanterna traseira, é leve e seu posicionamento gera melhor capacidade de inclinação nas curvas. Com base nas tecnologias aplicadas aos modelos de competições, o modelo recebe o compacto e potente motor de 599 cm3, com quatro cilindros em linha, DOHC (Double Over Head Camshaft), com duplo comando de válvulas, quatro tempos, 16 válvulas (quatro para cada cilindro), arrefecido a líquido. Alcançando potência máxima de 120 cv a 13.500 rpm e torque de 6,73 kgf.m a 11.250 rpm, proporciona respostas rápidas em qualquer faixa de rotação. O modelo ainda conta com sistema de injeção eletrônica PGM-DSFI (Programmed Dual Sequential Fuel Injection System). O modelo traz também o avançado Amortecedor de Direção Eletrônico Honda (HESD), e as suspensões derivada das pistas de competições. A dianteira do tipo telescópica invertida (Upside Down) apresenta sistema HMAS (Honda Multi Action System), que permite a regulagem da velocidade de compressão e de retorno dos amortecedores. Já a traseira, a suspensão Unit Pro-Link isola por completo o chassi de impactos e torções registrados durante a pilotagem, tornando o conjunto mais leve e rígido. A CBR 600RR está disponível na cor preta na versão C-ABS e tem preço público sugerido de R$ 50.000,00. Já o modelo Standard é comercializado nas cores cinza metálica e branca ao preço sugerido de R$ 47.000,00.
  • 31. CBR 1000RR CBR 1000RR Fireblade Reunindo tecnologia com alta performance, esportividade e segurança, Fireblade a CBR 1000RR Fireblade é um modelo inspirado na Honda RC 212V, motocicleta que participa do campeonato mundial de MotoGP. Seu estilo marcante e esportivo é baseado no conceito “Ultra Light Strong Form” – uma combinação de linhas fortes e marcantes, com formas mais compactas e redução de peso nas extremidades. Sua estrutura foi projetada para oferecer alta performance e estabilidade. Toda a sua potência está no motor de 999,8 cm3, com quatro cilindros em linha, DOHC (Double Over Head Camshaft), 16 válvulas, alimentado por injeção eletrônica PGM-DSFI (Programmed Dual Sequential Fuel Injection System) e arrefecido a líquido. O conjunto gera potência máxima de 178,1 cv a 12.000 rpm e torque de 11,4 kgf.m a 8.500 rpm. Do tipo Diamond Frame com dupla trave em alumínio, o chassi tem forma de “U”, funcionando como elemento de ancoragem da balança traseira. Outro destaque é o amortecedor HESD (Honda Electronic Steering Damper), que utiliza atuador hidráulico com assistência eletrônica (módulo e sensor de velocidade), para anular eventuais oscilações do guidão percebidas nas rápidas acelerações, oferecendo fácil maneabilidade em baixa velocidade e firmeza em velocidades maiores. Além disso, o modelo conta com uma versão com freios C-ABS. A tecnologia aplicada minimiza a possibilidade de travamento das rodas, o mergulho da suspensão dianteira. Isso evita a perda de estabilidade e o levantamento da roda traseira em frenagens mais fortes. A CBR 1000RR Fireblade está disponível na cor preta na versão C-ABS, e tem preço público sugerido de R$ 58.000,00. Já o modelo Standard nas cores preta, azul e laranja ao valor de R$ 56.000,00. Os valores têm como base o Estado de São Paulo e não incluem despesas com frete e seguro.
  • 32. VFR 1200FSinônimo de inovação em tecnologia e design. É assim que podemos definir a O painel de instrumentos combina conceitos de sofisticação, tecnologia eVFR 1200F. O modelo chega ao mercado brasileiro como referência na categoria Sport funcionalidade. Ao lado do conta-giros analógico, dois displays digitais mostramTouring mundial, aliando conforto com esportividade e vocação estradeira. O grande o velocímetro, os indicadores de nível do combustível, temperatura do líquido dediferencial do modelo é o sistema de transmissão automática de dupla embreagem arrefecimento e consumo de combustível. Conta ainda com relógio, indicador daDCT (Dual Clutch Transmission), inédita em âmbito mundial para motocicleta. O sistema temperatura ambiente, do sistema HISS e do ABS.automático (AT) proporciona uma pilotagem prazerosa quanto ao modo manual (MT). O modelo conta com motor de quatro cilindros em V a 76º, quatro tempos, arrefecidoAo toque do comando esquerdo, o piloto pode realizar trocas de marchas conforme sua a líquido, com 1237 cm3, que desenvolve potência máxima de 172,7 cv a 10.000 rpmnecessidade. e torque de 13,2 kgf.m a 8.250 rpm. O propulsor foi concebido para atingir altasO design também supera todos os limites. Suas linhas inspiradas na motocicleta conceito velocidades, com entrega de potência progressiva e confortável. O motor dispõe deV4 e sua carenagem de dupla camada (Dual Layer). Esta última cria um fluxo de ar interno torque já em baixas rotações, com 90% disponível a partir de 4.000 rpm, tornando a VFRque proporciona melhor aerodinâmica e estabilidade em altas velocidades. Além disso, 1200F uma motocicleta divertida e emocionante de pilotar.suas fixações não são visíveis, deixando-a com uma superfície “limpa” e sem pontos de Assim, o propulsor é extremamente compacto, devido à adoção do sistema UNICAM,resistência ao ar. que utiliza apenas um comando de válvulas por cabeçote, ao invés de dois. As válvulas de admissão são acionadas por cames (ou ressaltos) e as válvulas de escape, via balancins roletados, objetivando compactação e redução de peso do motor. Do tipo Diamond em alumínio, o chassi é leve e rígido. A balança traseira monoamortecida do tipo Pro-Link contribui para o equilíbrio e a segurança em manobras, além de oferecer grande estabilidade em altas velocidades. Na dianteira, a resistente suspensão telescópica de 43 mm, com regulagem de pré-carga, oferece controle suave e ainda mais segurança. O modelo é equipado com a mais recente tecnologia de freios para utilização esportiva. Na dianteira, conta com potentes pinças de seis pistões e disco de 320 mm. Na traseira, apresenta pistão duplo e disco de 276 mm. Recebe ainda o sistema Combined ABS (C-ABS), que garante equilíbrio de frenagem entre a dianteira e a traseira, que contribui tanto com o potencial esportivo do modelo quanto com sua vocação estradeira. A VFR 1200F está disponível nas cores vermelha metálica e preta metálica. Seu preço público sugerido é de R$ 69.900,00, com base no Estado de São Paulo, não inclui despesas com frete e seguro.
  • 33. GL 1800 GL 1800 Gold Wing Sofisticação e vocação estradeira são alguns dos atributos da GL 1800 Gold Wing. O modelo é voltado ao turismo eGold Wing lazer, e tem a proposta de atender um público formado por motociclistas experientes e apreciadores de exclusividade. Tudo porque o modelo conta com o pioneiro sistema de airbag desenvolvido para veículos de duas rodas e freios ABS (Anti-Lock Brake System) com DCBS (Dual Combined Brake System). Com um design futurista, a moto chama a atenção por suas linhas arrojadas, carenagem e amplo conjunto óptico. Por se tratar de um modelo de turismo, a GL 1800 Gold Wing conta com três compartimentos para bagagem com travas que podem ser acionadas à distância por controle remoto. Entre os diferenciais voltados à comodidade e à praticidade estão os porta-objetos, além de um conjunto de áudio, com pré- sintonização de 12 estações de emissoras de rádio AM/FM. Além disso, recebe sistema de piloto automático e marcha ré com acionamento elétrico, operando por um simples toque do botão, permitindo movimentar o veículo mesmo em condições de inclinação de piso. O modelo é equipado com motor OHC (Over Head Camshaft), de 1.832 cm3, seis cilindros contrapostos, 12 válvulas (duas por cilindro), arrefecido a líquido, que produz uma potência máxima de 118 cv a 5.500 rpm e torque máximo de 17 kgf.m a 4.000 rpm. A GL 1800 Gold Wing está disponível nas cores preta e marrom metálica, e tem preço público sugerido de R$ 92.000,00. O valor tem como base o Estado de São Paulo e não inclui despesas de frete, óleo e seguro.
  • 34. Produtos de Força
  • 35. Produtos de ForçaUm dos três segmentos de atuação da marca, a linha de Produtos de Força mostra o constante investimento da Honda em atender os anseios dos consumidoresque buscam qualidade e elevado nível tecnológico.Destinado a atividades como agropecuária, construção civil e lazer, os Produtos de Força são produzidos em 12 fábricas distribuídas em 10 países, incluindo oBrasil. A linha conta com geradores, cortadores de grama, motobombas, motores estacionários, roçadeiras e motores de popa.Geradores Motores estacionáriosPotentes, compactos e leves, os geradores Honda são destinados A linha possui as mais variadas aplicações e tem como principaisao uso doméstico e profissional, além do lazer. Seja na pesca ou no atributos a economia de combustível, menor vibração, durabilidade esítio, o produto fornece eletricidade com qualidade para acionar resistência. Do lazer ao uso profissional, os motores estacionários podemequipamentos profissionais como unidades volantes de transmissão ser acoplados em equipamentos agrícolas e utilizados na construçãode TV, iluminação para empreiteiras e no uso emergencial. civil. Também podem ser utilizados como propulsores de pequenas embarcações (rabeta) e em miniveículos (kart).
  • 36. Motobomba RoçadeiraAlta vazão, durabilidade, praticidade e De fácil manuseio, o minimotor de quatrobaixo nível de vibração são alguns dos tempos trabalha em qualquer posição (360º).diferençais das motobombas Honda. O O modelo pode ser utilizado por empreiteirasproduto é utilizado na transferência de para conservação de estradas e áreas urbanas,grande volume de água, principalmente além de jardinagem doméstica. Além disso, oem locais de difícil acesso e sem produto se destaca pelo consumo reduzido dedisponibilidade de energia elétrica. combustível e baixo nível de ruído e vibração. Cortadores de grama Versatilidade e resistência são algumas das características da linha de cortadores de grama Honda. Os modelos são mundialmente conhecidos por serem de fácil acionamento, silenciosos e de baixo nível de emissão de poluentes. São ideais para o uso profissional ou doméstico, pela facilidade na operação.
  • 37. Placa Solar Seguindo seu compromisso global de oferecer produtos cada vez mais amigáveis ao meio ambiente, a Honda desenvolveu um sistema diferenciado para geração de energia elétrica. A placa solar é formada por células fotovoltaicas, que transformam a luz diretamente em eletricidade. Com 1.417 mm de comprimento, 767 mm de altura e 37 mm de espessura, a placa pesa 14,4 kg e oferece potência nominal de 125 watts.Motoresde PopaA alta tecnologia Honda estáaplicada nos motores de popa,que integram a linha HondaMarine. De fácil operação ecom tecnologia quatro tempos,o produto é consideradoecologicamente correto porassegurar baixos níveis deemissão de poluentes e deconsumo de combustível. Édesenvolvido para atender àsmais rigorosas leis ambientais.
  • 38. Conceito Dream
  • 39. Honda inicia projeto especial para os modelos de alta cilindradaMarca dá início ao conceito “Dream”, com o objetivo de aumentar o prazer do cliente em possuir um produto da empresaSonho de consumo para os consumidores brasileiros, o segmento de motocicletas de alta cilindra (acima de 450cc) vem ganhando cada vezmais espaço no mercado nacional. Pensando nisso, a Moto Honda implanta em sua rede de concessionárias o projeto “Honda Dream”, umconceito que visa atender de maneira diferenciada e exclusiva o público aficionado por modelos de alta cilindrada.Mais que ampliar o line up de produtos, a empresa quer aumentar a satisfação e o prazer de seus clientes em utilizar o produto. A partir deagora as concessionárias Honda que comercializam modelos acima de 450cc nacionais e importados têm a possibilidade de disponibilizarestrutura e equipes dedicadas a este segmento.ESTRUTURA EXCLUSIVAVisando elevar a qualidade no atendimento e tornar a Honda um referencial neste novo conceito, a rede de concessionárias poderá oferecerdois espaços diferentes para adequar o seu negócio.O “Espaço Dream” será uma área reservada especial, que oferecerá atendimento personalizado e especializado para comercialização destetipo de motocicleta. Já o “Ponto Dream” permitirá uma área exclusiva dedicada, com estrutura completa de atendimento de vendas e pós-venda, incluindo os boxes do Serviço Expresso e de lavagem.As concessionárias da marca que seguirem o conceito “Dream” também contarão com boutique para oferecer acessórios e vestuários de altovalor agregado. Ou seja, a empresa possibilitará ao consumidor vivenciar experiências que condizem com o seu estilo de vida.Com identidade visual diferenciada, as concessionárias adequadas ao conceito “Honda Dream” iniciam atividades a partir de outubro. Nesteprimeiro mês, já são 60 concessionárias habilitadas. A expectativa é de que 100 unidades estejam em funcionamento com este atendimentodiferenciado e exclusivo até o final de 2011.
  • 40. Moto Honda da Amazônia
  • 41. Moto Honda da AmazôniaSeguindo sua filosofia de “produzir onde há mercado consumidor”, a Moto Honda da Amazônia abriu sua primeira fábrica de motos no Brasil em novembrode 1976, no atual Pólo Industrial de Manaus. Em 35 anos de história, a Unidade já atingiu a marca de 15 milhões de motocicletas fabricadas. Atualmente, éresponsável pela produção de 16 modelos de motocicletas de 100 a 1000cc, para atender todos os perfis de consumidores, que buscam um produto paralazer, locomoção ou trabalho.No Brasil a marca é líder absoluta no segmento de duas rodas com 78,9% de participação nas vendas no País. Mundialmente, a Moto Honda tambémtem uma participação importante. A unidade de Manaus é a única fábrica da empresa capaz de produzir 2 milhões de unidades, sendo assim a maior demotocicletas da Honda no mundo. Além disso, o Brasil ocupa o 4º lugar em vendas, atrás apenas de Indonésia, Vietnã e Índia.
  • 42. Unidade industrialA fábrica da Moto Honda da Amazônia, localizada em Manaus (AM), pode ser identificadacomo uma das empresas mais verticalizadas do Distrito Industrial: em conjunto com aHonda Componentes da Amazônia (HCA) e com a Honda Tecnologia da Amazônia (HTA),produz vários componentes aplicados no produto final, como escapamentos, rodas, chassi,guidão e outros.A unidade ocupa um terreno de 661 mil m2. Recentemente, a empresa inaugurou uma novalinha de produção, com 21.750 m2, e tem a capacidade produtiva de 500 mil motocicletaspor ano. O local foi criado com o conceito de fluxo contínuo de produção e otimização daeficiência produtiva. Responsável pela produção dos modelos Biz 125, Pop 100 e Lead 110,na nova linha o tempo para a fabricação de cada unidade é de 39 segundos para a Biz 125e a Pop 100 e de 49 segundos para o Lead 110.As outras quatro linhas são dividas para a produção de todos os modelos nacionais quevão desde 125 cc até 1000cc. A Moto Honda da Amazônia também fabrica o quadricicloTRX 420 Fourtrax e três modelos de motores estacionários, todos dentro do ProcessoProdutivo Básico.
  • 43. Respeito ao meio ambienteDesde sua fundação, em 1948, a preservação da natureza e o respeitocom as pessoas são prioridades na Honda. É premissa da empresadesenvolver processos produtivos e produtos cada vez mais amigáveisao meio ambiente. Recentemente, a Honda Motor Co. estabeleceu novasmetas de emissões de CO2 para todas as suas unidades no mundo. Coma medida, a montadora pretende reduzir em 30% as emissões de CO2 desuas motocicletas, automóveis e produtos de força (geradores e motoresde popa, entre outros) até o final de 2020, tomando como base os níveisdo ano 2000.Assim como em todas as demais unidades do mundo, a fábrica da MotoHonda da Amazônia segue o conceito Green Factory (Fábrica Ecológica),que atua em diversas frentes, como tratamento de efluentes, redução dageração de resíduos no processo produtivo e melhoria da eficiência no usode energia. Com o programa, a empresa conseguiu, no período de 2000a 2010 uma redução de 14% no volume de CO2 gerado por motocicletafabricada em Manaus (AM).Como forma de difundir a prática das ações de sustentabilidade em todaa cadeia, a Honda criou também o Programa Green Dealer, que consistena certificação anual das concessionárias que comprovarem 100% dadestinação adequada dos resíduos. Dentre os itens verificados estão metais,plásticos, borracha, papel, tecido, líquido, ácidos, combustível, solventes,óleo lubrificante e baterias usadas.A empresa realiza ainda esforços para reduzir o impacto ambiental emtodas as suas atividades administrativas e apoia diversas instituições quetrabalham em prol da proteção ambiental, promovendo parcerias paraa realização de eventos sobre o tema e convênios com escolas para arealização atividades educacionais.
  • 44. Produtos ecologicamente corretosDesde 1º de janeiro de 2009, todas as motocicletas produzidas pelaMoto Honda da Amazônia atendem ao Promot (Programa de Controle daPoluição do Ar por Motociclos e Veículos Similares) em níveis de emissõesexpressivamente menores que os estabelecidos pela legislação.Todos os modelos da marca são submetidos a um redimensionamento dosistema de combustão, desde a alimentação até o sistema de escape, parachegar a níveis ótimos de desempenho e de emissões. Tudo isso é realizadopor meio de equipes especializadas de engenharia do Brasil e do Japão,além de contar com laboratórios de alta tecnologia, campos de provas eequipes de fornecedores para desenvolvimento dos componentes.Além disso, a Moto Honda foi pioneira no mundo no lançamento, em 2009,de uma motocicleta com tecnologia flex, que funciona com gasolina eálcool (etanol) ou com a mistura dos dois. Quando comparado à gasolina,o álcool tem a vantagem de ser uma fonte de energia renovável. Alémdisso, polui menos que os combustíveis fósseis e não possui enxofre emsua composição – tornando sua combustão mais limpa. Hoje, mais de50% das motocicletas produzidas na Moto Honda da Amazônia possuemtecnologia flex.
  • 45. Pilotagem com Segurança
  • 46. Pilotagem com segurançaCriar condições para que as pessoas usufruam de seus produtos com segurança faz parte da filosofiamundial da Honda. Por isso, a empresa se empenha em desenvolver tecnologias que tornem seus produtoscada vez mais seguros e em disseminar conceitos e práticas de direção e convivência segura, por meio deinúmeras iniciativas educativas.No Brasil, desde 1972, antes mesmo de iniciar a produção nacional, a empresa investe em ações depilotagem com segurança, com atividades voltadas aos motociclistas de instituições públicas e empresasprivadas. Para intensificar ainda mais o trabalho, inaugurou em 1998 o primeiro Centro Educacional deTrânsito Honda (CETH), na cidade de Indaiatuba, interior de São Paulo (SP). Em 2006, inaugurou a segundaunidade na cidade de Recife (PE).As duas unidades possuem estrutura para aulas teóricas e práticas em pistas on e off-road. Os CETHscontam também com simuladores de pilotagem que possibilitam aos motociclistas vivenciar as maisvariadas situações do trânsito e se condicionar a reagir de forma segura.Toda a estrutura de ambos os centros educacionais é utilizada para oferecer treinamentos gratuitos depilotagem a empresas frotistas e órgãos públicos, como policiais e bombeiros, de todas as regiões do Brasile também de outros países da América do Sul.Os motociclistas praticam as aulas em motos do próprio CETH, além de serem acompanhados poruma equipe de instrutores altamente capacitados. Os cursos - básico, - avançado, - fora-de-estrada e -quadriciclos têm carga horária, dependendo do curso, de entre 8 e 16 horas.Nas aulas teóricas, os alunos utilizam apostilas, além de materiais de apoio como DVD´s educativos.Os ensinamentos vão desde checar itens básicos da motocicleta até regras de segurança, equipamentosnecessários, postura e noções de pilotagem segura. Já na parte prática, aulas de frenagem, desvios dedireção, procedimentos em curvas e comportamento são alguns dos temas abordados nas pistas.Palestras e cursos promocionais também integram o quadro de treinamentos oferecidos. Além disso, aHonda ainda promove cursos de maneira itinerante em todo o Brasil.Para complementar o trabalho, a Honda também realiza cursos específicos para formar instrutores nassuas concessionárias. Esses profissionais têm a missão de multiplicar os conhecimentos adquiridos aosmotociclistas de sua região. Os Centros Educacionais de Trânsito da Concessionária (CETC) contam comtreinamentos similares ao do CETH e já treinaram mais de 100 mil pessoas.
  • 47. Harmonia no TrânsitoAlém das atividades de treinamento, a empresa também desenvolve o programa Harmonia noTrânsito, que abrange todas as áreas da companhia na discussão e execução de programas quevisem à melhoria do trânsito, a partir da educação.Entre as atividades realizadas estão o Clubinho Honda (www.honda.com.br/clubinhohonda);o site Piloto Mais (www.hondapilotomais.com.br); os quadrinhos “O Super Motociclista”, queacompanham os manuais dos proprietários de motocicletas Honda; além de eventos como o MotoLegal e do apoio a diversas ações de órgãos e entidades de classe, como a Abraciclo (AssociaçãoBrasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares), aCompanhia de Engenharia de Tráfego (CET) e Prefeituras de vários municípios.
  • 48. Competições
  • 49. CompetiçõesCom o compromisso de investir na prática saudável do esporte sobre duas rodas, além de desenvolvertalentos, a Honda conta com a Equipe Honda Mobil, que disputa os principais campeonatos off-road. O timeconta com representantes nas modalidades Motocross, Arena Cross, Enduro de Regularidade e Rali.A equipe oficial Honda Mobil conta com os pilotos João Paulino “Marronzinho”, Leandro Silva, WellingtonGarcia e Jean Ramos no Motocross e com Dário Júlio nas provas de Enduro de Regularidade e Rali. Nesteano, a Honda também apoiou às equipes satélites com o empréstimo de motocicletas para competições eo fornecimento de peças para manutenção dos modelos. No total, são 22 pilotos satélites divididos entre asequipes Dunas Team, Circuit Team, LS Racing, Mira-X Racing, Mastter Racing, Itamaracá Fox e Ipiranga HondaIMS, além do piloto independente de enduro Sandro Hoffmann, em um total de 23.
  • 50. Outro destaque de 2011 foi o Projeto Kids, com estreia de uma categoria inédita na Copa São Paulode Motocross: a CRF 50F. A competição é voltada a crianças com idades entre cinco e oito anos, e amotocicleta é comercializada pela Honda exclusivamente com a finalidade de competição.Neste ano, a Honda também participou do projeto internacional Honda Racing Brazil, que teve opiloto brasileiro Swian Zanoni como o representante oficial do país na temporada.Em 2011, foram investidos R$ 9 milhões no segmento de competições, incluindo o patrocínio aoArena Cross, Superliga Brasil de Motocross, Racing Festival, nas categorias 600 Hornet e CB 300R,além de apoio à Copa São Paulo de Motocross.Todos os detalhes sobre as competições, a Equipe Honda Mobil e as equipes satélites estão no sitewww.honda.com.br/equipehonda.
  • 51. Linha de Peças
  • 52. Peças de reposiçãoReafirmando a filosofia da marca em preservar a vida útil da motocicleta e satisfazer seus consumidores, as linhas de Peças de Reposição HOP (Honda Original Parts) eHAMP (Honda After Market Parts) são produzidas seguindo os rigorosos padrões de qualidade da marca e monitoradas desde a matéria-prima utilizada até a estruturafuncional com as demais peças que integram o produto.A linha HOP é composta pelas mesmas peças utilizadas na produção das motos Honda. Já a HAMP, consiste em produtos de reposição de excelente custo x benefício.Para garantir agilidade e eficiência no abastecimento de toda a rede de concessionárias Honda no País, a Divisão de Peças dispõe de três centros de distribuição,localizados em Sumaré (SP), Jaboatão dos Guararapes (PE) e Ananindeua (PA).
  • 53. Honda Serviços Financeiros
  • 54. Honda Serviços FinanceirosFacilitar o acesso aos produtos da marca é o objetivo da Honda Serviços Financeiros, composta pelas empresas Consórcio Nacional Honda,Banco Honda, Seguros Honda e Honda Leasing, presentes em toda a rede de concessionárias no País.Consórcio Nacional HondaComemorando 30 anos no Brasil em 2011, o Consórcio Nacional Honda é hoje a maior administradora de consórcio do país e uma dasprincipais vias de acesso aos produtos da empresa. Desde o início das operações, o CNH já entregou mais de 3,5 milhões de motocicletaszero quilometro e conta atualmente com uma carteira de aproximadamente 2 milhões de clientes ativos.O Consórcio Nacional Honda alia a tranquilidade e segurança do modelo de consórcio a uma moderna estrutura de administração, comagilidade na formação de grupos, flexibilidade nos prazos que variam de 12 a 72 meses.www.consorcionacionalhonda.com.brBanco Honda e Honda LeasingFundadas em julho de 2000, o Banco Honda e a Honda Leasing têm a missão de oferecer opções de financiamento e arrendamento domercado para os clientes Honda.Tanto os financiamentos por meio de Crédito Direto ao Consumidor (CDC) do Banco Honda, para motocicletas e automóveis, quanto osarrendamentos da Honda Leasing para automóveis, estão disponíveis para pessoas físicas e jurídicas.Os serviços podem ser encontrados em toda a rede de concessionárias Honda. Mais informações podem ser obtidas nos siteswww.bancohonda.com.br e www.hondaleasing.com.brSeguros HondaPrecursora em seguros de motocicletas, a Seguros Honda surgiu em 1987, com o objetivo de administrar os seguros da Honda no Brasil.Hoje atenta às necessidades dos consumidores, disponibiliza produtos para motocicletas e automóveis com a mais ampla cobertura e ótimarelação custo-benefício. Os planos podem ser conferidos em todas as concessionárias Honda.www.corretoradeseguroshonda.com.br