Bibliotecas na vida digital, de Dr. Klaus Ceynowa

  • 3,767 views
Uploaded on

Bibliotecas na vida digital: desafios e perspectivas tendo como exemplo a Biblioteca Estadual da Baviera (BSB) …

Bibliotecas na vida digital: desafios e perspectivas tendo como exemplo a Biblioteca Estadual da Baviera (BSB)
Dr. Klaus Ceynowa

More in: Education
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
3,767
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
51
Comments
0
Likes
2

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Bibliotecas na vida digital: desafios e perspectivas tendo como exemplo a Biblioteca Estadual da Baviera (BSB) Dr. Klaus Ceynowa
  • 2. Bibliotecas na vida digital: desafios e perspectivas tendo como exemplo a Biblioteca Estadual da Baviera (BSB) Dr. Klaus Ceynowa
  • 3. Agenda • Digital Lifes • Informação: digital + celulares • Biblioteca como „networked service“ • Biblioteca como „um local“ • Biblioteca Estadual da Baviera: - Perfil e serviços - Estratégia de digitalização - Parceria público-privada com Google - Locação para eventos • Resumo
  • 4. Para o Brasil … … da Europa
  • 5. Para o Brasil … … da Alemanha
  • 6. Para o Brasil … … da Alemanha
  • 7. Para o Brasil … … da Baviera
  • 8. Baviera – algumas impressões
  • 9. Baviera – algumas impressões
  • 10. Munique – algumas impressões
  • 11. Munique – algumas impressões
  • 12. Biblioteca Estadual da Baviera
  • 13. Biblioteca Estadual da Baviera
  • 14. Biblioteca Estadual da Baviera
  • 15. Biblioteca Estadual da Baviera
  • 16. Armazém da Biblioteca em Garching
  • 17. Armazém da Biblioteca em Garching
  • 18. Vidas Digitais
  • 19. Nativos Digitais
  • 20. Nossas Vidas Digitais…
  • 21. E onde está a Biblioteca…?
  • 22. Catálogos de Biblioteca x Google Book Search…
  • 23. Informação: digital + celular
  • 24. Celulares … “Tendo em vista a rapidez do progresso, acreditamos que daqui a 5 anos mais usuários irão preferir conectar-se à Internet via celular que por meio do PC…” “O rápido crescimento de conexão à Internet via celular será um benefício aos consumidores, e algumas companhias irão lucrar muito (potencialmente demais) enquanto outras somente admirarão o que estará acontecendo… “ Reportagem de Morgan Stanley sobre Internet móvel, de 15/12/09 (www.ms.com/techresearch).
  • 25. Tudo o que quiser a hora que quiser “Quando chegarmos ao ponto de que uma versão para celular é esperada, passível de interação com qualquer tipo de conteúdo; não ter uma versão para celular limitará a vontade de consumo deste conteúdo.“ Inside Higher ed: Challenges and opportunities of the small screen, 19 de novembro de 2009 Foto: http://expression.microsoft.com/en-us/cc964299.aspx http://www.flickr.com/photos/thenickster/2952878107/ http://www.flickr.com/photos/yzo/2987127062
  • 26. Serviços bibliotecários via celulares “A onipresença de WiFi, aparelhos de comunicação móvel, smart phones etc. obrigará as bibliotecas a disponibilizar seus conteúdos a usuários de celulares e outras tecnologias móveis. Bibliotecas precisarão ser inovadoras para prover conteúdos, ferramentas e serviços.”
  • 27. Serviços de informação via celulares WorldCat Library of Congress Stanza textunes Shortcovers Wattpad Eucalyptus
  • 28. Catálogo da Biblioteca Estadual da Baviera em aplicação iPhone
  • 29. Livros = „eventos multimídias“ ?! “O declínio da palavra impressa em papel é parte do modelo previsível de desenvolvimento. Levando em conta as características dos nossos hábitos online, e a rápida inovação em telas e microprocessadores, livros talvez em breve se tornarão eventos multimídia.” A. L. Penenberg: Amazon Taps Its Inner Apple, In: Fast Company, Julho/Agosto 2009
  • 30. Steve Haber sobre o futuro do livro … “É papel, é pesado, tem impacto ambiental. Quando introduzimos nosso Reader, a maior resistência que ouvi foi ‚Eu gosto do cheiro de livro, e gosto do cheiro de papel. Não posso mudar para o digital.' Para mim isto foi a confirmação de que esta mudança virá. Se o cheiro do papel for o maior impedimento, então o caminho certo é digitalizar.” Fastcompany: Maio 2009
  • 31. O universo do E-Book
  • 32. Desenvolvimento do mercado do E-Book-Reader:
  • 33. E-Book Reader flexível
  • 34. Biblioteca em uma lente?! University of Washington, Departamento de Engenharia Elétrica: “Virtual Retina Display (VRD)”
  • 35. O novo „exterminador de aplicativos“?! http://www.gizmodo.de/wp-content/uploads/2010/01/Apple_Tablet_iPad_3.jpg
  • 36. Google Editions
  • 37. O futuro dos livros … Conteúdo multimídia direto das nuvens, acessível de qualquer aparelho com conexão à Internet
  • 38. Biblioteca como „networked service“
  • 39. A Internet: nosso “mercado” Computação em nuvem Internet RFID 3D Web URM semântica repositórios E-Journals institucionais @ data- dados de bases pesquisa aplicativos de E-Books leitura em celulares publicação digitalização eletrônica bibliotecas em massa temáticas virtuais
  • 40. The One-and-only “Point of Sale”: Workflow do usuário Integração da biblioteca digital no workflow diversificado e individual do usuário • Ambientes de pesquisa digital • Locais virtuais de estudo • Repositórios • Portais especializados • Networks sociais • Ambiente agregador (Google) • etc.
  • 41. Escala Web “O único critério da web são números - buscando maneiras de atrair a maior quantidade de usuários para recursos Chris Anderson centralizados…” In: Wired US, Março 2008 (foto por Joi Ito)
  • 42. Escala Web para bibliotecas… “rich metadata“ Webscale… metadados bibliográficos metadados metadados administrativos técnicos Objeto da informação metadados estruturais
  • 43. www.oclc.org: “WorldCat.org, o destino para a busca e a descoberta de materiais de biblioteca na web.”
  • 44. Biblioteca como “local“
  • 45. Futuro da biblioteca „como local“…?! “Os chefes de bibliotecas estão tentando ... transformar bibliotecas em meros ambientes de aprendizagem que, quando resumidas em sua essência, são nada mais que laboratórios de computação com sofás e café.” Inside Higher ed: Reviving the Academic Library, 19 de novembro 2009 Foto: Franckesche Stiftungen, Halle: (c) Ingo Gottlieb
  • 46. Biblioteca como local: transformação funcional A biblioteca „física” não atua mais apenas como “biblioteca”, mas como local para cultura e comunicação local de concentração e contemplação locação para eventos, exposições, reuniões, etc.
  • 47. Biblioteca como local: O fator uau! Arquitetura como “unique selling point”
  • 48. Biblioteca como local – o futuro?! confiabilidade comunicação independência em tempo real contemplação pensar/ler autoridade exclusividade discussão reflexão precisão concentração serendipidade
  • 49. Biblioteca Estadual da Baviera: Perfil e serviços
  • 50. A Biblioteca Estadual da Baviera (1) • Fundada em 1558 • Biblioteca geral européia e biblioteca internacional de pesquisa no ranking mundial • Biblioteca Estadual Central e Patrimonial da Baviera (depósito legal desde 1668) • 773 funcionários • Orçamento anual: 48 milhões de Euros • 9.5 milhões de volumes, 55.000 periódicos correntes, 430.000 E-Books • Aquisição anual: 140.000 volumes
  • 51. A Biblioteca Estadual da Baviera (2) • 92.000 manuscritos (a 4ª do mundo) • 20.000 incunábulos (a 1ª do mundo) • 140.000 impressos do século XVI (a 1ª da Alemanha)
  • 52. A Biblioteca Estadual da Baviera (3) • Perfil em três pilares: Biblioteca Estadual da Baviera como biblioteca internacional de pesquisa – Tesouro do patrimônio cultural – Prestadora de serviços multimediais para a ciência e pesquisa, estudo e formação – Centro de inovação para tecnologia de informação digital e serviços
  • 53. A Biblioteca Estadual da Baviera (4) Perfil do acervo • Ciências humanas e sociais (coleção abrangente) • Life Sciences (periódicos) • Focos das coleções » Manuscritos, incunábulos e impressos antigos » História, ciências da Antiguidade, Europa do Leste, Música, Ciências da Informação e do Livro, Biblioteconomia (financiadas através da Sociedade Alemã para Pesquisa)
  • 54. Bibliotecas digitais especializadas na Biblioteca Estadual da Baviera
  • 55. Horário de atendimento •Horário de atendimento: diariamente das 8:00 às 24:00 horas (também aos sábados e domingos), 112 horas por semana
  • 56. Salas de leitura Aumento do número de visitantes na sala de leitura em 129%, de 489.000 em 2002 para 1.118.000 em 2009 Lesesaalbesuche 2002 - 2009 1.200.000 1.100.000 1.000.000 900.000 800.000 700.000 600.000 500.000 400.000 300.000 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009
  • 57. Empréstimo Aumento do empréstimo em 63%, de 1,17 milhões em 2002 para 1,91 milhões no ano de 2009 Ausleihen 2002 - 2009 2.000.000 1.900.000 1.800.000 1.700.000 1.600.000 1.500.000 1.400.000 1.300.000 1.200.000 1.100.000 1.000.000 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009
  • 58. Prestação de serviços • Aumento em 57% das solicitações respondidas, de 97.000 em 2002 para 152.000 em 2009 • Aumento em mais de 50% dos treinamentos e visitas guiadas, com cerca de 350 eventos e cerca de 5.600 participantes (ano-base: 2007)
  • 59. Biblioteca Estadual da Baviera: Estratégia de digitalização
  • 60. Estratégia de digitalização da Biblioteca Estadual da Baviera • Biblioteca Estadual da Baviera como biblioteca geral européia e biblioteca internacional de pesquisa • „Primary Target Group“: pesquisadores, estudantes e pós-graduandos em todo o mundo • Internet como a „mídia natural“ da Biblioteca Estadual da Baviera: anywhere/anytime • Estratégia a longo prazo: disponibilização digital dos acervos raros da Biblioteca Estadual da Baviera
  • 61. Centro de Digitalização de Munique (MDZ) da Biblioteca Estadual da Baviera • Centro de referência nacional para digitalização e armazenamento permanente • Digitalização em massa com tecnologia state-of-the-art (robôs scanners) • Desde 1997 mais de 100 projetos, com financiamento externo através da Sociedade Alemã para Pesquisa e da União Européia • Cerca de 40 postos de trabalho financiados com recursos externos
  • 62. Robôs scanners no Centro de Digitalização de Munique
  • 63. Centro de Digitalização de Munique (MDZ)
  • 64. Digitalização: principais processos Preparação Gerenciamento de direitos uso local Reutilização Escaneamento entrega de documentos Processo de Arquivamento produção permanente Prova Inserção de metadados Disponibilização (estruturais, técnicos, na web e administrativos, administração bibliográficos)
  • 65. Digitalização em massa na Biblioteca Estadual da Baviera • Projeto „Europeana Regia“ – Projeto europeu para a digitalização de manuscritos da Idade Média e da Renascença – Colaboração da Biblioteca Estadual: 116 manuscritos; 41.470 páginas; duração 2010 – 2012 • Projeto „Digitalização de incunábulos“ – Cerca de 9.000 publicações, 1.800.000 páginas – Duração: 2008 – 2011 • Projeto „VD16“: impressos alemães da Biblioteca Estadual do século XVI – Duração: 2007 – 2009 – 41.000 títulos; 8.500.000 páginas – Uso de robôs scanners
  • 66. Digitalização em massa na Biblioteca Estadual da Baviera • Projeto „Digitalização de coleções especiais da DFG“ – Digitalização de títulos protegidos por direito autoral de três grandes editoras científicas – 2.000.000 páginas; duração 2009 – 2011 – Uso de robôs scanners • Parceria público-privada com Google – Mais de 1 milhão de títulos – Mais de 250 milhões de páginas – „Cooperative Agreement“ Fev. 2007
  • 67. Armazenamento permanente Centro de processamento de dados Leibniz Parceiro da BSB em armazenamento permanente, entre outras atividades
  • 68. Armazenamento permanente • Dados arquivados Archival Storage BSB: Entwicklung und Prognose 2009 permanentemente no 200 MDZ em 28.02.2010: 180 194.515 títulos 160 • Crescimento anual 140 esperado: cerca de 120 100 terabytes 100 Gesamt 80 60 40 20 0 Dez Apr Aug Dez Apr Aug Dez Apr Aug Dez Apr Aug Dez Apr Aug Dez 04 05 05 05 06 06 06 07 07 07 08 08 08 09 09 09
  • 69. Centro de Digitalização de Munique (MDZ): coleções digitais
  • 70. Centro de Digitalização de Munique (MDZ)
  • 71. Centro de Digitalização de Munique (MDZ)
  • 72. Centro de Digitalização de Munique (MDZ)
  • 73. http://www.youtube.com/watch?v=qmMMMVnNxLI
  • 74. Evangeliário da Catedral de Bamberg, Reichenau, início do séc. XI, Clm 4454
  • 75. Livro de horas dos Países Baixos, fim do séc. XV Cgm 8346
  • 76. Orlando di Lasso: Sete Salmos Penitenciais, Mus. Ms. A I
  • 77. Biblioteca Estadual da Baviera: Parceria público-privada com Google
  • 78. Parceria público-privada Do que se trata? Digitalização da totalidade dos acervos em domínio público da Biblioteca Estadual da Baviera dos séculos XVII a XIX, mais de 1 milhão de títulos
  • 79. – Busca de livros no Google Buchsuche BETA “A missão do Google é organizar a informação mundial e torná-la universalmente útil e acessível.”
  • 80. Digitalização financiada e executada pelo Google Google Digital Copy Library Digital Copy Integração nos serviços do Integração no acervo da Google Biblioteca Estadual
  • 81. Biblioteca Estadual da Baviera: Locação para eventos
  • 82. Um centro para eventos culturais em Munique
  • 83. Resumo…
  • 84. Bibliotecas – o futuro … O que desaparece: Bibliotecas como unidade institucional, organizacional e funcional O que virá: Uma diversidade de serviços em uma infraestrutura abrangente de informação digital O que permanece: „Espaço” para a vida cultural
  • 85. Imperativo 1: Biblioteca como um serviço – torna-se invisível! (e resolve o „problema de marca“) Imperativo 2: Biblioteca como um lugar – torna-se visível! (e resolve o problema de não ser percebida como „uma biblioteca“)
  • 86. Imagine o futuro… • O acesso à informação só será possível via dispositivos móveis… • e somente via enormes hubs na web… • ou via estações de trabalho digitais altamente especializadas. Porém todos estes “trabalhadores nômades” precisam de um lugar… para inspiração, comunicação, concentração…
  • 87. Biblioteca Em todo lugar/ A qualquer hora Wired US, Agosto 2009
  • 88. Ganhadora do Prêmio Nacional para Bibliotecas Biblioteca do Ano 2008
  • 89. A Biblioteca Estadual da Baviera na Second Life
  • 90. Muito obrigado por sua atenção!
  • 91. Informações: www.bsb-muenchen.de www.muenchener-digitalisierungszentrum.de www.bsb-muenchen.de/OPACplus.92.0.html www.vifarom.de slurl.com/secondlife/Insel%20der%20Informati on/132/23/22 Contato: ceynowa@bsb-muenchen.de