Utilização das redes sociais na educação

795 views
655 views

Published on

uso das redes sociais

Published in: Education
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
795
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
20
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Utilização das redes sociais na educação

  1. 1. Utilização das Redes Sociais na Educação: guia para o uso do Facebook em uma instituição de ensino superior Douglas Paulesky Juliani Jordan Paulesky Juliani Raphael Winkcler de Bettio
  2. 2. RAZÕES DA PESQUISA “AS TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO, EM ESPECIAL, OS SOFTWARES COLABORATIVOS DISPONIBILIZADOS, POR MEIO DA INTERNET, FAZEM DA ROTINA DE JOVENS”.(PATRÍCIO E GONÇALVES, 2010); “MESMO QUE NÃO QUEIRAM MISTURAR EDUCAÇÃO COM LAZER, OS ALUNOS JÁ ESTÃO FAMILIARIZADOS COM AS REDES SOCIAIS”.(PATRÍCIO E GONÇALVES, 2010); “HÁ OBSTÁCULOS RELACIONADOS À COBERTURA DA INTERNET NO BRASIL E QUESTÕES DE PRIVACIDADE, VISTO QUE NA MAIORIA DAS VEZES AS REDES SOCIAIS SÃO BLOQUEADAS NAS ESCOLAS[..] É PRECISO QUE AS REDES SOCIAIS SEJAM MELHOR EXPLORADAS ATRAVÉS DE UM PALNEJAMENTO DE USO COM CRITÉRIOS, ÉTICA E RESPONSABILIDADE”.(LORENZO, 2011)
  3. 3. RAZÕES DA PESQUISA BENEFÍCIOS: GERAÇÃO DE UMA AUTO-PROMOÇÃO DA INSTITUIÇÃO DE ENSINO
  4. 4. CARACTERIZAÇÃO DO ESTUDO IMPLICAÇÕES CONCEITUAIS CONCEITOS E SUAS APLICAÇÕES NA EDUCAÇÃO; REDES SOCIAIS APRESENTAÇÃO DE UM GUIA PARA USO DO FACEBOOCK PARA FINS EDUCACIONAIS; SUGESTÕES PARA A IMPLANTAÇÃO E PROPOSTA DE AVALIAÇÃO DA UTILIZAÇÃO DAS REDES SOCIAIS NA EDUCAÇÃO.
  5. 5. PROBLEMA DA PESQUISA Como explorar o Faceboock como suporte às atividades educativas em uma instituição do ensino superior?
  6. 6. OBJETIVO DA PESQUISA OBJETIVO GERAL: Conceber um guia de melhores práticas do uso desta tecnologia para suportar as atividades em uma IES?
  7. 7. Redes Sociais REDES SOCIAIS: ferramentas tecnológicas que permitem com o que os relacionamentos sociais ocorram virtualmente, sem desconsiderar os indivíduos os que as manipulam. EVOLUÇÃO DAS REDES SOCIAIS: MIRC(1995); ICQ, MSN, SKYPE, ORKUT E FACEBOOCK(2004 – 2006).
  8. 8. Redes Sociais FACEBOOCK Um bilhão de usuários (socialnetworkingwatch); FACEBOOK Nos últimos seis meses, houve a adesão de 16,6 milhões de novos usuários brasileiros 79% dos jovens usam a internet.
  9. 9. Redes Sociais e a Educação Ao utilizar os recursos da redes sociais durante a disciplina, Minhoto(2012) demonstrou que “a familiaridade com o contexto do faceboock [...]proporcionou a construção ativa do conhecimento” facilidades presentes no Faceboock geraram motivação e agreagação de valor para estudantes(ZANCANARO, 2012).
  10. 10. Redes Sociais e a Educação “O Faceboock pode ser explorado como ferramenta pedagógica [...] na promoção da colaboração no processo educativo[...], ainda, permite a construção crítica e reflexiva de informação e conhecimento”(Fernandes, 2011).
  11. 11. METODOLOGIA Estudo de caso com procedimentos qualitativos para levantamento e análise dos dados.
  12. 12. Processo de Pesquisa •PUBLICAÇÕES CIENTÍFICASPesquisa Bibliográfica •PRODUTO GERADO A PARTIR DA DISCIPLIBA INFORMÁTICA BÁSICA Pesquisa Aplicada
  13. 13. PROCEDIMENTOS PARA UTILIZAÇÃO DO FACEBOOCK PARA FINS EDUCACIONAIS EM UMA IES COMPREENDER A ESTRUTURA E CULTURA ORGANIZACIONAL DA INSTITUIÇÃO DE ENSINO; CONTEMPLAR QUESTÕES DE PRIVACIDADE, ÉTICA E POLÍTICAS DE APOIO DA DIREÇÃO.
  14. 14. ETAPAS DO GUIA PARA UTILIZAÇÃO DO FACEBOOCK CONFIGURAÇÃO INICIAL PARA USO DO FSCEBOOCK ATORES E ATRIBUIÇÕES FERRAMENTAS
  15. 15. ETAPAS DO GUIA PARA UTILIZAÇÃO DO FACEBOOCK ÉTICA, SEGURANÇA E PRIVACIDADE INTEGRAÇÃO COM OUTRAS MÍDIAS AVALIAÇÃO E DESEMPENHO
  16. 16. ESTRUTURA E CONFIGURAÇÃO INICIAL PARA USO DO FACEBOOCK POLÍTICAS E REGRAS  Eleger os responsáveis pela exploração das redes sociais na instituição de ensino, com o apoio da alta gestão;  A secretaria ou registro acadêmico e os responsáveis pelo Faceboock devem criar um grupo para cada módulo/utilizando o perfil(conta) do Faceboock da Instituição do Ensino;  A secretaria/registro acadêmico deve sugerir que todos os alunos matriculados criem uma conta no Faceboock ;  Caso algum aluno queira acessar informações de outro módulo ele deve solicitar para participar do grupo –disciplina de interesse;
  17. 17. ESTRUTURA E CONFIGURAÇÃO INICIAL PARA USO DO FACEBOOCK POLÍTICAS E REGRAS:  Selecionar um aluno com maior experiência em informática básica para auxiliar alunos com dificuldades de acesso a internet;  Os Técnicos administrativos devem fazer parte dos grupos/módulos para atuarem em questões administrativas;  Filtrar os principais conteúdos dos grupos (cursos-semestre);  Identificar os alunos mais envolvidos com a rede social e solicitar que compartilhem os conteúdos publicados pelo campus;  Criar um texto de apresentação do Faceboock do campus para adicionar os perfis/contas das empresas, visando aproximar o mercado de trabalho dos estudantes.
  18. 18. ATORES E ATRIBUIÇÕES NA REDE SOCIAL Grupo Educaface Professores Comunidade Empresas Alunos Ex-Alunos
  19. 19. Ferramentas da Rede Social que podem ser usadas como apoio ao ensino Chat Eventos Conteúdo Fotos e Vídeos Comentários/ Mensagem Marcação de imagens, vídeos e comentários Compartilhamentos Enquetes Debates
  20. 20. Ética, Segurança e Privacidade Sugestões: Ofensas Fotos e Vídeos MarcaçãoElogios
  21. 21. Ética, Segurança e Privacidade CONTEÚDOS QUE NÃO DEVEM SER PUBLICADOS: Fotos e Vídeos Impróprios Dados Pessoais Spams e Propagandas Assuntos Pessoais Textos Ofensivos
  22. 22. INTEGRAÇÃO COM OUTRAS MÍDIAS ELETRÔNICAS UTILIZADAS PELA INNSTITUIÇÃO Definir critérios para seleção dos conteúdos Publicação de trabalhos realizados no faceboock Solicitar a avaliação dos trabalhos
  23. 23. Avaliação e Desempenho da Rede Social aplicada ao Ensino SEEKR SCUP
  24. 24. SUGESTÕES FINAIS PARA A IMPLANTAÇÃO Iniciar Plano Piloto Criação de uma Equipe Agilidade ao publicar os conteúdos Participação do Professor
  25. 25. CONSIDERAÇÕES FINAIS ASPECTOS RELEVANTES: Apresentação e Discussão dos aspectos técnicos e administrativos do Faceboock; Identificação e Definição dos Papéis e Responsabilidades de cada Agente Envolvido e das Alternativas para Monitoramento dos resultados do uso do Faceboock.
  26. 26. CONSIDERAÇÕES FINAIS LIMITAÇÕES DO ESTUDO: Experiência envolvendo apenas a disciplina Informática Básica;
  27. 27. CONSIDERAÇÕES FINAIS NECESSIDADES A SEREM VISTAS: Acompanhamento permanente de novas ferramentas ofertadas pela rede social e verificação da aderência de tais recursos aos propósitos educacionais.
  28. 28. benignamac@ig.com.br claricereis2006@hotmail.com

×