Manual de Identidade Visual dos Escoteiros do Brasil

3,936 views

Published on

Manual de Identidade Visual dos Escoteiros do Brasil
Fonte: http://www.escoteiros.org.br/

Published in: Design
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
3,936
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
8
Actions
Shares
0
Downloads
155
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Manual de Identidade Visual dos Escoteiros do Brasil

  1. 1. Manual deIdentidade Visuale otimização da imagem
  2. 2. “Nenhum Esta frase do poeta inglês John Donne descreve o espírito de solidariedade que buscamos criar em nossos grupos escoteiros. Nós, os Escoteiros do Brasil, acreditamos verdadeiramente no somató-homem é uma rio de esforços para criar impactos duradouros e verdadeiros na juventude brasileira, promovendo ilha, inteira assim um mundo melhor.em si mesma; Este Manual de Identidade Visual é um exemplo da colaboração de indivíduos e organizações cujos toda pessoa talentos, recursos financeiros, conhecimentos, relacionamentos, bens ou serviços criaram uma é parte do rede de apoio ao Escotismo e sua causa. continente”. Aos que já apoiam os projetos da União dos Escoteiros do Brasil, nossos sinceros agradecimentos John Donne por seu tempo, suas doações e sua confiança em nosso trabalho. Aos demais, fica o convite de se juntar a nós, como investidor social ou voluntário apoiando a idéia de incentivar a sociedade na busca da formação de melhores cidadãos. Nosso cordial Sempre Alerta para Servir, Comissão Nacional de Imagem e Comunicação criando marcas para o futuro
  3. 3. Sumário Emblema e logotipo 11 Tamanhos, cores e medidas 17 Limite de redução   18 Trabalhando com outras marcas   18 Tipologia   19 Aplicação colorida   20 Aplicação monocromática   21 Cores especiais   22 Cor única sem retícula   22 Restrições   23 Regiões, escritórios e comissões   25 Fundo de baixo contraste – tarja vertical   26 Fundo de baixo contraste – tarja horizontal   27 Internet 29 Sítios de Internet - Institucionais   30 Páginas de grupos escoteiros filiados   324  Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil
  4. 4. Elementos de apoio 35Fotografias – conteúdo e estilo   36Selecionando fotografias   37Elementos gráficos   38Papelaria e publicações 41Papel timbrado   43Cartão de visitas   44Envelopes   45Timbrado: unidades locais   46Publicações   48Publicações Grupo A   49Publicações Grupo B   50Publicações Grupo C   51Vestuário    52Uniformização    53Objetos, brindes e presentes    54 Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil  5
  5. 5. 6  Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil
  6. 6. 100 anos É com muita alegria e satisfação que apresentamos o Manual de Identidade Visual da União dos Escoteiros do Brasil no ano em que celebramos o centenário do Escotismo no Brasil. e além Nossa nova identidade visual, fruto de um trabalho técnico minucioso coordenado pelo Dirigente Márcio Andrade Cavalcanti de Albuquerque e criação de Glen Homer, envolveu a participação de aproximada- mente 40 pessoas no Brasil e no exterior, e tem como objetivo ajudar à UEB a consolidar sua imagem como uma organização moderna e atuante na formação de nossos jovens, além de estar firmemente vinculada aos princípios escoteiros que nos servem como guia neste mundo cada vez mais complexo. Tendo em mente o ensinamento de B-P de que “o Escotismo divorciado da realidade é uma impossibili- dade”, procuramos deixar a UEB com uma identidade visual mais moderna e, ao mesmo tempo, vinculada à nossa tradição, em linha com a nossa filosofia de trabalho, que está assentada na concepção de que o aperfeiçoamento de uma instituição como a UEB resulta da experiência do passado que se renova sob o fluxo do presente, para o melhor desempenho no futuro. A nosso ver, o Movimento Escoteiro é um exem- plo vivo e marcante de que “progredir é conservar, melhorando”. Progredindo (conservando e melhorando), a UEB lança sua nova identidade visual, colocando em prática a expressão “Movimento Escoteiro”. A Flor de Lis, que nos identifica como membros da Fraternidade Mundial Escoteira e que congrega jovens e adultos do mundo inteiro em torno de Valores que, ao longo da história, sempre demonstraram ser os mais caros e importantes para a humanidade, está ainda mais bonita e viva. Que ela fortaleça ainda mais nossos sentimentos de Fraternidade e sirva como bússola para orientar nossa jornada no começo deste novo ciclo de 100 anos que ora se inicia. Sempre Alerta Para Servir! Rubem Tadeu Cordeiro Perlingeiro Diretor-presidente da União dos Escoteiros do Brasil
  7. 7. A Flor de Lis A Flor de Lis é o tema central da identificação visual dos escoteirosdesde a fundação do Movimento. Simbolizando a honra e ímpeto de cada jovem que aspira dar o melhor de si, a Flor de Lis nos representa ao redor do globo. Ao lado, vemos o emblema da World Organization for the Scout Movement (WOSM).8  Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil
  8. 8. Nossa História A União dos Escoteiros 1929 1930 do Brasil tem uma rica história em inovação. Fomos uma das pri- meiras organizações aestimular a coeducação além de sermos pio-neiros no voluntariado juvenil e no estímulo ao protagonismo da 1940 1929 1930 19501940 195 juventude brasileira. Ao longo dos anos, alguns dos nossos símbolos evoluíram para se adequarem àsnossas necessidades de comunicação. 1929 1930 1940 1950 Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil  9
  9. 9. Emblemae logotipo
  10. 10. A logomarca A marca gráfica da União dos Escoteiros do Brasil foi concebida para atualizar a imagem dos Escoteiros perante a sociedade brasileira.12  Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil
  11. 11. A utilização da nossa logomarca deve ser feita de acordo com as diretrizes destemanual. Assim podemos nos certificar de que a mensagem que passamos será a emblema mesma onde estivermos e que falamos a mesma língua apesar do sotaque de logomarca cada região. Para termos mais flexibilidade, a logo- marca pode ser apresentada em duas logotipo versões: horizontal e vertical. Versão horizontal Versão vertical Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil  13
  12. 12. O emblema O Perfil da juventude Brasileira Precisamos representar de forma direta o que somos e o que fazemos como escoteiros. Para tanto, foi criado um símbolo humani- zado, espontâneo e com cores alegres em uma sobreposição de perfis de crianças e jovens que, com sua diversidade, nos torna mais fortes como instituição. A alusão às cores nacionais e ao Cruzeiro do Sul mantém, apesar das origens inglesas do Movimento Escoteiro, que somos brasileiros e que conhe- cemos e respeitamos nossa pátria com seus desafios e suas belezas. Com esta imagem renovada, apontamos para um futuro imediato onde o jovem brasileiro no século XXI pode se identificar com o maior movimento juvenil do planeta, juntar-se a ele, e construir um mundo melhor.14  Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil
  13. 13. O logotipo “Escoteiros do Brasil” Adotamos esta maneira informal de nos apre-sentar com a finalidade de mostrar à sociedade uma face clara e sucinta do Escotismo. Isto nos retrata como uma organização humana, formada por pessoas acessíveis tanto junto à mídia, formadoras de opinião, líderes comu- nitários e agentes sociais como políticos, empresários e jovens alheios ao Movimento. Consideramos mais adequada ao novo espírito da organização a evolução do nome União dosEscoteiros do Brasil para Escoteiros do Brasil. Esta alteração representa apenas a forma com que nos comunicamos com a sociedade O nome oficial da instituição continua sendo UNIÃO DOS ESCOTEIROS DO BRASIL para fins fiscais e jurídicos. Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil  15
  14. 14. Tamanhos, cores e medidas
  15. 15. Limite de Trabalhando redução com outras marcas x/2 Como queremos Em um mesmo evento, sempre ser bem reco- podemos ter vários x/2 15mmnhecidos, a logomarca parceiros, sejam não deve ser reduzida do setor privado,demasiadamente para público ou do terceiro x mantermos a legibili- setor. Neste caso, dade do logotipo. 15mm a logomarca deve A altura mínima é de ser exposta em sua 15mm para a versão versão vertical com x/2vertical, e 10 mm para uma distância mínima a horizontal. 10mm de x/2 em todos os Alguns tipos de papel lados. Assim damos como o jornal, podem espaço para os esco- comprometer ainda teiros respirarem, mais a legibilidade. 10mm mantendo o destaqueNestes casos, verifique que a marca merece. com um espe­ ialista c se a leitura será adequada.18  Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil
  16. 16. Tipologia e fontes Temos histórias para Família Officina Sans Oficina Sans é uma fonte moderna que combina facilidade de leitura com uma personalidade incisiva. contar e informa- AaBbCcDdEeFfGgHhIiJjKkLl 1234567890 Sua forma estreita permite um maior número ções para passar. Em AaBbCcDdEeFfGgHhIiJjKkLl 1234567890 de palavras por linha mantendo uma excelente comunicados, ofícios, AaBbCcDdEeFfGgHhIiJjKkLl 1234567890 legibilidade. Recomendada para textos curtos , títulos, informativos e publi- AaBbCcDdEeFfGgHhIiJjKkLl 1234567890 chamadas, destaques. cações, a padronização das fontes nos dá uma voz uníssona. Officina Serif Oficina Serif é uma fonte com as mesmas pro- porções da Officina Sans, mas com um toque de AaBbCcDdEeFfGgHhIiJjKkLl 1234567890As famílias Officina Sans tradição por suas terminações (serifas) quadradas AaBbCcDdEeFfGgHhIiJjKkLl 1234567890 que, por sua vez, lembram as famosas pinturas e Officina Serif tem a AaBbCcDdEeFfGgHhIiJjKk 1234567890 escoteiras de Norman Rockwell. Recomendada paraclareza e a personalidade AaBbCcDdEeFfGgHhIiJjKkLl 1234567890 textos mais extensos, títulos grandes e algunsque desejamos passar em destaques. nossas mensagens. Para emails e uso Tahoma Tahoma é uma fonte criada para a Internet com proporções que garantem sua alta legibilidade online, estas fontes AaBbCcDdEeFfGgHhIiJjKkLl 1234567890 mesmo em tamanhos pequenos ou monitores podem ser satisfató- AaBbCcDdEeFfGgHhIiJjKkLl 1234567890 com baixa resolução. Sua melhor utilização é riamente substituidas AaBbCcDdEeFfGgHhIiJjKk 1234567890 eletrônica, já que as mesmas características quepor Tahoma (instalação AaBbCcDdEeFfGgHhIiJjKk 1234567890 garantem o sucesso em um monitor, a tornam padrão Windows) desengoçada quando impressa em papel. Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil  19
  17. 17. Aplicação colorida Valorizando 7 k2 nossas cores 00 y1 0 m 5 k8 c9 a 00 Estas cores represen- st y1 re flo 0 tam cada um de nós, m 2 c2 Escoteiros do Brasil. k0 o ot 00Mantendo estas cores, br y1 0 k0 nos asseguramos que m 0 0 y2 lc a jovialidade e juven- so 0 3 m k2 00 tude se perpetuam a y0 c1 67 ua cada vez que a nossa m ág 00 logomarca é vista. c1 la Assim, mostramos a tre esalegria e a pluralidade do nosso movimento que é por um lado heterogêneo, valori- zando a diversidade dos seus membros e ao mesmo tempounido por um só ideal.20  Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil
  18. 18. Aplicaçãomonocromática 0% % % 0% 20 50 10É preferível a reprodu-ção colorida. SEMPRE.Mesmo assim, existem situações como custo financeiro oumétodo de reprodução (ex. fax, fotocópia,serigrafia) onde pode- mos encontrar uma limitação no uso de cores. Nestes casos, podemos usar umadas variações ao lado. A base é sempre uma das 5 cores que com- põem o nosso logo, o branco e o preto. Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil  21
  19. 19. Cores Especificação de cores: C especiais 3 6 B6 35 e 1. RGB 33 e 53 on G1 Outros padrões 08 nt R0 #0 Pa 5 C 2. Hexa B3 Para vídeo e publi- a a a 0 st st st 38 05 re re re G2 e 22 flo flo flo cações especiais, on 3. Pantone d 90 nt 1c Pa seguem algumas #c R1 C B0 45 o o o ot ot ot 39 especificações 42 br br br G2 e 00 on 55 C ff2 nt B0 R2 1 Pa #f 63 05 l l l so so so d G2 ne cc to C 0a 72 n 4 41 #0 Pa R1 29 B1 ua ua ua d ne a8 5 ág ág ág G7 to 04 n R0 #0 Pa la la la tre tre tre es es es Cor única sem retícula 100%-0%22  Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil
  20. 20. Restrições TEXTO texto Nunca usar como Não preencher com Não mudar as Não distorcer o logo. Na comunicação, sua marca d’água cor única. proporções corretas. imagem diz muito sobre você. Para transmitir nossos valores de forma assertiva e coerente,use sempre a marca de forma correta. Utilize sempre os Não usar só o Não modificar a Não modificar os Não adicionar formas arquivos forneci- contorno. combinação de cores. perfis. ao logo. dos oficialmente (via site) Não usar “efeitos Não preencher com Não customizar o Não adicionar especias“ como padrões ou fotografias. logotipo. elementos ao logo. “bevel“ ou sombra. Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil  23
  21. 21. Quando usar qual logo? Nossa logomarca é muito flexível, mas algumas regras devem ser seguidas para man- termos clara e vibrante a nossa mensagem ao público. Para a comunicaçãocom o público em geral água é a cor dos slogans (externo), sempre é utilizada a logo- marca vertical ou Slogans oficiais complementares horizontal com o slogan.Alguns slogans comple- mentares fazem partedo leque de opções parauso conforme a estraté- gia de comunicação.24  Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil
  22. 22. Regiões, escritórios e comissões x Podemos utilizar a logo- marca horizontal também, para denominações x/0.6 x/2internas, quando for neces- x sária a identificação de umacomissão ou em documentos que circulam entre regiões. Verifique a lista de logos disponíveis pelo site. Pais, jovens, apoiadores ou parceiros institucionais não devem se envolver em divisões administrativas danossa associação. Portanto, estas variações são para broto é a cor das divisões de operação da organização uso interno onde o público é integralmente escoteiro branco pode ser utilizado para melhorar o contraste (2ª opção)e majoritariamente adulto. Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil  25
  23. 23. Fundo de baixo escoteiroscontraste – tarja Você pode vertical tornar o nosso guia de especialidades ainda mais especial. Nem sempre temos uma cor propícia para a aplicação do logo. Ajude-nos a melhorar ainda mais o nosso guia. Sua contribuição é importante para atualizarmos os tópicos de conquista e incluirmosnovas especialidades. Você pode enviar sugestões para Em caso de aplicação especialidades@escoteiros.org.br até o dia 30/11. sobre fundos colori- dos ou fotográficos, 2 utilize a tarja como demonstrado ao lado. 1. Superior 2. Inferior Para estes casos 3. Flutuante temos três opções. (somente em materiais de ter- www.queroserescoteiro.com ceiros no contexto multi-marcas) Faça parte dessa aventura 3 1 26  Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil
  24. 24. Fundo de baixo contraste –tarja horizontal Em relação a logo- marca Horizontal, a mesma regra vale. Adiferença é que a tarja horizontal “sangra“ (sai da página) de forma lateral. Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil  27
  25. 25. Internet
  26. 26. Sítios de Internet -Institucionais 5 Padronização de layout para o 1 site do Escritório 6 Nacional e para os Escritórios Regionais A Internet rapida- 7 mente se tornou um dos principais instru- mentos de comunição 2 institucional, profis- 8 sional e interpessoal. 3 É impossível ignorar uma ferramenta tão 9amplamente utilizada. 430  Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil
  27. 27. Padronização 1. Espaço reservado para a identificação do de layout para o site. Quando o site for de propriedade de um site do Escritório Escritório Regional, no lugar do slogan deve Nacional e para ir o nome do estado Importante os Escritórios O título da página do seu Regionais 2. Títulos em Tahoma, 18pt, cor #575A57 Grupo Escoteiro deve 3. Imagens de destaque, no tamanho 90x70px sempre apresentar também Este é o projeto a expressão Escoteiros 4. Espaço reservado para o endereço físico do gráfico e padrão do Brasil e o nome do seu escritório, seja nacional ou regional. estrutural para os estado. sites do Escritório 5. Espaço para o menu de navegação, que deve Nacional e para os estar contextualizado com as necessidades Veja como deve ficar:Escritórios Regionais. do escritório. Grupo Escoteiro Silva Paes – Escoteiros do Brasil – Rio As definições devem 6. Espaço para o destaque das principais ser seguidas em Grande do Sul atividades, acontecimentos ou notícias totalidade, para que Grupo Escoteiro Arara Azul – importantes do escritório, nacional ou haja uniformidade Escoteiros do Brasil – Goiás regional.em todos os sites que utilizam este layout. 7. Textos em Tahoma, 11pt, cor #575A57 Evite as abreviações comuns, do tipo, GE Silva Paes, ou 8. Espaço para banners secundários, específi- ainda, GESP. O mesmo vale cos para anúncios fixos ou anunciantes de para o nome do seu estado. menor quota. 9. Espaço reservado para a identificação da WOSM, indiferente se o site é nacional ou regional. Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil  31
  28. 28. Páginas de grupos escoteiros filiados Identificação da Associação para sites de Grupos Escoteiros Existem duas formas de aplicar a marca em sites escoteiros, con- siderando que estes não seguem o padrãode layout definido para o Escritório Nacional e para os Escritórios Rodapé Regionais. A opção padrão para aplicação da marca é no rodapé do site, junto com a assina- tura/endereço do Grupo Escoteiro.32  Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil
  29. 29. LateralEsta opção é ade-quada quando o sitepossuir apenas espaçolateral. A marca deveser colocada prefe-rencialmente do ladodireito, porém é acei-tável a inserção nolado esquerdo, comomostra a imagem.Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil  33
  30. 30. Elementos de apoio
  31. 31. Fotografias – conteúdo e estilo O que vemos em uma imagem? Uma imagem vale mil palavras... Ao escolhermos fotos para nossos folders, banners, cartazes e etc, é importante entender a diferençaentre o estilo da foto e o seu conteúdo. Para a imagem dos escoteiros, o conteúdo SEMPRE Conteúdo: Conteúdo: deve prevalecer. O Mutirão comunitário, trabalho em equipe, pintura Jogo ativo, alegria, ar livrebom estilo é desejável, Estilo: Estilo: Colorido, profundidade, enquadramento diagonal Brilho, verde, destaque individual mas secundário.Veja os exemplos ao lado.36  Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil
  32. 32. Selecionando fotografias Transmitindo a imagem do escotismo Pessoas: indivíuos ou Objetos não mostram Simbologia Não-Escoteiro: Gênero: grupos, o escotismo o dinamismo e Escoteira: Não utilize imagens Somos um movi- é feito de pessoas. vida do movimento Sempre dê preferên- onde o protagonista mento que respeita as Evite “closes“ como escoteiro. cia a imagens que não seja facilmente mãos ou pés que não incluam símbolos identificado como diferenças. transmitam a imagem escoteiros como o escoteiro. Idade: O relacio- escoteira. lenço. namento entre faixas etárias é fundamental, mas somos um movi- mento de jovens. Evite fotos com adultos “demais“. Atividade: A ener- gia do nosso movimento Verdadeira: Imagens Foto posada: Envolvente: Parado: fala por si. espontâneas sempre Fotos coreografadas O movimento esti- Pessoas cansadas e mostram um momento ou forçadas não mula a participação paradas não trans- Ambiente: seja no real dentro da vida mostram o que é ser ativa de todos. As mitem a energia do campo, cidade, parque escoteira. Escoteiros escoteiro e não inspi- imagens que usamos movimento escoteiro.ou auditório, o Escotismo são pessoas reais em ram o nosso público. devem refletir isso. está sempre presente. situações reais. Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil  37
  33. 33. Elementos gráficos Nos perfis dos jovens, temos elementos gráficos de apoio para a criação de peças e materiais de comunicação. 1. Os perfis presentes na logomarca podem 2. Os perfis podem ser usados nas cores ser usados em conjunto ou em pares, naturais do emblema - 4 cores ou nunca sozinhos. Podem ser usados em monocromáticos. Podem ainda ser qualquer escala desde que não se cruzem preenchidos ou usar somente as linhas. ou sejam rotacionados (girados).38  Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil
  34. 34. Projeto para Mobilização de Recursos Manual do patrocinador 1910-2010 100 Anos ESCOTISMO TEXTO texto BRASILEIRO3. Combinações com fotos ou textos 4. Os perfis não podem ser (A) girados, (B) valorizam a mensagem e geram multiplicados, (C) sobrepostos ou (D) usa- composições interessantes. dos como marca d’água com transparência as cores devem ser apresentadas a 100% . (E) Os elementos devem sempre “sangrar“ para fora da página. Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil  39
  35. 35. Papelaria epublicações
  36. 36. Papelaria construindo um mundo melho r PAPEL TIMBRADO Uso exclusivo dos escritórios Nacional e RegionaisOs documentos em A4têm uma estrutura de 5 (cinco) colunas. Importante Os modelos e templates de papelaria estão disponíveis via site pelo UNião dos esCoteiRos do BRasiL www.escoteiros. Região estado distrito escritório Rua do endereço Completo 99 Bairro, Cidade Aqui, UF org.br/marca Tel (54) 3210-9876 Fax(54) 4321.0987 www.escoteiros.org.br42  Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil
  37. 37. 23 32 3 32 3 32 3 32 3 32 15 Papel 1. Logomarca 15 Horizontal timbrado construindo um mundo melho r versão 20mm com 30 a descrição do Sr. Associado ou Parceiro 1ª linha de endereço escritório, região 2ª linha de endereço 3ª linha de endereço ou slogan. 4ª linha de endereço 2. Endereço: em 50 5ª linha de endereço Uso exclusivo dos DD de mês de AAA Aescritórios Nacional e fonte Officina Serif tamanho 5 Regionais Caro Sr. Associado ou Parceiro, O corpo do texto, Bor magnis prehenis si omnim cum ent etus estoritam nost exerrovid que nos aut quam, quam quibus et enia sequi dit qui dem quod qui voluptatque reicat rectem volupti umquiducium atur? 11pt sobre 14pt. endereços e assina- Porum vernam explam as siminte voluptate ea nientinctur? Qui que estoreptae. Con cus quam, sa doluptatest Alinhado a exeri de nienitius, is de cori doluptiandae iusdam, ne praercia et fugitae occum alibus dit, omnis siminverum tura são todos em in con es everferum, occae nimi, quamendebis aceprat ibusam, seditis nisquidus, eum fugia ipsapicim enet equerda. Deixe reri debis voluptatibus sunt aditaecerum qui nis ex et, sinctorro iliquae eos moloriatiis et omnis veri as eseces caixa alta e baixa explam dollitatur molluptatet fugia voloria core, sunt vera dunt qui aut eum enderum corpore prenis doloremporum fugitia ditatemque net fuga. Off ic tor rem liquid maximinvenim quam ducilit aturem um espaço antes com exceção de facipsame net dicidel iciissimusam conserc iaepro tem es molupta sa cumet doluptatur? da data. Met magnimo luptatiaecus am excearunt lam faccuptatem. Ita nullentus, ute vendam volorpore net hic tecab siglas (ex. CNIC) e ipient. Exeruptio. Geni aut ad qui voluptate aut ad quis moluptatent ut magnis mint verferor aut laccuptas seditio venda nos eum as ut quuntiistrum dolorrum et ium dolupta prescipsa coribus dus 3. Corpo do a razão social da Bor magnis prehenis si omnim cum ent etus estoritam nost exerrovid que nos aut quam, quam quibus et enia texto:em fonte sequi dit qui dem quod qui voluptatque reicat rectem volupti umquiducium atur? organização, ”União Grato, Officina Serif dos Escoteiros Fulano de Siclano Diretor de Alguma Coisa tamanho 11pt do Brasil”, na sobre 14pt. linha de assinatura Alinhado a institucional. equerda. 4. Assinatura: fonte 5 (medidas em mm) UNião dos esCoteiRos do BRasiL Região estado distrito escritório Rua do endereço Completo 99 Officina Sans 8pt 20 Bairro, Cidade Aqui, UF Tel (54) 3210-9876 Fax(54) 4321.0987 sobre 10pt. www.escoteiros.org.br 15 Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil  43
  38. 38. Cartão de 1. Nome: fonte Officina Sans Bold, visitas 10pt sobre 11.5pt 2. Cargo e contatos pessoais: fonte Officina Sans 85mmx40mm Regular, 8pt sobre4 cores (f)/4 cores (v) 9pt. Alinhado à Uso exclusivo dos direita cor Água.escritórios Nacional e 3. Contatos Regionais Institucionais: “União dos Escoteiros do Brasil” – fonte Officina Sans Bold. Cor Estrela. 4. Endereço e infor- mações: Officina Sans Regular 8pt sobre 9pt. Cor Estrela. 5. Logomarca Horizontal versão 20mm com slogan.44  Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil
  39. 39. Envelopes 1. Aba de corte reto com cantos arredondados. Cor Broto. 2. Contatos 120 Institucionais: 230mm x 120mm “União dos4 cores (f)/0 cores (v) Escoteiros do 20 Uso exclusivo dos Brasil” – fonteescritórios Nacional e Officina Sans Bold. 15 Regionais 230 Cor Broto. 15 3. Endereço e infor- mações: Officina Sans Regular 8pt sobre 9pt. Cor Estrela. 120 4. Logomarca Horizontal versão 20 construindo um mundo melho r 20mm com slogan 15 Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil  45
  40. 40. Timbrado: 23 32 3 32 3 32 3 32 3 32 15 1. Logomarca do seu Grupo: com tam. unidades 15 max. de 100mm de Logo do seu locais grupo escoteiro lagura por 25mm 30 de altura Sr. Associado ou Parceiro 1ª linha de endereço 2ª linha de endereço 3ª linha de endereço 2. Endereço: em 4ª linha de endereço fonte Officina PAPEL TIMBRADO 2 50 5ª linha de endereço DD de mês de AAA A Serif tamanho Identificação da 11pt sobre 14pt. organização Alinhado a 5 Caro Sr. Associado ou Parceiro, É muito importante Bor magnis prehenis si omnim cum ent etus estoritam nost exerrovid que nos aut quam, quam quibus et enia equerda. Deixe um sequi dit qui dem quod qui voluptatque reicat rectem volupti umquiducium atur? que pais, associados e Porum vernam explam as siminte voluptate ea nientinctur? Qui que estoreptae. Con cus quam, sa doluptatest espaço antes da parceiros saibam que exeri de nienitius, is de cori doluptiandae iusdam, ne praercia et fugitae occum alibus dit, omnis siminverum in con es everferum, occae nimi, quamendebis aceprat ibusam, seditis nisquidus, eum fugia ipsapicim enet data. reri debis voluptatibus sunt aditaecerum qui nis ex et, sinctorro iliquae eos moloriatiis et omnis veri as eseces estão lidando com explam dollitatur molluptatet fugia voloria core, sunt vera dunt qui aut eum enderum corpore prenis doloremporum fugitia ditatemque net fuga. Off ic tor rem liquid maximinvenim quam ducilit aturem 3. Corpo do texto: uma instituição séria facipsame net dicidel iciissimusam conserc iaepro tem es molupta sa cumet doluptatur? em fonte Officina e idônea. Portanto, Met magnimo luptatiaecus am excearunt lam faccuptatem. Ita nullentus, ute vendam volorpore net hic tecab ipient. Serif tamanho Exeruptio. Geni aut ad qui voluptate aut ad quis moluptatent ut magnis mint verferor aut laccuptas seditio fortemente recomen- venda nos eum as ut quuntiistrum dolorrum et ium dolupta prescipsa coribus dus Bor magnis prehenis si omnim cum ent etus estoritam nost exerrovid que nos aut quam, quam quibus et enia 11pt sobre 14pt.damos que seja usada a sequi dit qui dem quod qui voluptatque reicat rectem volupti umquiducium atur? Alinhado aassinatura institucional Grato, Fulano de Siclano equerda. Diretor de Alguma Coisacomo mostrada ao lado 4. Assinatura: Fonte em todas as corres- Officina Sans 8pt pondências oficiais de sobre 10pt cada Grupo.Baixe um 5. Logomarca 5 modelo pelo site. UNião dos esCoteiRos do BRasiL grupo escoteiro exemplo do exemplo em até duas linhas, 123º UF Horizontal versão (medidas em mm) 20 Tel (54) 3210-9876 Fax (54) 4321.0987 email.completo@escoteiros.org.br www.seusiteaqui.org.br construindo um mundo melho r 20mm 1546  Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil
  41. 41. Envelope: unidades locais Envelope 1. Logomarca do Identificação da seu Grupo organização 2. ContatosBaixe um modelo Institucionais: pelo site. “União dos Escoteiros do(medidas em mm) Brasil” – fonte Officina Sans Bold. 3. Endereço e infor- mações: Officina Sans Regular 8pt sobre 9pt. Cor 4. Logomarca Horizontal com slogan: versão 20mm Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil  47
  42. 42. Publicações Linhas e Entrelinhas Um aspecto Relatório Anual de Atividades Escoteiras importante da série Manuais Práticos Região do Distrito Federal – 2010 nossa identidade é apresentar um estilo visual orga- nizado e limpo para aumentar o impacto Manual de Amélia Chandler Cerimônias provocado pela logo- 2010 Para grupos escoteiros marca e ilus­ ração t escolhidas. A consistência de estilo vai aumentar Grupo A Grupo B Grupo C a capacidade de Estas são as publi- São publicações Estas publicações são reconhecimento da cações mais nobres. direcionadas para as mais rígidas de marca “Escoteiros do São também as mais áreas específicas na todas. As fontes de Brasil“ parao público flexíveis em relação organização. Um capa, miolo e layout escolhido. ao layout. pouco mais rígidas. seguem um modelo.48  Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil
  43. 43. Publicações Grupo A Grupo A Estas publicações tem uma tiragem maior. São geral- mente coloridas e podem apresentar bastante flexibili- dade de layout. O posicionamento da logomarca no canto superiordireito é constante. Exemplos: revistas, livros,anúncios, materiais Consulte o Guia promocionais, de Publicações brochuras. Amélia Chandler para mais informações. Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil  49
  44. 44. Publicações Grupo B série Manuais Práticos Grupo b A Corte de Honra Estas publicações são na Tropa Sênior Manual de Série Cartilhas Técnicas Cerimônias primariamente para 2010 Para grupos escoteiros o público já Escoteiro e geralmente se enquadram em séries.Publicação geralmente sériecolorida ou duas cores. Manuais Práticos Exemplos: cartilhas técnicas, boletins e séries. Sistema de Patrulhas Série Cartilhas Técnicas 2010 Servindo a Encargos Comunidade de Patrulha Como programar 2010 suas atividades Série Cartilhas Técnicas50  Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil
  45. 45. Publicações Grupo C Eficácia de técnicas Escoteiras no Projeto Educarivo Diretoria de Método Educativo 2010 Relatório Anual de Atividades Escoteiras Grupo c Região do Distrito Federal – 2010 Estas são publicações de cunho primaria- mente operacional eadministrativo e público estritamente interno.Primariamente em Preto Compreendendo os e Branco ou duas cores, Fudamentos do Escotismo Curso Básico Geral Ramo Escoteiro este material se adapta Região do Distrito Federal – 2010 Os modelos das bem às restições de publicações custo podendo ser foto- Grupo C, copiadas sem grande juntamente com perda de qualidade. todos os modelos Exemplos: relatórios, de papelaria atas, resoluções, estão disponíveispesquisas e material para via site. cursos de formação. www.escoteiros. org/marca Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil  51
  46. 46. Vestuário Alto contraste B Sobre fundos que proporcionam alto contraste com as cores da logomarca, ela pode ser aplicada em versão(A) colorida sem tarja. Baixo contraste Quando a cor do tecido, ou fundo, não oferecer um bom contraste com as cores do emblema A ou logotipo, temos duas opções: (B) com tarja e C (C)monocromática sem tarja. 52  Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil
  47. 47. Uniformização Para comissões, A Bescritório e equipes de serviço para eventos Quando não estamos de traje ou uniforme, muitas vezes ainda precisamos nos apresentar como uma equipe. Nestes casos, a mesma regra de contraste se aplica, no entanto, usa-se a versão horizontal da logomarca com a denominação da A C C área administrativa/ executiva específica. Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil  53
  48. 48. Objetos, brindes e presentes Legibilidade é a chave Quando possível, sempre use a logo- marca de forma queas palavras Escoteiros do Brasil fiquem bem legíveis, assim como o slogan. Alguns ítens comogravatas, pins e brin- cos, por natureza, não levam o logo- tipo. Vale lembrarque casos como estes são uma exceção e devem ser evitados de for­ a geral. m54  Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil
  49. 49. Manual de Identidade Visual | Escoteiros do Brasil  55
  50. 50. Créditos Conselho de Administração Nacional Diretoria Executiva Nacional Presidente Presidente Marco Aurélio de Mello Castrianni Rubem Tadeu Cordeiro Perlingeiro Vice -Presidente 1º Vice-Presidente Márcio Andrade C. de Albuquerque Marco Aurélio Romeu Fernandes Conselheiros 2º Vice-Presidente Adir Barusso Renato Bini Ênio Hideyuki Cojho Diretor de Método Educativo Geraldino Ferreira Moreira Alessandro Garcia Vieira Helio Borba Moratelli Ivan Alves do Nascimento Júlio Carlos Massirer Luiz Salgado Klaes Marcelo de Assis Xaud Marcelo Lisboa Nelson Zepka Senna Paulo Henrique Maciel Barbosa Paulo Salamuni Raphael Tostes Salin e Souza Rafael Rocha de Macedo Sandra Valda Nogueira dos Santos David Izeckson Neto
  51. 51. Comissão Nacional de Imagem e FotografiaComunicação Estevão Salles (7 fotos) pg. 35 e 38Coordenador Glen Homer (17 fotos) pg. 1, 4, 13, 34, 46, 47, 48 e 49Márcio Andrade Cavalcanti de Albuquerque Márcio A. Cavalcanti de Albuquerque (3 fotos) pg. 25, 35 e 37Gestão da Imagem World Scout Bureau, Inc. (4 fotos) pg. 8, 14, 26 e 32Glen D. Homer Agradecimentos geraisMídias Digitais WWF pela inspiração em como manter a clareza da marca no sistemaMauro Lages de publicações.Relações Públicas WOSM pelas orientações do “Brand Manual” e “ScoutBoom”.Patrícia Diniz União dos Escoteiros do Brasil pela visão em investir neste patrimô-Consultora de Mídia nio valiosíssimo que é a sua marca.Thiara Zavaglia UEB – Região do Distrito Federal pelo apoio ao projeto e pela seçãoDesigner do Escritório Nacional de algumas peças de divulgação para ilustrar este manual.Andréa Queirolo 456studio Design Grafico e Branding pelo tempo da empresa dedicadoJornalista (Agência Virtual) ao branding e conceituação de gestão da marca Escoteiros do Brasil.Carolina Meneses www.456studio.comJornalista (Agência Virtual) Parlare Soluções pela revisão deste manual.Fernando L.B. Chaves www.parlaresolucoes.com.br Círculo 1 Comunicação pela diagramação deste manual. www.circulo1.com Rafael Curi, Iris Ferrera e Lucas Leite pela expertise em mídia online. Clémence Delannoy Homer que em momentos oportunos deu opiniões precisas que melhor direcionaram o desenvolvimento deste trabalho.
  52. 52. Glen Compromisso Compromisso 5 árvores em da Comissão com o planeta Brasília, DFPara neutralizar o impacto ecológico da produção Márcio e impressão deste manual, se faz necessário o 5 árvores em plantio de 5 árvores. Niquelândia, GO A Comissão Nacional de Imagem e Comunicação plantará 20 árvores em 2010. Acompanhe a açãopelo Twitter e pela página da comissão. Neutralizevocê também a sua pegada de carbono com ações na sua comunidade e envie as fotos para Mauro comunicacao_nacional@escoteiros.org.br . 5 árvores em Rio Grande, RS Patrícia 5 árvores em São Paulo, SP
  53. 53. www.escoteiros .org.br/marca

×