• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Dica 3   (aluno 2)  funcoes do se
 

Dica 3 (aluno 2) funcoes do se

on

  • 471 views

 

Statistics

Views

Total Views
471
Views on SlideShare
471
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
4
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Dica 3   (aluno 2)  funcoes do se Dica 3 (aluno 2) funcoes do se Document Transcript

    • DICA 3 - CONTAGEM REGRESSIVA PARA AFT Profª Luciane Sartori As funções do SE mais cobradas conjunção subordinativa condicional: Só vou à festa, se você for comigo. conjunção subordinativa integrante: Ele me perguntou se eu queria um café. partícula apassivadora: Aluga-se casa. / Alugam-se casas. índice de indeterminação do sujeito: Come-se bem aqui. / Precisa-se de dinheiro. pronome reflexivo: Ele se fez na vida. (=ele mesmo – equivalência semântica) Ele fez a si mesmo na vida. (equivalência gramatical) parte integrante do verbo: Queixaram-se de você. 1. (CESPE/2007 - TRT-9R - Técnico Judiciário - Área Administrativa) ―No Aterro Bandeirantes, foi instalada, no ano passado, a Usina Termelétrica Bandeirantes, uma parceria entre a prefeitura e a Biogás Energia Ambiental. A substituição de "foi instalada" (L.10-11) por instalou-se prejudica a correção gramatical do período.
    • 2. (CESPE/2009 - Instituto Rio Branco – Diplomata) “A luta pela recuperação do ser humano como sujeito pressupõe uma diferença entre os conceitos de “ser humano” e “sujeito”. Se não estabelecemos claramente essa diferença, podemos cair no equívoco de criticar a situação vigente combase na ideia de que sistemas de dominação objetivam o ser humano.” A conjunção ―Se‖ (l.3) introduz uma condição — estabelecer claramente essa diferença — que evita uma crítica equivocada em torno de qual seja o objeto de trabalho dos sistemas de dominação. 3. (CESPE/2009 - Instituto Rio Branco - Diplomata - 1ª Etapa BRANCO) “Se recebo um presente dado com carinho por pessoa de quem não gosto — como se chama o que sinto? Umapessoa de quem não se gosta mais e que não gosta mais da gente — como se chama essa mágoa e esse rancor?” Em “Se recebo um presente” (l.1), a substituição do conectivo por Caso seriasintaticamente correta e dispensaria alterações formais. 4. (CESPE / ABIN / 2008) (...) os projetos humanos têm um assentamento 10inicial que já permite abrir o presente para a construção de futuros possíveis. Tornar-seum ser humano consiste em participar de processos sociais compartilhados, nos quais 13emergem significados, sentidos, coordenações e conflitos. A complexidade dosproblemas desarticula-see, precisamente por essa razão, torna-se necessária uma 16reordenação intelectual que nos habilite a pensar a complexidade. No segundo parágrafo, as duas ocorrências do pronome se, em ―desarticula- se‖ e―torna-se‖, marcam a impessoalidade da linguagem empregada no texto por meio da indeterminação do sujeito.
    • 5. (CESPE - 2009 - Instituto Rio Branco - Diplomata - Bolsa-prêmio de vocação para a Diplomacia – Objetiva) “Em geral, o chamado multiculturalismo apoia-se em um vago e benevolente apelo à tolerância e ao respeito para com a diversidade e a diferença. É particularmente problemática, nessas perspectivas, a ideia de diversidade. Parece difícil que uma perspectiva que se limita a proclamar a existência da diversidade possa servir de base para uma pedagogia que coloque, no seu centro, a crítica política da identidade e da diferença. Na perspectiva da diversidade, a diferença e a identidade tendem a ser naturalizadas, cristalizadas, essencializadas. São tomadas como dados ou fatos da vida social diante dos quais se deve tomar posição.” O uso da voz passiva nas duas orações do mesmo período, ―São tomadas‖ (L.10) e ―se deve tomar posição‖ (L.11), deixa subentender, como agente das duas ações, o ―multiculturalismo‖ (L.1). 6. (CESPE/2010 - IPAJM – Contador) “Suspende, por iniciativa própria, no mesmo dia de sua posse, o estado de sítio, restaura as franquias legais, devolve à imprensa e aos instrumentos de comunicação os veículos da liberdade.” Passando-se a frase ―restaura as franquias legais‖ (L.5) para a voz passiva pronominal, obtém-se, segundo as normas da escrita padrão: restaura-se as franquias legais. 7. (CESPE/2011 - Correios - Analista de Correios – Letras) “Nos primeiros anos como seminarista, em Bois leDue, na Holanda, Erasmo dedicou-se mais à pintura e à música do que à filosofia e à religião.” “O acesso ao livro foi decisivo para Erasmo se afastar da filosofia escolástica”. As formas verbais ―dedicou-se‖ (L.2) e ―se afastar‖ (L.17) estão na voz reflexiva.
    • 8. (CESPE - 2011 - MEC - Nível Superior - Conhecimentos Básicos - Todos os Cargos) " Sabe-se que, no Brasil, a questão do acesso à escola não é mais um problema, já que a quase totalidade das crianças ingressa no sistema educacional. (...) " Em ―Sabe-se‖ (L.21), o pronome ―se‖ marca a forma verbal pronominal. 9. (CESPE - 2011 - EBC - Cargos de Nível Médio - Conhecimentos Básicos) 1 Quando se fala em sistema público de comunicação, pensa-se justamente em um conjunto de mídias públicas (nos diversos suportes, como rádio, televisão, Internet etc.) que 4 operam de modo integrado e sistêmico, tendo como horizonte o interesse dos cidadãos. Com base no texto acima, julgue os itens a seguir. Tanto em ―se fala‖ (L.1) quanto em ―pensa-se‖ (L.2) o ―se‖ indica a indeterminação do sujeito da oração. 10. (CESPE - 2013 - INPI - Conhecimentos Básicos - Cargo 25 e 26) 19 A partir de então, e dada a intensificação dos processos técnico-científicos da contemporaneidade, surgem posicionamentos antagônicos em relação à 22 temática da aceleração tecnológica. Por um lado, estabelece-se uma compreensão de que o incremento de ciência e tecnologia é algo determinante, ou até mesmo 25 fundamental para um desenvolvimento econômico e social satisfatório, além de ser politicamente neutro e desprovido de normatividade. Com base nos aspectos linguísticos do texto, julgue os itens subsequentes. A partícula ―se‖ ligada ao verbo ―estabelece‖ (l.23) denota a indeterminação do sujeito desta forma verbal. Professora Luciane Sartori
    • Contatos: www.sartoriprofessores.com.br www.sartorivirtual.com.br lucianesartori@bol.com.br facebook: Luciane Sartori II GABARITO 1. E 2. C 3. E 4. E 5. E 6. E 7. C 8. E 9. C 10. E