Your SlideShare is downloading. ×
1ANALISTA INSS/2013 – ESTATÍSTICA
PROFESSOR BRUNO VILLAR
Experimento Aleatório É aquele experimento que quando repetido em...
2ANALISTA INSS/2013 – ESTATÍSTICA
PROFESSOR BRUNO VILLAR
RESOLUÇÃO:
1º degrau: descobrir o espaço amostral e o evento.
Esp...
3ANALISTA INSS/2013 – ESTATÍSTICA
PROFESSOR BRUNO VILLAR
A questão pediu a probabilidade de não pedir a verificação do óle...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Estatística inss amostra

6,355

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
6,355
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
10
Actions
Shares
0
Downloads
10
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Estatística inss amostra"

  1. 1. 1ANALISTA INSS/2013 – ESTATÍSTICA PROFESSOR BRUNO VILLAR Experimento Aleatório É aquele experimento que quando repetido em iguais condições, podem fornecer resultados diferentes, ou seja, são resultados explicados ao acaso. Quando se fala de tempo e possibilidades de ganho na loteria, a abordagem envolve cálculo de experimento aleatório. Espaço amostral (E): é o conjunto de todos os possíveis resultados de um experimento aleatório. Exemplo: Espaço amostral da moeda: {cara, coroa} Evento: é subconjunto do espaço amostral. PROBABILIDADE DE OCORRER UM EVENTO P(A) P(A) = 0 P(A) 1. P(A) = 0 ( evento impossível) P(A) = 1 ( evento certo) P( ) = 1 –P(A). P( ) é a probabilidade de não ocorrer o evento A. Exemplo: (CEF) A tabela abaixo apresenta dados parciais sobre a folha de pagamento de um Banco Faixa salarial, em reais Nº de empregados 300 – 500 52 500 – 700 30 700 – 900 25 900 – 1100 20 1100 – 1300 16 1300 – 1500 13 Total 156 Um desses empregados foi sorteado para receber um prêmio. A probabilidade de esse empregado ter seu salário na faixa de R$ 300,00 a R$ 500,00 é (A) 1/3 (B) 2/5 (C) 1/2 (D) 3/5 (E) 7/10. amostralespaço evento   A A CONCEITOS INICIAIS - PROBABILIDADE
  2. 2. 2ANALISTA INSS/2013 – ESTATÍSTICA PROFESSOR BRUNO VILLAR RESOLUÇÃO: 1º degrau: descobrir o espaço amostral e o evento. Espaço amostral:156 ( total de funcionários) Evento: 52 ( pessoa na faixa de 300 a 500). P(A) = 156 52 = 156 52 52: 52: = 3 1 . Resposta letra A. PROBABILIDADE DA UNIÃO DE DOIS EVENTOS: REGRA DA ADIÇÃO OU REGRA DO “OU” Dica: Temos 1 sorteio e duas ou mais chances Dados dos eventos a e B, a probabilidade de que ocorram A ou B é igual a: a) Se os eventos forem não mutuamente exclusivos (A B possuem elementos comuns) P(A U B) = P(A) + P(B) – P(A B) b) Se os eventos forem mutuamente exclusivos (disjuntos) P(A U B) = P(A) + P(B) EXEMPLO: (MPU/2004) Quando Ligia para em um posto de gasolina, a probabilidade de ela pedir para verificar o nível do óleo é 0,28; a probabilidade de ela pedir para verificar a pressão dos pneus é de 0,11 e a probabilidade de ela pedir ambos, óleo e pneus, é 0,04. Portanto, a probabilidade de Lígia parar em um posto de gasolina e não pedir nem para verificar o nível de óleo e nem para verificar a pressão dos pneus é igual a: (A) 0,25. (B) 0,35 (C) 0,45 (D) 0,15 (E) 0,65. RESOLUÇÃO: Resumo do enunciado: probabilidade de verificar nível de óleo é 0,28, de verificar os pneus é 0,11 e pedir ambos é 0,04.  
  3. 3. 3ANALISTA INSS/2013 – ESTATÍSTICA PROFESSOR BRUNO VILLAR A questão pediu a probabilidade de não pedir a verificação do óleo nem da pressão dos pneus, então devemos usar o processo da probabilidade de complementar. P(A U B) = probabilidade de pedir a verificação do nível do óleo ou pressão dos pneus. P(A B) = probabilidade de pedir as duas coisas. P(A U B) = P(A) + P(B) – P(A B) P(A U B) = 0,28 + 0,11 – 0,04 = 0,35 A probabilidade de não pedir nada é 1 – 0,35 = 0,65. Resposta letra E  

×