Your SlideShare is downloading. ×
NewTwitter como motor textual dos NewsGames - substituição de feeds RSS por microblog como acelerador da alimentação de notícias - out 2010
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

NewTwitter como motor textual dos NewsGames - substituição de feeds RSS por microblog como acelerador da alimentação de notícias - out 2010

1,140
views

Published on

This article aims to propose replacing the service RSS (Really Simple Syndication) as an engine of NewsGames, a technology that promotes the increase of feed speed of news feeds in real time. The …

This article aims to propose replacing the service RSS (Really Simple Syndication) as an engine of NewsGames, a technology that promotes the increase of feed speed of news feeds in real time. The initiative aims to accelerate the engine of textual NewsGames since games based on news content aggregators require ever faster to supply power slowness of RSS feeds. Although it has been proposed by Seabra as an engine of NewsGames text, RSS technology is gradually losing its effectiveness in the power supply data from the Twitter microblog. How NewsGames are played in online environments, the flow of information increasingly needs the immediacy of real time.

Published in: Design, Technology

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,140
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. NewTwitter como Motor Textual dos NewsGames Substituição de feeds RSS por microblog como acelerador da alimentação de notícias 1 SEABRA, Geraldo, A. 2 SANTOS, Luciene, A. Resumo O presente artigo tem como objetivo propor a substituição do serviço RSS (Really Simple Syndication) como motor dos NewsGames, por uma tecnologia que promova o aumento da velocidade de alimentação de feeds de notícias em tempo real. A iniciativa visa acelerar o motor textual dos NewsGames, uma vez que jogos baseados em notícias necessitam de agregadores de conteúdo cada vez mais rápidos para suprir lentidão de alimentação dos feeds RSS. Embora tenha sido proposta por Seabra como motor textual dos NewsGames, a tecnologia RSS vem perdendo gradativamente a sua eficácia em relação ao poder de alimentação de dados do microblog Twitter. Como os newsgames são jogados em ambientes on-line, o fluxo de informação necessita cada vez mais da instantaneidade do tempo real. Palavra-chave: RSS, Twitter, newsgames, feeds, notícia Abstrat This article aims to propose replacing the service RSS (Really Simple Syndication) as an engine of NewsGames, a technology that promotes the increase of feed speed of news feeds in real time. The initiative aims to accelerate the engine of textual NewsGames since games based on news content aggregators require ever faster to supply power slowness of RSS feeds. Although it has been proposed by Seabra as an engine of NewsGames text, RSS technology is gradually losing its effectiveness in the power supply data from the Twitter microblog. How NewsGames are played in online environments, the flow of information increasingly needs the immediacy of real time. Keyword: RSS, Twitter, NewsGames, feeds, news Introdução O presente artigo propõe a substituição do serviço RSS3 como motor dos NewsGames, por uma tecnologia que aumente a velocidade de alimentação de notícias. O objetivo é acelerar o motor textual dos NewsGames, uma vez que jogos baseados em notícias necessitam de agregadores de conteúdo cada vez mais rápidos para suprir a lentidão de alimentação dos feeds RSS. Embora tenha sido proposta por Seabra (2007a) como motor textual dos NewsGames, a tecnologia RSS vem perdendo a sua eficácia. Propomos agora a sua substituição pela plataforma do Twitter4 . Além de funcionar como motor textual (produção, publicação e consumo de notícias), como sugere Seabra 1 Professor universitário, jornalista, editor do Blog dos NewsGames, especialista em Comunicação Visual (PUC-Minas) e mestre em Comunicação Social (UNIPAC). E-mail: seabhra@gmail.com 2 Professora de design de moda, jornalista, co-editora do Blog dos NewsGames, graduada em Comunicação Social (UniBH). E-mail: luseabhra@gmail. 3 Do inglês Really Simple Syndication, tecnologia que permite aos usuários acesso a conteúdo de sites por meio de uma assinatura de feeds. 4 Microblog que permite aos usuários postar suas atualizações, cada qual limitada a 140 caracteres.
  • 2. (2008a), a sua arquitetura da informação (design, usabilidade e acessibilidade) trabalha tal qual um emulador de feeds de notícias comum. Como os NewsGames são jogados em ambientes on-line, o fluxo de informação necessita que a jogabilidade do game seja mais compatível com a instantaneidade do tempo real. No Twitter, as atualizações podem ser enviadas através de três métodos básicos: formulário web, mensagem de texto ou mensagem instantânea (IM)5 . Nos últimos anos, o Twitter recebido mais funcionalidades. Recentemente foi lançado o NewTwitter6 , elevando as possibilidades interativas de sua interface. Entre elas está o novo sistema de pesquisas7 . Com importação de buscas direto do Gmail, o sistema permite fazer cerca de 12 000 pesquisas a cada segundo. Outra seção importante "Explorar" permite acessar ferramentas de terceiros (widgets) que interagem com sua interface. Na nova plataforma é possível ainda acessar a Twitter Blocks, ferramenta de pesquisa de blocos de tweets. Na sua timeline8 , o jogador pode clicar na aba de cada tweet, situada no canto direito superior, onde se abre uma janela lateral, na qual podem ser visualizadas todas as postagens de parceiros de jogo e também assuntos correlacionados. Vide figura 1 Figura 1 – Interface gráfica e informacional da plataforma do microblog E, via de regra, sempre quando surge uma nova tecnologia, aparece um sem número de termos para aprender e usar. Foi assim com o Orkut, Facebook e outras tantas mídias on-line, e agora acontece com o Twitter, ainda mais que no momento que já ultrapassou o MySpace em número de seguidores9 . E para entender a proposta de substituição do motor RSS dos NewsGames pelo motor textual do Twitter é preciso 5 Disponível em: http://www.crunchbase.com/company/twitter 6 Projeto do novo Twitter, chamado de NewTwitter, entrou em operação no Brasil em 28 de set de 2010. 7 http://info.abril.com.br/noticias/internet/sem-alarde-twitter-muda-sistema-de-buscas-07102010-39.shl 8 Espaço da interface onde se lê em sequência tweets postados por seguidos e seguidores do usuário. 9 Disponível em: http://portalexame.abril.com.br/tecnologia/noticias/twitter-supera-audiencia-myspace- 600433.html?utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter
  • 3. dominar os termos (Twerminologia) e as pr€ticas (Twitiqueta) mais usados na rede social que mais cresce no mundo, como explica o blogueiro S•rgio Estrella, Um Tweet • um postagem no Twitter (de at• 140 caracteres); Twitteiro • aquele que posta no Twitter; twittar • o ato de postar tweets; Follow(Seguir) • seguir algu•m para assim receber seus tweets. Por exemplo, para seguir algu•m basta acessar a sua p€gina e clicar no bot‚o Follow; Followers (Seguidores) s‚o aqueles que recebem seus tweets e, finalmente, Following (Seguindo) s‚o aqueles amigos cujos tweets vocƒ recebe (ESTRELLA, 2009). Lentidão da tecnologia RSS Por experiƒncia pr„pria e informa…†es colhidas com especialistas em agregadores de conte‡do, a tecnologia RSS vem perdendo a cada dia uma de suas principais fun…†es: entregar com rapidez pacotes de conte‡do para serem lidos por leitores de feeds10 . Erick Schonfeld, analista de desempenho de feeds do TechCrunch11 , • categ„rico em afirmar a queda de rendimento da tecnologia RSS. Segundo Schonfeld, os feeds ‘est‚o lentos demais’. Essa an€lise faz parte do trabalho desenvolvido no TechCrunch, onde • realizado monitoramento di€rio de uma grande gama de feeds RSS para notŠcias de ‡ltima hora. Como o blog produz sua pr„pria fonte alimenta…‚o, • possŠvel detectar a rapidez como se propaga para v€rios leitores de feeds e servi…os de agrega…‚o de conte‡do de notŠcias. O intervalo de tempo entre a publica…‚o de uma hist„ria e vƒ-la aparecer no feed RSS • normalmente de alguns segundos, mas isso pode demorar mais de 15 minutos at• que ele apare…a em algum leitor de feeds, como o Google Reader. ‘Em nosso neg„cio, cada segundo conta muito’, confidencia Schonfeld: I know this first-hand. As part of my job here at TechCrunch, I monitor a lot of RSS feeds for breaking news. We also produce our own feed and I can see how quickly it propagates to various feed readers and feed-powered news aggregation services. The lag time between posting a story and seeing it pop up in the RSS feed is usually a few minutes, and then it can take another 10 to 15 minutes or so for it to appear in something like Google Reader. And the TechCrunch feed is probably checked more frequently for updates than most other feeds. In our business, every second counts and RSS just isn't cutting it. (SCHONFELD, 2009) Twitter como substituto dos feeds RSS H€ argumentos muito fortes dando conta de que a tecnologia RSS est€ morrendo. Segundo Schonfeld, os feeds RSS est‚o sendo substituŠdos por formas mais instant‹neas de entrega de conte‡do, como a plataforma do Twitter e outros fluxos de tempo real. 10 Web feed (do verbo em inglƒs "alimentar") • um formato de dados usado em formas de comunica…‚o com conte‡do atualizado frequentemente, como sites (sŠtios) de notŠcias ou blogs. 11 Um dos maiores e respeit€veis blogs de tecnologia do mundo. DisponŠvel em: http://techcrunch.com/
  • 4. Embora muitas pessoas ainda não estejam completamente familiarizadas com o Twitter como emulador de agregador de conteúdo, consideramos o microblog como uma excelente interface para agregar e propagar conteúdo noticioso. Em de julho de 2009, o blog de tecnologia TechCrunch realizou, na sua interface Real Time Stream CrunchUp, três demonstrações de projetos12 que sugerem a substituição da tecnologia RSS atual, Google engineers Brad Fitzpatrick and Brett Slatkin will show a demo of a new push protocol called pubsubhubbub, Netvibes CEO Freddy Mini will demo his similar RSS Instant Update Hub, and WordPress engineer Andy Skelton will show off a Jabber client which uses the XMPP protocol to push blog headlines into an IM-like environment faster than RSS. (SCHONFELD, jul 2009) As tecnologias PubSubHubbub13 e Netvibes criam centros de RSS, que empurram para fora feeds logo que estão disponíveis na rede. Esta abordagem está em contraste com o método de votação que é o fundamento da tecnologia RSS. Aliás, o método de votação já se mostrou inviável. Segundo especialistas, esse método não é o mais adequado, porque requer que o servidor atue em nome do assinante RSS constantemente, exigindo que o servidor onde o feed RSS está publicado a perguntar se há alguma coisa nova ainda para ser puxada. Dependendo da forma como isso acontece, o usuário acaba tendo certo atraso de publicação. Como as comunicações estão cada vez mais em tempo real, este atraso é muito mais perceptível a ponto inviabilizar ações feitas na hora em que um certo dado cai na rede. O PubSubHubbub corrige esse problema ao colocar um Hub RSS no meio mais eficiente que empurra os feeds para os servidores de subscrição dos mesmos. É um protocolo aberto e pode ser aplicado a qualquer feed RSS ou Atom existentes, bem como a outros fluxos em tempo real. Se pensarmos sobre um firehose14 do Twitter que todo mundo quer acessar, essa abordagem permite que qualquer pessoa crie seus próprios firehoses para diferentes tipos de fluxos de dados. Então já podemos pensar nesses Hubs RSS como uma rede de entrega de conteúdo para RSS feeds mais confiável, conceito semelhante ao que faz Akamai15 para transmissão de vídeo. Já a tecnologia Netvibes está criando sua própria versão proprietária para o seu próprio serviço de agregar conteúdo, desenvolvido de forma independente. É a chamada atualização instantânea de Hub RSS. Anteriormente, os widgets demoravam uma eternidade para carregar na página do Netvibes, pois cada um tinha que buscar os feeds 12 Em: http://techcrunch.com/2009/07/08/win-a-ticket-to-the-real-time-stream-crunchup-this-friday/ 13 Disponível em: http://code.google.com/p/pubsubhubbub/ 14 Firehose é qualquer canal de transmissão gratuita pela rede. 15 Empresa que fornece plataforma de distribuição de conteúdo global da Internet e entrega de aplicativos.
  • 5. de dados subjacentes. Por sua vez, o Instant Update Hub puxa e empurra esses feeds automaticamente, de forma que a carga de widgets é mais rápida e atualizam continuamente sem a necessidade de uma atualização. Qualquer fluxo de dados que é suportado por um widget Netvibes hoje - que vai muito além da tecnologia RSS - será empurrado imediatamente através da atualização Hub RSS. Ele também irá servir de base para um novo leitor de fluxo que o Netvibes introduzirá no mercado como uma alternativa para sua grade de widgets e layouts atuais. O cliente Jabber WordPress utiliza a tecnologia XMPP16 para puxar e empurrar dados diferentes para acelerar o RSS. O efeito é que as manchetes pop-up17 funcionam como mensagens instantâneas. A tecnologia Jabber é usada principalmente para clientes que usam mensagens instantâneas, como o Gtalk . Mas, o WordPress usa a tecnologia Jabber como um leitor de feeds e editor de microblog. A grande jogada aqui é que ele funciona nos dois sentidos (puxar e empurrar). Na demonstração, o cliente Jabber pode ser usado como uma interface para postar diretamente em um blog. Desde a leitura de feeds até postagens no blog, tudo pode ser feito a partir do mesmo local de uma forma mais próxima possível do tempo real. O cliente Jabber também pode ser usado como um sistema de blog comentando e incorporando como um elemento diretamente ligado em uma página da web, comportando-se como se fosse mais de uma sala de chat. O que estamos nos deparando é com o mundo da publicação aproximando-se das chamadas Mensagens Instantâneas (IM). Quanto mais rápido podemos fechar o ciclo entre a publicação e a resposta, mais vamos ver os fluxos de dados em tempo real assumirem a aparência dos sistemas públicos de mensagens instantâneas. No Twitter, o ciclo entre a publicação e a resposta ainda se dá de forma assíncrona. Mas, muitas vezes, isso ocorre de forma imediata, tanto para um lado quanto para o outro. Por vezes, as conversas se dão quase tão rápidas como conversas privadas IM. Isso é só um gostinho do que está por vir por aí, como todas as plataformas de publicação até chegarmos à velocidade da instantaneidade. NewTwiter como interface de notícia Desde seu surgimento um dos principais benefícios do Twitter tem sido o fato de sua restrição, que também foi o fato de sua retenção e reconhecimento mundial. Desde o usuário com dois amigos até mega empresas de mídia com milhões de seguidores, a 16 Disponível em: http://xmpp.org/ 17 Janela extra que abre no navegador ao visitar uma página web ou acessar uma hiperligação específica.
  • 6. forma de limita…‚o de caracteres imp†e que todos tenham o mesmo espa…o, as mesmas ferramentas para trabalhar. Nesse sentido, segundo Megan Garber, do The Nieman Journalism Lab18 , ‘o Twitter democratizou a narrativa ainda mais que os blogs’, ao permitir que os usu€rios possam argumentar em uma interface com um m€ximo de 140 caracteres, todos compartilhando o mesmo espa…o de tela. Por tudo isso, o advento do Twitter ‘tem sido n‚o s„ universal, mas universalmente restrito’, define Garber. No inŠcio, o Twitter cl€ssico come…ou como uma plataforma de comunica…‚o pura: mensagens de texto. A id•ia era simplesmente capturar as intera…†es de SMS e envi€-las a uma nuvem. O mote do microblog era a simplicidade, informalidade. At• mesmo seu nome celebra essa id•ia. Segundo palavras de um de seus criadores, Jack Dorsey19 , ao jornal Los Angeles Times, a defini…‚o de Twitter era uma pequena explos‚o de informa…†es inconsequentes como assovios de p€ssaros. Recentemente, a interface do chamado NewTwitter passou a ser focada em conte‡do baseado em imagem. Na primeira gera…‚o do Twitter, os ‡nicos componentes contextuais de um tweet20 - al•m dos metadados perif•ricos (como o "tempo de envio", por retweeted ) - eram o texto e o link. Ali€s, atrav•s do link pode ser levado mais texto ou imagens, ou at• vŠdeos, mas tamb•m pode ser levado a outra plataforma diferente. Vide figura 2 Figura 2 – Interface textual da primeira gera…‚o da plataforma do Twitter Desta forma estamos vendo no Twitter uma mudan…a do texto para o link para e do texto para a imagem, o que quer dizer que a interface do microblog est€ passando longe de uma mera conversa fortuita para a publica…‚o de informa…‚o pura intencional. 18 DisponŠvel em: http://www.niemanlab.org/2010/09/twitter-as-broadcast-what-newtwitter-might-mean- for-networked-journalism/ 19 Fundador do Twitter ao lado de Biz Stone e Evan Williams que lan…aram o microblog em mar…o 2006 e ao p‡blico em julho de 2006). 20 Post de at• 140 caracteres, de onde se pode ver tempo do tweet e acessar Favorite, Retweet e Reply. .
  • 7. • tamb•m o mesmo que dizer de uma comunica…‚o em dire…‚o a algo mais parecido com uma linguagem jornalŠstica tradicional. Tweets sempre foram consideradas pequenas pepitas da narrativa. Por•m, com a chegada do NewTwitter, ‘os tweets individuais se aproximam de notŠcias’, compara Garber, quem tamb•m (assim como n„s) j€ admite o Twitter como plataforma de notŠcias, We’ve established already that Twitter is, effectively if not officially, a news platform unto itself. #Newtwitter solidifies that fact, and then doubles down on it: It moves the news proposition away from a text-based framework…and toward an image-based one. (GARBER, set 2010) Em outras palavras, Garber admite que a interface do NewTwitter solidifica-se como espa…o de produ…‚o, publica…‚o e consumo de notŠcias. Essa mudan…a se d€ para al•m de um lugar baseado em texto mas, sobretudo, corre na dire…‚o de uma plataforma baseada em imagem. Se o Twitter cl€ssico estabeleceu-se como uma plataforma de notŠcias, em outras palavras, o NewTwitter sugere que a notŠcia em quest‚o pode ser traduzida cada vez mais de acordo com a variedade de qualquer broadcast21 . O Twitter vem sofrendo uma evolu…‚o gradual e constante. A partir de conversas efƒmeras at• mesmo desconexas, o microblog vem emulando mais informa…†es com alto valor agregado. Os ares dessa mudan…a puderam ser constatados no final de 2009, quando foi alterada a pergunta habitual feita aos usu€rios postada em sua interface: "O que voc€ est• fazendo?" para "O que est• acontecendo?". Vide figura 3 Figura 3 – Interface com troca da pergunta para ‘What’s happening?’ (O que est€ acontecendo?) NewTwitter como motor textual dos NewsGames Essa mudan…a pouca sem‹ntica do NewTwitter – indo a partir de uma perspectiva individual para uma esfera universal - marca a forma pela qual o Twitter 21 Qualquer mŠdia de transmiss‚o de conte‡do, como r€dio, TV, internet, etc.
  • 8. molda a concep…‚o dos usu€rios e, portanto, a forma de manusear o pr„prio microblog. Nessa nova interface, as inova…†es de infra-estrutura, como listas, tƒm maior consciƒncia por parte dos usu€rios sobre sua atual condi…‚o, n‚o simplesmente como comunicadores, mas como uma esp•cie de plataforma de transmiss‚o, como j€ acontece com a TV e o r€dio, por exemplo. Para enfatizar o Twitter como base de transmiss‚o de notŠcias, Garber resume o frenesi das ‡ltimas notŠcias de eventos que sacudiram o mundo recentemente, como os terremotos ocorridos no Haiti e a revolu…‚o dos tuiteiros contra a reelei…‚o de Mahmoud Ahmadinejad no Ir‚. The frenzy of breaking-news events — from natural disasters like Haiti’s earthquake to political events like last summer’s Iranian “revolution” — have highlighted Twitter’s value as a platform for information dissemination that transcends divisions of state. They’ve also enforced users’ conception of their own tweets: visible to your followers, but visible, also, to the world. It’s always been the case, but it’s becoming increasingly apparent: Each tweet is its own little piece of broadcast journalism. (GARBER, set 2010) Em compara…‚o com o Twitter cl€ssico, as inova…†es trazidas pelo NewTwitter refor…am ainda mais os valores do significado, da contextualiza…‚o e do impacto da informa…‚o que realmente interessa quem usa sua plataforma. O que vale dizer que a nova interface do Twitter se confunde mais ainda com os princŠpios do jornalismo, que desde o Iluminismo tem sido a forma de investiga…‚o social mais bem aceita at• os tempos atuais em todos os grupos organizados de uma sociedade democr€tica que prima pelas liberdades individuais. Partindo desse princŠpio, o NewTwitter encaixa-se perfeitamente como acelerador do motor textual dos NewsGames, em substitui…‚o aos feeds RSS, cuja tecnologia tem dado mostras de que n‚o consegue acompanhar o processo de alimenta…‚o de conte‡do tal qual ocorre na interface do Twitter. Como os jogadores precisam receber atualiza…‚o em tempo real, o microblog surge como acelerador em prol da jogabilidade. As ferramentas22 garantem ao Twitter maior flexibilidade para que o usu€rio tenha liberdade de recriar a pr„pria narrativa do microblog. Alguns plugins23 j€ permitem at• otimizar a acoplagem do Twitter em barras de navega…‚o. Portanto n‚o seria difŠcil criar plugins para a Galáxia dos NewsGames que j€ funcionem de alguma forma como mega narrativas baseadas em notŠcia ou acontecimento em tempo real. Ou seja, em termos de tecnologia n‚o h€ nenhum empecilho para que a Era dos Games como Informa…‚o (SEABRA, 2007) se imponha definitivamente. 22 DisponŠvel em: http://www.tecnocratadigital.com.br/ 23 DisponŠvel em: http://info.abril.com.br/noticias/internet/13-plugins-para-twitter-30092010-20.shl
  • 9. Aplicando motor textual do Twitter aos NewsGames No seu tweetbord24 , o Twitter cl€ssico oferecia e o NewTwitter continua a oferecer cinco ferramentas textuais b€sicas que podem ser aplicadas pelos jogadores, no caso dessa plataforma for usada como motor textual acoplado a um newsgame: tweet, reply, retweet e direct message e hashag25 . A principal delas • sem d‡vida a Tweet (postagem) que possibilita a postagem r€pida com limite de 140 caracteres. Em seguida aparece a ferramenta Reply (resposta) ao oferecer a possibilidade de responder a outros tweets. Exemplificando dentro da narrativa dos newsgames, quando algum jogador fizer uma pergunta, o parceiro de jogo e/ou advers€rios poder‚o respondƒ-lo. Para responder basta colocar um sinal de @ (arroba) na frente do login do jogador para qual se quer enviar a resposta. O jogador saber€ que a resposta • para ele, ao consultar a sua pasta @Replies. Outras ferramentas de edi…‚o e publica…‚o de conte‡do. Vide tabela 1 Edição e Publicação de Conteúdo Future Tweet Ferramenta para agendar tweets. Tweet Meme Ferramenta para colocar em seu blog um bot‚o para gerar um tweet do seu post. Twitpic Compartilhar fotos no twitter Twitcam Integra vŠdeo pela webcam na conta do Twitter Tweet Cube Envia arquivos para o Twitter at• 10 Mb. Tweet Manager Gerenciador de tweets, podendo seguir automaticamente de acordo com palavras-chaves, ou enviar mensagens autom€ticas. Bigtwit Para postar conte‡do acima de 140 caracteres. Ele gera um link que acessa o seu texto e posta um resumo do Twitter. Na perspectiva dos NewsGames, a ferramenta RT ou Retweet (Encaminhar) aparece como a terceira em grau de import‹ncia, pois permite ao jogador postar a mesma mensagem postada por outro jogador, como se encaminha um e-mail. Para retuitar basta escrever RT @ na frente do nome do usu€rio que escreveu o tweet seguido pela postagem em si. Numa simula…‚o de uma partida de newsgame, o jogador que postar o tweet “Essa notícia pode nos ajudar?”, o seu parceiro de jogo dever€ retuitar da seguinte forma: “RT @newsgames Essa notícia pode nos ajudar?”. Ao lado das demais, essa ferramenta abre um leque de possibilidades que ajudam acelerar o processo de alimenta…‚o de informa…‚o em tempo real. Outras ferramentas de monitoramento de cita…†es. Vide tabela 2 24 Toda parte da interface do Twitter onde o usu€rio pode postar mensagens, replicar, mencionar, encaminhar, seguir e ser seguido. 25 http://www.icebreaker.com.br/2009/03/twittutorial-usando-e-entendendo-o.html
  • 10. Monitoramento de palavras (citações, TT) Twootles Busca no Google e no Twitter simultaneamente. Twitradar Rastreia em tempo real tweets procurando por palavras-chaves. Trendsmap Regionalmente mostra os tweets em tempo real e no mapa. Tweet Volume Verifica a frequencia de palavras-chaves. Twitter Vision Confira pelo mapa as ‡ltimas atualiza…†es em tempo real. Tweet Beep Monitoramento de palavras-chaves pelo Twitter enviando para seu e- mail. Twitter Sheep Gera uma nuvem de tags do que os seus seguidores mais est‚o falando. • uma pena que ele n‚o posta caracteres especiais como ‘€’ ou ‘…’. A ferramenta Direct Message (Mensagem Direta) surge na sequƒncia como n‚o menos importante para o desenvolvimento do jogo. Trata-se de mensagens privadas que somente o destinat€rio vai poder ler durante a partida. Funciona colocando uma letra ‘D’ antes do login do jogador – ou atrav•s da pasta Direct Messages. Como simula…‚o em um newsgame, para enviar um Reply para um jogador remetente da mensagem, a resposta deve conter ‘D newsgames’. Durante o jogo, as mensagens diretas podem ser usadas de forma estrat•gica em trocas de informa…†es confidenciais, as quais os advers€rios n‚o ter‚o acesso. E finalmente, para sinalizar um determinado assunto, o jogador pode usar o sinal # (sustenido) antes de uma determinada palavra. Assim, toda palavra que vier com sinal # na frente • uma hashtag26 . Quando o jogador quiser saber quais mensagens foram publicadas sobre um determinado assunto, basta pesquisar pelas hashtags. Al•m das hastags h€ outras ferramentas que ajudam os jogadores no processo de monitoramento da sua audiƒncia por meio de relat„rios gr€ficos. Vide tabela 3 Monitoramento de Audiência e Cliques (visualização e cliques) Twitterless Informa quem deixou de seguir o perfil. Tweet Stats Tirar relat„rios sobre os tweets. Twitter Counter Tirar relat„rios de seguidores com gr€ficos. Migre.me Encurtador de url que verificar a quantidade de cliques realizados e quem RT. Twitter Analyzer Oferece uma s•rie de servi…os de monitoramento entre eles Mentions, RTs, Popularidade, dentre outros. Exemplificando o uso de hastags, para enviar um tweet sobre os newsgames, redige-se ‘#newsgames’ com o sinal # colado ao texto da mensagem. O jogador pode usar as hastags como aliadas durante o jogo. Ao associ€-las ’s suas postagens, as suas mensagens podem ser encontradas mais facilmente na web27 , o que contribui para que 26 Uso de hashtags influencia nos buscadores como o Google e Yahoo e nos pr„prios buscadores do Twitter como tags tradicionais. • uma excelente ferramenta para buscar notŠcias correlacionadas. 27 DisponŠvel em: http://info.abril.com.br/noticias/internet/9-hashtags-muito-uteis-30092010-7.shl
  • 11. os parceiros possam se localizar dentro do jogo com maior desenvoltura. Ao clicar em qualquer hastags de uma mensagem abre-se uma nova p€gina com quatro se…†es de pesquisa: Tweets, Tweets with links, Tweets near you, People. Na se…‚o Tweet, o jogador pode acessar mensagens relacionadas a termo ou express‚o desejado. Em Tweets with links, o jogador pode acessar mensagens correlacionadas que foram editadas com links para outros sites, blogs ou conte‡do postado em redes sociais. Na se…‚o Tweets near you, o jogador pode pesquisar tweets postados pr„ximo aos deles. E na se…‚o People, o jogador pode saber qual colega ou advers€rio de jogo postou algum tweet correlacionado aos deles. Vide figura 4 Figura 4 – Interface da se…‚o de pesquisa por meio de hastags editadas em mensagens No cabe…alho da p€gina, a pr„pria se…‚o de pesquisa pode ganhar uma configurada personalizada de acordo com o interesse do jogador, atrav•s dos bot†es on (ligar) e off (desligar). Ao todo s‚o dez possibilidades de configura…‚o a fim de automatizar o todo o processo de pesquisa. Uma dessas configura…†es prevƒ a personalizar o hist„rico de pesquisas com o objetico de otimizar o processo de busca, assim como fazer buscas personalizadas. Vide figura 5 Figura 5 – Interface da se…‚o de configura…‚o personalizada de pesquisa do Twitter
  • 12. Na mesma seção é possível configurar a exibição de URL’s recomendadas e atalhos para tornar a navegação mais rápida. Para acelerar ainda mais a edição de texto, a configuração permite colar texto automaticamente na área de postagem tão logo seja copiado. Além disso permite exibir sugestões de pesquisa em páginas de resultado. Nessa mesma seção, o jogador pode permitir a exposição "Twitt Minha Pesquisa", anúncios gráficos dinâmicos, bem como permitir que vire resultado de pesquisa fora do Twitter. Por fim, permite exibir tradução de frase de pesquisa para o idioma inglês, o que contribui para aproximar os jogadores de parceiros de partida de outros países. Já com o Trendsmap28 o jogador tem acesso a outra modalidade de pesquisa e ficar ligado na efervescente lista dos Trending Topics do mundo todo. Em tempo real, o serviço mostra um globo terrestre no qual os jogadores podem navegar pelos países e ver as palavras-chave mais tuitadas de cada região por meio de gráficos no mesmo estilo das nuvens de tags. Dentro da trama dos newsgames, o Trending Topics é uma excelente ferramenta para monitorar notícias e assuntos correlacionados com a notícia base que deu origem ao jogo em si. Parecido com o Trendsmap, o radar de tuiteiros ajuda os jogadores a monitorar o que se passa na periferia da Gal•xia do Twitter. Utilizando um mashup com o Google Maps, o Geo Chirp29 mostra o que o pessoal da sua vizinhança está tuitando. Ajustando o alcance da pesquisa, o jogador pode ampliá-la para um raio de até 80 quilômetros. Outro serviço de monitoramento é o plugin TwitterWatch30 que permite saber o que está sendo tuitado sobre até cinco expressões ou palavras-chaves definidas pelo usuário, em tempo real. Cada uma delas fica separada em uma aba. Dá para responder os tweets, retuitar ou postar por meio da extensão. A própria plataforma do Twitter pode funcionar como um jogo de perguntas e respostas. Com meia dúzia de cliques, dá para fazer uma enquete e saber a opinião dos seus seguidores sobre qualquer assunto usando o widget Twtpoll31 . Ele cria questionários, testes de múltipla escolha e pesquisas de opinião, entre outras opções. Apesar de ser gratuito, o serviço é bem completo e conta até com bloqueio de endereços de IP para evitar votos duplicados. Aplicando esse widget ao newsgames, os jogadores podem abrir espaço para que seus seguidores no Twitter possam participar do jogo dando opiniões sobre o direcionamento da narrativa alimentada por notícias em tempo real. Afinal, assim como o próprio Twitter, a plataforma dos newsgames funciona 28 Mapa de tendências do Twitter. Disponível em: http://trendsmap.com/ 29 Disponível em: http://www.geochirp.com/ 30 Disponível em: http://info.abril.com.br/downloads/twitterwatch 31 Disponível em: http://twtpoll.com/
  • 13. também como produção, publicação e consumo de notícias, uma vez que para existir como tal o game baseado em notícias necessita de informações recentes que possam nutrir o desenvolvimento de sua trama. Durante as partidas pode ser necessário pesquisar tweets antigos, como estratégia de recorrer a notícias que podem ser reutilizadas no jogo. Contudo, invariavelmente, o sistema de pesquisa nativo do Twitter apresenta problemas, em função dos picos de congestionamentos. Para resolver o problema, o jogador pode lançar mão do Twistory32 , que integra sua timeline com os programas de calendário mais populares e, assim, facilita a busca de conteúdo por data. Ele funciona muito bem com Google Calendar, Outlook, iCall e Thunderbird. Outras ferramentas de análise de conexões e formação de redes de influencia. Vide tabela 4 Análise de Conexões (formação de redes e influência) Twitter Circles Informa o círculo de amizades. The Whuffie Verifica a influência do perfil atribuindo valor. Bank Twitter Grader Pesquisando o rank no twitter pela localidade. Favotter Descobrir quem colocou seus tweet nos favoritos. Tweepz Localizar usuários pela cidade. Backtweets Pesquisa os tweets que citaram uma url específica. O mais interessante que ele busca até mesmo links encurtados. Para economizar espaço e elevar o poder de argumentação nas postagens do Twitter, o jogador pode acessar sites que ajudam a abreviar endereços de páginas, afinal democraticamente todos os jogadores estão condicionados a escrever em um limite de apenas 140 caracteres. Durante o jogo, este seja talvez um dos maiores exercícios de cognição realizados pelos jogadores, uma vez que obriga cada um passar informações aos parceiros e adversários de forma concisa e inteligível, usando a técnica da pirâmide invertida33 , base do jornalismo moderno. Existem diversos sites que permitem reduzir URL’s: TinyURL.com, Goo.gl, Is.gd, Ow.ly. Porém, o mais completo é o Bit.ly, que traz ferramentas para monitorar o número de cliques em cada um dos links publicados e uma série de widgets para tornar mais ágil o serviço de criação de endereços curtos. O Screenr34 é outro widget que permite que o jogador possa fazer transmissões de vídeos em tempo para serem vistos por parceiros e adversários de jogo, sem baixar nada ou fazer qualquer tipo de cadastro. Permite ainda criar programas em vídeo para espalhar via microblog. É só ligar a webcam e gravar stand ups para enfatizar uma 32 Disponível em: http://twistory.net/ 33 Narrativa jornalística que parte do mais ao menos importante. 34 Disponível em http://screenr.com
  • 14. informa…‚o relacionada ao assunto abordado pelo newsgame. Al•m de permitir fazer transmiss†es de vŠdeos em tempo real, quando o jogador estiver logado no YouTube, basta clicar no bot‚o ‘Compartilhar’, logo abaixo do vŠdeo, e depois no link ‘Conectar Contas’. Na tela que se abrir€, o jogador poder€ configurar tweetes autom€ticos para seus parceiros e advers€rios de jogo, a fim que eles possam comentar ou publicar um vŠdeo sobre o assunto. Pela Teoria dos NewsGames (SEABRA, 2007a-2008a), o jogo • ‘encerrado’ com a postagem de uma NewNews35 , e a possibilidade de postar um vŠdeo no final do jogo ajuda entender ainda mais todo o processo narrativo do game baseado em notŠcias. Outras ferramentas com fun…†es meramente administrativas. Vide tabela 5 Funções administrativas Backup My Tweets Faz backup de seus tweets. Twitblock Bloquear spamers. Twitoria Informa quais usu€rios est‚o inativos. Twalala Filtro de conte‡do, podendo bloquear temporariamente algum usu€rio. Twtpoll Desenvolve enquetes e posta no twitter. Tweetdeck Administrador de v€rias contas, precisa fazer downloads. Hootsuite Administrador de v€rias contas n‚o s„ do Twitter, mas tamb•m do Facebook, LinkedIn, MySpace, Foursquare e WordPress. Sorteie.Me Sorteia entre o perfil dos seus seguidores do Twitter. Pode sortear at• 10 seguidores. Turbinado jogabilidade dos NewsGames Atrav•s do acionamento da se…‚o keyboard shorcuts36 • possŠvel o jogador acessar atalhos de teclado que podem acelerar ainda mais a jogabilidade na plataforma do NewTwitter em prol dos games baseados notŠcias. Afinal, os newsgames requerem maior rapidez nas a…†es dos jogadores, uma vez que tudo acontece na instantaneidade do ambiente on-line, em tempo real. Basicamente, os keyboard shortcus permitem acionar trƒs tipos de atalhos: Actions, Navigation e Timelines. No atalho de a…†es (Action), o jogador pode replicar, encaminhar ou enviar uma mensagem direta, clicando apenas na abreviatura da letra correspondente. No atalho destinado ’ navega…‚o (Navigation) dentro da plataforma do microblog, o jogador pode efetuar pesquisas, adiantar ou rever tweets, al•m de acessar o menu. 35 Esp•cie de notŠcia-solu…‚o sobre o problema apresentado pela notŠcia-tema que deu origem ao jogo. 36 Atalhos de teclado permite agilizar manuseio de se…†es e ferramentas do Twitter ao clicar em teclas de letras abreviadas de atalhos correspondentes € a…†es, navega…‚o e postagem na timeline.
  • 15. Nos atalhos relacionados a interface principal (Timeline), o jogador pode ir e sair da home, acessar as se…†es Profile37 , Replies/Mencions, assim como o espa…o destinado aos seus seguidores favoritos. Na hora da partida, o jogador mais habituado com os recursos de atalho ganha segundos preciosos na realiza…‚o de tarefas exigidas pelo jogo. Afinal, redigir de forma concisa, r€pida e que os demais jogadores possam entender, o processo de argumenta…‚o exige um poder razo€vel de sŠntese cognitiva. Vide figura 6 Figura 6 – Abrevia…†es de atalhos de teclado correspondentes ’ a…‚o, navega…‚o e postagem Entretanto existe ainda um problema de cultura interativa. Segundo pesquisa da Sysomos38 ainda • baixa a taxa de rea…‚o39 dos usu€rios ’s mensagens publicadas pelos colegas no Twitter. Apenas cerca de 30% dos usu€rios reagem aos tweets. Desse total, 6% das rea…†es s‚o identificadas como retweets e 23%, como men…†es. Um dado importante sobre o tempo de rea…‚o est€ no fato de que 92% dos retweets ocorrem na primeira hora a partir da publica…‚o da mensagem. Tal tendƒncia coaduna com a jogabilidade dos jogos on-line e com cultura baseada no tempo real, que exigem dos jogadores uma tomada de decis‚o cada vez mais r€pida. E dos tweets que s‚o mencionados, 85% recebem apenas uma men…‚o; 10,7% recebem duas men…†es; 1,53 recebem 3 men…†es e apenas 2,77% recebem 4 ou mais men…†es. Embora os n‡meros ainda sejam incipientes, h€ muito espa…o para crescimento para a troca de informa…†es. No NewTwitter, a tweetboard recebeu um nova arquitetura e as se…†es do microblog foram redistribuŠdas, otimizando ainda mais a jogabilidade aplicada aos NewsGames. Abaixo da €rea de postagem est‚o dispostas em sequƒncia as seguintes se…†es: Timeline, @Mentions, Retweets e Searche.s e Lists. Na se…‚o Timeline, o 37 P€gina onde s‚o acessados todos os tweets do autor. A se…‚o Profile pode ser acessada no topo da Home do Twitter, assim como Search, Messages e a se…‚o de configura…‚o da conta do usu€rio. 38 DisponŠvel em http://sysomos.com/ 39 DisponŠvel em: http://www.webdialogos.com/2010/midias-sociais/apenas-29-dos-tweets-geram-reacao/
  • 16. jogador acompanha o desenrolar da trama de olho na entrada de novos tweets, ao mesmo tempo, que efetua suas postagens. Na seção @Mentions, o jogador pode monitorar colegas de jogo que fazem alguma citação sobre suas postagens. Ao acessar a seção Retweets, o jogador tem à sua frente quatro opções: Retweets by others, Retweets by you, Your Tweets e Retweeted. Em cada uma delas o jogador poder monitorar encaminhamento de mensagens para ele próprio, para outros colegas, bem seus próprios tweets. Já a seção Searches (pesquisa) permite o jogador salvar as páginas da timeline que tiver interesse. Ao clicar em "Salvar essa busca" da página, depois fica mais fácil acessar rapidamente os últimos tweets sobre um assunto ou consulta. Finalmente, a seção Lists (lista) permite o jogador listar, por exemplo, os seus parceiros de jogo. Considerações finais A proposta de substituir o serviço de feeds RSS pela plataforma do Twitter como novo motor textual dos NewsGames revela-se bastante atraente, uma vez que a tecnologia RSS vem perdendo velocidade de alimentação de notícias em tempo real. O que deveria ser dá na velocidade da luz pode levar até 15 minutos ou mais até que o pacote de notícias seja lido por algum leitor de feeds. Em se tratando de um game jogado em ambiente on-line, tal demora no envio de dados inviabilizaria qualquer noção de jogabilidade em tempo real. A mudança para uma interface de microblog aumentaria substancialmente a velocidade do motor textual dos NewsGames, já que a arquitetura do Twitter é bastante flexível e adaptável aos parâmetros de um jogo baseado em informações noticiosas (SEABRA, 2008). Desta forma, a lentidão de alimentação dos feeds RSS não coaduna mais com os jogos baseados em notícias, que necessitariam de agregadores de conteúdo cada vez mais possantes para suportar a demanda de operações cada vez mais sofisticadas. Embora tenha sido uma proposta defendida por nós em mestrado no final de 2009, a tecnologia RSS parece ter atingido o ápice de sua performance, em relação ao poder de alimentação de dados do Twitter. Como os newsgames são jogados em ambientes on- line, o fluxo de informação precisa fluir de tal forma que não afete a jogabilidade do game jogado em tempo real e, ao mesmo tempo, seja compatível com a instantaneidade do universo on-line. Além da questão de lentidão da tecnologia RSS, a plataforma do Twitter apresenta-se mais palatável cognitivamente falando, pois abre uma gama de
  • 17. possibilidades textuais bastante apropriadas para o universo dos newsgames. Uma delas gira em torno do fato de que a interface do microblog exige que os jogadores sejam ao mesmo tempo redatores da história com a qual estão envolvidos numa trama aberta. Nesse sentido, o jogo acaba funcionando também como um mega fórum de discussão da notícia-tema que deu origem a um determinado newsgame. Em função de seu território ser universal, sem fronteiras, o Twitter revela-se uma rede social bastante democrática e dinâmica, pois não priva ninguém de participar do jogo da informação, em função de sua localidade. Qualquer um, de qualquer lugar, pode apresentar-se como jogador seja em que idioma for. Trata-se de uma babel às avessas pois, o que teria sido criado para dividir, agora multiplica. Referências bibliográficas ESTRELLA, Sérgio. Twittutorial: usando e entendendo o Twitter. Acessado em outubro de 2010. Disponível em: http://www.icebreaker.com.br/2009/03/twittutorial-usando-e-entendendo-o.html/ Publicado em 2010 GARBER, Megan. Twitter as broadcast what newtwitter might mean for networked journalism. Acesso em outubro de 2010. Disponível em: http://www.niemanlab.org/2010/09/twitter-as-broadcast- what-newtwitter-might-mean-for-networked-journalism/ Publicado em 2010 SEABRA, Geraldo, A. Games como emuladores de informação, aprendizagem e propulsão cognitiva para o advento do homem pós-humano. Acessado em outubro de 2010. Disponível em: http://www.slideshare.net/seabhra/games-such-as-emulators-of-information-learning-and-cognitive- motive-for-the-advent-of-man-posthuman/ Publicado em 2007. __________Games como emuladores de notícia: uma proposta de modelo de jornalismo on-line. Acessado em outubro de 2010. Disponível em: http://www.slideshare.net/seabhra/artigo-games-como- emuladores-de-notcia-198569/ Publicado em 2007a. __________ Do Odyssey 100 à Teoria dos NewsGames - uma genealogia dos games como emuladores de informação. Acessado em out 2010. Disponível em: http://www.slideshare.net/BlogNewsGames/artigo-cientfico-do-odyssey-100-teoria-do-newsgames-uma- genealogia-dos-games-como-emuladores-de-informao-presentation-726566/ Publicado em 2008 __________NewsGames - Demarcando um novo modelo de jornalismo online. Acessado em out 2010. Disponível em: http://www.slideshare.net/BlogNewsGames/newsgames-demarcando-um-novo- modelo-de-jornalismo-onlinepdf/ Publicado em 2008a SCHONFELF, Erick. Speeding up RSS. Acessado em outubro de 2010. Disponível em: http://techcrunch.com/2009/07/09/speeding-up-rss/ Publicado em 2009.