Your SlideShare is downloading. ×
  • Like
teoriaepratica-SEVERINO
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Now you can save presentations on your phone or tablet

Available for both IPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

teoriaepratica-SEVERINO

  • 1,239 views
Published

Bianca Casonato -Teoria e prática científica - SEVERINO

Bianca Casonato -Teoria e prática científica - SEVERINO

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
1,239
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
25
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. UFSCar: Universidade Federal de São Carlos
    CECH – Centro de Estudos em Ciências Humanas
    Curso de Biblioteconomia e Ciência da Informação
    Disciplina – Introdução à pesquisa científica
    Profª. Dra. Luciana de Souza Gracioso
    Bianca Aparecida Casonato – RA 405370
  • 2. A ciência surge na modernidade, rompendo assim o método mais metafísico do pensamento, onde tudo era explicado através da natureza.
    Ciência como construção do conhecimento
  • 3. No senso comum, a ciência é algo que pode ser provado cientificamente; a ciência é baseada em coisas concretas.
  • 4. O método científico é um conjunto de regras básicas de como se deve proceder a fim de produzir conhecimento dito científico, quer seja este um novo conhecimento quer seja este fruto de uma integração, correção (evolução) ou expansão da área de abrangência de conhecimentos pré-existentes. 
    Método científico
  • 5. Descartes propôs chegar à verdade através da dúvida sistemática e da decomposição do problema em pequenas partes, características que definiram a base da pesquisa científica. A observação dos fatos é uma das características principais!
    Observar os fatos
  • 6.
  • 7. Hipótese: proposição provisória de relações entre fenômenos, a ser comprovada ou infirmada pela representação. Caso seja confirmada, torna-se lei.
    Verificação experimental: teste da hipótese;
    Passo-a-passo do método científico:
  • 8. Lei: fórmula geral que sintetiza um conjunto de fatos naturais;
    Teoria: síntese geral que se propõe a explicar um conjunto de fatos cujos subconjuntos foram explicados pelas leis.
  • 9. É um método experimental/matemático:
    Experimental: fase indutiva do método (princípio geral, universal, generalização dos fatos);
    Matemático: em curso a fase dedutiva (procedimento lógico, raciocínio).
    Passo-a-passo do método científico:
  • 10. Depois de conhecer o mundo físico mediante a aplicação da metodologia experimental-matemática, a ciência se propôs a conhecer também o mundo humano, seguindo o mesmo caminho...
    Fundamentos teóricos-metodológicos da ciência
  • 11. A ciência torna-se a instância hegemônica de conhecimento;
    Única modalidade válida de conhecimento, portanto considerado verdadeiro e universal;
    A partir dessa “unicidade” que se formou e desenvolveu o sistema das Ciências Naturais e das Ciências Humanas.
  • 12. Tem como objeto de estudo o ser humano, individualmente ou em sociedade, e seu paradigma epistemológico é diverso, pois é diverso, não monótono.
    Ciências Humanas
  • 13. Estuda os fenômenos que se manifestam na natureza; único paradigma teórico-metodológico.
    Ciências Naturais
  • 14. O método consiste a observação dos fenômenos; o Positivismo nega à ciência qualquer possibilidade de investigar a causa dos fenômenos naturais e sociais, considerando este tipo de pesquisa inútil e inacessível, voltando-se para a descoberta e o estudo das leis (relações constantes entre os fenômenos observáveis). 
    Positivismo
  • 15. Os paradigmas epistemológicos são centrados nos enfoques positivistas, criam uma forma de conhecimento que limita o objeto atingir sua totalidade explicativa. A metodologia baseada em pressupostos racionalistas pode indicar o hábito e constituir a manifestação ideológica de uma forma de produzir conhecimentos. São estruturas construídas para assegurar a reprodução do hábito “sistema de disposições metodologicamente constituídos”
    Paradigmas Epistemológicos
  • 16. Funcionalismo é uma filosofia sociológica que originalmente tenta explicar as instituições sociais como meios coletivos de satisfazer necessidades biológicas individuais, vindo mais tarde a se concentrar nas maneiras como as instituições sociais satisfazem necessidades sociais, especialmente a solidariedade social. Juntamente com a Teoria do Conflito e o Interacionismo, funcionalismo é uma das três principais tradições sociológicas.
    Funcionalismo
  • 17. O estruturalismo procura explorar as inter-relações através das quais o significado é produzido dentro de uma cultura. Um uso secundário do estruturalismo tem sido visto recentemente na filosofia da matemática. 
    Estruturalismo
  • 18. Fenomenologia afirma a importância dos fenômenos da consciência, os quais devem ser estudados em si mesmos – tudo que podemos saber do mundo resume-se a esses fenômenos, a esses objetos ideais que existem na mente, cada um designado por uma palavra que representa a sua essência, sua "significação". 
    Femonenologia
  • 19. Hermenêutica é um ramo da filosofia e estuda a teoria da interpretação, que pode referir-se tanto à arte da interpretação, ou a teoria e treino de interpretação. A hermenêutica tradicional - que inclui hermenêutica Bíblica - se refere ao estudo da interpretação de textos escritos, especialmente nas áreas de literatura, religião e direito. A hermenêutica moderna, ou contemporânea, engloba não somente textos escritos, mas também tudo que há no processo interpretativo.
    Hermenêutica
  • 20. Prioriza inclusive na ordem do conhecimento,outras dimensões que não aquela da lógica racional.
    Arqueogenealogia
  • 21. Reciprocidade entre sujeito/objeto eminentemente como uma interação social que vai se formando ao longo do tempo histórico.
    Dialética
  • 22. Método científico
  • 23. SEVERINO, Antonio Joaquim. Teoria e prática científica. In _____. Metodologia do trabalho científico. Editora Cortez, 2007. p. 99-119.
    Referência