• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Engenharia web   seminário
 

Engenharia web seminário

on

  • 675 views

 

Statistics

Views

Total Views
675
Views on SlideShare
675
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
16
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Engenharia web   seminário Engenharia web seminário Presentation Transcript

    • EngenhariaWEBBenedilson Lima
    • IntroduçãoO Você já sabe que a Web é grande (Cultural e social):O Como compramos produtos (comércio eletrônico);O Encontramos pessoas (encontros on-line);O Entendemos o mundo (portais);O Vemos noticia (mídia on-line);O Expressamos nossas opiniões (blogs);O Nos divertimos (desde downloads, até cassinos on-line).Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 2
    • Discussões introdutóriasO O enfoque da escola antiga, de forma lamentável,era um proposição do tipo acertar-ou-errar (ad hoc);O O veículo que adquire informação, a estrutura,mostra uma apresentação empacotada e a entregaé chamado de aplicação Web (WebApp);O Quando uma WebApp é combinada com hardwarecliente e servidor, SO, redes e navegadores, surgeum sistema baseado na Web.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 3
    • Discussões introdutóriasO WebApps são realmente softwares de computador?O No sentido de que são uma coleção de instruçõesexecutáveis e dados que oferecem informações efuncionalidades para usuários finais.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 4
    • Os atributos a seguir são encontradosna grande maioria das WebApps:O Intensidade da rede: Cada WebApp reside em uma rede edeve servir às necessidades de uma comunidadediversificada de clientes;O Simultaneidade: Um grande número de usuários poderáacessar a WebApp ao mesmo tempo;O Carga imprevisível: O número de usuários da WebApppoderá variar por ordens de grandeza de um dia para o outro;O Desempenho: Se um usuário de WebApp tiver que esperarmuito tempo ele ou ela poderá decidir ir para outro lugar;O Disponibilidade: 24 h, 7 dias por semana, 365 dias por ano;Orientada a dados – Sensível ao conteúdo – Evoluçãocontinua – Urgência – Segurança – EstéticaSeminário Engenharia Web - Benedilson Lima 5
    • Então você deseja montar uma WebApp?O Logicamente, você poderia utilizar umacombinação de informalidade, urgência, intuição earte (técnica da escola antiga);O A WebApp pode:O Não fazer o que deveria;O Ser entregue atrasada ou nem ser entregue;O Ser difícil, ou impossível de se corrigir, adaptar oumelhorar.O Se todas as coisas correrem bem, você e seuscolegas serão heróis e nascerá uma WebAppsignificativa.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 6
    • O que é Engenharia Web?O É uma alternativa que se opõem a técnicada escola antiga – uma que reduz (masnão elimina) o risco e tem umaprobabilidade mais alta de sucessoquando WebApps de qualidade industrialprecisam ser montadas. Essa alternativachama-se: engenharia Web (WebE).O A WebE propõe um arcabouço ágil,porém disciplinado para a montagem deWebApps de qualidade industrial.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 7
    • Engenharia Web não se tratade ferramentas e tecnologia?O São muito importantes, mas sófuncionarão bem se forem usadas dentrodo contexto de um arcabouço ágil paraengenharia Web e em conjunto commétodos comprovados para entender oproblema, projetar uma solução e testa-lacompletamente.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 8
    • Processos de Engenharia WebSeminário Engenharia Web - Benedilson Lima 9
    • ComunicaçãoEntre os princípios mais fundamentais daengenharia de software está: entenda oproblema antes de começar a resolvê-lo ecertifique-se de que a solução que vocêconcebe é aquela que as pessoasrealmente desejam. É razoável sugerir queesse princípio também deva se tornar umpilar da engenharia Web.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 10
    • A atividade de comunicaçãoO É o local onde os engenheiros Web e osinteressados se engajam em uma série de açõesde WebE que:O Formulação;O Elicitação;O Negociação.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 11
    • PlanejamentoO Se o incremento da WebApp for simples,o planejamento exigirá muito poucotempo;O Se por outro lado, o incremento forcomplexo – conteúdo, funcionalidade,restrições e desempenho, o planejamentoexigirá maior esforço e abrangerá cadauma das ações e tarefas discutidas aseguir...Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 12
    • A equipe da Engenharia WebO Desenvolvedores/provedores de conteúdo:O Geração e coleta de conteúdo;O Oriundos de diversas áreas.O Editor da Web:O Organizador dos conteúdos gerados pelosdesenvolvedores/provedores.O Elemento de ligação.O Engenheiro da Web:O Envolvido com atividades durante o desenvolvimentode uma WebApp.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 13
    • A equipe da Engenharia WebO Especialista do domínio de negócio:O Deve ser capaz de responder a todas as questõesrelativas às metas, aos objetivos e aos requisitos denegócio.O Especialista de suporte:O WebApps evoluem continuamente;O Correções, adaptações e aperfeiçoamentos do site;O Atualizações do conteúdo;O Implementação de novos procedimentos e formulários;O Modificações no padrão de navegação.O Administrador:O Web Master;O Pode se envolver com atividades técnicas realizadaspor engenheiros da Web e especialista de suporte.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 14
    • A diferença organizacional entre odesenvolvimento terceirizado e o internoSeminário Engenharia Web - Benedilson Lima 15
    • Como avaliamos os riscos?Riscos Probabilidade ImpactoPessoasPouca experiência com XML na equipe 80% 3Interessados não cooperativos 60% 2Gerente "sênior" pode mudar no meio do caminho 40% 1ProdutoConteúdo informativo pode estar desatualizado 50% 2Algoritmos podem não estar definidos adequadamente 80% 3Segurança para WebApp mais difícil do que o esperado 80% 3Integração do banco de dados mais difícil do que o esperado 40% 3Capacidade de definição de espaço mais difícil do que o esperado 70% 3ProcessoNão há ênfase suficiente em comunicação 60% 2Muitas tarefas de análise (muito tempo gasto) 30% 1Não há ênfase suficiente no projeto de navegação 40% 2... ... ...Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 16
    • CronogramaSeminário Engenharia Web - Benedilson Lima 17
    • Estimando esforço e tempoConteúdo e funções Análise Projeto Codificação Teste Entrega Feedback TotalParedes, portas ejanelas1 2 2 2 0,5 0,25 7,75Sensores 0,5 1,5 1 1 0,25 0,25 4,5Especificar e desenharparedes, portas ejanelas1,25 3 3 3 1 0,25 11,5Calcular o tamanho docômodo0,5 1 2 1 0,5 0,25 5,25Salvar/recuperarespaço nomeado0 1 1 0,5 0,5 0,25 3,25Atualizar/excluir espaçonomeado0 1 1 0,5 0,5 0,25 3,25imprimir espaçonomeado0 1 1 0,5 0,5 0,25 3,25Recomendar hardwarede segurança0,5 3 2 2 0,5 0,25 8,25Especificar hardwarede segurança0,5 2 2 3 0,5 0,25 8,25Totais 4,25 15,5 15 13,5 4,75 2,25 55,25Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 18
    • Modelagem de análise paraaplicações da WebO Temos observado que WebApps têm umimediatismo e uma volatilidade que vãocontra a modelagem detalhada tanto nonível de análise quanto de projeto.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 19
    • Essa modelagem de análise deveexistir apenas se....O A WebApp a ser construída é grande e/oucomplexa;O O número de interessados é grande;O O número de engenheiros da Web e outroscolaboradores é grande;O As metas e os objetivos (durante a formulação) daWebApp vão afetar os fundamentos básicos donegócio;O O sucesso da WebApp terá um forte efeito nosucesso do negócio.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 20
    • Casos de usoO Casos de uso são ocatalisador de todasas atividades deanálise emodelagem derequisitosHierarquia de usuáriosSeminário Engenharia Web - Benedilson Lima 21
    • Modelos de análiseAnálise de conteúdo:O Identifica todo oespectro deconteúdo a serfornecido pelaWebApp.Análise de interação:O Descreve o modopelo qual o usuáriointerage com aWebApp.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 22
    • Modelos de análiseAnálise funcional:O Operações queserão aplicadas aoconteúdo daWebApp;O Funções deprocessamentoindependentes doconteúdo.Análise de configuração:O Descreve o ambientee a infra-estrutura nosquais a WebAppreside.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 23
    • Modelagem de projeto para WebApps• Para atingir esses atributos de qualidade, um bom projeto deve apresentar:Simplicidade, consistência, identidade, robustez, navegabilidade e atração visual.Segurança, escalabilidade e prazo para colocação no mercado.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 24
    • Projeto de interfaceO Representação de leiaute de tela;O Definição dos modos de interação;O Descrição dos mecanismos de navegação.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 25
    • Projeto de estéticaO Também chamado de projeto gráfico;O Descreve o “aspecto” da WebApp;O Esquemas de cor, leiaute geométrico,tamanho de texto, fonte e colocação, usode gráficos e decisões estéticasrelacionadas.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 26
    • Projeto de conteúdoO Define o leiaute, a estrutura e o esboço para todo oconteúdo apresentado como parte da WebApp;O Estabelece os relacionamentos entre objetos deconteúdo.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 27
    • Projeto de conteúdo começa com a representação dos objetosde conteúdo, sua associações e relacionamentos.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 28
    • Projeto de arquiteturaO Identifica a estrutura global de hipermídia de WebApp;O Estilos arquiteturais de conteúdo incluem estrutura linear, emmalha, hierárquica e em rede.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 29
    • Projeto de arquiteturaO Identifica a estrutura global de hipermídia de WebApp;O Estilos arquiteturais de conteúdo incluem estrutura linear, emmalha, hierárquica e em rede.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 30
    • Arquitetura da WebAppProjeto de arquitetura em três camadas;Desacopla a interfase da navegação e docomportamento da aplicação;Simplicidade a implementação e reuso aumentado.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 31
    • Projeto de componenteO Desenvolve a lógica de processamento detalhadonecessário para implementar componentesfuncionais de WebApps.O Fornecem acesso e consulta a banco de dadossofisticados;O Estabelecem interfaces de dados a sistemasexterno à empresa.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 32
    • Padrões de projeto de WebAppO Englobam padrões de projeto genéricos que seaplicam a todos os tipos de software e padrões dehipermídia especialmente relevantes para WebApps.O Padrões:O Arquiteturais;O Construção de componentes;O Navegação;O Apresentação;O Comportamento/usuário-interação.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 33
    • Método de Projeto de HipermídiaOrientado a ObjetosO Object-Oriented Hypermedia Design Method;O É um de vários métodos propostos paraprojetos de WebApp;O Sugere um processo de projeto que inclui:O Projeto conceitual;O Projeto navegacional;O Projeto de interface abstrata;O Implementação.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 34
    • Resumo do método OOHDMSeminário Engenharia Web - Benedilson Lima 35
    • Esquema conceitual parcialSeminário Engenharia Web - Benedilson Lima 36
    • Construção e ImplantaçãoSeminário Engenharia Web - Benedilson Lima 37
    • ConstruçãoO Conjunto de ações de seleção, codificação,gerenciamento de conteúdo, autoria de páginas,integração, refatoração e teste.O Ferramentas e tecnologia de WebE, são aplicadaspara construir a WebApp que foi modelada;O Quando o incremento da WebApp tiver sidoconstruído, uma série de testes rápidos é realizadapara garantir que os erros no projeto sejamdescobertos.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 38
    • SeleçãoO Envolve a identificação de componentesrelevantes preexistentes, que podem serreutilizados dentro do projeto proposto;O Princípios:O Levar em consideração as restrições do ambientetécnico;O Combinar os componentes com os ambientes deinformação e funcionais;O Considerar as habilidades e o conhecimento dosdesenvolvedores e prováveis mantenedores.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 39
    • CodificaçãoO Cobre a adaptação de componentesexistentes ou a criação de novoscomponentes;O Pode envolver a criação direta de HTML,ou código fonte em linguagem de script;O Geração automática de código usandouma representação de projetointermediária do componente a serconstruído.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 40
    • PrincípiosO Escrever código que seja auto documentável;O Restringir seus algoritmos seguindo práticas daprogramação estruturada;O Manter a lógica condicional o mais simplespossível e garantir que possa ser testada.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 41
    • Gerenciamento de conteúdoO Criação, migração e estruturação doconteúdo;O Princípios:O Selecionar estruturas de dados queatendam às necessidades do projeto;O Garantir a coerência nos formatos eestruturas de dados;O Evitar confiar em formatos de dadosproprietários.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 42
    • Autoria de páginasO A integração do conteúdo bruto com oprojeto gráfico e o mapeamento doconteúdo nas telas e páginas.O Princípios:O Considerar continuamente as questões deusabilidade;O Entender como seus usuários reagirão, enão como você quer que eles reajam.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 43
    • IntegraçãoO Vinculo do código, conteúdo e apresentaçãonos componentes finais a serem liberados;O Princípios:O Procurar divergências ou inconsistências nainterface do componentes;O Ter oportunidade de identificar componentesque precisam de refatoração.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 44
    • RefatoraçãoO É uma ação interativa para “polir” oscomponentes implantados a fim demelhorar sua estrutura e esclarecer eremover código redundante;O Princípios:O Refatore com frequência, e em pequenasetapas, quando surgir a oportunidade;O Garantir que a implementação comunica oprojeto de maneira óbvia.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 45
    • TesteO Verificação de que os diversoscomponentes e objetos estão corretos;O Princípios:O Realizar uma revisão exaustiva;O Realizar testes unitários e corrigir os errosencontrados;O Selecionar testes que mais provavelmentelocalizarão erros, em vez se oculta-los.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 46
    • ImplantaçãoO A WebApp é configurada para o seuambiente operacional;O Entregue aos usuários finais;O Período de avaliação é iniciado;O O feedback da avaliação é apresentado àequipe de WebE;O O incremento é modificado conforme anecessidade.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 47
    • Ferramentas e tecnologias para WebAppsO Linguagens de descrição de conteúdo emodelagem: HTML, VRML e XML;O Linguagens de programação: Java;O Recursos de desenvolvimento baseadosem componentes: CORBA, COM,ActiveX, .NET;O Navegadores, ferramentas de multimídia,conectividade de banco de dados,segurança, servidores, gerenciamento eanálise de sites.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 48
    • Tendências futurasO É provável que o conteúdo e funcionalidadeda Web evolua à medida que aparecem maise mais WebApps mash-up;O O acesso se tornará onipresente, abrindooportunidades para remessa de conteúdocom valor em tempo real;O A Web 2.0 trata da criação de umaexperiência Web mais comprometida,interativa e coletiva, onde todos os usuáriossão capazes de serem participantes ativos,ao invés de passivos.Seminário Engenharia Web - Benedilson Lima 49
    • BibliografiaSeminário Engenharia Web - Benedilson Lima 50PRESSMAN, Roger S. Engenharia de Software, 6ª edição, ed. Makron Books.PRESSMAN, Roger S; LOWE, David. Engenharia Web, ed. Ltc.