A publicidade do fumo. Anexo J.

1,157 views
983 views

Published on

Como era a publicidade do fumo e as leis que regiam a mesma.

Published in: Education
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,157
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
10
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

A publicidade do fumo. Anexo J.

  1. 1. ANEXO J <ul><li>Produtos de Fumo </li></ul>
  2. 2. 1. Não se sugerirá que os produtos transfiram ou proporcionem ao consumidor qualquer potência ou força anormal;
  3. 4. 2. Não se admitirá a promoção de consumo exagerado ou irresponsável;
  4. 6. <ul><li>3. Não se sugerirá ou induzirá o consumo em locais ou situações ilegais ou perigosas; </li></ul>
  5. 8. 4. Não se fará qualquer apelo dirigido a menores. Qualquer pessoa que, fumando ou não, apareça em anúncio regido por este Anexo, deverá ser e parecer maior de idade.
  6. 10. 5. Nenhum anúncio deve ser inserido em qualquer Veículo dirigido basicamente a menores de idade;
  7. 12. 6. Na publicidade pela Televisão atender-se-á especialmente aos seguintes requisitos:
  8. 13. a) os comerciais e mensagens de outra natureza, inclusive o chamado merchandising pela televisão, só serão transmitidos nos horários que vão das 21 as 6 horas, exceção feita aos eventos especiais patrocinados cuja determinação de horário independa do controle do Veículo ou do Anunciante;
  9. 15. b) no caso de &quot;chamadas&quot; para programações patrocinadas, será permitida, em qualquer horário, a simples menção do produto, sua marca e seu fabricante, acompanhada apenas de um slogan ou frase promocional, desde que tais mensagens não firam os preceitos e o espírito do presente Código;
  10. 16. 7. A veiculação de anúncios em cinemas, teatros e salões só será permitida a partir das 20 horas, salvo quando o espetáculo for proibido a menores de 18 anos.
  11. 17. ANEXO K Produtos Inibidores do Fumo
  12. 18. Não será aceita a propaganda de qualquer produto que se proponha a inibir o hábito de fumar sem que o anunciante torne claro que o produto oferece apenas uma ajuda e que o êxito de sua aplicação dependerá de forca de vontade de quem o utilizar.
  13. 22. Elaborado por: <ul><li>Elizabete Batista da Silva Cordeiro Natalia Cristina Rodrigues </li></ul>

×