• Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
2,454
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
79
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Uso do Computador e da Internet na Professoras: Escola Drª Anamelea de Campo Pinto Drª Cleide Jane de Sá Araújo Costa Alunas: Ana Maria Medeiros Tavares Elizabete Soares Cavalcante Sonia Maria de Amorim Leite
  • 2. NOSSA MENTE É A MELHOR TECNOLOGIA, INFINITAMENTE SUPERIOR EM COMPLEXIDADE AO MELHOR COMPUTADOR, PORQUE PENSA, RELACIONA, SENTE, INTUI E PODE SURPREENDER. (Moran,1997, p.146-153)
  • 3. DISTÂNCIAS GEOGRÁFICAS ECONÔMICAS CULTURAL TECNOLÓGICAS (Moran,1997, p.146-153)
  • 4. SEGUNDO GLASSER: APRENDEMOS... 10% DO QUE LEMOS 20% DO QUE OUVIMOS 30% DO QUE VEMOS 50% DO QUE VEMOS E OUVIMOS 70% DO QUE DISCUTIMOS COM OUTRAS PESSOAS 80% DO QUE EXPERIMENTAMOS 95% DO QUE ENSINAMOS A OUTRAS PESSOAS. (Willian Glasser in Seven Ways of Knowing). http://en.wikipedia.org/wiki/William_Glasser http://www.wglasser.com/index.php
  • 5. HISTÓRICO: USO DO COMPUTADOR NA ESCOLA •ANOS 60 e 70 EUA – INTRODUZIU A MICROINFORMÁTICA, SEM ÊNFASE NA FORMAÇÃO DO PROFESSOR; • ANOS 60 e 70 FRANÇA- DOMÍNIO NO CAMPO DA CIÊNCIA COMPUTACIONAL E PREOCUPAÇÃO COM A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DIRECIONADA A UMA ABORDAGEM PEDAGÓGICA; • ANOS 70, AS EXPERIÊNCIAS DO LABORATÓRIO DE ESTUDOS COGNITIVOS DO INSTITUTO DE PSICOLOGIA – (LEC), DA UFRGS, APOIADAS NAS TEORIAS DE PIAGET E PAPERT, COM PÚBLICO-ALVO DE CRIANÇAS COM DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM DE LEITURA, ESCRITA E CÁLCULO.
  • 6. HISTÓRICO: USO DO COMPUTADOR NA ESCOLA • NO BRASIL EM 1971, INICIOU O USO DE COMPUTADORES NO ENSINO DE FÍSICA (USP/SÃO CARLOS). • EM 1975 UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS INICIOU COOPERAÇÃO TÉCNICA - AINDA EXISTENTE - COM O MEDIA LAB DO MASSACHUSSETS INSTITUTE OF TECHNOLOGY - MIT, CRIANDO UM GRUPO INTERDISCIPLINAR PARA PESQUISAR O USO DE COMPUTADORES COM LINGUAGEM LOGO NA EDUCAÇÃO DE CRIANÇAS. •EM 1981 E 1982 A PARTIR DOS RESULTADOS DE DOIS SEMINÁRIOS INTERNACIONAIS SOBRE O USO DO COMPUTADOR COMO FERRAMENTA AUXILIAR DO PROCESSO DE ENSINO-APRENDIZAGEM TEVE INICIO A CULTURA NACIONAL DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO.
  • 7. HISTÓRICO: USO DO COMPUTADOR NA ESCOLA •EM 1984, SURGIU O PROJETO EDUCOM, INICIATIVA CONJUNTA DO MEC, CNPQ, FINEP E SEI/PR, VOLTADA PARA A CRIAÇÃO DE NÚCLEOS INTERDISCIPLINARES DE PESQUISA E FORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS NAS UNIVERSIDADES DO RIO GRANDE DO SUL (UFRGS), DO RIO DE JANEIRO (UFRJ), PERNAMBUCO (UFPE), MINAS GERAIS (UFMG) E NA UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS (UNICAMP). •EM 1986, O MEC CRIOU, PROJETO FORMAR PARA CAPACITAR PROFESSORES E IMPLANTAR INFRAESTRUTURAS DE SUPORTE NAS SECRETARIAS ESTADUAIS DE EDUCAÇÃO. •EM 1989 O MEC INSTITUI ATRAVÉS DA PORTARIA MINISTERIAL Nº 549/89, O PROGRAMA NACIONAL DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO - PRONINFE, COM O OBJETIVO DE DESENVOLVER A INFORMÁTICA EDUCATIVA NO BRASIL, NOS SISTEMAS PÚBLICOS DE ENSINO E CAPACITAR PROFESSORES.
  • 8. HISTÓRICO: USO DO COMPUTADOR NA ESCOLA • EM 1989 É CRIADO NA UFAL, O NÚCLEO DE INFORMÁTICA NA EDUCAÇÃO SUPERIOR (NIES) ALÉM DE FORMAR SUA EQUIPE, PASSOU A ORGANIZAR CURSOS PARA TODAS AS REGIÕES NORTE NORDESTE E FOI FUNDAMENTAL PARA IMPLANTAÇÃO DA INFORMÁTICA EDUCATIVA NO ESTADO DE ALAGOAS, FORMANDO OS PRIMEIROS MULTIPLICADORES PARA ATUAREM NOS NÚCLEOS DE TECNOLOGIAS IMPLANTADOS NO ESTADO. • ATUALMENTE EXISTE O PROGRAMA NACIONAL DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL (PROINFO) CRIADO PELA PORTARIA Nº 522, DE 9 DE ABRIL DE 1997, PELO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO, PARA PROMOVER O USO PEDAGÓGICO DA INFORMÁTICA NA REDE PÚBLICA DE ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO. <http://portal.mec.gov.br>
  • 9. A INFORMÁTICA NAS ESCOLAS EM ALAGOAS •LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA:  ESCOLAS: 180 •PROFESSORES CAPACITADOS:  LINUX: 176  WINDOWS: 1.403 TOTAL: 1.579
  • 10. INFORMÁTICA NAS ESCOLAS PÚBLICAS DE ALAGOAS 1600 1406 1400 1200 1000 800 600 400 180 176 200 0 ESCOLAS COM FORMAÇÃO LINUX FORMAÇÃO WINDOWS COMPUTADORES
  • 11. POR QUE O COMPUTADOR E A INTERNET SÃO IMPORTANTES NO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM?
  • 12. ELE DEVE ESTAR A SERVIÇO DE UM PROJETO EDUCACIONAL, PROFESSORES E GESTORES DEVEM INCORPORÁ-LO AO CURRÍCULO ESCOLAR, COMO SUPORTE PEDAGÓGICO, PREPARANDO O ALUNO PARA CONVIVER EM UMA “SOCIEDADE EM REDE”.
  • 13. “SEGUNDO PRADO(2005), O DESAFIO É DAR NOVA VIDA AO CURRÍCULO DA ESCOLA. PARA ISSO, A FORMAÇÃO DO PROFESSOR TANTO PARA AQUELES QUE ESTÃO EM EXERCÍCIO COMO PARA AQUELES QUE SE ESTÃO PREPARANDO PARA OS CURSOS SUPERIORES É IMPRESCINDÍVEL”
  • 14. O TRABALHO POR PROJETO  PERMITE A ARTICULAÇÃO ENTRE OS SABERES DAS DIVERSAS ÁREAS DE CONHECIMENTO, DAS RELAÇÕES COM O COTIDIANO E DO USO DE DIFERENTES MEIOS TECNOLÓGICOS E/OU NÃO;  POSSIBILITA AO ALUNO A RECONTEXTUALIZAÇÃO DE CONCEITOS E ESTRATÉGIAS, BEM COMO O ESTABELECIMENTO DE RELAÇÕES SIGNIFICATIVAS ENTRE CONHECIMENTOS;  EXIGE UMA POSTURA CRIATIVA E COLABORATIVA ENTRE AS PESSOAS ENVOLVIDAS;  POSSIBILITA AO PROFESSOR COMPATIBILIZAR SUA INTENCIONALIDADE PEDAGÓGICA COM OS INTERESSES E AS NECESSIDADES DOS ALUNOS (PRADO,2005).
  • 15. “ A ESCOLA DEVE INCORPORAR CADA VEZ MAIS O USO DAS TECNOLOGIAS DIGITAIS PARA QUE ALUNOS E EDUCADORES POSSAM APRENDER A LER, ESCREVER E EXPRESSAR-SE POR MEIO DELAS”. (VALENTE,2008, p.13) )
  • 16. “A EDUCAÇÃO PRECISA INCORPORAR MAIS AS DINÂMICAS PARTICIPATIVAS COMO AS DE AUTO-CONHECIMENTO (TRAZER ASSUNTOS PRÓXIMOS À VIDA DOS ALUNOS), AS DE COOPERAÇÃO (TRABALHOS DE GRUPO, DE CRIAÇÃO GRUPAL) E AS DE COMUNICAÇÃO (COMO O TEATRO OU A PRODUÇÃO DE UM VÍDEO)”. (MORAN,2007)
  • 17. PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO REALIDADE CURRÍCULO TECNOLOGIAS
  • 18. QUAIS AS POSSIBILIDADES DE USO DO COMPUTADOR NA ESCOLA?
  • 19. COM INTERNET; SEM INTERNET; COM SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS; COM SISTEMA OPERACIONAL LINUX EDUCACIONAL; COM SOFTWARE LIVRE.
  • 20. COM INTERNET  ATRAVÉS DE CURSOS PRESENCIAIS E A DISTÂNCIA;  CONSTRUÇÃO COOPERATIVA ONDE O PROFESSOR PODE CRIAR PÁGINA PESSOAL COMO ESPAÇO VIRTUAL DE ENCONTRO E DIVULGAÇÃO ENTRE PROFESSOR E ALUNO;  LISTA ELETRÔNICA, FÓRUM, BLOG, QUE POSSIBILITA A INTERAÇÃO, CRIANDO UMA CONEXÃO VIRTUAL PERMANENTE ENTRE PROFESSOR E ALUNO;  AULAS-PESQUISAS ONDE PROFESSOR E ALUNO PROCURAM NOVAS PESQUISAS À CERCA DE UM PROBLEMA E AVANÇAM EM UM CAMPO DO CONHECIMENTO, ETC.
  • 21. EXPERIÊNCIAS DE MORAN DE ENSINO COM INTERNET  COORDENAR PROJETOS COM PESQUISAS LIVRES, TEMAS DIFERENTES COM OBJETIVOS ESPECÍFICOS AGRUPADOS OU INDIVIDUALMENTE, MESCLANDO PRESENCIAL COM ON-LINE.  CADASTRAR O ALUNO EM UM E-MAIL PESSOAL.  PESQUISAR O MESMO TÓPICO (ALTAVISTA, YAHOO, LYCOS, INFOSSEK, GALAXI, CADÊ).  O MEU PAPEL É O DE ACOMPANHAR CADA ALUNO, INCENTIVÁ-LO, RESOLVER SUAS DÚVIDAS, DIVULGAR AS MELHORES DESCOBERTAS. A CHAVE DO SUCESSO ESTÁ EM INTEGRAR A INTERNET COM OUTRAS MÍDIAS.
  • 22. “A INTERNET É A MÍDIA MAIS ABERTA, DESCENTRALIZADA E POR ISSO MESMO, MAIS AMEAÇADORA PARA OS GRUPOS POLÍTICOS E ECONÔMICOS HEGEMÔNICOS.” (MORAN,1997 p.146-153)
  • 23. INTERNET E TV MARCO DECISIVO PROJETOS DE INTERNET NA EDUCAÇÃO PRESENCIAL A ESCOLA DO FUTURO http://www.futuro.usp.br/ FOI A PIONEIRA NO BRASIL NA IMPLANTAÇÃO DO USO DE REDES ELETRÔNICAS NO ENSINO FUNDAMENTAL E MÉDIO (PROJETOS LIGADOS A RELATOS E EXPERIÊNCIAS).
  • 24. DIFICULDADES DO USO DO COMPUTADOR COM INTERNET  CONFUSÃO ENTRE CONHECIMENTO E INFORMAÇÃO;  FACILIDADE DE DISPERSÃO;  PERDE-SE MUITO TEMPO NA REDE;  IMPACIÊNCIA;  CONCILIAR OS DIFERENTES TEMPOS DOS ALUNOS;  A PARTICIPAÇÃO DO PROFESSOR É DESIGUAL. (MORAN,1997, p.146-153)
  • 25. USO DO COMPUTADOR SEM INTERNET  COM SISTEMA OPERACIONAL WINDOWS;  COM SISTEMA OPERACIONAL LINUX EDUCACIONAL E COM SOFTWARE LIVRE;  NO EDITOR DE TEXTOS: PRODUZIR RELATÓRIO DE PESQUISAS, ENTREVISTAS, QUESTIONÁRIOS, JORNAL, HISTÓRIAS EM QUADRINHOS, ETC;  EXCEL/CALC: CONSTRUIR PLANILHAS ELETRÔNICAS, GRÁFICOS, TABELAS,TRABALHAR COM FÓRMULAS ETC;  PAINT/ TUX PAINT: APLICATIVOS PARA CONFECCIONAR IMAGENS, TRABALHANDO COM AS CORES, REPRESENTAÇÃO DE FIGURAS GEOMÉTRICAS, LINHA DO TEMPO, CONSTRUÇÃO DE PAINEL TEMÁTICO, ETC. ;  POWER POINT/IMPRESS: MONTAR APRESENTAÇÕES;  UTILIZANDO O PACOTE EDUCATIVO DO MEC EXISTENTE NO SISTEMA OPERACIONAL LINUX EDUCACIONAL.
  • 26. POR QUE A ESCOLHA DE SOFTWARES LIVRE PELOS ÓRGÃOS PÚBLICOS?
  • 27. LINUX- É UM SISTEMA OPERACIONAL CRIADO EM 1991 POR LINUS TORVALDS, DE CÓDIGO ABERTO DISTRIBUÍDO GRATUITAMENTE PELA INTERNET. http://pt.wikipedia.org/wiki/Linus_Torvalds#Biografia EM FEVEREIRO DE 2006, REPRESENTANTES DO MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO E CULTURA (MEC) E DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO (UFOP) SE REUNIRAM PARA DECIDIR QUAL O SISTEMA OPERACIONAL LIVRE UTILIZAR PARA PROMOVER A INCLUSÃO DIGITAL NAS ESCOLAS PÚBLICAS DE TODO O PAÍS.
  • 28. O SISTEMA OPERACIONAL MURIQUI LINUX APRESENTOU MELHOR DESEMPENHO E CONSAGROU-SE PELA QUALIDADE TÉCNICA, CONTEÚDO DIDÁTICO PARA USUÁRIOS, FACILIDADE DE INSTALAÇÃO E MANUSEIO, ASSIM COMO PELOS DIFERENCIAIS COMPETITIVOS RECONHECIDOS PELO PROJETO PIONEIRO DE AULAS MULTIMÍDIA. < http://www.muriquilinux.com.br/folder.2006-10-31.6803913679 >
  • 29. A PROFISSÃO FUNDAMENTAL DO PRESENTE E DO FUTURO É EDUCAR, INTEGRANDO A COMUNICAÇÃO PESSOAL, A COMUNITÁRIA E A TECNOLÓGICA. (Moran,1997)
  • 30. CONSIDERAÇÕES FINAIS EMBASADAS NOS ESTUDOS DE ALMEIDA, MORAN, PRADO, VALENTE, HERNÁNDEZ PODEMOS CONSTATAR QUE O TRABALHO COM PROJETOS VIABILIZA O USO DAS TECNOLOGIAS DA INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO NO PROCESSO ENSINO E APRENDIZAGEM. ESTE POSSIBILITA A INTEGRAÇÃO ENTRE AS DIVERSAS ÁREAS DO CONHECIMENTO, TORNANDO A APRENDIZAGEM MAIS PRAZEROSA, AO MESMO TEMPO QUEBRA AS BARREIRAS NA RELAÇÃO DE PODER E SABER ENTRE PROFESSOR E ALUNO HAVENDO UMA TROCA SIGNIFICATIVA DE CONHECIMENTOS. PORTANDO ELAS DEVEM FAZER PARTE DO PROJETO POLÍTICO PEDAGÓGICO DOS ESTABELECIMENTOS DE ENSINO.
  • 31. CONSIDERAÇÕES FINAIS NO ENTANTO, PARA QUE SEU USO SEJA DE FATO CONSOLIDADO NAS ESCOLAS TORNA-SE NECESSÁRIA A SENSIBLIZAÇÃO DOS GESTORES PARA IMPLEMENTAR POLÍTICAS PÚBLICAS COMPROMETIDAS QUE GARANTAM À ESCOLA SUPORTE TÉCNICO, ACESSO À FORMAÇÃO QUE CONTEMPLE O USO EFETIVO DESSAS FERRAMENTAS. POIS, O PROFESSOR TEM HABILIDADES E COMPETÊNCIAS ADQUIRIDAS NA FORMAÇÃO COM RELAÇÃO AO CONTÉUDO QUE IRÁ MINISTAR E OS ALUNOS TÊM AFINIDADES E FACILIDADES COM O MANUSEIO DA MÁQUINA POR SEREM FILHOS DA ERA DIGITAL. DAÍ PODE SURGIR UMA PARCERIA IMPORTANTE NO COTIDIANO ESCOLAR.
  • 32. BIBLIOGRAFIA ALMEIDA, Maria Elizabete Bianconcini. In: Desafios à educação: o trabalho com projetos. Educação, projetos, tecnologias e conhecimento. São Paulo: PROEM. Capítulo4. São Paulo, 2002. __________ Prática e formação de professores na integração de mídias. Prática pedagógica e formação de professores com projetos: articulação entre conhecimentos, tecnologias e mídias. Integração das Tecnologias na Educação/ Secretaria de Educação a Distância. Disponível em: < http://www.tvebrasil.com.br/salto/livro/1sf.pdf>. Acesso em 05 de maio de 2008. GLP. Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/GPL.Acesso em 08 de maio de 2008. : Wikipédia, a enciclopédia livre. HERNÁNDEZ, Fernando. Como trabalhar a aprendizagem utilizando projetos. Nova escola, edição 154 – agosto 2002. Disponível em: <http://revistaescola.abril.com.br/ediçoes /0154/aberto/mt_243601.shtml>. Acesso em 01 de junho de 2008. Entrevista concedida a Cristiane Marangon.
  • 33. História da Informática Educativa no Brasil. Disponível em: http://br.geocities.com/cantinhovirtualdaeducacao/historiadainfor.html Acesso em 12 de junho de 2008. MORAN, José Manuel. In: A afetividade e a auto-estima na relação pedagógica. A educação que desejamos. Novos desafios e como chegar lá. 2ª ed. Papirus, 2007. Disponível em:< http://www.eca.usp.br/prof/moran/desejamos.htm>. Acesso em 22 de maio de 2008. MORAN, José Manuel. A educação que desejamos: Novos desafios e como chegar lá . 2ª ed. Papiros, 2007. MORAN, José Manuel. Como Utilizar a Internet na educação. Disponível em: <http:// www.eca.usp.br/prof/moran/internet.htm>. Acesso em 21 de abril de 2008. MORAN, José Manuel. Ensino e aprendizagem inovadores com tecnologias. Disponível em: <http://www.eca.usp.br/prof/moran/inov.htm>. Acesso em 22 de maio de 2008.
  • 34. Ministério da educação-MEC.Disponível em: http:// portal.mec.gov.br/seed/index.php?option=content&task=view&id=136&Itemid=273. Acesso em 05 de junho de 2008. Muriqui Linux e o Linux Educacional do MEC.Disponível em: < http://www.muriquilinux.com.br/folder.2006-10-31.6803913679/news_item.2006-10-31.703377417 > Acesso em 08 de maio de 2008. PRADO, Maria Elisabette Brisola Brito. In: Articulações entre áreas de conhecimento e tecnologia. Articulando saberes e transformando a prática. Integração das Tecnologias na Educação/ Secretaria de Educação a Distância. Brasília: Ministério da Educação, Seed, 2005. Disponível em: <http://www.tvebrasil.com.br/salto/livro/1sf.pdf>. Acesso em 05 de maio de 2008. VALENTE, José Valente. In: Pesquisa, comunicação e aprendizagem com o computador. O papel do Computador no processo ensino-aprendizagem. . Integração das Tecnologias na Educação/ Secretaria de Educação a Distância. Disponível em: < http://www.tvebrasil.com.br/salto/livro/1sf.pdf>. Acesso em 05 de maio de 2008. VALENTE, José Armando e Almeida, Fernando José de. Visão analítica da informática na Educação no Brasil: a questão da formação do professor. Disponível em: < http://www.professores.uff.br/hjbortol/car/library/valente.html>. Acesso em 16 de junho de 2008.
  • 35. ANEXOS COMO RELACIONAR O CONHECIMENTO ADQUIRIDO NO COMPUTADOR À SALA DE AULA.
  • 36. ÁTOMO PROFº DE QUÍMICA LUCIANO RAPOSO USANDO APLICATIVO TUX PAINT
  • 37. PROFº DE QUÍMICA LUCIANO RAPOSO USANDO O APLICATIVO TUX PAINT
  • 38. PROFº DE QUÍMICA LUCIANO RAPOSO USANDO O APLICATIVO TUX PAINT
  • 39. Pedro Arthur 6ª B
  • 40. ARRAIÁ DO POMPEU SARMENTO O PROJETO “FESTAS JUNINAS” CULMINOU COM A FESTA E EXPOSIÇÃO DOS TRABALHOS DE INFORMÁTICA – MACEIÓ-2005
  • 41. A construção dos trabalhos exigiu dos alunos interação com o tema e utilização dos recursos tecnológicos. Os alunos utilizaram o PAIT e produziram textos sobre o tema.